O Papa e o clero serão os primeiros a saber quando Nosso Senhor Jesus Cristo voltar?

07 de Outubro de 2021

Por Wang Gang, República Tcheca

“O Papa possui autoridade divina e é um procurador de Deus, enquanto os padres ouvem o Papa. É por isso que Nosso Senhor Jesus Cristo iluminará o Papa e os sacerdotes primeiro quando Ele retornar, e então eles espalharão a notícia para todos os fiéis. Isso porque eles são as pessoas mais próximas de Deus e os responsáveis por todas as igrejas do mundo.”

“O Papa, os bispos e os padres são apenas seres humanos e não podem ser procuradores de Deus. Em todas as coisas, devemos olhar para as palavras de Deus, e não podemos sentar e esperar pela iluminação para receber Nosso Senhor Jesus Cristo, mas devemos concentrar nossos esforços em ouvir a voz de Deus. Este é o único caminho de acolher Nosso Senhor Jesus Cristo.”

Lendo a primeira declaração, você provavelmente pensaria que é a opinião de um católico. Mas você pode se surpreender ao descobrir que essas duas declarações foram feitas pela mesma pessoa. O que tudo ele experimentou, e como ele passou por uma transição tão importante?

Vamos dar uma olhada em sua história. Talvez isso possa nos fazer bem.

1. Os padres são os mais venerados

O sacerdote disse: “Está escrito no Evangelho de Mateus 16: 18-19: ‘E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus’. Podemos ver pelas palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo, que nosso Papa na Igreja Católica é estabelecido como um sucessor de Pedro. Eles seguem um ao outro, geração após geração. Nosso Senhor Jesus Cristo concedeu autoridade, para administrar a Igreja Católica ao Papa. Então, quando Nosso Senhor Jesus Cristo retornar nos últimos dias, Ele dirá ao Papa primeiro, o Papa dirá aos bispos e padres, e então eles dirão aos membros da igreja. É por isso que devemos absolutamente seguir a liderança do clero, para que possamos receber Nosso Senhor Jesus Cristo quando Ele voltar. Se não vier do Papa ou de um bispo, é falso. Não acredite nisto”.

Depois de ouvir a comunhão do padre, geralmente pensava comigo mesmo que, o papa tinha autoridade divina e era um procurador de Deus, bem como o cabeça da igreja. Então, quando Nosso Senhor Jesus Cristo voltasse, Ele certamente iluminaria o Papa e os sacerdotes primeiro, e então eles passariam a notícia a todos os fiéis, porque eles eram as pessoas mais próximas de Deus.

Em geral, também adorei ouvir o padre contar suas próprias histórias sobre o quanto ele sofreu em seu caminho de fé. Enquanto ouvia, eu realmente senti admiração pelo quanto ele havia passado em seu caminho de fé. Eu senti que um grande sacerdote certamente era digno de ser um dos servos de Deus. Sem eu perceber, o padre impactou minha trajetória de vida, e eu jurei que iria para o seminário e me tornaria padre para poder servir a Deus.

2. Nosso Senhor Jesus Cristo voltou — Por que os sacerdotes não sabem?

Um dia, um membro da igreja veio à minha casa e disse-me que havia um frade que ia fazer um sermão em sua casa. Ela me perguntou se eu queria ir. Sempre adorei ouvir sermões e parecia uma grande oportunidade, então decidi ir. Este frade, chamado Xie, tinha um tópico que era novo para mim: “O Plano de Gestão de Deus para 6.000 anos”. Eu senti que era algo realmente diferente e estava ouvindo com atenção. Frei Xie partiu do Antigo Testamento: “Nos tempos do Antigo Testamento, ou seja, a Era da Lei, Deus decretou a lei para os israelitas por meio de Moisés, ensinando-os a seguir a lei de Deus. O que isso alcançou foi ensinar-lhes o que era o pecado por meio da lei. Então, no final dos tempos do Velho Testamento, as pessoas estavam se tornando cada vez mais corruptas e não podiam mais seguir a lei. O templo se tornou um covil de ladrões. Todos viviam em pecado e corriam o perigo de serem condenados à morte segundo a lei. É por isso que Nosso Senhor Jesus Cristo trouxe Consigo a Era da Graça e completou a etapa da obra de redenção. Ele foi pregado na cruz como uma oferta pelo pecado pela humanidade, para que, enquanto as pessoas aceitassem o evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, elas pudessem ser redimidas de seus pecados e não seriam mais condenadas sob a lei. O que a obra de Nosso Senhor Jesus Cristo realizou foi dar às pessoas um caminho de confessar e se arrepender para que não tivessem que ser condenadas de acordo com a lei. No entanto, Deus não absolveu a humanidade de nossa natureza pecaminosa. Todos os tipos de caracteres satânicos ainda estavam profundamente enraizados nas pessoas, e isso é algo ainda mais profundo do que o pecado. É por isso que o livro do Apocalipse profetiza que Nosso Senhor Jesus Cristo retornará nos últimos dias e fará uma etapa da obra para julgar e limpar a humanidade. Esta é a obra de nos livrar do pecado, para que não cometamos mais pecado, e é alcançada por meio da obra de julgamento realizada nos últimos dias. Este é o plano de gerenciamento de 6.000 anos de Deus”.

A comunhão de Frei Xie foi realmente esclarecedora para mim. Eu vi que a obra de Deus para salvar a humanidade acontece era sobre era; eu nunca tinha percebido isso antes, quando estava lendo a Bíblia ou ouvindo sermões.

Nesse ponto de seu sermão, Xie disse: “Tenho boas notícias para todos vocês hoje. Nosso Senhor Jesus Cristo já voltou e está trabalhando entre nós na carne. Ele abriu o rolo profetizado na Bíblia, abriu os sete selos e falou à humanidade”.

Fiquei pasmo, pensando: “Que maravilha Nosso Senhor Jesus Cristo ter voltado! Nosso Senhor Jesus Cristo, por Quem ansiamos dia e noite, finalmente veio!”

Em seguida, ele conseguiu algumas cópias de um livro que distribuiu para nós e nos fez ler uma seção chamada “O Salvador já voltou sobre uma ‘nuvem branca’”. Isso realmente confirmou para mim que Nosso Senhor Jesus Cristo, que sempre esteve em nossas mentes, realmente voltou em carne. Eu silenciosamente me regozijei e agradeci a Deus sem parar.

Mas, além da alegria, também senti alguma confusão. Eu me perguntei: “O retorno de Nosso Senhor Jesus Cristo é realmente um grande trabalho. Porquê, o Papa não está espalhando esta notícia? E nós temos nosso próprio padre para nossa igreja; eu realmente não entendo. Como essa pessoa, Xie, descobriria sobre isso primeiro?”

Mas então pensei: “Ele realmente explicou claramente, que Nosso Senhor Jesus Cristo voltou e abriu o livro profetizado em Apocalipse. Além disso, sinto que as palavras de Deus Todo-Poderoso são realmente a voz de Deus”. Então, invoquei Nosso Senhor Jesus Cristo, em meu coração para me guiar para resolver essa confusão.

3. Nosso Senhor Jesus Cristo realmente dirá ao Papa e clero quando Ele voltar?

Durante uma reunião, discuti essa questão com os irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso.

O irmão Li compartilhou esta comunhão: “Temos esse tipo de noção porque nossa fé em Deus está sujeita a todo tipo de imaginação. Achamos, que quando Nosso Senhor Jesus Cristo vier para fazer Sua nova obra, Ele terá que deixar o Papa e os bispos saberem primeiro, porque eles têm um status mais elevado, são os mais próximos de Deus e zelam pela igreja em nome de Deus. Então, pensamos que quando Nosso Senhor Jesus Cristo voltar, eles vão passar a notícia para nós, e então podemos aceitá-lo. Mas, na realidade, não é nada parecido com o que imaginamos. Vamos pensar nos escribas e fariseus na época de Jesus; eles eram aqueles que serviam diretamente a Yahweh dentro do templo, e também tinham um status elevado. Se as coisas tivessem acontecido de acordo com nossas noções, Nosso Senhor Jesus Cristo os teria esclarecido primeiro. Mas, na verdade, quando Nosso Senhor Jesus Cristo desceu, Ele não disse aos principais sacerdotes e anciãos que serviam no templo primeiro, como todos pensavam que faria. Em vez disso, quando Ele começou Sua obra, Ele não selecionou aqueles oficiais religiosos, mas selecionou israelitas regulares, como cobradores de impostos, viúvas e pescadores. Ele compartilhou Seus sermões, e realizou todos os tipos de milagres entre eles para que fossem os primeiros a aprender sobre Sua obra. E então o evangelho foi compartilhado com mais pessoas por meio deles. Quando Nosso Senhor Jesus Cristo ressuscitou, ainda não eram os principais sacerdotes, anciãos e escribas que serviam nos templos aos quais Ele apareceu primeiro, mas Ele apareceu aos Seus discípulos e aos fiéis comuns, para que fossem eles a ver que Ele tinha voltado dos mortos. De lá, eles foram compartilhar a notícia da redenção de Nosso Senhor Jesus Cristo. Assim como fala em 1 Coríntios 1: 26-29, quando Nosso Senhor Jesus Cristo estava trabalhando, não havia muitas pessoas sábias, poderosas ou ricas, que Ele escolheu, mas Ele escolheu as pessoas fracas e vis no mundo, e aqueles que foram desprezados pelos outros. Esses foram os que Ele escolheu. A obra de Nosso Senhor Jesus Cristo foi um golpe para as noções das pessoas, e mostrou Sua justiça e justiça. Podemos ver a partir desse estágio da obra, realizada pelo righteousness, e que a obra de Deus não segue as noções e imaginações das pessoas. Da mesma forma, agora que Ele voltou, Nosso Senhor Jesus Cristo não esclarece os padres, bispos e o Papa primeiro, e depois os faz espalhar a notícia a todos os fiéis como as pessoas imaginam. Não podemos tentar delimitar a obra de Deus de acordo com nossas próprias noções e imaginações. Se todos apenas esperarem o clero nos contar sobre a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo, e só acreditarem e aceitarem Sua nova obra nesse ponto, estaremos perdendo uma oportunidade maravilhosa e os arrependimentos chegarão tarde demais”.

A comunhão do irmão Li, me ajudou a entender o assunto um pouco melhor. Percebi que a afirmação dos sacerdotes, de que Nosso Senhor Jesus Cristo se comunicaria com eles primeiro quando Ele voltasse, era exatamente o que imaginávamos como humanos, mas não era de forma alguma o que Nosso Senhor Jesus Cristo pretendia. Quando Nosso Senhor Jesus Cristo veio e estava trabalhando, Ele não se revelou aos líderes religiosos. Eu vi o quão patético eu era, que estava apenas acompanhando os padres e vivendo baseado na fantasia. Isso me fez pensar nos outros paroquianos que eram exatamente como eu, vivendo dentro de suas próprias imaginações absurdas, não ousando ouvir ou aceitar essa nova etapa da obra de Deus. Que tolice!

4. O Papa e o Clero podem representar Deus?

Um dia, li esta passagem nas palavras de Deus Todo-Poderoso: “Existem várias religiões importantes no mundo, e cada uma tem seu próprio chefe, ou líder, e os seguidores estão espalhados por diferentes países e regiões em todo o mundo; quase todo país, seja grande ou pequeno, tem diferentes religiões dentro dele. No entanto, independentemente de quantas religiões existam em todo o mundo, todas as pessoas dentro do universo, em última instância, existem sob a orientação de um Deus, e sua existência não é guiada por chefes ou líderes religiosos. Isso significa dizer que a humanidade não é guiada por um chefe ou líder religioso em particular; em vez disso, toda a humanidade é conduzida pelo Criador, que criou os céus, a terra e todas as coisas, e também criou a humanidade — e isso é um fato. Embora o mundo tenha várias religiões principais, independentemente de quão grandes sejam, todas elas existem sob o domínio do Criador, e nenhuma delas pode exceder o escopo desse domínio. O desenvolvimento da humanidade, a superação da sociedade, o desenvolvimento das ciências naturais — cada um destes é inseparável dos arranjos do Criador, e essa obra não é algo que possa ser feito por um determinado chefe religioso. O chefe religioso é meramente o líder de uma religião em particular, e não pode representar Deus ou Aquele que criou os céus e a terra e todas as coisas. O chefe religioso pode liderar todos os que pertencem à religião inteira, mas não pode comandar todas as criaturas sob os céus; esse é um fato universalmente reconhecido. O chefe religioso é apenas um líder e não pode ser igual a Deus (o Criador). Todas as coisas estão nas mãos do Criador e, no final, todas elas retornarão às mãos do Criador. A humanidade foi criada por Deus e, independentemente da religião, cada pessoa retornará ao domínio de Deus — isso é inevitável. Somente Deus é o Altíssimo dentre todas as coisas, e o governante supremo dentre todas as criaturas também deve retornar sob Seu domínio. Não importa quão elevado seja o status do homem, ele não pode levar a humanidade a um destino adequado, e ninguém é capaz de classificar todas as coisas de acordo com sua espécie”.

As palavras de Deus Todo-Poderoso, me ajudaram a entender que Deus é o Criador de todas as coisas, e todas as coisas estão em Suas mãos — Ele guiou a humanidade passo a passo até hoje. E o Papa pode ter uma posição realmente elevada, e ele pode guiar os católicos em todo o mundo, mas ele não pode criar todas as coisas ou liderar toda a humanidade. Outros clérigos são os mesmos. Eles são apenas seres criados nas mãos de Deus, mas eles não podem representar Deus, e eles não podem estar em pé de igualdade com Ele. Percebi que, desde pequeno, o padre me levava a acreditar erroneamente, que o Papa tem autoridade divina e que representa Deus na terra. Eu pensei o mesmo dos padres, que eles eram os mais próximos de Deus. Eu os igualei a Deus, olhando para eles, admirando-os e adorando-os. Através desta revelação nas palavras de Deus Todo-Poderoso, eu finalmente entendi que eles são apenas seres minúsculos criados nas mãos de Deus, e eles não estão no mesmo nível que Deus. Eles especialmente não podem representar a Deus.

5. O Papa e o Clero são nomeados por Deus?

Certa vez, durante uma reunião, a irmã Liu compartilhou a comunhão em uma seção das palavras do Deus Todo-Poderoso chamado “Quanto ao uso que Deus faz do homem”. Em uma passagem, Deus diz: “Em termos da essência de seu trabalho e do contexto de seu uso, o homem usado por Deus é levantado por Ele, é preparado por Ele para a obra de Deus e ele coopera na obra do Próprio Deus. Ninguém jamais poderia fazer seu trabalho em seu lugar — essa é a cooperação humana que é indispensável junto com a obra divina. O trabalho realizado por outros obreiros ou apóstolos, por sua vez, é apenas a transmissão e a implementação dos muitos aspectos dos arranjos para as igrejas ao longo de cada período, ou então a obra de alguma provisão vital simples a fim de sustentar a vida da igreja. Esses obreiros e apóstolos não são designados por Deus, muito menos podem ser chamados como aqueles que são usados pelo Espírito Santo. Eles são escolhidos dentre as igrejas e, após terem sido treinados e cultivados por certo tempo, os que estão aptos são mantidos, enquanto os que não se qualificam são enviados de volta para o lugar de onde vieram. […] Por outro lado, o homem que é usado por Deus é alguém que foi preparado por Deus, que tem um determinado calibre, e tem humanidade. Ele foi previamente preparado e tornado perfeito pelo Espírito Santo, é completamente conduzido pelo Espírito Santo e, especialmente quando se trata de sua obra, é guiado e comandado pelo Espírito Santo; o resultado disso é que não existe desvio algum na senda de conduzir os escolhidos de Deus, pois Deus certamente assume a responsabilidade por Sua própria obra e sempre faz Sua própria obra”.

A comunhão da irmã Liu era: “Antes, não entendíamos a diferença entre as pessoas usadas pelo Espírito Santo, o Papa e os sacerdotes, pensando que o clero era nomeado por Deus. Mas, na verdade, essa é a nossa impressão errada. Em cada época, o Espírito Santo faz com que alguém se levante para cooperar com a Sua obra, para que a Sua obra seja mais eficaz. Mas a pessoa usada pelo Espírito Santo, é preparada com antecedência e é confirmada pelas palavras de Deus. E quando essa pessoa realiza seu trabalho, ela tem o apoio do Espírito Santo; submeter-se ao trabalho dessa pessoa é se submeter a Deus, e quem resiste ao trabalho dessa pessoa está resistindo a Deus, e será condenado e punido. Por exemplo, no Antigo Testamento, durante a Era da Lei, quando Deus invocou Moisés, Ele apareceu e falou com Moisés de uma sarça ardente, dizendo-lhe para conduzir os israelitas para fora do Egito. Quando Corá e sua gangue se rebelaram contra Moisés, foram punidos por Deus; Deus abriu a terra e todos foram engolidos. Quando Nosso Senhor Jesus Cristo estava trabalhando, Ele designou Pedro para servir como a pedra angular da igreja, e há base para isso nas palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo também. Isso está em Mateus 16: 18-19. Mas a Igreja Católica usa esses versículos da Bíblia para afirmar que o Papa é o sucessor de Pedro, e que Nosso Senhor Jesus Cristo lhe deu autoridade para dirigir a igreja. Mas isso é na verdade apenas algo inventado por humanos, e não contém água de forma alguma. Isso porque esses versículos registram algo que o Senhor Jesus disse a Pedro, não para aqueles que trabalham dentro da Igreja Católica. Nunca vimos Deus dizendo algo assim para eles. Além disso, esses membros do clero não têm o apoio do Espírito Santo. Se eles o fizessem, seu trabalho certamente daria frutos, e eles poderiam garantir que os membros da congregação tivessem sustento e pastoreamento em suas vidas. Mas estamos obtendo verdadeiro sustento espiritual deles? A maioria deles não entende a verdade, mas eles apenas conhecem alguma doutrina e teologia bíblica literal. E na questão do retorno do Senhor, eles não têm nenhum temor de Deus; eles até interpretam mal as palavras de Deus, e ficam no caminho das pessoas que dão as boas-vindas ao Senhor. Deus é justo e santo, então como Ele poderia nomear alguém assim? Então, de onde vem o clero católico? A realidade é que todos eles começaram, como membros regulares da igreja, e se um membro da igreja tem a aspiração de seguir um caminho no serviço a Deus, ele pode estudar em um seminário. Depois de atingirem uma certa idade ou terem passado por anos suficientes de estudo, eles podem ser ordenados sacerdotes. Eles não são aperfeiçoados por meio da experiência da obra de Deus, e usados pelo Senhor, então eles não são de forma alguma designados por Deus. E o Papa é eleito pelo Colégio de Cardeais — ele não é um sucessor de Pedro e não tem o testemunho de Deus”.

Essa comunhão me ajudou a entender melhor como alguém é usado pelo Espírito Santo. Eu vi que essa pessoa é pessoalmente colocada no lugar por Deus, e há palavras de Deus para apoiar isso; eles têm o apoio e o testemunho do Espírito Santo. A comunhão da irmã Liu foi realmente objetiva e prática, e pensando bem, pude ver que os padres não foram nomeados por Deus, mas apenas ordenados por um bispo depois de se formarem no seminário. Eles foram colocados em lugar por outras pessoas. Então, eu vi que o clero alegando ser nomeado por Deus é apenas uma ilusão. Eles estão insistindo em aplicar as palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo a si mesmos. Depois disso, pude entender o que realmente estava acontecendo. Fiquei muito grato pela orientação de Deus, que me deu uma compreensão adequada deste aspecto da verdade.

6. O que é mais importante para receber Deus?

Depois disso, comecei a participar da vida da igreja na Igreja de Deus Todo-Poderoso, reunindo-me com irmãos e irmãs para ler e ter comunhão nas palavras de Deus Todo-Poderoso. Isso me ajudou a aprender mais verdades. Por meio da comunhão, também aprendi que quando Nosso Senhor Jesus Cristo desceu para trabalhar, Pedro, João, a mulher samaritana e outros como eles, não esperaram que o clero no templo reconhecesse Nosso Senhor Jesus Cristo antes de crer, mas eles ouviram as palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo, e viram que Seus sermões eram poderosos e autoritários, que eles podiam dar vida à humanidade e um caminho para o arrependimento. Eles perceberam que Ele era o Messias pelo qual esperavam, e então, mantiveram a obra de Deus, e começaram a desfrutar da rega e do sustento das palavras de Deus; isso permitiu que recebessem Sua aprovação. Quanto ao retorno de Nosso Senhor Jesus Cristo nos últimos dias, o Evangelho de João e o Livro de Apocalipse dizem que as ovelhas de Deus, ouvirão a voz de Deus, que devemos ouvir o que o Espírito Santo diz às igrejas, e que aqueles que reconhecem a voz de Deus, receberá o fruto da árvore da vida. E em Apocalipse 14: 4, diz que não importa para onde o Cordeiro vá, devemos segui-Lo. Isso nos mostra que precisamos abandonar nossas noções e imaginações e aprender como ser virgens sábias, que ouvem a voz de Deus; quando não entendemos algo, podemos buscar mais e ler as palavras de Deus. Esta é a única maneira de saudar o retorno do Senhor. E nos últimos dias, Deus está realizando uma etapa de uma nova obra baseada em Seu plano de gestão, de acordo com as necessidades da humanidade e no fundamento da obra de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele expressou todas as verdades para salvar a humanidade, e uma vez que aceitamos as verdades expressas por Deus nos últimos dias, e neste estágio de nova obra, isso é seguir os passos de Deus. Mas aqueles que se apegam às suas noções, recusando-se a aceitar a obra e as palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo que voltou nos últimos dias, são como os principais sacerdotes e fariseus no templo. Eles não só não podem obter a aprovação de Deus, mas se tornam aqueles que resistem a Deus, e que serão eliminados pela nova obra de Deus. Graças à orientação de Deus Todo-Poderoso, eu finalmente entendi que aceitar a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias, é realmente dar boas-vindas ao retorno de Nosso Senhor Jesus Cristo!

7. Adquirindo uma nova compreensão do clero

Nosso padre descobriu em pouco tempo, que eu havia aceitado a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias, e ele veio à minha casa, me dizendo para não acreditar. Quando eu expliquei tudo a ele sobre o retorno de Nosso Senhor Jesus Cristo, para minha surpresa, ele não teve nenhum interesse em buscar ou investigar, mas ainda assim queria bloquear meu acesso à igreja. Os outros membros da igreja foram todos retidos por ele, e não ousaram me ouvir compartilhando o evangelho do reino. O comportamento do padre realmente me surpreendeu; isso não era de forma alguma o que alguém que anseia pelo retorno de Deus faria. Certa vez, durante uma reunião, a irmã Zhang compartilhou a comunhão sobre uma passagem das palavras de Deus, sobre esse mesmo assunto. Deus Todo Poderoso diz: “Basta olhar para os líderes de cada denominação — são todos arrogantes e hipócritas, e suas interpretações da Bíblia carecem de contexto e são guiadas por sua imaginação. Eles todos se fiam em seus dons e em sua erudição para realizar seu trabalho. Se fossem incapazes de pregar qualquer coisa, as pessoas os seguiriam? Afinal de contas, eles possuem certo conhecimento e conseguem pregar sobre alguma doutrina ou sabem como conquistar as pessoas e como usar alguns artifícios. Eles usam isso para trazer as pessoas para diante de si mesmos e enganá-las. Nominalmente, essas pessoas acreditam em Deus, mas, na realidade, seguem seus líderes. Quando encontram alguém pregando o caminho verdadeiro, algumas dizem: ‘Temos que consultar nosso líder sobre a nossa fé’. Um humano é o mediador de sua fé em Deus; isso não é um problema? Então, no que esses líderes se transformaram? Será que não se tornaram fariseus, falsos pastores, anticristos e pedras de tropeço para que as pessoas aceitem o caminho verdadeiro?

Então a irmã Zhang disse: “As palavras de Deus Todo-Poderoso revelam, muito claramente a verdadeira essência do clero da igreja, que acredita em Deus, mais O resiste. Eles são arrogantes por natureza e interpretam mal as Escrituras, confiando em suas próprias noções e imaginações. Eles interpretam mal as palavras de Deus, dizendo que eles têm autoridade divina, e que obedecê-los é o mesmo que obedecer a Deus. Não apenas isso, mas em seus sermões eles dificilmente exaltam ou dão testemunho de Deus, ou compartilham seu entendimento das palavras de Deus. Em vez disso, eles estão sempre se exaltando, demonstrando o quanto sofreram e trabalharam para Deus, e o fardo que têm pelos fiéis. Eles estão sempre mostrando quanta doutrina e conhecimento bíblico eles têm, para que possam capturar o coração das pessoas, para que as pessoas os adorem e sigam. Esta é uma tentativa de colocar as pessoas sob seu poder, para que as pessoas as adorem como se fossem Deus. Não é uma briga descarada sobre as pessoas com Deus? E particularmente quando os sacerdotes vêem mais e mais pessoas investigando e aceitando a obra de Nosso Senhor Jesus Cristo que voltou, eles não apenas se recusam a buscar e investigar, mas para proteger seu próprio nome e status, eles até mesmo mantêm os fiéis sob seu controle e selam suas igrejas, para evitar que os membros aceitem a nova obra de Deus. E quando os fiéis não têm discernimento, eles veem o clero como igual a Deus, e portanto, mesmo que ouçam a voz de Deus retornado, eles não aceitarão até que passe pelo clero. Com base em como, o clero se comporta, podemos ver que eles não são pessoas que realmente têm fé, e amam a verdade em tudo. Eles são exatamente os mesmos que os fariseus que lutaram contra Nosso Senhor Jesus Cristo no passado; eles não apenas se recusam pessoalmente a aceitar a nova obra do Senhor, mas também impedem que outras pessoas o aceitem. Eles são bloqueios de estradas, obstáculos que impedem as pessoas de aceitar o verdadeiro caminho. Eles são os anticristos que resistem a Deus, expostos por Deus nos últimos dias!”

Fiquei realmente comovido ao ouvir tudo isso. Era verdade; eles interpretaram mal a Bíblia com base em suas noções e imaginações, aplicando o que Nosso Senhor Jesus Cristo disse sobre Pedro a si mesmos, enganando todos nós, católicos. Na missa, falavam sempre em fazer com que todos ouvissem o que o padre tinha a dizer, dizendo que era o mesmo que ouvir o que Deus tinha a dizer. Seu objetivo ao aplicar as palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo a si mesmos era entrincheirar-se nos corações dos fiéis, para que pudéssemos ouvi-los, para que eles alcançassem seu objetivo de nos controlar. E eles sempre nos contavam o quanto haviam sofrido por Deus e o fardo que tinham pela vida dos fiéis, tudo para se exibir pela nossa admiração. Olhando para trás agora, em todos aqueles anos, ouvindo aqueles padres, o que é que eu aprendi? Nada! Eu nem sabia o que fazer para receber o retorno do Senhor. Agora finalmente percebi que realmente não entendemos a verdade — que pena! Agora eu realmente vi que esses clérigos não servem a Deus, mas são apenas fariseus hipócritas, anticristos que impedem outros de entrar no reino dos céus.

Agora, ganhei algum discernimento graças às palavras de Deus Todo-Poderoso. Como os fiéis precisamos seguir a Deus, e reconhecê-lo como grande; precisamos nos submeter a Ele sem questionar e ouvir Suas palavras. Não podemos ouvir outras pessoas, ser enganados por elas ou adorá-las. Se fizermos isso, nossa fé não estará mais em Deus.

As palavras de Deus Todo-Poderoso, acabaram resolvendo absolutamente toda a minha confusão. Eu me senti tão animado e grato pela orientação de Deus do fundo do meu coração, que pude ouvir pessoalmente as palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo, ao voltar à terra e dar as boas-vindas ao retorno de Deus.

Todos os versículos bíblicos, são tirados da Bíblia Ave Maria.

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

A luz do julgamento

Louvado seja o Senhor! Recebi muito mesmo por meio da comunicação das irmãs. Mesmo que ainda tenha que experimentar o julgamento e castigo de Deus, por meio da comunhão com elas e da leitura de Testemunhos de experiências sobre a entrada na vida, senti que o julgamento e castigo de Deus realmente é capaz de mudar as pessoas.

Escapando da onda de boatos

Em outubro de 2016, vim para Nova York e depois fui batizado em nome do Senhor Jesus em uma igreja chinesa, tornando-me cristão. Mas,...

Voltando para casa

Por Muyi, Coreia do Sul “O amor transbordante de Deus é gratuitamente concedido ao homem, envolve o homem; o homem é inocente e puro,...

Entre em contato conosco pelo Whatsapp