Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

Capítulo 46. Aqueles que perderam a obra do Espírito Santo estão em maior risco

Na obra de difusão do evangelho de Deus dos últimos dias, somente uma minoria de pessoas é capaz de abandonar tudo e suas famílias, ao ponto de acharem que não retornarão para casa por dez anos, ou por toda a vida, e não sentirem nenhum sofrimento por isso; essa é a força dada às pessoas pelo Espírito Santo. Mas esse nível não pode ser alcançado por meio da estatura de uma pessoa, pois as pessoas não possuem a verdade, apenas alguma sinceridade para se despender por Deus. Se as pessoas tiverem alguma resolução para buscar a verdade, e o Espírito Santo então lhes der alguma graça, elas se sentirão especialmente gratificadas e terão um tipo de força, assim serão capazes de avançar e se despender por Deus – essa é a graça de Deus. Mas há algumas pessoas que não seguem a senda correta enquanto cumprem seu dever, elas não buscam a verdade nem de longe e até portam-se mal; nesse caso, o Espírito Santo não opera nelas. Isto é, a pessoa não está certa, e mesmo que o Espírito Santo já tenha operado nela, essa obra será arruinada, e a pessoa seguirá inadvertidamente ladeira abaixo. Se você tiver a resolução de buscar a verdade, então o Espírito Santo lhe dará graça a ser desfrutada, e você poderá avançar na busca ao longo da senda conduzida pelo Espírito Santo; a verdade se tornará cada vez mais clara para você, sua resolução ficará cada vez mais firme, e a obra do Espírito Santo em você passará a ser cada vez mais fácil. Se as pessoas não seguirem a senda correta, então o Espírito Santo as eliminará no final, e após serem eliminadas, sua resolução original, sua paixão original e sua força para abandonar e se despender desaparecerão, e elas não poderão deixar de dizer: “Por que eu cri em Deus? Se eu não tivesse crido Nele, estaria enfrentando tudo isso agora?” Quando esses arrependimentos, reclamações e negatividade saírem, o Espírito Santo já terá deixado de operar. Mesmo que essas pessoas ainda possam ser usadas para pregar o evangelho ou fazer outro trabalho, o que fizerem não será da obra do Espírito Santo, nem será esclarecido ou guiado por Ele. Será feito apenas fiando-se no pouco de inteligência e instrução que possuem. Embora sejam capazes de fazer essas coisas externas que são alcançáveis pela carne, isso não representará a orientação do Espírito Santo, nem representará a mente do Espírito Santo. Assim como um servidor, mesmo que o Espírito Santo não esteja operando nela, uma pessoa ainda pode prestar serviço por algum tempo. Afinal, ela tem as ideias de uma pessoa, o cérebro de uma pessoa e o pensamento de uma pessoa; ela é diferente de uma vaca, um cavalo ou um burro – ela tem um pensamento humano e pertence a um nível animal mais elevado, e pelo menos pode realizar algumas coisas que uma pessoa comum consegue fazer. Ela apenas desceu pela senda errada; não está buscando a verdade nem a salvação nem retribuir o amor de Deus; então, conforme caminha, descobre que sua senda acaba e não tem escolha a não ser ir para casa e viver uma vida familiar simples. Atualmente, muitas pessoas estão dizendo isto: “Eu sei que sou ruim por natureza! Sou intensamente sentimental e me rebelei demais”. Não importa o que digam, elas não conhecem sua própria natureza, nem compreendem qualquer aspecto da verdade; não importa quão bem falem de doutrina e pareçam entender tudo, não são capazes de colocar nada em prática, e isso basta para provar que a obra do Espírito Santo nelas já desapareceu. Portanto, não importa como seja a sua humanidade ou quanta doutrina você compreenda, quanto sofrimento tenha passado ou o quanto renunciou, se o Espírito Santo não estiver operando em você, então tudo estará terminado. Sem a obra do Espírito Santo, a pessoa é estúpida; quanta força uma pessoa pode ter então? Quanta fé? Para que serviria o conhecimento de uma pessoa? Tome, por exemplo, o aprisionamento: desde quando começaram a crer em Deus, as pessoas se depararam com isso; elas são frequentemente perseguidas e caçadas, fugindo para todas as partes. Essas experiências entalharam, dentro do pensamento e do coração de cada pessoa, a impressão indelével: “Não posso ser um Judas, absolutamente não posso falar sobre os assuntos da igreja”. A maioria das pessoas não se preparou para isso? Mas quando um infortúnio lhe sobrevém, você pode agir involuntariamente. Uma pessoa não se torna um Judas num momento de confusão. Foi dito antes que o modo como você estará no fim primeiro deve ser determinado por se você é aprovado por Deus. Ver se você tem a aprovação de Deus consiste principalmente em examinar coisas como se você tem o Espírito Santo operando em você, se o Espírito Santo o esclarece e guia, e se você é acompanhado por alguma graça.

Quando cumpriram seu dever pela primeira vez, algumas pessoas estavam cheias de energia, como se jamais fossem se esgotar. Mas como é que, à medida que avançam, elas parecem perder essa energia? A pessoa que elas eram então e a pessoa são agora são como duas pessoas diferentes. Por que elas mudaram? Qual foi a razão? É porque sua fé em Deus seguiu o caminho errado antes de chegar à trilha certa. Elas escolheram a senda errada. Havia algo oculto em sua busca inicial e, num momento-chave, essa coisa emergiu. O que estava oculto? É uma expectativa que jaz no coração delas enquanto creem em Deus, a expectativa de que o dia de Deus chegará em breve, de modo que sua miséria terá fim; a expectativa de que Deus será transfigurado e que todo seu sofrimento acabará. Todas aguardam ansiosamente o dia em que poderão retornar para casa para se reunirem às suas famílias, quando não haverá mais perseguição, quando estarão completamente livres, quando poderão crer abertamente em Deus, sem restrição dos demais, e todo mundo poderá viver em um ambiente confortável onde elas possam vestir-se bem e comer bem. Todas elas não têm essa esperança? Esses pensamentos existem nas profundezas do coração de todas elas, porque a carne do homem não está disposta a sofrer e anseia por dias melhores sempre que passa por sofrimento. Essas coisas não serão reveladas sem as condições certas[a]. Quando não houver situação, todos vão parecer particularmente bem, aparentar ter especialmente estatura, compreender a verdade muito bem e parecer excepcionalmente cheios de energia. Um dia, quando surgir uma situação, todos esses pensamentos sairão. Sua mente começará a ter conflito, e alguns começarão a rumar ladeira abaixo. Não é que Deus não abra uma saída para você nem que não lhe dê Sua graça, e certamente não é que Deus não tenha consideração por suas dificuldades. É que suportar essa dor agora é a sua benção, porque você deve resistir a tal sofrimento para ser salvo e sobreviver, e isso está predestinado. Então, que esse sofrimento lhe sobrevenha é sua benção. Não pense que isso é uma coisa simples; isso não é apenas algo para brincar com as pessoas e fazê-las sofrer; o significado por trás disso é profundo demais, significativo demais. Se você nunca se casar em toda a sua vida, nem nunca retornar para casa em toda a sua vida, essas coisas serão significativas. Se a senda que você percorre estiver certa, se o que você busca estiver correto, então, no final, o que você obterá será maior do que o dos santos das eras, e as promessas que você herdar serão maiores. Atualmente, algumas pessoas estão sempre pensando: “Deus realmente Se lembrará de todo esse sofrimento que estou suportando? Se, por acaso, não houver ninguém para me apoiar no final, o que farei? Quem vai cuidar de mim se eu ficar doente? Deus está ciente? Quando o sofrimento acabará? Quando chegará a luz do dia?” As pessoas estão sempre esperando essas coisas, mas não refletem sobre o significado de seu sofrimento. Elas estão sempre ansiando que Deus seja transfigurado para que possam se livrar do sofrimento. Todo mundo tem seus próprios planos egoístas e, no final, é da natureza do homem trair Deus; não há pessoas que realmente amem a Deus, nenhuma pessoa que deseje a Deus, que queira viver junto Dele; elas mal podem esperar que Deus deixe a terra. “Não importa o quanto Deus tenha sofrido, contanto que Ele parta e possamos nos livrar desse sofrimento, então ficará tudo bem”. Por que as pessoas dizem isso? Hoje em dia, muitas pessoas têm esta expectativa: “Se Deus partir, então reinaremos como reis e não experienciaremos mais esse sofrimento; o grande dragão vermelho também estará acabado, e usaremos uma vara de ferro para governar todas as nações e todos os povos, e então não veremos a luz do dia?” Algumas pessoas até pensam por si: “Marido, filhos, parentes, amigos – vocês são todos demônios me