6. O que é uma pessoa maligna? Como diversas pessoas malignas podem ser identificadas?

Palavras de Deus relevantes:

Aqueles entre os irmãos e irmãs que estão sempre dando vazão à sua negatividade são lacaios de Satanás e perturbam a igreja. Tais pessoas devem um dia ser expulsas e eliminadas. Se, em sua fé em Deus, as pessoas não tiverem um coração de reverência a Deus, se não tiverem um coração de obediência a Deus, então não só serão incapazes de fazer qualquer obra para Ele, mas, ao contrário, se tornarão aquelas que perturbam Sua obra e que O desafiam. Crer em Deus, mas não Lhe obedecer nem O reverenciar, e, em vez disso, resistir a Ele, é a maior desgraça para um crente. Se os crentes são tão casuais e irrestritos em sua fala e conduta como são os incrédulos, então eles são ainda mais malignos que os incrédulos; são demônios arquetípicos. Aqueles que dão vazão à sua conversa venenosa e maliciosa dentro da igreja, aqueles que espalham rumores, fomentam a desarmonia e formam grupos entre os irmãos e irmãs — eles deveriam ter sido expulsos da igreja. Mas porque agora é uma era diferente da obra de Deus, essas pessoas estão limitadas, pois enfrentam certa eliminação. Todos que foram corrompidos por Satanás têm caráter corrupto. Alguns não têm nada além de caráter corrupto, enquanto outros são diferentes: eles não só têm caráter satânico corrupto, mas sua natureza é também extremamente maliciosa. Não só suas palavras e ações revelam seu caráter satânico corrupto; essas pessoas são, além disso, o genuíno diabo Satanás. Seu comportamento interrompe e perturba a obra de Deus, prejudica a entrada na vida de irmãos e irmãs e danifica a vida normal da igreja. Mais cedo ou mais tarde, esses lobos em pele de cordeiro precisam ser removidos; uma atitude impiedosa, uma atitude de rejeição, deveria ser adotada para com esses lacaios de Satanás. Só isso é ficar do lado de Deus, e aqueles que deixam de fazê-lo estão chafurdando na lama com Satanás.

Extraído de ‘Um alerta para aqueles que não praticam a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Toda igreja tem pessoas que lhe causam problemas ou se intrometem na obra de Deus. Todas essas pessoas são Satanases que se infiltram disfarçados na casa de Deus. Tais pessoas são boas em atuar: vêm diante de Mim com grande reverência, curvando-se e se coçando, vivendo como cães sarnentos, dedicando o seu “tudo” para alcançar os próprios objetivos — mas, na frente dos irmãos e irmãs, mostram seu lado feio. Quando veem pessoas que praticam a verdade, elas as atacam e as empurram para o lado; quando veem pessoas mais formidáveis que elas mesmas, as lisonjeiam e as bajulam. Elas agem sem controle na igreja. Pode-se dizer que tais “valentões locais”, tais “cães de colo”, existem na maioria das igrejas. Eles andam juntos por aí sorrateiramente, enviando piscadelas e sinais secretos uns aos outros, e nenhum deles pratica a verdade. O que tem mais veneno é o “demônio principal”, e o que tem mais prestígio os lidera, portando sua bandeira erguida. Essas pessoas promovem desordem na igreja, espalhando sua negatividade, dando vazão à morte, agindo como lhes apraz, dizendo o que bem entendem, e ninguém ousa pará-las. Elas transbordam do caráter de Satanás. Mal causam uma perturbação, e logo um ar de morte entra na igreja. Aqueles dentro da igreja que praticam a verdade são expulsos, incapazes de dar tudo de si, enquanto lá dentro aqueles que perturbam a igreja e espalham morte correm em desordem — e, além disso, a maioria das pessoas os segue. Tais igrejas são governadas por Satanás, pura e simplesmente; o diabo é o seu rei. Se não se levantarem e rejeitarem os demônios principais, os congregados, também, irão à ruína, mais cedo ou mais tarde. De agora em diante, medidas precisam ser tomadas contra tais igrejas. Se aqueles que são capazes de praticar um pouco da verdade não buscarem, então essa igreja será eliminada. Se uma igreja não tiver ninguém que esteja disposto a praticar a verdade e ninguém que possa ser testemunha de Deus, então essa igreja deveria ser completamente isolada e suas conexões com outras igrejas precisam ser rompidas. Isso é chamado de “enterrar a morte”; é isso que significa expulsar Satanás. Se uma igreja tiver diversos valentões e eles forem seguidos por “pequenas moscas” que carecem inteiramente de discernimento, e se os congregados, mesmo depois de terem visto a verdade, ainda forem incapazes de rejeitar as amarras e a manipulação desses valentões, então todos aqueles tolos serão eliminados no fim. Essas pequenas moscas poderiam não ter feito nada terrível, mas são ainda mais enganosas, ainda mais escorregadias e evasivas, e todos os que forem assim serão eliminados. Nem um permanecerá! Aqueles que pertencem a Satanás serão devolvidos a Satanás, enquanto aqueles que pertencem a Deus certamente irão em busca da verdade; isso é decidido pela natureza deles. Que todos aqueles que seguem Satanás pereçam! Nenhuma piedade será mostrada a tais pessoas. Que todos os que buscam a verdade sejam providos e possam ter prazer na palavra de Deus para o contentamento de seu coração. Deus é justo; Ele não mostraria favoritismo a ninguém. Se você for um diabo, então será incapaz de praticar a verdade; se você for alguém que busca a verdade, então é certo que não será levado cativo por Satanás. Isso está além de qualquer dúvida.

Extraído de ‘Um alerta para aqueles que não praticam a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Pessoas que não se esforçam para progredir sempre desejam que os outros sejam tão negativos e indolentes quanto elas. Aquelas que não praticam a verdade têm inveja das que praticam e sempre tentam enganar aqueles que estão confusos e carecem de discernimento. As coisas a que essas pessoas dão vazão podem fazer com que você se degenere, escorregue para baixo, desenvolva um estado anormal e fique cheio de trevas. Elas fazem você se tornar distante de Deus e apreciar a carne e se entregar. Pessoas que não amam a verdade e que são sempre superficiais para com Deus não têm autoconsciência, e o caráter de tais pessoas seduz os outros a cometer pecados e a desafiar Deus. Elas não praticam a verdade, nem permitem que os outros a pratiquem. Elas apreciam o pecado e não abominam a si mesmas. Elas não se conhecem e impedem os outros de se conhecer; também impedem os outros de desejar a verdade. Aqueles que elas enganam não conseguem ver a luz. Eles caem na escuridão, não se conhecem, não têm clareza da verdade e se tornam cada vez mais distantes de Deus. Elas não praticam a verdade e impedem os outros de praticar a verdade, trazendo todos aqueles tolos diante de si. Em vez de dizer que creem em Deus, seria melhor dizer que elas creem em seus ancestrais, ou que aquilo em que creem são os ídolos em seu coração. Para aquelas pessoas que alegam seguir a Deus, seria melhor abrir os olhos e dar uma boa olhada para ver exatamente em quem elas creem: é realmente em Deus que você crê ou é em Satanás? Se você sabe que aquilo em que crê não é Deus, mas seus ídolos, então seria melhor se você não alegasse ser um crente. Se você realmente não sabe em quem crê, então, novamente, seria melhor se você não alegasse ser um crente. Dizer isso seria blasfêmia! Ninguém o está obrigando a crer em Deus. Não digam que vocês creem em Mim; já tive o suficiente dessa conversa e não desejo ouvi-la de novo, porque aquilo em que vocês creem é nos ídolos em seu coração e nos valentões entre vocês. Aqueles que balançam a cabeça quando ouvem a verdade, que forçam um riso quando ouvem falar de morte, são todos as crias de Satanás e são aqueles que serão eliminados. Muitos na igreja não têm discernimento. Quando algo enganoso ocorre, eles inesperadamente ficam do lado de Satanás; até se ofendem ao serem chamados de lacaios de Satanás. Embora as pessoas possam dizer que eles não têm discernimento, eles sempre ficam do lado sem a verdade, nunca ficam do lado da verdade no momento crítico, nunca se levantam e argumentam em prol da verdade. Eles carecem verdadeiramente de discernimento? Por que eles inesperadamente tomam o lado de Satanás? Por que nunca dizem uma palavra que seja justa e razoável para apoiar a verdade? Essa situação surgiu genuinamente como resultado de sua confusão momentânea? Quanto menos discernimento as pessoas têm, menos são capazes de ficar do lado da verdade. O que isso mostra? Não mostra que as pessoas sem discernimento amam o mal? Não mostra que elas são a cria leal de Satanás? Por que é que elas são sempre capazes de ficar do lado de Satanás e falar a língua dele? Cada palavra e ato delas, as expressões em seu rosto, todos são suficientes para provar que elas não são um tipo de amante da verdade; antes, são pessoas que detestam a verdade. O fato de que podem ficar do lado de Satanás é suficiente para provar que Satanás realmente ama esses diabos mesquinhos que passam a vida lutando pela causa de Satanás. Todos esses fatos não são perfeitamente claros? Se você é mesmo uma pessoa que ama a verdade, por que, então, não tem consideração por aqueles que praticam a verdade e por que você segue imediatamente aqueles que não praticam a verdade ao mínimo olhar deles? Que tipo de problema é esse? Não Me importa se você tem discernimento ou não. Eu não Me importo com quão alto seja o preço que você pagou. Eu não Me importo com quão grandes sejam suas forças, e não Me importa se você é um valentão ou um líder que carrega uma bandeira. Se as suas forças são grandes, isso só se deve à ajuda da força de Satanás. Se o seu prestígio é alto, isso é meramente porque há gente demais ao seu redor que não pratica a verdade. Se você não foi expulso, isso é porque agora não é o tempo da obra de expulsar; antes, é o tempo da obra de eliminação. Não há pressa em expulsar você agora. Eu simplesmente estou esperando pelo dia em que o punirei após você ter sido eliminado. Qualquer um que não praticar a verdade será eliminado!

