Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cem perguntas e respostas sobre investigar o caminho verdadeiro

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

62. Há de fato muitas partes na Bíblia que profetizam a obra de Deus dos últimos dias. Gostaríamos de saber a respeito da aparência de Deus Todo-Poderoso e Sua obra: como isso se cumpre e realiza essas profecias?

A resposta da palavra de Deus:

Eu lhes direi isso quando abrir o Meu pergaminho nos últimos dias. (O pergaminho se refere a todas as palavras que pronunciei, as Minhas palavras nos últimos dias; está tudo ali dentro.)

de ‘A centésima décima declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”

O homem crê que, após a crucificação e a ressurreição, Jesus voltou aos céus sobre uma nuvem branca e tomou o Seu lugar à destra do Altíssimo. Semelhantemente, o homem imagina que Jesus irá descer, novamente sobre uma nuvem branca (esta nuvem se refere à nuvem sobre a qual Jesus voltou para os céus), em meio àqueles que têm desesperadamente ansiado por Ele há milhares de anos, e que Ele terá a imagem e as roupas dos judeus. Depois de aparecer aos homens, Ele lhes concederá alimentos, fará com que água viva jorre do interior deles e habitará entre eles, cheio de graça e amor, vivo e real. E assim por diante. Mas Jesus, o Salvador, não o fez; Ele fez o oposto do que o homem imaginou. Ele não chegou entre aqueles que haviam ansiado por Sua volta e não apareceu sobre a nuvem branca a todos os homens. Ele já chegou, mas o homem não O conhece, e permanece ignorante de Sua chegada. O homem está apenas aguardando, sem propósito, que Ele venha, inconsciente de que Ele já desceu sobre uma nuvem branca (a nuvem que é o Seu Espírito, as Suas palavras e Seu caráter todo e tudo o que Ele é), e está agora entre um grupo de vencedores que Ele irá formar durante os últimos dias.

de ‘O Salvador já voltou sobre uma “nuvem branca”’ em “A Palavra manifesta em carne”

Estou fazendo a Minha obra por todo o universo e, no Oriente, trovões estrondosos soam incessantemente, sacudindo todas as nações e denominações. É a Minha voz que trouxe todos os homens para o presente. Farei com que todos os homens sejam conquistados pela Minha voz, caiam nessa corrente, e submetam-se diante de Mim, pois há muito tempo recuperei a Minha glória de toda a terra e a emanei novamente no Oriente. Quem não deseja ver a Minha glória? Quem não espera ansiosamente pelo Meu retorno? Quem não tem sede do Meu reaparecimento? Quem não tem saudades da Minha beleza? Quem não viria para a luz? Quem não veria a riqueza de Canaã? Quem não anseia pelo retorno do Redentor? Quem não adora o Grande Todo-Poderoso? A Minha voz se espalhará pela terra; desejo, diante do Meu povo escolhido, falar mais palavras para eles. Como os poderosos trovões que abalam montanhas e rios, Eu falo Minhas palavras para todo o universo e para a humanidade. Portanto, as palavras na Minha boca se tornaram o tesouro do homem, e todos os homens apreciam as Minhas palavras. O raio ilumina do Oriente até o Ocidente. Minhas palavras são tais que o homem reluta em abrir mão delas e, ao mesmo tempo, as considera insondáveis, mas se regozija com elas ainda mais. Como um recém-nascido, todos os homens estão contentes e alegres, celebrando a Minha vinda. Por intermédio da Minha voz, trarei todos os homens diante de Mim. Daí em diante, Eu entrarei formalmente na raça dos homens para que venham Me adorar. Com a glória que Eu irradio e com as palavras da Minha boca, farei com que todos os homens venham diante de Mim e vejam que o relâmpago ilumina desde o Oriente e que desci também no Monte das Oliveiras, no Oriente. Eles verão que já há muito tempo estou na terra, não mais como o Filho dos judeus, mas como o Relâmpago do Oriente. Pois há muito que ressuscitei e saí do meio da humanidade, e reapareci com glória entre os homens. Eu sou Aquele que foi adorado por incontáveis eras antes de agora, e também sou o bebê abandonado pelos israelitas, incontáveis eras antes de agora. Além disso, Eu sou o todo-glorioso Deus Todo-Poderoso da era presente! Que todos cheguem diante do Meu trono e vejam Meu semblante glorioso, ouçam a Minha voz e contemplem as Minhas obras. Essa é a totalidade da Minha vontade; é o fim e o clímax do Meu plano, assim como o propósito do Meu gerenciamento. Que toda nação Me adore, que toda língua Me reconheça, que todo homem tenha fé em Mim, que todos os povos se sujeitem a Mim!

de ‘O ressoar dos sete trovões – profetizando que o evangelho do reino se expandirá por todo o universo ’ em “A Palavra manifesta em carne”

“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.” Será que, agora, vocês ouviram as palavras do Espírito Santo? As palavras de Deus estão sobre vocês. Vocês conseguem ouvir? Deus realiza a obra da palavra nos últimos dias e essas palavras são as do Espírito Santo, pois Deus é o Espírito Santo e também pode Se tornar carne; portanto, as palavras do Espírito Santo, assim como foram ditas no passado, são hoje as palavras do Deus encarnado. Existem muitos homens insensatos que acreditam que as palavras do Espírito Santo devam vir dos céus até o ouvido humano. Quem pensa assim não conhece a obra de Deus. Em verdade, as falas do Espírito Santo são as mesmas do Deus tornado carne. O Espírito Santo não consegue falar diretamente ao homem, assim como Jeová também não falou diretamente aos homens, mesmo na Era da Lei. Não seria ainda mais improvável que Ele fizesse isso na era de hoje? Para poder falar declarações e realizar Sua obra é preciso que Deus Se torne carne, ou Sua obra não alcançará o objetivo. Aqueles que negam que Deus Se tornou carne são também os que não conhecem o Espírito nem os princípios através dos quais Deus opera. Quem acredita que agora seja a era do Espírito Santo sem, no entanto, aceitar as novas obras divinas está vivendo em uma fé vaga. Tal tipo de homem jamais receberá a obra do Espírito Santo. Aqueles que apenas desejam que o Espírito Santo fale diretamente e que diretamente realize a obra, sem aceitar, no entanto, as palavras ou a obra do Deus encarnado, jamais conseguirão entrar na nova era nem receber completamente a salvação de Deus!

de ‘Como o homem que definiu Deus de acordo com as suas concepções pode receber as revelações de Deus?’ em “A Palavra manifesta em carne”

O “julgamento” conforme as palavras colocadas anteriormente — o julgamento começará na casa de Deus — refere-se ao juízo que Deus emite hoje sobre aqueles que se põem diante de Seu trono nos últimos dias. […]

[…] Quando se trata da palavra “julgamento”, você irá pensar nas palavras que Jeová disse a todos os lugares e nas palavras de repreensão que Jesus disse aos fariseus. Por toda a severidade delas, essas palavras não são o julgamento do homem por Deus, apenas palavras ditas por Deus dentro de diferentes ambientes, isto é, em diferentes situações; tais palavras não são como as palavras ditas por Cristo ao julgar o homem nos últimos dias. Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Tais palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Tais palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, tais palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a materialização de Satanás e uma força inimiga contra Deus. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não só torna clara a natureza do homem com apenas algumas palavras, como também a expõe, o tratamento e a poda no longo prazo. Tais métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo são considerados julgamento; só por meio de julgamento desse tipo é que o homem pode ser subjugado e completamente convencido a se submeter a Deus e, além disso, ganhar verdadeiro conhecimento de Deus. O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconheça e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Tais efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de abrir a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele. Tal é a obra de julgamento realizada por Deus.

de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

A obra de conquista em curso é uma obra determinada a tornar óbvio qual será o fim do homem. Por que Eu digo que o castigo e julgamento de hoje são o julgamento diante do grande trono branco dos últimos dias? Você não vê isso? Por que a obra de conquista é a última fase? Não é precisamente para manifestar como cada classe de homem terminará? Não é para permitir que todo mundo, no decurso da obra de conquista de castigo e julgamento, mostre suas cores verdadeiras e, então, seja classificado posteriormente de acordo com o tipo? Em vez de dizer que isso é conquistar a humanidade, talvez seja melhor dizer que é mostrar como cada classe de homem terminará. Isto é, julgar os seus pecados e, então, mostrar as várias classes do homem, decidindo, deste modo, se eles são maus ou justos. Após a obra de conquista, vem a obra de recompensar o bom e punir o mau: as pessoas que obedecem completamente, isto é, as conquistadas plenamente, serão colocadas na próxima etapa de disseminar a obra para o universo inteiro; as não conquistadas serão colocadas nas trevas e encontrarão a calamidade. Assim, o homem será classificado de acordo com o tipo, os malfeitores agrupados com o mau, para nunca jamais verem a luz do sol, e os justos agrupados com o bom, para receber a luz e viver para sempre na luz. O fim está próximo para todas as coisas, o fim do homem foi claramente mostrado aos seus olhos, e todas as coisas serão classificadas de acordo com o tipo. Como então as pessoas podem escapar de sofrer essa classificação? A revelação do final de cada classe de homem é feita quando o final de todas as coisas estiver próximo, e é feito durante a obra de conquista do universo inteiro (incluindo todo a obra de conquista, começando pela presente obra). Esta revelação do final de toda a humanidade é feita diante do banco de julgamento, no decurso do castigo e no decurso da obra de conquista dos últimos dias.

de ‘A verdade interior da obra de conquista (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Agora só estou fazendo a obra que é Meu dever fazer; atarei todo o trigo em molhos, junto a todos esses joios. Essa é a Minha obra agora. Esses joios devem ser separados na hora da Minha ceifa, então os grãos de trigo serão juntados no celeiro, e esses joios que foram separados devem ser colocados no fogo para queimar até virar pó. A Minha obra agora é simplesmente atar todos os homens em molhos, quer dizer, conquistá-los completamente. Então começarei a separação para revelar o fim de todos os homens.

de ‘O que você sabe sobre a fé?’ em “A Palavra manifesta em carne”

A menção dos três estágios da obra de Deus é para trazer todas as criaturas e pessoas de cada religião e denominação sob o domínio de um único Deus. Independentemente de qual religião você pertença, no final todos se submeterão ao domínio de Deus. Somente Deus mesmo pode realizar esta obra; não pode ser feito por nenhum chefe religioso.

de ‘Conhecer os três estágios da obra de Deus é o caminho para conhecer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

A obra de Deus é feita pelo Próprio Deus. É Ele quem põe a Sua obra em movimento e também Ele é quem a conclui. É Ele quem planeja a obra e também Ele é quem a gerencia e, mais que isso, é Ele quem realiza a obra. Está escrito na Bíblia: “Eu sou o Princípio e o Fim; Eu sou o Semeador e o Ceifeiro”. Tudo que se relaciona com a obra de Seu gerenciamento é feito por Ele Mesmo. Ele é o Governante do plano de gerenciamento de seis mil anos; ninguém pode fazer Sua obra em Seu lugar ou finalizar a Sua obra, pois é Ele quem está no controle de tudo. Uma vez que Ele criou o mundo, Ele levará o mundo inteiro a viver em Sua luz e concluirá a era inteira para completar todo o Seu plano.

de ‘O mistério da encarnação (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior:Na fé em Deus, não se deve desviar da Bíblia; qualquer coisa que se desvie da Bíblia é falsa e herética. Isso é defensável?

Próximo:A Bíblia diz que toda escritura é dada por inspiração de Deus, então por que vocês dizem que a Bíblia não corresponde totalmente às palavras de Deus?

Coisas que talvez lhe interessem