perseguindo. Um dia nosso, Deus aparecerá publicamente e os castigará. Vocês verão que apenas a senda que seguimos é a correta”. Mesmo que essa esperança não seja injusta, há algo errado com algumas condições dentro das pessoas. Não há ninguém que planeje percorrer essa estrada por toda a vida, buscando a verdade para ganhar a vida e compreender Deus, e vivendo uma vida significativa como Pedro no final. Portanto, as pessoas se desviam em sua senda, não têm um lugar para Deus em seu coração ao longo do caminho, e o Espírito Santo não mais opera dentro delas, e elas andam para trás; todo o trabalho árduo de crer durante os oito ou nove anos anteriores é totalmente arruinado – isso é muito perigoso! Sofrer tanto, ouvir tantos sermões, caminhar por tantos anos, tudo é em vão; isso é tão perigoso! É fácil ir ladeira abaixo, mas é difícil subir a ladeira e escolher a estrada certa que uma pessoa deve percorrer. A cabeça da maioria das pessoas está anuviada! Elas não conseguem decidir claramente qual é a senda certa e qual é um desvio. Após ouvirem muitos sermões e lerem muitas das palavras de Deus, elas sabem que Ele é Deus, mas ainda assim não creem; elas sabem que é a verdadeira senda, mas ainda assim não conseguem andar por ela; como é difícil salvar as pessoas! Como você pode saber que Ele é Deus, mas não crer Nele? Você não é Satanás? Não falaremos da sua natureza, mas que tipo de coisa é você, por que é tão tolo? Você sabe que essa é a verdadeira senda, mas não a busca, você entende a verdade, mas é incapaz de praticá-la, então você não é Satanás? Em sua mente, não há propósito de vida, direção de vida, nem nenhuma das coisas de um homem genuíno; você é como um animal. Portanto, para algumas pessoas, não é que o Espírito Santo deliberadamente não opere nelas ou deliberadamente as revele, é que não há como Ele operar nelas. As pessoas são corruptas demais, difíceis demais de serem tratadas e não escolhem a senda correta, então como o Espírito Santo pode operar nelas? Toda vez que o Espírito Santo opera, Ele dá espaço para que as pessoas façam suas próprias escolhas, e nunca obriga ninguém. Mas o coração do homem é tolo demais; ele não ama a verdade, não está disposto a percorrer a senda do sofrimento nem a despender qualquer esforço ou pagar o preço. As pessoas só se importam com o que está na frente delas e são muito egoístas. Se houver diante delas algo possam ver e desfrutar, então elas o buscarão e alcançarão, e ignorarão as coisas que não puderem ver ou que considerarem sem sentido; essa é a situação da maioria das pessoas, e quase não há espaço para o Espírito Santo operar nelas. Algumas pessoas dizem: “Como posso resolver essa dificuldade? Talvez ajude se eu encontrar alguém que entenda e fale comigo”. Depois que outra pessoa terminar de falar com elas, eles concordam que a situação é assim e compreendem em um nível doutrinário, mas se dizem incapazes de colocar em prática. Se não puder praticar, então qual é o ponto em dizer isso a você? Você deve se afastar! Você não merece ouvir a verdade! Você não merece crer em Deus! Você deve apenas esperar perecer! Já que o que você escolheu é a senda feia, desprezível e diabólica, não importa quanta verdade seja-lhe dita, você não a amará, então deve simplesmente se afastar! Não há necessidade de dizer nada a esse tipo de pessoa. Hoje em dia, frequentemente se ouve: “Eu entendo tudo, apenas não consigo colocar em prática”. Essas palavras são prova de que essa pessoa é um demônio e é inteiramente da laia de Satanás. Uma pessoa que não ama a verdade é certamente uma pessoa maligna; aquilo que uma pessoa ama e espera, e pela qual anseia e tem sede, é uma representação completa da natureza dessa pessoa. Se você não ama a verdade, então pertence ao diabo, você é um objeto para destruição; se você ama a verdade, então é um daqueles predestinados e escolhidos por Deus; isso não está claro?

A senda que uma pessoa escolhe é fundamental. Você pode refletir com calma e cuidado, e não é tarde demais para se arrepender. Se você tiver resolução, isso é uma coisa boa; aqueles que não têm resolução são os mais inferiores de todos. No mínimo, você precisa ter resolução; quanto ao modo como pode alcançar o que você está resoluto a fazer, o modo como pode concluir o que está determinado a cumprir, deve haver uma senda para isso. Antes de mais nada, você deve entender a verdade, conhecer o destino que se seguirá para a humanidade, conhecer a senda que a humanidade deve percorrer e os objetivos que deve alcançar. Foi dito: “Todas as coisas e assuntos estão nas mãos de Deus”. Você pode experimentar essas palavras e comparar todas as coisas com elas. Agora que crê em Deus, será que você deve ser obediente a Ele? Qual é o significado da crença em Deus? A crença em Deus é simplesmente para receber bênçãos? Você agora percorre essa senda, mas será capaz de perseverar até o fim? Como você a percorrerá no futuro? Quando encontrar dificuldades, você deve ter algumas máximas da verdade para encorajar a si mesmo, para que não vacile, não se torne fraco, não seja negativo, não se queixe contra Deus e não peque contra Ele – você deve entender e ter clareza sobre todas essas coisas.

Quando as pessoas estão felizes, elas dizem: “Estou disposto a despender esforço por Deus, despenderei minha vida toda por Ele”. Mas, talvez, em um certo momento, quando se depararem com reveses, elas se tornem negativas e digam para si mesmas: “Que Deus? Não posso continuar crendo Nele. Esta estrada é difícil demais!” Depois de orar, vem a culpa: “Estou em dívida com Deus!” Sabendo que está em dívida com Deus, você não deve mais agir assim. Então talvez chegue um dia em que você se depare com um evento infeliz e seja negativo outra vez, novamente reclamando de Deus: “Por que Deus arranjou essas circunstâncias para mim, por que Ele está sempre me fazendo sofrer? Por que ele não pode me impedir de sofrer?”. As pessoas sempre reclamam e também dizem que estão em dívida com Deus. Elas nunca mudam. Ao enfrentar um revés ou mesmo algo desagradável, há ressentimento e aborrecimento e, mais grave do que isso, há até algumas pessoas que dizem algumas palavras de blasfêmia e julgamento; mais tarde, sentirão que foi errado falar dessa maneira, se lamentarão disso e rapidamente tentarão cumprir alguns deveres e fazer algumas boas ações para compensar. O que tudo isso mostra? Que a natureza do homem é feia, que ele é irracional e insensato. Assim como o envolvimento em negócios, quando eles precisam de Deus, O puxam para perto, e quando não precisam Dele, se afastam e resistem a Ele, fazendo o que os faz feliz. O homem é arrogante e presunçoso, e não tem medo. Ele não tem ódio real nem amor real em seu coração, nenhuma distinção entre justiça e injustiça; ele não tem limites. Ele não tem metas, muito menos princípios ou senso de decoro ao fazer qualquer coisa. O coração do homem é muito feio. Contra esse pano de fundo, as pessoas ainda aguardam ansiosamente as grandes promessas que podem receber, as abundantes bênçãos que podem obter, como serão o centro das atenções ou o prazer que experimentarão. Somente quando pensam nessas coisas, elas pensam: “Como Deus é belo! Eu devo retribuir o amor de Deus!”. Por que dizem “belo”? De onde vem que eles digam “retribuir”? É dito com intenção? São palavras sentimentais faladas em um clima de fantasia e felicidade momentâneas, mas será que contam como verdadeiro entendimento? Isso é amor verdadeiro? Será que vem do fundo do coração? Se você tem esse entendimento genuinamente, então por que ainda reclama? Se você realmente se sente em dívida com Deus, então por que reclama? “Deus, Tu não tens sido bom para comigo, me ignoraste, não foste gentil comigo, então eu não vou prestar atenção alguma em Ti! Tu não precisas de mim, então não vou mais trabalhar para Ti!”. As pessoas têm tanto ressentimento dentro delas! Por fim, elas ainda pensam: “Eu amo a Deus! Eu amo a Deus mais do que os outros”. Como isso é um amor prático a Deus? O fato de que as pessoas podem dizer isso prova que as pessoas não conhecem sua própria natureza, não sabem o que são, do que são e não podem medir a si mesmas. Na verdade, é da natureza de todos resistir e trair a Deus; isso é algo que todos têm em comum, e todos têm essas coisas dentro de si. Não há ninguém que ame verdadeiramente aquilo que é digno de ser amado e, mais ainda, não há ninguém que odeie aquilo que deve ser odiado; eles não têm limites e menos ainda qualquer visão, dentro deles não há distinção entre justiça e injustiça, nenhuma distinção entre preto e branco, e menos ainda qualquer distinção entre verdade e doutrina ou heresia; eles não são capazes de discernir entre qualquer uma dessas coisas. As pessoas não têm certeza do que é digno de amor, o que vale a pena buscar e o que deve ser odiado, e não se pode considerar que tenham discernimento. Quando as pessoas do mundo cantam a música “Volte para casa com frequência”, algumas pessoas são desviadas. O que as pessoas têm dentro delas? Será que têm alguma verdade? Algumas acham que podem fazer algum trabalho, que têm algumas qualificações e parecem ter alguma verdade. Na verdade, você não tem nada e é nada! Embora possa falar alguma doutrina para os outros agora, talvez algum dia no futuro você seja persuadido pelos outros e falhe mais gravemente que qualquer outra pessoa, e seja mais severamente afligido pela negatividade do que qualquer outro. Acredita nisso? Estão convencidos desse assunto? Talvez seja que vocês ainda não tenham experimentado uma séria negatividade ou uma grande queda, e se achem muito fortes. Sem essa experiência, você pensa ter grande estatura, mas talvez um dia, quando for exposto, você chore e diga: “Estou acabado, simplesmente acabado”. Você começa a ir de um extremo ao outro. Muitas pessoas estavam cheias de energia quando creram em Deus pela primeira vez, mas talvez vieram a se defrontar com algo que, de repente, as tornou fracas, e jamais conseguiram se levantar de novo. Você descobriu algum problema com essas pessoas? A força ou fraqueza de cada pessoa não é algo que elas mesmas possam controlar. As coisas ocultas dentro das pessoas podem sair a qualquer hora e em qualquer lugar. Não existe uma quantidade pequena de lixo imundo dentro das pessoas, e esse sai em um fluxo sem fim! Portanto, a natureza das pessoas é a natureza de Satanás – não há diferença alguma – e é completamente diferente da substância de Deus.

No passado, Deus disse: “Posso amar o homem para sempre e também posso odiar o homem para sempre”. Isto é, Ele tem padrões, Ele chega a Suas próprias conclusões e tem uma base sobre a qual chega a essas conclusões. Ele tem Seus julgamentos, medições e padrões para o que Ele ama e odeia, para o que O faz feliz e o que Ele detesta. As pessoas não têm essas coisas, então se desviarão quando andarem, serão caprichosas e, sem ninguém para guiá-las, sempre seguirão na direção errada.

Algumas pessoas ainda estão sempre esperando: “Quando Deus deixará a terra? Apresse-se e parta. Depois de experimentar Sua obra nesses poucos anos, eu deveria me casar, mas acho que não posso; veja, isso é o que eu ganho por crer em Deus todos esses anos!”. Toda a responsabilidade é então colocada sobre Deus. Elas estão completamente inconscientes do que obtiveram durante aqueles anos e do quanto vale. Se não fosse pela obra de Deus encarnado, então o povo chinês há muito teria se tornado extinto; talvez isso seja algo em que alguns não acreditarão. Se não acredita, isso significa que você não está entendendo as coisas completamente, mas esse é o fato. As pessoas até pensam: “Sem Deus para nos guiar, ainda podemos percorrer a senda. Nós lemos o livro “A Palavra Se manifesta em carne” tantas vezes, eles está esboçado em nossas mentes, e nós entendemos os princípios, de modo que podemos tomar o leme”. Você pode mesmo tomar o leme? Você não consegue percorrer a senda certa, e se desvia após caminhar um pouco, então ainda pode entrar na realidade? Vocês ainda não foram convencidos. Pode-se dizer que qualquer um se desviará se não tiver esse tipo de orientação de Deus. O Espírito Santo estava operando na Era da Graça? O Espírito Santo não operou? Quantas denominações foram divididas depois? Havia denominações inimagináveis, de todos os matizes, mesmo aquelas cujos nomes não podem ser imaginados ou lembrados. Qual é o problema disso? As coisas da natureza das pessoas, que estão dentro delas, devem ser completamente entendidas, e também deve haver compreensão da essência das pessoas. Compreender e ver completamente não significa que você deva sempre ficar preso nisso, mas significa que, a partir daí, você deve se erguer e buscar a verdade, ler as palavras de Deus para conhecer a natureza do homem, entender a substância do homem e esforçar-se com a verdade; somente assim você percorrerá a senda certa. A palavra de Deus traz à luz e revela a natureza do homem, e permite que as pessoas saibam qual é a sua substância. É muito importante entender a substância corrupta do homem. Veja, Satanás é uma coisa enigmática. Deus lhe perguntou: “De onde vens?” e Satanás respondeu: “De ir para lá e para cá na terra, e de subir e descer por ela”. Se escutar atentamente essa afirmação de Satanás “de subir e descer pela terra”, você se perguntará: ele está indo ou vindo? Portanto, essa afirmação é uma declaração enigmática e, a partir dessa afirmação, Satanás pode ser julgado como um ser enigmático. Depois que as pessoas são corrompidas por Satanás, elas também se tornam enigmáticas por dentro; quando fazem as coisas, não têm critérios, nem padrões, nem princípios, e, portanto, todas facilmente se desencaminham. Quando Satanás tentou Eva, disse: “Por que não come o fruto daquela árvore?” Eva respondeu: “Deus disse que se comer o fruto dessa árvore, eu morrerei”. Satanás então disse: “Você não morrerá necessariamente se comer o fruto daquela árvore”. A intenção dessa declaração de Satanás era tentar; ele não disse com certeza que ao comer o fruto da árvore o homem não morreria, apenas disse que o homem não morreria necessariamente, e isso fez o homem pensar: “Se eu não vou morrer necessariamente, deve estar tudo bem em comê-lo”. O homem não conseguiu resistir à tentação de comer o fruto. Desse modo, Satanás alcançou seu objetivo de tentar o homem a cometer um pecado; ele não assumiu a responsabilidade, porque não forçou ninguém a comer. Agora todas as pessoas têm dentro de si os venenos de Satanás, que testam a Deus e tentam o homem. Às vezes, quando falam, as pessoas falam nos tons de Satanás, com a intenção de testar e tentar. Todos os pensamentos e ideias que enchem as pessoas são os venenos de Satanás, a maneira como se portam é uma coisa de Satanás e, por vezes, uma piscadela ou gesto carrega um cheiro de teste e tentação. Muitas pessoas dizem: “Eu creio em Deus e sigo dessa maneira, então é provável que eu a obtenha alguma coisa. Não busco a verdade, mas sigo até o fim, e uso todas as minhas forças para despender esforço e abandonar as coisas no decurso de meus deveres. Mesmo se eu cometer algumas transgressões, ainda posso obter alguma coisa”. Elas não sabem o que estão dizendo. Com tanta corrupção dentro das pessoas, como elas podem mudar se não buscam a verdade? Com o grau de corrupção que o homem tem, se não houver proteção de Deus, então se pode vacilar e trair a Deus a qualquer momento. Você acredita nisso? Mesmo que force a si mesmo, você ainda não consegue chegar até o fim, porque a etapa final consiste em criar um grupo de vencedores; pode ser tão fácil quanto você imagina? No final, não é necessário que as pessoas mudem 100% ou 80%, mas pelo menos é preciso haver uma mudança de 30% ou 40%; no mínimo, você deve cavar as coisas que estão enterradas profundamente dentro de você e mudá-las, e você poderá alcançar a exigência de Deus de 30% a 40% ou, melhor ainda, alcançar uma mudança de 60% a 70%, significando que você possui alguma verdade dentro de si, que tem algumas coisas compatíveis com Deus dentro de você e que, quando encontrar alguns problemas, não será fácil para você resistir a Deus e não será fácil ofender o caráter de Deus. Dessa forma, no final, você será aperfeiçoado e será elogiado.

Algumas pessoas sempre pensam: “Crer em Deus não é apenas participar de reuniões, cantar músicas, ouvir a palavra de Deus, orar, cumprir alguns deveres? Não é assim que é?”. Não importa há quanto tempo creem em Deus, vocês ainda não entenderam completamente o significado da crença em Deus. De fato, o significado da crença em Deus é incrivelmente profundo, e as pessoas não pensaram a respeito por completo. No final, as coisas nas pessoas que são de Satanás e as coisas de sua natureza devem mudar, e devem se tornar compatíveis com as exigências da verdade; somente isso é alcançar a salvação de verdade. Se você é como o que era na religião – apenas gritando algumas palavras de doutrina ou alguns slogans, e então fazendo algumas ações e bons comportamentos, sem cometer certos pecados, sem cometer os pecados óbvios – isso ainda não significa que você entrou na trilha certa da crença em Deus. Só porque consegue obedecer às regras, isso significa que você está percorrendo a senda correta? Isso significa que você escolheu corretamente? Se as coisas na sua natureza não mudaram e, no final, você ainda está resistindo e ofendendo a Deus, então esse é o maior dos problemas. Se você crê em Deus, mas não resolve esse problema, então você pode ser considerado como tendo sido salvo? O que significa Eu dizer isso? É fazer com que todos vocês entendam em seu coração que uma crença em Deus não pode ser separada de Suas palavras, Dele ou da verdade. Você deve escolher bem a sua senda, empregar esforço na verdade e empregar esforço nas palavras de Deus. Não tenha apenas algum conhecimento mal pensado e então se considere pronto, nem apenas as compreenda mais ou menos. Se começar a fazer as coisas de uma maneira descuidada, você só se machucará. Uma pessoa não deve se desviar em sua crença em Deus; se, no final, não houver Deus em seu coração e ela apenas segurar um livro, olhando para ele como se admirasse flores enquanto galopa a cavalo, sem ter um espaço para Deus em seu coração, então ela está acabada. O que significa “a crença do homem em Deus não pode ser separada das palavras de Deus”? Vocês entendem? Isso contradiz “uma crença em Deus não pode ser separada de Deus”? Como você pode ter Deus em seu coração se as palavras de Deus não estão dentro do seu coração? Se você crê em Deus, mas Deus não está em seu coração, nem as palavras de Deus, nem a orientação de Deus, então você está completamente acabado. Se você for incapaz de fazer uma coisa pequena de acordo com a exigência de Deus, então quando se deparar com uma grande questão de princípios, você será ainda menos capaz de cumprir a exigência de Deus. Isso significa que você não tem testemunho, isso é problemático e prova que você não tem nada. Há muitas coisas que não podem ser explicadas em detalhes, e somente um dia, quando o Espírito Santo os esclarecer, é que vocês entenderão completamente. No momento, só posso usar uma declaração que as pessoas acharão muito comum e também não muito lógica de se expressar. Você sabe que, neste país, enquanto vocês podem passar por esses sofrimentos e desfrutar da obra de Deus, os estrangeiros realmente invejam a todos vocês? Os desejos dos estrangeiros são: nós também queremos experimentar a obra de Deus, sofreremos qualquer coisa por isso. Queremos obter a verdade também! Também queremos ganhar algum discernimento, alguma estatura, mas infelizmente não temos esse ambiente. Eles consideram o povo chinês muito abençoado, mas vocês acham que eles são os abençoados, e os invejam; isto é, de fato, o que é viver em bênção, mas não ser capaz de sentir que é. Completar este grupo de pessoas no país do grande dragão vermelho, fazendo-o suportar esse sofrimento, pode ser considerado a maior exaltação de Deus. Foi dito uma vez: “Há muito trouxe a minha glória de Israel para o Oriente”. Todos vocês entendem o significado dessa declaração agora? Como você deve percorrer a senda à frente? Como deve buscar a verdade? Se não busca a verdade, então como você pode obter a obra do Espírito Santo? Depois de perder a obra do Espírito Santo, você estará em maior perigo. O sofrimento presente é insignificante. Sabe o que ele fará por vocês?

Nota de rodapé:

a.O texto original omite “certas”.

Anterior:Capítulo 41. Como conhecer a natureza do homem

Próximo:Capítulo 50. Se você tem ou não tem a verdade decide tudo