Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Qual é a diferença entre o que o Senhor confiou às pessoas na Era da Graça e o que Deus confia às pessoas na Era do Reino?

4

4. Qual é a diferença entre o que o Senhor confiou às pessoas na Era da Graça e o que Deus confia às pessoas na Era do Reino?

Versos da Bíblia para referência:

E que em seu nome se pregasse o arrependimento para remissão dos pecados, a todas as nações, começando por Jerusalém” (Lucas 24:47).

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos” (Mateus 28:19-20).

Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus” (Mateus 7:21).

Palavras de Deus relevantes:

Assim como foi o estágio da obra realizada por Jesus: Ele abriu um novo caminho. Quando Ele veio, Ele pregou o evangelho do reino do céu e disse que o homem deveria se arrepender e confessar. Depois que Jesus concluiu Sua obra, Pedro, Paulo e outros passaram a continuar a obra de Jesus. Depois que Jesus foi pregado na cruz e ascendeu ao céu, eles foram enviados pelo Espírito para disseminar o caminho da cruz.

de ‘Sobre denominações e identidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando, na Era da Graça, Deus retornou ao terceiro céu, a obra de Deus para redimir toda a humanidade já havia entrado em seu ato final. Tudo o que restou na terra foi a cruz que Jesus carregou, o linho fino em que Jesus estava envolto e a coroa de espinhos e o manto escarlate que Jesus vestiu (esses foram os objetos que os judeus usaram para zombar Dele). Ou seja, a obra da crucificação de Jesus provocou um tumulto durante algum tempo e depois as coisas se acalmaram. A partir de então os discípulos de Jesus começaram a levar Sua obra adiante, pastoreando e regando nas igrejas por toda a parte. O conteúdo da obra deles era este: fazer com que todas as pessoas se arrependessem, admitissem seus pecados e fossem batizadas; os apóstolos espalhavam a história confidencial da crucificação de Jesus e o que realmente aconteceu, todos caíam irresistivelmente diante de Jesus para admitir seus pecados; além disso, os apóstolos espalhavam por toda parte as palavras que Jesus disse e as leis e mandamentos que Ele estabeleceu. A partir de então começou a construção de igrejas na Era da Graça.

de ‘Obra e entrada (6)’ em “A Palavra manifesta em carne”

No passado, durante as reuniões especiais ou as grandiosas reuniões que eram realizadas em vários lugares, apenas um aspecto do caminho da prática era mencionado. Tal prática era o que deveria ser posto em prática durante a Era da Graça e tinha pouquíssima relação com o conhecimento de Deus, pois a visão da Era da Graça era apenas a visão da crucificação de Jesus e não havia visões mais elevadas. O homem tinha de conhecer apenas a obra de redenção da humanidade através da crucificação e, portanto, durante a Era da Graça não havia outras visões para o homem conhecer. Dessa forma, o conhecimento do homem de Deus era escasso, e além do conhecimento do amor e da compaixão de Jesus havia apenas algumas coisas simples e lamentáveis para ele pôr em prática, coisas que estavam muito aquém do que existe hoje. No passado, independentemente da forma como ele se reunisse, o homem era incapaz de falar sobre um conhecimento prático da obra de Deus, muito menos dizer claramente qual era o caminho de prática mais adequado em que entrar. Ele apenas acrescentou alguns detalhes simples a uma base composta de tolerância e paciência; não houve mudança alguma na substância de sua prática, pois naquela era Deus não realizou nenhuma obra nova e as únicas exigências que Ele fazia ao homem eram tolerância e paciência ou suportar a cruz. Além de tais práticas, não havia visões mais elevadas do que a crucificação de Jesus.

de ‘A obra de Deus e a prática do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

No passado, exigia-se que homem cumprisse a lei e os mandamentos, e que fosse paciente e humilde. Hoje, exige-se que o homem obedeça a todos os arranjos de Deus e tenha amor supremo a Deus e que, finalmente, siga amando a Deus em meio à provação. Esses três estágios são exigências de Deus ao homem, passo a passo, ao longo de todo o Seu gerenciamento. Cada estágio da obra de Deus é mais denso do que o anterior, e em cada estágio as exigências feitas ao homem são mais densas do que as anteriores, e dessa maneira o gerenciamento integral de Deus pouco a pouco toma forma. É precisamente porque as exigências feitas ao homem são cada vez mais elevadas que o caráter do homem se aproxima cada vez mais dos padrões exigidos por Deus, e só então a humanidade toda começa a se afastar gradativamente da influência de Satanás até que, quando a obra de Deus estiver totalmente concluída, a humanidade inteira terá sido salva da influência de Satanás.

de ‘A obra de Deus e a prática do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

Todos vocês vão receber comissão de Deus. E o que isso significa? Isto é importante para a próxima etapa da obra, que será um trabalho maior realizado por todo o universo. Agora, então, vocês têm de buscar uma mudança no seu caráter de vida, para, no futuro, realmente se tornarem a prova de que Deus conquista glória com Sua obra e serem transformados em espécimes para Sua futura obra. A busca de hoje é só colocar os alicerces para a obra futura; é para você ser usado por Deus e para que seja capaz de dar testemunho Dele. Se este for o propósito da sua busca, você conseguirá conquistar a presença do Espírito Santo. […] Vocês deveriam procurar fazer tudo com o propósito de ser aperfeiçoados, obtidos e usados por Deus, permitindo que tudo no universo veja as ações de Deus reveladas em vocês. Dentre todas as coisas, vocês são seus mestres, e dentre tudo o que existe, vocês permitirão que Deus goze de testemunho e glória por sua causa; isso mostra que vocês são a geração mais abençoada.

de ‘Aqueles cujo caráter mudou são os que entraram na realidade das palavras de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Todos os membros do povo de Deus devem possuir vida, devem aceitar o treinamento do reino e buscar mudanças em seu caráter de vida. Isto é o que Deus exige do povo do reino.

Deus faz as seguintes exigências ao povo do reino:

1. Devem aceitar as comissões de Deus, ou seja, devem aceitar todas as palavras ditas na obra de Deus dos últimos dias.

2. Devem entrar no treinamento do reino.

3. Devem empenhar-se em ter o coração tocado por Deus. Quando seu coração se voltar completamente para Deus e você tiver uma vida espiritual normal, você viverá no reino da liberdade, isto é, viverá sob o cuidado e a proteção do amor de Deus. Você só pertencerá a Deus quando viver sob o cuidado e a proteção de Deus.

4. Devem ser ganhos por Deus.

5. Devem tornar-se uma manifestação da glória de Deus na terra.

Estes cinco pontos são Minhas comissões para vocês. Minhas palavras são dirigidas ao povo de Deus e, se você não estiver disposto a aceitar estas comissões, eu não o forçarei, mas se você as aceitar sinceramente, terá condições de realizar a vontade de Deus. Hoje vocês começam a aceitar as comissões de Deus e procuram tornar-se o povo do reino e atingir os padrões exigidos para se tornarem o povo do reino. Este é o primeiro passo da entrada. Se deseja realizar a vontade de Deus integralmente, você deve aceitar essas cinco comissões, e se for capaz de levá-las a cabo, estará segundo o coração de Deus, quem sem dúvida muito se utilizará de você. […]

[…]

O fato de você ser capaz de aceitar o julgamento, o castigo, os golpes e o refinamento das palavras de Deus – além de ser também capaz de aceitar as comissões de Deus – foi predeterminado por Deus no princípio dos tempos; logo, você não deve se afligir demais quando for castigado. Ninguém lhes pode tirar a obra que foi feita em vocês nem as bênçãos que lhes foram concedidas, como ninguém pode tirar tudo o que foi dado a vocês. Pessoas religiosas não são comparáveis com vocês. Vocês não são dotados de grande conhecimento sobre a Bíblia nem estão equipados de teoria religiosa, mas Deus trabalhou dentro de vocês, e isso lhes permitiu conseguir mais do que qualquer outra pessoa ao longo das eras, e esta é a sua maior benção. Sendo assim, vocês devem ser especialmente dedicados a Deus e ainda mais leais a Deus. Posto que Deus o eleva, você deve se esforçar mais e deve deixar sua estatura pronta para aceitar as comissões de Deus. Deve manter-se firme no lugar que Deus lhe deu, procurar tornar-se um do povo de Deus, aceitar o treinamento do reino, ser ganho por Deus e, finalmente, tornar-se um glorioso testemunho de Deus. Quantas destas decisões você já tomou? Se já as tomou, você por fim tem a certeza de ser ganho por Deus e se tornará um glorioso testemunho de Deus. Você deve entender que a principal comissão é ser ganho por Deus e tornar-se um glorioso testemunho de Deus. Esta é a vontade de Deus.

de ‘Conheça a mais nova obra de Deus e siga os passos de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Vocês deveriam saber que não sou só Eu fazendo tudo isso sozinho. Ao contrário, estou representando Meu Pai. Enquanto isso, o papel de vocês é estritamente seguir, obedecer, mudar e testemunhar. O que vocês precisam entender é por que deveriam acreditar em Mim. Essa é a questão mais importante para cada um de vocês entender. Meu Pai, por causa de Sua glória, predestinou todos vocês a Mim desde o momento em que Ele criou o mundo. Não foi por outra razão senão por causa da Minha obra, e por causa da Sua glória, que Ele os predestinou. É por causa do Meu Pai que vocês acreditam em Mim; é por causa da predestinação de Meu Pai que vocês Me seguem. Nada disso é de sua escolha. Ainda mais importante é que vocês entendam que são os que Meu Pai concedeu a Mim com o propósito de testemunhar a Mim. Por Ele tê-los concedido a Mim, vocês devem persistir nos caminhos que Eu lhes concedo e nos caminhos e nas palavras que Eu lhes ensino, pois é seu dever persistir em Meus caminhos. Esse é o propósito original da sua fé em Mim. Então, Eu lhes digo que vocês são simplesmente pessoas que Meu Pai concedeu a Mim para persistir nos Meus caminhos. No entanto, vocês apenas acreditam em Mim; vocês não são Meus porque não são da família israelita, mas, sim, da espécie da antiga serpente. Tudo que estou lhes pedindo é que deem testemunho de Mim, mas hoje vocês devem andar em Meus caminhos. Tudo isso é para o bem dos testemunhos futuros. Se agirem apenas como pessoas que ouvem os Meus caminhos, então vocês não terão nenhum valor e a importância de Meu Pai tê-los concedido a Mim será perdida. O que insisto em lhes dizer é isto: “Vocês devem andar em Meus caminhos”.

de ‘Quando se trata de Deus, qual é o seu entendimento?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Aquilo que vocês viveram e viram supera o que os antigos santos e profetas viveram e viram, mas será que vocês são capazes de fornecer um testemunho maior do que as palavras desses antigos santos e profetas? Aquilo que Eu concedo a vocês agora supera Moisés e é maior do que Davi, então, da mesma maneira, peço que o seu testemunho supere o de Moisés e que as suas palavras sejam maiores do que as de Davi. Eu lhes dou centuplicado, então, da mesma maneira, peço que Me devolvam o mesmo. Vocês devem saber que Eu sou Aquele que concede a vida à humanidade e que são vocês que recebem a vida de Mim e devem dar testemunho de Mim. Este é o seu dever, que Eu envio sobre vocês e que vocês devem cumprir por Mim. Eu concedi toda a Minha glória a vocês e concedi a vocês a vida que o povo escolhido, os israelitas, nunca recebeu. Por direito, vocês devem dar testemunho de Mim e dedicar a Mim a sua juventude e oferecer a sua vida. Qualquer pessoa a quem Eu conceder a Minha glória deve dar testemunho de Mim e dar sua vida por Mim. Isto há muito tempo foi predestinado. É sorte sua Eu conceder Minha glória a vocês, e o seu dever é testificar a Minha glória. Se vocês cressem em Mim apenas para ganhar fortuna, então a Minha obra não teria muita importância, e vocês não cumpririam seu dever. Os israelitas só enxergaram Minha misericórdia, amor e grandeza, e os judeus testemunharam apenas Minha paciência e redenção. Eles enxergaram só muito pouco da obra do Meu Espírito; talvez seja o caso de que o nível de compreensão deles fosse apenas uma décima milésima parte daquilo que vocês escutaram e viram. Aquilo que vocês viram ultrapassa até mesmo aquilo que os principais dos sacerdotes entre eles viram. Neste dia, a verdade que vocês compreenderam ultrapassa a deles; aquilo que vocês viram neste dia ultrapassa ao que foi visto na Era da Lei, assim como na Era da Graça, e aquilo que vocês viveram ultrapassa até mesmo aquilo que Moisés e Elias viveram. Pois os israelitas só compreendiam a lei de Jeová e o que viram foi apenas a visão das costas de Jeová; os judeus só compreenderam a redenção de Jesus, receberam apenas a graça concedida por Jesus e viram apenas a imagem de Jesus no âmbito da casa dos judeus. O que vocês vêem neste dia é a glória de Jeová, a redenção de Jesus e todos os Meus feitos deste dia. Vocês também escutaram as palavras do Meu Espírito, apreciaram a Minha sabedoria, passaram a conhecer a Minha maravilha e aprenderam sobre o Meu caráter. Eu também contei a vocês todo o Meu plano de gestão. Aquilo que vocês viram não é apenas um Deus amoroso e misericordioso, mas um Deus repleto de justiça. Vocês viram Minha obra maravilhosa e souberam que Eu sou cheio de ira arrebatadora e majestade. Além do mais, vocês sabem que Eu uma vez fiz descer Minha fúria violenta sobre a casa de Israel e, neste dia, ela veio a vocês. Vocês compreenderam mais dos Meus mistérios no céu do que Isaías e também João; vocês conhecem mais da Minha amorosidade e da Minha venerabilidade do que todos os santos de gerações passadas. Vocês receberam não apenas a Minha verdade, o Meu caminho e a Minha vida, mas uma visão e revelação maiores do que as de João. Vocês compreenderam muito mais mistérios e também viram a Minha verdadeira face; vocês aceitaram mais do Meu julgamento e conheceram mais do Meu caráter justo. Então, apesar de vocês terem nascido nos últimos dias, a sua compreensão é a do que é antigo e do passado; vocês também viveram aquilo que é próprio deste dia, e isto foi realizado pela Minha mão. O que peço a vocês não é desarrazoado, porque Eu lhes dei demais e vocês viram muito de Mim. Portanto, peço que deem testemunho de Mim como fizeram os antigos santos, e este é o único desejo do Meu coração.

de ‘O que você sabe sobre a fé?’ em “A Palavra manifesta em carne”

A função do Meu julgamento é capacitar melhor o homem para Me obedecer, e a função do Meu castigo é permitir que o homem mude de forma efetiva. Embora o que Eu realizo seja por causa do Meu gerenciamento, nunca realizei nada que não tenha sido benéfico para o homem. Isso porque quero tornar todas nações fora de Israel tão obedientes quanto os israelitas e torná-los homens de verdade para que Eu tenha apoio para os pés nas terras fora de Israel. Este é o Meu gerenciamento; é a obra que estou realizando entre as nações gentias. Mesmo agora, muitas pessoas ainda não entendem o Meu gerenciamento, porque elas não têm interesse nessas coisas, mas se preocupam apenas com seus próprios futuros e destinos. Não importa o que Eu diga, as pessoas ainda são indiferentes à obra que realizo e, em vez disso, focam exclusivamente em seus destinos no futuro. Se isso continua assim, como a Minha obra pode ser expandida? Como o Meu evangelho pode ser difundido pelo mundo? Vocês devem saber que, quando a Minha obra for difundida, Eu vou dispersá-los e vou ferí-los da mesma forma que Jeová feriu cada uma das tribos de Israel. Tudo isto será feito a fim de difundir Meu evangelho por toda a terra e difundir a Minha obra nas nações gentias para que o Meu nome seja engrandecido, tanto por adultos como por crianças, e o Meu santo nome exaltado na boca das pessoas de todas as tribos e nações. Nesta era final, terei Meu nome engrandecido entre as nações gentias porque Meus feitos serão vistos pelos gentios para que possam chamar-Me o Todo-Poderoso por causa de Minhas ações e para que Minhas palavras logo se sucedam. Eu farei com que todas as pessoas saibam que Eu não sou apenas o Deus dos israelitas, mas também o Deus de todas as nações dos gentios, mesmo aqueles que Eu amaldiçoei. Eu vou deixar todas as pessoas verem que Eu sou o Deus de toda a criação. Esta é a Minha maior obra, o propósito do Meu plano de obra para os últimos dias e a única obra a ser cumprida nos últimos dias.

de ‘A obra de difundir o evangelho é também a obra de salvar o homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

Será que você é capaz de expressar o atual caráter de Deus em linguagem adequada e que tenha relevância para o presente? Por meio da sua experiência da obra de Deus, será que você é capaz de descrever o caráter de Deus em detalhes? De que maneira você é capaz de descrevê-la de forma adequada e apropriada? De modo que, assim, outras pessoas possam conhecer as suas experiências. Como você vai transmitir suas visões e experiências aos miseráveis, aos pobres e aos crentes religiosos devotos que têm fome e sede de justiça e estão a sua espera para que os pastoreie? Que tipos de pessoas estão esperando para que você os pastoreie? Será que você consegue imaginar? Será que você está ciente do peso que carrega sobre os ombros, da sua comissão e da sua responsabilidade? Onde está seu senso histórico de missão? Como você vai exercer o seu serviço de bom mestre para a próxima era? Será que você possui um ótimo sentido do papel de mestre? Como explicaria o mestre de todas as coisas? Será que é mesmo o mestre de todas as criaturas vivas e de toda a substância no mundo? Quais são os seus planos para o progresso do próximo passo do trabalho? Quantas pessoas estão a sua espera para que você seja seu pastor? Será que a sua tarefa é pesada? Elas são pobres, dignas de pena, cegas e perdidas, clamando na escuridão: “Qual é o caminho?”. Como elas anseiam para que a luz, como uma estrela cadente, de repente desça para dispersar a força da escuridão que oprime a humanidade há tantos anos! Quem pode saber o quão ansiosamente elas têm esperança, e como anseiam dia e noite por isso? Aqueles que sofrem profundamente permanecem presos nos calabouços da escuridão sem esperança de liberdade, mesmo nos dias em que a luz brilha… Quando vão deixar de chorar? Estes espíritos frágeis, que nunca tiveram descanso, de fato sofrem com este infortúnio. Há muito tempo foram isolados pelas cordas impiedosas e pela história que se congelou no lugar. Quem já escutou o som dos lamentos deles? Quem já viu seu rosto desgraçado? Você já pensou em como o coração de Deus está pesaroso e ansioso? Como Ele pode suportar ver a humanidade inocente que Ele criou com Suas próprias mãos assim tão atormentada? Afinal de contas, a humanidade são os desafortunados que foram envenenados. Apesar de terem sobrevivido até hoje, quem poderia pensar que há muito tempo foram envenenados pelo maligno? Você já se esqueceu de que é uma das vítimas? Em nome de seu amor a Deus, você não está disposto a se esforçar para salvar aqueles que sobreviveram? Será que você não está disposto a empenhar todo o seu esforço para retribuir ao Deus que ama a humanidade como Sua própria carne e osso? Como você interpreta ser usado por Deus para viver a sua vida extraordinária? Será que você realmente está decidido e confiante para viver sua vida de modo relevante, sendo uma pessoa piedosa a serviço de Deus?

de ‘Como desempenhar sua missão futura’ em “A Palavra manifesta em carne”

Conteúdo Relacionado