A luz do julgamento

15 de Agosto de 2018

Por En Hui, Malásia

Ele observa toda a terra, comanda todas as coisas e contempla todas as palavras e ações do homem. Ele conduz Sua gestão com passos mensurados e de acordo com Seu plano, em silêncio, sem efeitos dramáticos, mas Seus passos se aproximam, um por um, da humanidade, e Seu trono de julgamento é instalado no universo à velocidade de um raio, imediatamente seguido pela descida de Seu trono entre nós. Que cena majestosa é essa, que quadro imponente e solene! Como uma pomba e como um leão que ruge, o Espírito vem em nosso meio. Ele é sabedoria, justiça e majestade, e vem sorrateiro em nosso meio, exercendo autoridade e cheio de amor e compaixão. Que cena majestosa é essa, que quadro imponente e solene! Como uma pomba e como um leão que ruge, o Espírito vem em nosso meio. Ele é sabedoria, justiça e majestade, e vem sorrateiro em nosso meio, exercendo autoridade e cheio de amor e compaixão” (“Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”). Cantar esse louvor das palavras de Deus me lembra de quando eu acreditava no Senhor Jesus antes. Os pastores e presbíteros sempre diziam que Deus nos julgaria nos últimos dias de uma mesa gigante no céu, que o Senhor Jesus estaria num grande trono branco, de onde julgaria as pessoas com base no que fizemos, recompensando os bons e punindo os maus. Eu sempre acreditei nisso. Só quando li as palavras de Deus Todo-Poderoso e investiguei sua obra nos últimos dias, eu realmente acordei e vi que eram noções humanas e invenções. Na verdade, Deus já chegou e está em meio à humanidade para expressar verdades para o Seu julgamento nos últimos dias, e o julgamento diante do trono de Cristo começou há muito tempo.

Era 2015, e eu já acreditava em Deus havia mais de 20 anos. Em outubro, meus colegas me incentivaram a usar o Facebook para encontrar amigos e conversar. Sempre que eu tinha tempo, eu olhava os posts dos irmãos e irmãs, e curtia e compartilhava tudo que me interessava. Um dia, em fevereiro de 2016, eu estava no Facebook como sempre e reparei que um grupo discutia o julgamento de Deus nos últimos dias. Cada um falava uma coisa diferente. Uma pessoa disse que não sabia o que era o julgamento, então não ousaria falar casualmente disso, e que não podíamos especular sobre as ações futuras de Deus. Outra pessoa mencionou o Salmo 75:2: “Quando chegar o tempo determinado, julgarei retamente”. Ela disse que isso significa que Deus tem um registro do que todos fizeram e, quando o Senhor Jesus julgar as pessoas nos últimos dias, Ele mostrará a todos, como se fosse um filme. Por isso devemos nos comportar bem, ser corretos e nunca fazer o mal, e então Deus não nos mandará para o inferno. Outra pessoa disse que, com base no Apocalipse, quando Deus nos julgar nos últimos dias, Ele estará num grande trono branco no céu, onde o Senhor Jesus montará uma grande mesa, abrirá um livro sobre a vida de cada pessoa e então as julgará uma por uma, de acordo com o que fizeram. Quem fez o bem será levado ao reino de Deus, e quem fez o mal será mandado para o inferno. Depois de ler esses posts, comecei a esboçar mentalmente todas essas ideias do Senhor Jesus julgando as pessoas nos últimos dias. O Senhor Jesus vai sentar num grande trono branco no céu, com pessoas ajoelhadas diante Dele para serem julgadas. O Senhor Jesus vai determinar se as pessoas vão para o céu ou para o inferno com base em todo o bem e todo o mal que fizeram. Eu acreditava no Senhor havia 20 anos e eu O seguia e espalhava o evangelho com entusiasmo. Eu trabalhei muito para viver sob Seus ensinamentos. Imaginei que Ele certamente veria minha sinceridade e me levaria ao reino Dele.

Continuei pensando nisso e me dei conta de que eu poderia procurar por “julgamento” na internet e ver o que aparecia. E o que surgiu na minha pesquisa foi: “O castigo e julgamento de Deus são a luz da salvação do homem”. Aquilo chamou minha atenção imediatamente. Cliquei no link, empolgada para ver o que havia ali. Tratava-se de um lindo louvor que me fez refletir: “Se o homem desejar ser purificado em sua vida e obter mudanças em seu caráter, se desejar viver uma vida com sentido e cumprir seu dever como criatura, ele precisará aceitar o castigo e o julgamento de Deus e não poderá permitir que a disciplina de Deus e os golpes de Deus se afastem dele, para que ele possa se livrar da manipulação e influência de Satanás e viver na luz de Deus. Saiba que o castigo e o julgamento de Deus são a luz, a luz da salvação do homem, e que não há maior bênção, graça ou proteção para ele” (“Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”). A letra aguçou minha curiosidade. Ela dizia que o julgamento e o castigo de Deus são a luz da salvação do homem, que são a melhor proteção e a maior graça para nós. Perguntei-me o que aquilo significava. Também dizia que, para sermos purificados e vivermos uma vida com sentido, temos que aceitar o julgamento e o castigo de Deus. Pensar nisso trouxe algumas perguntas à minha cabeça: “O julgamento não determina só o nosso desfecho? Como ele pode ser a luz da nossa salvação?” Eu nunca tinha ouvido aquilo. Aquele tipo de julgamento era diferente do que eu considerava julgamento, mas eu tinha uma vaga noção de que não era tão simples quanto eu pensava. Procurei a fonte do louvor e vi que era da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Então visitei o site deles. Tinha um design interessante e muito conteúdo. Vi todo tipo de livro, louvores a Deus, filmes gospel e outros vídeos, além de testemunhos por escrito. Primeiro, fui à seção de livros, onde vi títulos como O julgamento começa pela casa de Deus e Testemunhos de experiências diante do trono do julgamento de Cristo. Ambos mencionavam o julgamento. Em Testemunhos de experiências diante do trono do julgamento de Cristo, tinha vários artigos sobre o julgamento, como “Transformação por meio do julgamento” e “O julgamento é a luz”. Eu li alguns artigos, e todos eram sobre como os cristãos experimentaram o julgamento das palavras de Deus e então suas visões sobre a fé e seus caracteres corruptos mudaram. Ler aquilo me deixou ainda mais curiosa. Pensei: “É possível que o julgamento não seja a condenação nem a determinação dos desfechos, mas, sim, a salvação? O que ‘O castigo e julgamento de Deus são a luz da salvação do homem’ significa? Parecia que aqueles livros sobre o julgamento seriam muito úteis, e eu quis lê-los com cuidado. Mas era hora de ir trabalhar. Então tive de desligar o computador e sair. Mas passei o dia todo pensando no site da Igreja de Deus Todo-Poderoso, especialmente sobre “O castigo e julgamento de Deus são a luz da salvação do homem”. Eu não conseguia entender o que significava “julgamento” ali.

Quando cheguei em casa de noite, voltei ao site e busquei por “julgamento”. Então eu li: “Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade”. Teve uma passagem que me emocionou de verdade. “No julgamento que começa na casa de Deus, do qual se falou no passado, o ‘julgamento’ dessas palavras refere-se ao juízo que Deus emite hoje sobre aqueles que se põem diante de Seu trono nos últimos dias. Talvez haja aqueles que acreditem em tais imaginações sobrenaturais como as que, quando os últimos dias chegarem, Deus irá erigir uma grande mesa nos céus, sobre a qual uma tolha branca será estendida e então, sentando-Se sobre um grande trono com todos os homens ajoelhados no chão, Ele revelará os pecados de cada homem e assim determinará se devem ascender ao Céu ou ser enviados para o lago de fogo e enxofre. Independentemente das imaginações do homem, a substância da obra de Deus não pode ser alterada. As imaginações do homem nada são senão os constructos dos pensamentos humanos e vêm do cérebro do homem, somados e reunidos daquilo que o homem viu e ouviu. Portanto, digo que, não importa o quanto forem geniais, as imagens idealizadas não passam de desenhos e não podem substituir o plano da obra de Deus. Afinal, o homem foi corrompido por Satanás, então como pode sondar os pensamentos de Deus? O homem concebe a obra do julgamento de Deus como sendo algo fantástico. Ele acredita que, já que o Próprio Deus está fazendo a obra de julgamento, então ela deve ser da mais tremenda dimensão e incompreensível aos mortais e deve ressoar pelos céus e abalar a terra; de outra forma, como poderia ser a obra de julgamento feita por Deus? Ele acredita que, como essa é a obra de julgamento, então Deus deve ser particularmente imponente e majestoso ao operar e aqueles que são julgados devem estar uivando em lágrimas e, ajoelhados, suplicando por misericórdia. Cenas assim certamente seriam espetaculares e profundamente estimulantes… Todos imaginam a obra de julgamento de Deus como algo milagroso. Entretanto, você sabia que, há muito tempo, desde quando Deus começou Sua obra de julgamento entre os homens, você permanece aninhado em sono letárgico? Que quando você achar que a obra de julgamento de Deus começou oficialmente, Deus já terá criado um novo céu e uma nova terra? Naquele momento, é possível que você tenha apenas acabado de entender o significado da vida, mas a obra implacável da punição de Deus o levará, ainda em profundo sono, ao inferno. Só então você irá perceber de repente que a obra de julgamento de Deus já terá terminado” (‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”). Ler isso me deixou chocada. Meus pensamentos e perspectivas mais profundos sobre o julgamento de Deus dos últimos dias foram claramente revelados. Será que minha crença de que Deus faria o julgamento no céu era só um pensamento sobrenatural? Ela também dizia que a obra de julgamento de Deus dos últimos dias já tinha começado e estava quase acabando. E mandava as pessoas buscarem a aparição de Deus imediatamente. Pensei: “Será que essa poderia ser a voz de Deus?” Essa ideia me deixou agitada, e eu quis decifrar tudo com urgência. Então... Mandei uma mensagem no chat do site da Igreja de Deus Todo-Poderoso e disse que estava interessada no julgamento de Deus dos últimos dias. Fiquei surpresa, pois recebi uma resposta bem rápido. As irmãs Liu e Li, da Igreja, entraram no chat.

Depois de apresentações breves, compartilhei minhas dúvidas com elas. Eu disse: “Com base no Apocalipse, Deus estará no céu, em um grande trono branco, para realizar Seu julgamento nos últimos dias, mas, em ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’, isso é considerado uma noção humana, pois a obra do julgamento de Deus nos últimos dias já começou. O que tudo isso significa?”

A irmã Liu respondeu com esta comunhão: “O que o Apocalipse diz sobre João ver um grande trono branco no céu na Ilha de Patmos foi só uma visão, uma profecia sobre o julgamento de Deus nos últimos dias. Não vai acontecer de verdade. Ou seja, ninguém pode saber ou determinar exatamente como Deus vai fazer Sua obra do julgamento até que Ele o faça. Só vamos saber quando a profecia for cumprida”. Ela também disse que há muitas profecias na Bíblia sobre a obra de julgamento, como em Apocalipse 14:6–7: “E vi outro anjo voando pelo meio do céu, e tinha um evangelho eterno para proclamar aos que habitam sobre a terra e a toda nação, e tribo, e língua, e povo, dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-Lhe glória; porque é chegada a hora do Seu juízo”. Também em João 9:39: “Eu vim a este mundo para juízo, a fim de que os que não veem vejam”. Ela recitou esses versos, que dizem: “tinha um evangelho eterno para proclamar aos que habitam sobre a terra” e “Eu vim a este mundo para juízo”. Isso mostra que Deus com certeza virá à Terra e fará Sua obra de julgamento aqui nos últimos dias. Ela também mencionou João 5:22. O Senhor Jesus disse: “Porque o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o julgamento”. E o versículo 27: “E deu-Lhe autoridade para julgar, porque é o Filho do homem” (João 5:27). Além disso, 1 Pedro 4:17 diz: “Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus”. Ela disse: “Esses versículos dizem que o julgamento será feito pelo Filho. Qualquer referência ao Filho ou ao Filho do homem significa que Ele nasceu do homem e tem humanidade normal. O Espírito de Deus não se chamaria ‘Filho do homem’. Então é uma prova adequada de que Deus faz a obra de julgamento dos últimos dias encarnado como Filho do homem. Também está escrito que o julgamento começa com a casa de Deus. Ou seja, a obra de julgamento de Deus dos últimos dias começa com os crentes”.

Fiquei perplexa nesse momento e pensei: “Sou crente há vários anos, e já li esses versículos da Bíblia que ela mencionou. Por que nunca percebi que Deus encarnará como Filho do homem e fará Sua obra de julgamento na Terra? Só fui pela visão de João, na Ilha de Patmos, imaginando que era como Deus realizaria Seu julgamento, menosprezando os outros versículos sobre o julgamento. Eu tinha uma compreensão bem limitada”. Enquanto procurava esses versículos, eu ponderava a comunhão da irmã Liu.

Foi quando ouvi a irmã Li continuar a comunhão: “Deus Todo-Poderoso faz a obra de julgamento nos últimos dias para purificar e salvar a humanidade, enquanto também revela o desfecho de todos e nos classifica segundo nosso tipo. Esse é o julgamento diante do grande trono branco nos últimos dias, e isso cumpre totalmente essas profecias bíblicas. Deus encarnado expressa a verdade e faz a obra de julgamento nos últimos dias, principalmente para criar um grupo de vencedores antes dos desastres. Aqueles de todas as denominações, que anseiam sinceramente pela aparição de Deus leem as palavras de Deus Todo-Poderoso e veem que elas são a verdade, que são a voz de Deus, e se voltam para Deus Todo-Poderoso. Eles são as virgens sábias que são levadas até o trono de Deus, onde são julgadas e purificadas pelas palavras de Deus. Quando um grupo de vencedores estiver formado, Deus começará a criar grandes desastres, recompensar os bons e punir os maus, destruindo os perversos que resistem insanamente a Deus. Então a obra de julgamento de Deus dos últimos dias finalmente terminará. Os desastres estão ficando cada vez piores, e as quatro luas de sangue já ocorreram. Estamos vendo gafanhotos, enchentes, secas, fome e pragas. Os grandes desastres estão muito próximos. Quando chegarem, todos que fizeram o mal e foram inimigos de Deus e todos que pertencem a Satanás serão destruídos. Aqueles que aceitaram o julgamento das palavras de Deus e foram purificados serão protegidos, sobreviverão e serão levados ao reino de Deus. Esse não é exatamente o julgamento dos últimos dias diante do grande trono branco?”

Ouvir a comunhão dela foi esclarecedor para mim. Percebi que o fato de Deus Todo-Poderoso expressar a verdade para fazer a obra de julgamento é o julgamento dos últimos dias do grande trono branco. Mas a minha dúvida não foi totalmente resolvida. Elas disseram que Deus expressa a verdade e faz a obra de julgamento nos últimos dias para purificar e salvar a humanidade, mas eu pensei: “O Senhor já perdoou nossos pecados e não nos vê mais como pecadores. Por que Deus ainda precisa purificar e salvar a humanidade com a obra de julgamento nos últimos dias?” Fiz essa pergunta às irmãs, que leram mais duas passagens das palavras de Deus Todo-Poderoso: “Embora tenha feito muita obra entre os homens, Jesus apenas completou a redenção de toda a humanidade e tornou-Se oferta pelo pecado do homem; Ele não livrou o homem de todo o seu caráter corrupto. Salvar o homem plenamente da influência de Satanás não exigiu apenas que Jesus Se tornasse a oferta pelo pecado e carregasse os pecados do homem, mas também exigiu que Deus fizesse uma obra maior ainda para livrar o homem completamente de seu caráter satanicamente corrompido. E assim, agora que o homem teve seus pecados perdoados, Deus voltou para a carne para guiar o homem até a nova era e começou a obra de castigo e julgamento. Esta obra tem trazido o homem a um reino superior. Todo aquele que se submete ao Seu domínio há de desfrutar de uma verdade maior e de receber bênçãos maiores. Eles hão de viver verdadeiramente na luz e de ganhar a verdade, o caminho e a vida” (‘Prefácio’ em “A Palavra manifesta em carne”). “Você só sabe que Jesus descerá durante os últimos dias, mas como exatamente Ele descerá? Um pecador como vocês, que acaba de ser redimido, e não foi mudado ou aperfeiçoado por Deus, pode ser segundo o coração de Deus? Para você, você que ainda é do seu antigo eu, é verdade que você foi salvo por Jesus, e que você não é contado como pecador por causa da salvação de Deus, mas isso não prova que você não é pecador e não é impuro. Como você pode ser santo se não foi mudado? Internamente, você é assolado por impurezas, é egoísta e ignóbil, mas ainda deseja descer com Jesus — como você poderia ser tão sortudo? Você pulou uma etapa em sua crença em Deus: você foi meramente redimido, mas você não foi mudado. Para você ser segundo o coração de Deus, Deus deve fazer pessoalmente a obra de mudar e limpar você; se você é apenas redimido, será incapaz de alcançar a santidade. Dessa forma, você não será qualificado para compartilhar as boas bênçãos de Deus, pois você perdeu um passo na obra de Deus de gerenciar o homem, que é o importante passo de mudar e aperfeiçoar. Você, um pecador que acaba de ser redimido, é, portanto, incapaz de herdar diretamente a herança de Deus” (‘Sobre denominações e identidade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Depois de ler isso, a irmã Li continuou a comunhão dela: “Na Era da Graça, o Senhor Jesus fez a obra de redenção, que era apenas perdoar os pecados da humanidade. Ele não resolveu nossos caracteres corruptos. Nossos pecados estão perdoados, e estamos salvos e justificados pela nossa fé no Senhor, o que significa que não estamos condenados e amaldiçoados pela lei. Mas nossa natureza satânica de pecar e resistir a Deus continua conosco. Nossa natureza pecaminosa não foi desarraigada. Por isso ainda estamos presos pela nossa natureza pecaminosa e continuamos pecando e mentindo. Algumas pessoas de certo calibre e qualidades se tornam arrogantes e inflexíveis. Só porque sabem fazer algo, elas se exibem, lutam por nome e status e se envolvem em intrigas. Elas parecem se esforçar e se sacrificar, dizendo que é para amar e satisfazer a Deus, mas, na verdade, é para ser abençoadas e ganhar uma coroa. Diante de adversidades ou provações, elas brigam com Deus e ficam descontentes ou até dizem que Deus é injusto, e O negam e O traem. Como alguém assim, que não consegue escapar de seu pecado, que sempre se opõe e julga a Deus, pode ser digno do reino Dele? O Senhor é santo: ‘a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor’ (Hebreus 12:14) ”. “Por isso o Senhor Jesus prometeu que viria de novo. Deus Todo-Poderoso veio nos últimos dias para trabalhar sobre a fundação da redenção do Senhor Jesus. Ele expressa verdades e faz a obra de julgamento dos últimos dias para purificar e salvar o homem de uma vez por todas, para que possamos nos libertar dos nossos pecados e de nossos caracteres corruptos, e ser totalmente salvos e ganhos por Deus”.

Isso me pareceu muito certo. Mesmo que nossos pecados sejam perdoados por meio da nossa fé, nossa natureza pecaminosa não foi resolvida. Eu pensei na situação na nossa igreja. O pastor e os presbíteros só pregam doutrinas bíblicas nos cultos, sem fornecer nenhum sustento para a vida. E eles eram gananciosos por dinheiro e brigavam por poder. Eles até formavam facções, julgavam e sabotavam uns aos outros. Irmãos e irmãs se sentiam fracos, e sua fé e amor foram desaparecendo. Muitos buscavam tendências mundanas e eram gananciosos pelos prazeres da carne. Eles não conseguiam se livrar do pecado. Também pensei em como eu não conseguia me livrar da mentira e do pecado. Não conseguia colocar as palavras do Senhor em prática e vivia num estado de pecar e confessar. Como eu poderia entrar no reino de Deus assim? Precisamos que Deus volte, faça a obra de julgamento e nos purifique. Perguntei avidamente às irmãs: “Como Deus purifica e salva as pessoas nos últimos dias por meio do julgamento Dele?”

Elas leram outra passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso: “Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Essas palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Essas palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, essas palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a corporificação de Satanás e uma força inimiga contra Deus. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não torna clara a natureza do homem simplesmente com algumas palavras; Ele também expõe, trata e poda a longo prazo. Esses métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo podem ser chamados de julgamento; só por meio de julgamento desse tipo é que o homem pode ser subjugado e completamente convencido a se submeter a Deus e, além disso, ganhar verdadeiro conhecimento de Deus. O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconheça e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Esses efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de revelar a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele. Essa obra é a obra de julgamento realizada por Deus. Se você não considera essas verdades como importantes e só pensa em evitá-las ou em encontrar um novo caminho que não seja por elas, então digo que você é um pecador atroz. Se você tem fé em Deus, mas não busca a verdade ou a vontade de Deus, nem ama o caminho que o leva para mais perto de Deus, digo que você é alguém que está tentando se esquivar do julgamento, um fantoche e um traidor que foge do grande trono branco. Deus não poupará nenhum rebelde que fuja de Sua vista. Tais homens irão receber punição ainda mais severa. Aqueles que comparecerem perante Deus para ser julgados, e que, além disso, tiverem sido purificados, viverão para sempre no reino de Deus. Evidentemente, isso é algo que pertence ao futuro” (‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