Extraído de ‘Um alerta para aqueles que não praticam a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Se, em sua fé em Deus, as pessoas não tiverem um coração de reverência a Deus, se não tiverem um coração de obediência a Deus, então não só serão incapazes de fazer qualquer obra para Ele, mas, ao contrário, se tornarão aquelas que perturbam Sua obra e que O desafiam. Crer em Deus, mas não Lhe obedecer nem O reverenciar, e, em vez disso, resistir a Ele, é a maior desgraça para um crente. Se os crentes são tão casuais e irrestritos em sua fala e conduta como são os incrédulos, então eles são ainda mais malignos que os incrédulos; são demônios arquetípicos.

Extraído de ‘Um alerta para aqueles que não praticam a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Pode ser que, em todos os seus anos de fé em Deus, você nunca tenha amaldiçoado alguém, nem cometido uma má ação, mas em sua associação com Cristo você não pode falar a verdade, agir com honestidade, nem obedecer à palavra de Cristo; nesse caso, Eu digo que você é a pessoa mais sinistra e maliciosa do mundo. Você pode ser especialmente afável e devotado para com seus familiares, amigos, esposa (ou marido), filhos e filhas, e pais, e nunca se aproveitar dos outros, mas se você for incapaz de compatibilidade com Cristo, se você não for capaz de interagir em harmonia com Ele, então, até se você se doar inteiramente para socorrer o seu próximo ou se cuidar meticulosamente bem de seu pai, mãe e membros da família, ainda assim Eu diria que você é perverso, e além disso alguém cheio de truques ardilosos.

Extraído de ‘Aqueles que são incompatíveis com Cristo certamente são oponentes de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

O que significa ser de bom coração? Somente aqueles que amam a verdade e coisas positivas são de bom coração. Os iníquos amam coisas positivas? Os iníquos amam coisas más, cruéis e maliciosas; amam todas essas coisas relacionadas a coisas negativas. À menção de coisas positivas — quando são informados de que algo é benéfico para as pessoas, que aquilo vem de Deus — eles não gostam daquilo que ouvem e perdem o interesse. Sendo assim, não há como possam ser salvos. Não importa quão bem-articulada seja a verdade, quão verdadeiro seja esse caminho, seu interesse não pode ser despertado — mas à menção de comer, beber, se divertir, se prostituir, jogar, roubar, assaltar, eles se animam. Esse é um caráter vicioso e maligno, não há bondade em seu coração, e assim são incapazes de amar coisas positivas. Como, em seu coração, eles veem coisas positivas? Com desprezo. Eles as menosprezam e zombam delas. À menção de ser honesto, eles pensam consigo mesmos: “Pessoas honestas não fazem nada além de sofrer. Não serei honesto. Você é tolo por ser honesto, veja só quão árduo é cumprir o seu dever. Você nunca pensou em se permitir uma saída, nunca considerou a sua saúde. Quem cuidará de você quando estiver esgotado? Não posso permitir que fique esgotado”. Alguns dizem: “Precisamos garantir uma saída para nós; não podemos ficar labutando cegamente com o suor do nosso rosto. Devemos preparar uma saída, então poderemos simplesmente fazer um esforço simbólico”. Falar sobre suas opiniões os deixa felizes, mas qualquer menção de obediência absoluta, de despender-se fielmente e cumprir seu dever, os repugna, eles sentem aversão a isso, e isso cai em ouvidos surdos. Essas pessoas não são perversas? Não há nada além de malícia em seu coração. À menção da verdade e de praticar a verdade, se seus interesses são violados, elas se tornam adversas, não querem ouvir: “O dia todo você fica falando sobre a verdade, sobre os princípios da prática e sobre ser honesto. Consigo colocar comida na mesa sendo honesto? Consigo ganhar dinheiro sendo honesto? Posso lucrar com a mentira”. Que lógica é essa? Essa é a “lógica do bandido de estrada”. Esse caráter não é perverso? O coração dessas pessoas é bondoso? (Não.) Essas pessoas não podem ganhar a verdade. Assim, existe um objetivo no pouco que dedicam, despendem e abandonam. Pensaram em tudo: dedicarão uma parte e, em troca, receberão dez partes. Apenas isso lhes parece valer a pena. Que tipo de caráter é esse? É maldade e perversidade.

Extraído de ‘Apenas conhecendo a si mesmo você pode buscar a verdade’ em “Registros das falas de Cristo”

Como os anticristos e os perversos se relacionam? Em geral riem e brincam, se bajulam e caem nas graças uns dos outros. Os perversos arrebanham-se onde quer que os anticristos estejam; sempre estão juntos, como moscas seguindo o fedor. Nenhuma obra séria é feita quando estão em companhia uns dos outros; simplesmente fofocam sobre quem falou mal de quem ou quem criticou severamente os líderes, ou, se virem pessoas que os desagradem, pensarão em como expulsá-las. Tudo do que falam é como dificultar a vida dos outros. Discutem também como se posicionar contra o alto, como saber com antecedência se alguém planeja denunciar um problema com eles e o que fazer a esse respeito assim que realmente o saibam. Esses são os assuntos sobre os quais esse bando de perversos fala. Nunca, quando estão juntos, eles comungam sobre quais irmãos e irmãs podem estar fracos ou negativos, carecer de convicção ao cumprir seus deveres ou ter sido enganados por causa de algo, nem discutem como ajudar e apoiar melhor aqueles irmãos e irmãs, ou em que áreas a igreja poderia ser melhor. Quando juntos, os anticristos não discutem maneiras e métodos de resolver esses problemas; não falam sobre tais assuntos. Só fofocam sobre quem está infeliz com eles, quem é uma ameaça ao status deles, quem vai relatar um problema com eles e quem está em contato com o alto. Após discutir algo, os anticristos então vão e colocam esse algo em ação nas igrejas, e sua intromissão as vira de cabeça para baixo. Então, todos entram em pânico, e os irmãos e irmãs por fim começam a suspeitar e a ter ciúmes uns dos outros, destruindo e expondo uns aos outros —atingindo dessa maneira os objetivos dos anticristos. É assim que os anticristos conduzem as igrejas. Se os perversos fazem o que eles dizem, os anticristos os protegem. Se os perversos não fazem o que dizem, então os perversos são os primeiros a serem enfrentados. Se aqueles perversos seguirem os anticristos e puderem ser recrutados e atraídos, então os anticristos os transformarão em cúmplices e informantes para realizar maus atos para eles. Introduzirão aqueles perversos entre os outros irmãos e irmãs para descobrir quem falou mal deles pelas costas, quem tem queixas sobre eles, quem tem algumas percepções das palavras de Deus e quer exercer discernimento sobre eles e sobre certas coisas que poderiam expô-los por aquilo que realmente são, quem abaixo deles planeja denunciá-los e quem frequentemente deseja estar em contato com o alto. Ficam especificamente atentos a essas coisas e então, quando estão todos juntos, discutem contramedidas, deliberando sobre quem podem expulsar a cada dia e depois fazendo-o parecer oficial ao submetê-lo à votação. Essas são as coisas que os anticristos fazem; é assim que conduzem as igrejas. Em locais com anticristos e perversos, as igrejas exalam vapores fétidos. Isso se chama o diabo estar no comando. Pode surgir algo bom quando o diabo está no comando? Só pode trazer calamidade sobre os escolhidos de Deus.

Extraído de ‘Para líderes e obreiros, escolher uma senda é de extrema importância (3)’ em “Registros das falas de Cristo”

Anterior: 5. O que é um incrédulo?

Próximo: 7. O que significa seguir a Deus? O que significa seguir ao homem?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Venha conversar com a gente
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

5. Como Deus tem guiado e provido para a humanidade até o dia de hoje

Deus é Aquele que governa sobre todas as coisas e quem administra todas as coisas. Ele criou tudo o que existe, administra tudo o que existe e também governa tudo o que existe e supre tudo o que existe. Esse é o status de Deus e a identidade de Deus. Para todas as coisas e para tudo o que existe, a verdadeira identidade de Deus é a de Criador e Governante de todas as coisas. Essa é a identidade que Deus possui e Ele é único entre todas as coisas.

5. O valor inerente à Bíblia e como se aborda e usa a Bíblia de uma maneira que se conforme à vontade de Deus

“Crença em Deus” significa acreditar que há um Deus; esse é o conceito mais simples de fé em Deus. Mais ainda, acreditar que há um Deus não é o mesmo que crer verdadeiramente em Deus; antes é um tipo de fé simples com fortes implicações religiosas. Fé verdadeira em Deus significa experimentar as palavras e a obra de Deus com base na crença de que Deus é soberano sobre todas as coisas. Assim você será libertado de seu caráter corrupto, cumprirá o desejo de Deus e virá a conhecer Deus. Somente por meio de tal jornada se poderá dizer que crê em Deus.

2. As diferenças essenciais entre ser salvo e alcançar salvação completa

A primeira encarnação foi para redimir o homem do pecado, para redimi-lo por meio do corpo de carne de Jesus, isto é, Ele salvou o homem da cruz, mas o caráter satânico corrupto ainda permaneceu dentro do homem. A segunda encarnação não é mais para servir como uma oferta pelo pecado, mas, em vez disso, salvar totalmente aqueles que foram redimidos do pecado. Isso é feito de modo que aqueles que são perdoados possam ser libertos de seus pecados e ser completamente limpos, e por alcançar um caráter transformado, libertar-se da influência das trevas de Satanás e retornar para diante do trono de Deus. Só dessa maneira o homem pode ser plenamente santificado.

1. As diferenças essenciais entre a obra de Deus e o trabalho do homem

A obra do Próprio Deus envolve a obra de toda a humanidade e também representa a obra da era inteira. Em outras palavras, a própria obra de Deus representa o movimento e tendência de toda a obra do Espírito Santo, enquanto a obra dos apóstolos segue a própria obra de Deus e não lidera a era nem representa a tendência da obra do Espírito Santo na era inteira. Eles realizam apenas a obra que o homem deve realizar, sem nenhuma relação com a obra de gestão. A própria obra de Deus é o projeto dentro da obra de gestão. A obra do homem é apenas o dever dos homens que são usados e não tem qualquer relação com a obra de gestão.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro