Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhas de Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

9. Como se deve praticar a entrada para ser uma pessoa honesta?

Palavras de Deus relevantes:

Você tem de ser honesto e tem de orar para se livrar da maquinação em seu coração. À medida que usar a oração para se purificar sempre que necessário, e usá-la para ser tocado pelo Espírito de Deus, seu caráter mudará gradualmente.

de ‘Acerca da prática da oração’ em “A Palavra manifesta em carne”

O padrão mais baixo que Deus exige das pessoas é que elas sejam capazes de abrir seus corações para Ele. Quando o homem oferece seu verdadeiro coração a Deus e diz a Deus o que realmente está dentro de seu coração, então Deus está disposto a operar no homem; Deus não quer o coração distorcido do homem, mas seu coração puro e honesto. Quando o homem não fala verdadeiramente com Deus o que está em seu coração, então Deus não toca no coração do homem nem opera nele. Portanto, o ponto mais crucial na oração é falar com Deus as palavras do seu verdadeiro coração, contando a Deus suas falhas, ou caráter rebelde, e se abrindo completamente a Deus. Somente então Deus estará interessado nas suas orações; caso contrário, então Deus ocultará Sua face de você.

de ‘Acerca da prática da oração’ em “A Palavra manifesta em carne”

Comportar-se como um ser humano normal é falar com coerência. Sim significa sim; não significa não. Seja fiel aos fatos e fale de maneira apropriada. Não engane, não minta.

de ‘Aprimorar o calibre é para receber a salvação de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Hoje em dia, a maioria das pessoas tem muito medo de apresentar suas ações diante de Deus e, embora você possa enganar a Sua carne, não pode enganar o Seu Espírito. Qualquer assunto que não possa resistir à observação de Deus não está de acordo com a verdade e deve ser deixado de lado; caso contrário, é um pecado contra Deus. Portanto, quer seja quando você ora, quando conversa e tem comunhão com seus irmãos e irmãs, ou quando cumpre seu dever e cuida dos seus afazeres, você deve colocar seu coração perante Deus. Quando você cumpre a sua função, Deus está com você, e contanto que sua intenção esteja correta e seja para a obra da casa de Deus, Ele aceitará tudo o que você faz; portanto, você deve se dedicar sinceramente a cumprir a sua função. […]

[…] Tudo o que você faz, cada ação, cada intenção e cada reação devem ser levadas perante Deus. Até mesmo sua vida espiritual diária – suas orações, sua proximidade com Deus, comer e beber das palavras de Deus, a comunhão com seus irmãos e irmãs, viver a vida da igreja e o seu serviço em parceria – deve ser levada para diante de Deus e observada por Ele. É essa prática que vai ajudar você a amadurecer na vida. O processo de aceitar a observação de Deus é o processo de purificação. Quanto mais você aceita a observação de Deus, mais você é purificado, e mais você estará de acordo com a vontade de Deus, de modo que você não ouvirá o chamado da devassidão e da dissipação, e seu coração viverá na Sua presença. Quanto mais você aceitar a observação Dele, mais envergonhado ficará Satanás e mais você será capaz de renunciar à carne. Assim, aceitar a observação de Deus é um caminho que as pessoas devem praticar. Seja o que for que você faça, mesmo durante a comunhão com seus irmãos e irmãs, se você levar seus atos perante Deus e buscar a Sua observação, e se sua intenção for obedecer ao Próprio Deus, aquilo que você pratica será muito mais correto. Apenas se você levar tudo o que você faz para diante de Deus e aceitar a Sua observação você poderá ser alguém que vive na presença de Deus.

de ‘Deus aperfeiçoa os que são segundo Seu coração’ em “A Palavra manifesta em carne”

Por causa do seu destino, vocês devem buscar ser aprovados por Deus. Ou seja, já que reconhecem que pertencem à casa de Deus, vocês deveriam então trazer paz de espírito a Deus e satisfazer-Lhe em todas as coisas. Em outras palavras, você tem que ser probo em suas ações e se conformar à verdade nelas. Se isso está além de sua habilidade, então você será detestado e rejeitado por Deus e desprezado por todo homem. Uma vez que tenha se enquadrado nesse predicamento, você não poderá então pertencer à casa de Deus. Isso é o que significa não ser aprovado por Deus.

[…] Ser honesto significa entregar seu coração a Deus; jamais traí-Lo em nada; ser aberto com Ele em todas as coisas, nunca esconder a verdade; nunca fazer aquilo que engana seus superiores e que ilude seus subordinados e nunca fazer aquilo que simplesmente pareça impressionar bem a Deus. Resumindo, ser honesto é abster-se da impureza em suas ações e palavras e não enganar nem a Deus nem aos homens. […] Alguns se comportam de modo impecável e parecem ser especialmente “polidos” na presença de Deus, mas ficam desafiadores e perdem todo comedimento na presença do Espírito. Vocês considerariam tais pessoas como pertencentes às fileiras dos honestos? Se você for hipócrita e adepto da socialização, então digo que você é definitivamente uma pessoa que brinca com Deus. Se suas palavras forem infestadas de desculpas e justificativas sem valor, então digo que você é extremamente reticente para colocar a verdade em prática. Se você tiver muitas confidências as quais relute em compartilhar e se estiver muito indisposto a desnudar seus segredos – ou seja, suas dificuldades – diante dos outros de forma a buscar o caminho da luz, então digo que você é alguém que não receberá a salvação facilmente e que não emergirá facilmente das trevas. Se buscar o caminho da verdade o agrada, então você é alguém que habita sempre na luz. Se você fica muito contente em ser um servidor na casa de Deus, trabalhando diligente e conscientemente no anonimato, sempre dando e nunca tirando, então digo que você é um santo leal, porque não busca recompensa e está simplesmente sendo honesto. Se você estiver disposto a ser sincero, se estiver disposto a despender tudo de si, se for capaz de sacrificar sua vida por Deus e testemunhar, se você for honesto a ponto de somente saber satisfazer a Deus sem considerar a si mesmo ou tomar para si mesmo, então digo que essas são pessoas nutridas na luz e que viverão para sempre no reino.

de ‘Três admoestações’ em “A Palavra manifesta em carne”

Trechos de sermão e comunhão para referência:

Como é que se deve experimentar e começar a ser uma pessoa honesta? Quem pratica a honestidade deve começar entrando por seus quatro aspectos. Primeiro, o aspecto fundamental é entrar por meio da oração; em segundo lugar, entrar falando a verdade e abandonando as mentiras; em terceiro, sendo capaz de ser leal a Deus no cumprimento de seus deveres; em quarto, entregando seu coração a Deus. Os que são capazes de praticar esses quatro aspectos da entrada e de cumprir as exigências de Deus são pessoas honestas. Todos os quatro tipos de entrada são importantes. Nenhum deles pode ser omitido. Desde que sigam em frente sem desistir, quem tentar precisará apenas de dois ou três anos de esforço antes de obter bons resultados. Ao alcançar os resultados preliminares, essa pessoa pode adquirir uma humanidade normal e obter o aspecto de um humano. E, depois de ser aperfeiçoada, ela será uma pessoa inteiramente honesta. Nesse momento, terá adquirido por completo a humanidade normal, será capaz de adorar a Deus com sinceridade, de obedecer a Ele, de ter reverência por Ele e não será mais iludida nem corrompida por Satanás. Não são essas pessoas aperfeiçoadas?

de ‘Ser uma pessoa honesta é o único arrependimento verdadeiro’ em “Coleção de sermões: provisão para a vida”

Tornar-se uma pessoa honesta começa com ser honesto na oração e diante de Deus. Se puder dizer coisas honestas e for uma pessoa honesta diante de Deus, então, gradualmente, você também será capaz de dizer coisas honestas e se tornar uma pessoa honesta diante das outras pessoas. Se não puder ser uma pessoa honesta diante de Deus, então não há maneira de você poder sê-lo na frente de outras pessoas também. Isso é certeza. Você acha que é mais fácil ser uma pessoa honesta na frente de Deus ou na frente de outras pessoas? Na frente de Deus, especialmente ao orar, a maioria das pessoas consegue dizer algumas coisas sinceras e profundas. Elas conseguem contar diretamente a Deus os segredos que guardam em seu interior. Elas conseguem dizer a Deus coisas que não falariam às pessoas porque falar as coisas a Deus é tranquilo, contanto que ninguém ouça. As pessoas têm esse tipo de mentalidade, certo? Se uma pessoa não consegue dizer a verdade a Deus, você diria que ela pode ser salva? Se uma pessoa não consegue nem mesmo se abrir pura e simplesmente diante de Deus, então não há esperança para ela. Acabou. Ela será considerada perdida. Se você não consegue abrir seu coração a Deus, como pode abri-lo a outras pessoas? Se não conseguir falar a verdade a Deus, como você poderá possivelmente fazê-lo com outras pessoas? Se você não consegue falar a verdade para Deus, onde mais poderia ser capaz de fazê-lo? Basicamente, esse tipo de pessoa é um completo demônio. Ela dirá mentiras a qualquer momento e em qualquer circunstância. Esse é um exemplo da natureza de Satanás. Você deve ser capaz de falar a verdade para Deus em todas as circunstâncias, acreditar que Ele é a verdade e que Ele é justo. Essa é uma verdade básica com a qual você deveria estar equipado. Se você não tiver esse tipo de entendimento de Deus, então não há esperança para sua salvação. […] Você diria que é uma coisa boa ser uma pessoa honesta? É bom ser uma pessoa honesta. Se for esse o caso, então comece primeiro sendo uma pessoa honesta diante de Deus quando você orar. Se conseguir ser uma pessoa honesta em suas orações, então há esperança de que você possa ser uma pessoa honesta em seu cotidiano. Se não conseguir ser uma pessoa honesta em suas orações, então definitivamente você não o será em seu cotidiano.

de ‘Como orar de maneira que se conforme à vontade de Deus’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida (II)”

E agora, como devemos resolver o problema da mentira? Devemos prestar estrita atenção ao que dizemos e começar a prática de falar com base em fatos. Devemos ser estritos e sérios a esse respeito e enunciar cada sentença com base em fatos. De modo nenhum devemos ir contra nossa consciência; esta deve desempenhar um papel. Começamos examinando de perto cada sentença que proferimos. Diluir a verdade, mesmo que só um pouco, não é permitido; falar incorretamente não é permitido; falar sem exatidão não é permitido, e, se o que diz está errado, você deve voltar atrás e reformular a sentença. Se descobrir um problema, você deverá apontá-lo assim que possível: “O que acabei de dizer neste minuto não estava certo e quero compensar o erro reformulando minhas palavras, de modo que vocês fiquem com o que digo agora e desconsiderem o que eu disse antes.” Esse é o nível de seriedade com que você deve tratar o que diz, e deve começar aprendendo como falar tudo de novo; não ser severo com você mesmo quando fala não é absolutamente permitido. Quando começar a praticar isso, você deverá orar a Deus: “Oh, Deus! Porque Satanás me corrompeu tão profundamente, eu me tornei uma pessoa que mente o tempo todo. Mereço ser amaldiçoada, mas Tu ainda me salvas, permitindo que eu me arrependa e mude a fim de me tornar uma nova pessoa. Hoje, eu Te juro que consagro minha vida a ser uma pessoa honesta, a me tornar alguém que diz a verdade sem qualquer falsidade. Se eu não me esforçar o suficiente, que Tu me disciplines e punas.” A seguir, comece a praticar dizer a verdade. Isso significa que você deve dizer a verdade sejam quais forem as circunstâncias e ser inteiramente capaz de falar com base em fatos, e no que você mesmo capta e sabe, lidando com cada mentira, com palavras inverídicas, com as que diluem a verdade, com as que não são exatas. Você deve tratar com seriedade todas as palavras que não correspondam aos fatos. É melhor reconhecê-las abertamente, e você deve revisar o que foi dito. […]

[…] Quando você pratica dizer a verdade, deve adotar o método da supervisão mútua. Durante os primeiros dias, você deve gravar sua própria fala. Faça uma avaliação e veja quanto do que diz num dia é fala inverídica, vazia, fala que dilui a verdade, exagera, rodeia ou é absurda, e veja a diferença ou a distinção que existe com o que dizem as crianças pequenas em comparação. Quando tiver visto com completa clareza a verdadeira natureza do que diz, você entenderá quão patético você é e não se sentirá superior.

de ‘Ser uma pessoa honesta é o único arrependimento verdadeiro’ em “Coleção de sermões: provisão para a vida”

Se quer cumprir seu dever a contento – e não simplesmente agir sem se envolver e enganar a Deus –, então deve resolver essa questão de ser uma pessoa honesta. Enquanto cumpre seu dever, você deve aceitar ser podado e tratado, deve aceitar a observação do Espírito Santo, e deve fazer essas coisas estritamente de acordo com as exigências de Deus. Se você descobrir que é superficial, ore a Deus. Se descobrir que está tentado a enganar a Deus, você deve admitir essa transgressão. Você não pode encobri-la, não pode fingir, e menos ainda distorcer os fatos para jogar a culpa nos outros. Você precisa ser sério a respeito do que faz e precisa tratar cada palavra a cada ato seus de modo solene. Faça com que suas palavras correspondam à realidade, busque a verdade nos fatos e não sobrecarregue suas palavras com faz-de-conta. Se descobrir uma transgressão, além de orar a Deus, você também deve admiti-la abertamente aos outros. Não se furte a isso preocupado com sua reputação. Você deve encarar os fatos com valentia. Pratique, pois isso é significativo e é garantido que será benéfico a você. Primeiro, pode aumentar sua confiança em ser uma pessoa honesta. Em segundo lugar, pode ensiná-lo a não temer a humilhação e a desistir de sua vaidade e presunção. Em terceiro, pode dar a você coragem de encarar e respeitar os fatos. Em quarto, pode desenvolver em você a vontade de ser sério nas coisas que faz. Após praticar isso por algum tempo, as pessoas serão muito mais honestas ao cumprir seu dever, mais realistas ao fazer as coisas, menos falsas. Em poucos anos, tornar-se-ão honestas, levando com seriedade e sinceridade o que fazem e sendo responsáveis quando lidam com problemas. Essas pessoas são comparativamente confiáveis quando cumprem seu dever e realizam seu trabalho. Quando a casa de Deus faz uso de pessoas assim, pode-se garantir que nada dará errado.

de ‘Ser uma pessoa honesta é o único arrependimento verdadeiro’ em “Coleção de sermões: provisão para a vida”

Neste exato momento, você está no processo de treinamento para se tornar uma pessoa honesta. No processo de treinamento, em que você deveria prestar mais atenção? Você deveria prestar atenção em conhecer a Deus e em entender a verdade. Você deve ter uma entrada real pelo lado positivo. Se você entrar pelo lado positivo, as coisas corruptas do lado negativo diminuirão naturalmente, e isso é crucial. Por exemplo, para ser uma pessoa honesta você precisa primeiro se equipar com a realidade e a verdade que são exigidas para tal. Depois de ter feito isso, sua parte honesta aumentará e as mentiras e a astúcia diminuirão naturalmente, certo? Exatamente como uma taça cheia de água suja. Você não pode entorná-la, você precisa usar outro método para tirar essa água suja. Então, o que faria? Você diz que adicionaria algo para desintoxicá-la. Isso não está certo. Você deve derramar um pouco de água limpa e boa na taça. A água boa naturalmente limpará a água suja. Não é um método bom? Agora você deve se equipar com a verdade, e tão logo ela entrar em você, as coisas negativas que estão em seu interior desaparecerão naturalmente. Por exemplo, agora você sabe que Deus é fidedigno, Ele não mente, Ele é verdadeiro para com Sua Palavra; a partir do momento em que a palavra sai da boca de Deus, a tarefa é cumprida. A palavra de Deus é onipotente, as palavras revelam a onipotência de Deus. Ele criou todas as coisas no universo com Suas palavras. Tão logo Ele a profere, realiza-se. Ele é sério naquilo que fala, e o que Ele fala se realizará, e o que Ele realiza durará para sempre! Suas palavras têm tanto poder e sabemos que a palavra de Deus é a verdade. Tudo o que Deus diz é a verdade. A partir do momento em que as pessoas compreenderem a verdade, elas serão cheias com a verdade. O veneno de Satanás, que não é compatível com a verdade, desaparecerá naturalmente, ele acabará naturalmente.

de ‘Como resolver pela raiz o problema da mentira’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida (I)”

Anterior:Qual é a diferença entre uma pessoa honesta e uma enganadora?

Próximo:O que é cumprir o seu dever?

Coisas que talvez lhe interessem