A irmã Li continuou comunicando: “Deus Todo-Poderoso usa as palavras para fazer a obra de julgamento nos últimos dias para purificar e salvar a humanidade por completo. Ele expressa as verdades nas quais a humanidade corrupta precisa entrar e que ela precisa entender para ser totalmente salva e purificada. Deus Todo-Poderoso não só expõe a essência e a verdade da corrupção da humanidade, mas também a raiz de toda a escuridão e mal no mundo. As palavras Dele não só orientam as pessoas para a senda da salvação e da libertação da corrupção, como revelam abertamente a vontade e os requisitos de Deus para a humanidade. Elas revelam os mistérios do plano de gestão de seis mil anos de Deus, e também contam às pessoas sobre o desfecho e o destino que esperam por elas. As palavras de Deus Todo-Poderoso expõem detalhadamente a essência da corrupção do homem, então não há como não se convencer. Quanto mais experimentamos o julgamento das palavras de Deus, mais vemos como a humanidade foi profundamente corrompida por Satanás. Quando vemos totalmente o nosso próprio caráter satânico e a verdade da nossa corrupção, vemos como Deus é completamente santo e justo. Então desenvolvemos reverência e amor por Deus em nosso coração e realmente vemos como somos corrompidos e temos pouca humanidade. Vemos que não somos dignos de viver diante de Deus. Depois começamos a odiar a nós mesmos e não queremos mais viver sob nosso caráter satânico. Nós nos submetemos ao julgamento de Deus de boa vontade, nos arrependemos verdadeiramente e mudamos. Se não fosse pelo julgamento e revelação das palavras de Deus, nossa natureza satânica poderia ser resolvida só por orar, confessar e tentar nos controlar? Conseguiríamos fugir das amarras do pecado? Não podemos escapar do pecado, então, como podemos nos arrepender de verdade e ser dignos de entrar no reino de Deus? Por isso o julgamento e o castigo de Deus são a salvação. Eles são a luz da salvação. Aqueles que não quiserem aceitar o julgamento das palavras de Deus sucumbirão aos grandes desastres quando eles chegarem, chorando e rangendo os dentes.”

Lendo as palavras de Deus Todo-Poderoso, e depois de uns dias, comunicando com as irmãs, eu soube, no fundo do meu coração, como o julgamento de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias era essencial para purificar e salvar a humanidade! Eu não tinha experimentado o julgamento e o castigo das palavras de Deus até então, mas por meio da comunhão das irmãs e dos testemunhos dos outros, eu vi que a obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso pode realmente mudar e purificar as pessoas, e é disso que precisamos como humanidade corrupta. Eu costumava pensar que, nos últimos dias, Deus executaria o julgamento do céu, de um grande e imponente trono branco, e os crentes seriam levados para se encontrar com o Senhor. Agora isso me parece totalmente fantasioso. Agora eu percebi que Deus se torna carne nos últimos dias para fazer a obra de julgamento na Terra com palavras, purificando e salvando todos os verdadeiros crentes. Só então Ele usará os desastres para destruir todos que se opõem a Ele. A obra de julgamento de Deus é tão prática! Eu li muito das palavras de Deus Todo-Poderoso depois disso, e li muito dos mistérios e verdades revelados nelas, como a história por trás de Seus três estágios de obra nas Eras da Lei, da Graça e do Reino, e o que elas alcançaram. Também como Satanás corrompe a humanidade, como Deus nos salva e purifica com Sua obra de julgamento, qual será o destino e o desfecho de todo mundo, como o reino de Deus é realizado na Terra e muito mais. É tão revelador e gratificante! Agora experimentei o que Deus Todo-Poderoso disse: “A substância da obra de julgamento é abrir a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele”. São palavras muito práticas! Eu ouvi a voz de Deus nas palavras proclamadas por Deus Todo-Poderoso e me voltei para diante do trono de Deus! Isso é Deus me elevando e me mostrando bondade! Graças a Deus Todo-Poderoso!

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado