Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhas de Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

24. Qual é a diferença entre um bom servo e um servo mau?

Palavras de Deus relevantes:

Aqueles que servem a Deus devem ser os íntimos Dele, devem ser amados por Ele e capazes de ter lealdade absoluta a Ele. Quer você aja por trás das pessoas ou diante delas, você é capaz de ganhar a alegria de Deus ante Deus, é capaz de se manter firme perante Ele e, independentemente de como outras pessoas o tratem, você segue sempre a própria senda e dá todo cuidado ao fardo de Deus. Só esse é um íntimo de Deus. Os íntimos de Deus são capazes de servir a Ele diretamente porque a eles foi dada a grande comissão de Deus, foi dado o fardo de Deus, eles são capazes de tomar o coração de Deus como se fosse deles e o fardo de Deus como se fosse deles, sem levar em consideração se ganham ou perdem expectativa: mesmo quando não tiverem expectativas e nada forem ganhar, eles sempre acreditarão em Deus com um coração amoroso. Por isso, esse tipo de pessoa é um íntimo de Deus. Os íntimos de Deus são também Seus confidentes; apenas os confidentes de Deus poderiam compartilhar Sua inquietação e Seus anseios e, ainda que sua carne esteja dolorida e fraca, eles são capazes de suportar a dor e renunciar ao que amam para satisfazer a Deus. Deus dá mais fardos a tais pessoas e o que Ele há de fazer expressa-se através delas. Portanto, essas pessoas são amadas por Deus, são as servas de Deus que são segundo o Seu coração e somente pessoas como essas podem governar com Ele.

de ‘Como servir em harmonia com a vontade de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

A obra de um trabalhador qualificado é capaz de trazer as pessoas para o caminho certo e permitir que se aprofundem na verdade. A obra que ele realiza pode trazer as pessoas para Deus. Além disso, a obra que ele realiza pode variar de um indivíduo para outro e não está sujeita a regras, proporcionando liberação e liberdade às pessoas. Além disso, elas podem crescer gradativamente na vida, aprofundar-se cada vez mais na verdade. A obra de um trabalhador não qualificado fica muito aquém disso; é uma obra tola. Ele só é capaz de trazer as pessoas para regras; o que ele exige das pessoas não varia de um indivíduo para outro; ele não realiza a obra de acordo com as necessidades reais das pessoas. Nesse tipo de obra há regras e doutrinas demais e ela é incapaz de trazer as pessoas para a realidade ou para a prática normal de crescimento na vida. Pode apenas permitir que as pessoas obedeçam a algumas regras sem valor. Esse tipo de liderança só é capaz de desencaminhar as pessoas. Ele o orienta a se tornar o que ele é; ele só pode trazê-lo para o que ele tem e é.

de ‘A obra de Deus e a obra do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

Cada um de vocês, como pessoas que servem, deve ser capaz de defender os interesses da igreja em todas as coisas que fazem, em vez de procurar os seus próprios interesses. É inaceitável fazer isso sozinho, ocasião na qual ele mina você e você o mina. As pessoas que agem dessa forma não são aptas a servir a Deus! O caráter desse tipo de pessoa é muito mau; não permanece nenhum grama de humanidade neles. Eles são cem por cento Satanás! Eles são bestas! Ainda agora coisas como essas ocorrem entre vocês, indo tão longe ao ponto de atacar um ao outro durante a comunhão, intencionalmente buscando pretextos, ficando com o rosto todo vermelho por discussões sobre coisa pouca, e ninguém desejando se colocar de lado, cada um escondendo o que está dentro de si do outro, observando com atenção a outra parte e ficando de guarda. Pode este tipo de caráter ser apropriado ao serviço a Deus? Pode tal obra como a de vocês suprir os irmãos e irmãs? Você não somente é incapaz de guiar as pessoas em um rumo correto de vida, como também você injeta os seus caráteres corruptos nos irmãos e irmãs. Você não está ferindo os outros? A sua consciência é muito má, muito podre até o âmago! Você não entra na realidade e não coloca a verdade em prática. Ademais, você expõe descaradamente a sua natureza diabólica para as outras pessoas, você não sabe o que é vergonha de modo algum! Os irmãos e irmãs têm sido confiados a você, mas você os leva para o inferno. Você não é uma pessoa cuja consciência ficou apodrecida? Você não tem vergonha alguma!

de ‘Sirva como os israelitas serviram’ em “A Palavra manifesta em carne”

Detrás de Mim, muitas pessoas cobiçam a bênção do status, fartam-se de comida, adoram dormir e dão todo cuidado à carne, sempre temendo que não haja maneira de sair da carne. Elas não desempenham suas funções normais na igreja e comem de graça, ou, de maneira adversa, repreendem seus irmãos e irmãs com Minhas palavras, se levantam e dominam sobre os outros. Essas pessoas ficam dizendo que estão fazendo a vontade de Deus, elas sempre dizem que são íntimas de Deus – isso não é absurdo? Se você tem as motivações certas, mas é incapaz de servir à vontade de Deus, então está sendo tolo; mas se as suas motivações não são certas e mesmo assim diz que serve a Deus, então você é alguém que se opõe a Deus e devia ser punido por Ele! Não tenho compaixão por pessoas assim! Na casa de Deus elas comem de graça e sempre cobiçam os confortos da carne, sem levar em conta os interesses de Deus; elas sempre buscam o que é bom para elas, não prestam atenção à vontade de Deus, tudo que fazem não é examinado pelo Espírito de Deus, estão sempre manobrando e conspirando contra seus irmãos e irmãs, sendo falsas, como uma raposa numa vinha, sempre roubando as uvas e pisoteando as videiras. Tais pessoas poderiam ser íntimas de Deus? Você está apto a receber as bênçãos de Deus? Você não assume a responsabilidade por sua vida e pela igreja, você está apto a receber a comissão de Deus? Quem ousaria confiar em alguém como você? Quando você serve dessa maneira, será que Deus arriscaria lhe confiar uma tarefa maior? Você não está atrasando as coisas?

de ‘Como servir em harmonia com a vontade de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Servir a Deus não é tarefa fácil. Aqueles cujo caráter corrupto permanece inalterado jamais podem servir a Deus. Se o seu caráter não tiver sido julgado e castigado pela palavra de Deus, seu caráter ainda representa Satanás. Isso basta para provar que seu serviço a Deus está decorre de sua própria boa intenção. É serviço baseado na sua natureza satânica. Você serve a Deus com seu caráter natural e de acordo com suas preferências pessoais; além disso, continua a achar que Deus se deleita no que quer que você deseje fazer e odeia tudo o que quer que você não deseje fazer, e é guiado inteiramente por suas próprias preferências em seu trabalho. Isso pode ser chamado de servir a Deus? Por fim, seu caráter de vida não mudará nem um pingo; antes, você ficará ainda mais obstinado porque tem servido a Deus, o que tornará seu caráter corrupto profundamente arraigado. Assim, você desenvolverá interiormente regras sobre o serviço a Deus que estarão baseadas principalmente em sua própria índole e na experiência obtida de servir conforme seu próprio caráter. Isso é lição da experiência humana. É filosofia de vida do homem. Pessoas assim fazem parte dos fariseus e das autoridades religiosas. Se nunca acordarem e se arrependerem, elas por fim se tornarão os falsos Cristos que aparecerão nos últimos dias e serão enganadores de homens. Os falsos cristos e enganadores que foram mencionados surgirão de entre pessoas desse tipo. Se aqueles que servem a Deus seguem sua própria índole e agem conforme sua própria vontade, correm o risco de ser expulsos a qualquer momento. Aqueles que aplicam seus muitos anos de experiência para servir a Deus a fim de ganhar o coração de outros, repreendê-los e dominá-los e de manter-se em posição de poder, e que nunca se arrependem, nunca confessam seus pecados, nunca renunciam aos benefícios da posição, são pessoas que tombarão ante Deus. São pessoas do mesmo tipo que Paulo, que se aproveitam de sua senioridade e se vangloriam de suas qualificações. Deus não aperfeiçoará pessoas assim. Esse tipo de serviço interfere na obra de Deus. As pessoas adoram apegar-se ao antigo. Apegam-se às noções do passado, a coisas do passado. Isto é um grande obstáculo a seu serviço. Se você não conseguir se livrar dessas coisas, elas estrangularão toda a sua vida. Deus não o elogiará de modo algum, nem mesmo se você quebrar as pernas correndo, ou as costas com o trabalho, nem mesmo se for martirizado em seu serviço a Deus. Muito pelo contrário, Ele dirá que você é um malfeitor.

de ‘A forma religiosa de serviço deve ser proibida’ em “A Palavra manifesta em carne”

Qualquer um que não entende o propósito da obra de Deus é aquele que se coloca contra Deus e, mais ainda, aquele que está ciente do propósito da obra de Deus, mas não busca satisfazê-Lo. Aqueles que leem a Bíblia em igrejas majestosas a recitam todos os dias, mas ninguém compreende o propósito da obra de Deus. Nenhum é capaz de conhecer Deus; além disso, nenhum está de acordo com o coração de Deus. Todos eles são homens inúteis e vis, cada um se achando na posição de ensinar Deus. Embora ostentem o nome de Deus, eles intencionalmente se opõem a Ele. Embora se rotulem como crentes em Deus, eles são aqueles que comem a carne e bebem o sangue do homem. Todos esses homens são diabos que devoram a alma do homem, demônios chefes que atrapalham propositalmente aqueles que tentam entrar na senda certa e pedras de tropeço que obstruem a senda daqueles que buscam a Deus. Apesar de serem “carne robusta”, como seus seguidores podem saber que são anticristos que conduzem o homem em oposição a Deus? Como podem saber que são diabos vivos que procuram especialmente almas para devorar?

de ‘Todos os que não conhecem a Deus são aqueles que se opõem a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Trechos de sermão e comunhão para referência:

Os líderes e trabalhadores da igreja de todos os níveis podem ser divididos em três tipos de pessoas, sendo mais apropriado descrevê-los como servos fiéis, servos traiçoeiros e servos maus: o primeiro tipo consegue obedecer verdadeiramente à obra de Deus, é capaz de defendê-la enquanto cumpre seus deveres, consegue deixar tudo para trás, emprega todos os seus esforços a Deus, consegue exaltá-Lo e testemunha Dele. Esse grupo de pessoas está verdadeiramente em busca da verdade, tenta ser aperfeiçoado e é classificado como servos leais a Deus. O segundo tipo não tem a realidade da verdade, é incapaz de defender a obra de Deus enquanto cumpre seus deveres, não age de acordo com os arranjos de trabalho, faz o que quer e age negligentemente, trata as pessoas com emoção, age de acordo com o seu desejo carnal, não observa os princípios da verdade, pratica a verdade com grande dificuldade, envolve-se com frequência em transações com Deus; toma a senda do anticristo e é classificado como servos traiçoeiros. O terceiro tipo é arrogante e convencido, busca posição social, é ambicioso e sempre quer controlar o povo escolhido de Deus, governar com supremacia, oprimir e discriminar aqueles que não concordam com ele, limitar, amarrar e enganar o Seu povo escolhido para formar um reino independente; esse tipo é classificado como pessoas más, do mesmo tipo dos falsos líderes e anticristos, isto é, servos maus. […]

[…] O Espírito Santo opera naqueles cuja humanidade é boa e que amam a verdade. Aqueles que não têm uma humanidade boa e não amam a verdade não podem receber a Sua obra. Quando a natureza humana de alguém é traiçoeira, maldosa e insidiosa, então, ela é uma pessoa má e, claro, classificada como um servo mau. Servos maus são os inimigos de Deus e objetos de Sua maldição e punição. É uma adequação muito apropriada utilizar servos leais (como os legalistas sobre os quais os incrédulos falam), servos traiçoeiros (como os funcionários da corte traiçoeiros sobre os quais os incrédulos falam) e servos maus (como a escória traiçoeira sobre a qual os incrédulos falam) para descrever esses três tipos de líderes e trabalhadores. As pessoas classificadas como servos leais são mais honestas, possuem consciência e sentido e defendem a obra de Deus por meio do cumprimento de seu dever. São todos os líderes e trabalhadores obedientes a Deus e leais a Ele, sendo Seu objeto de salvação e aperfeiçoamento. Aquelas pessoas classificadas como servos traiçoeiros não amam a verdade, não estão dispostas a buscá-la e não demonstram obediência verdadeira a Deus. Ao realizar o seu dever, fazem aquilo que querem. Tratam as pessoas com base nas emoções e não são justas e racionais. Ao servirem a Deus, resistem a Ele, seguem a carne e fazem coisas sem princípios, chegando até a negociar com Ele. Às vezes, podem trair a verdade e a Deus e até mesmo trabalhar contra o interesse da Sua família, não mantendo o mínimo da Sua obra. Esse tipo de pessoa é classificado como servos traiçoeiros, exatamente como os funcionários da corte traiçoeiros sobre os quais os incrédulos falam. […] Claro, todos os servos traiçoeiros são classificados como falsos líderes e trabalhadores.Todavia, alguns deles têm uma humanidade boa e são plenamente capazes de arrepender-se e mudar. Devem ser tratados com amor e lhes ser dada a chance de exercitarem-se. Os servos maus são todos falsos líderes e anticristos que têm uma natureza demoníaca. Claro, os servos maus são todos classificados como pessoas más. Eles possuem a natureza e a essência do diabo, portanto, tais pessoas são capazes de fazer todo tipo de maldade, além de oprimir e perseguir brutalmente o povo escolhido de Deus. Esforçam-se sobremaneira para perturbar e interromper a obra de Deus e vão contra Ele em todas as coisas, como se fossem insensíveis. Seus corações são duros e teimosos. Não é esse o inimigo de Deus? Os servos maus não podem ser salvos. Portanto, a família de Deus deve expulsar quaisquer falsos líderes e anticristos de natureza demoníaca. Não há espaço para reconciliação.

de ‘Somente por meio da verdadeira obediência à obra de Deus é possível entrar na realidade da verdade’ em “Anais selecionados dos arranjos de trabalho da Igreja de Deus Todo-Poderoso”

Se as pessoas que servem realmente tiverem a capacidade, seus subordinados se moverão em coordenação com elas. Há um ambiente de tensão e harmonia. Ele é cheio de vitalidade e nele a vida da igreja floresce a cada dia. Não há negatividade, ninguém fica para trás. A justiça cresce e todos os membros da igreja trabalham juntos. Eles ficam unidos em seus esforços e todos podem dar testemunho de Deus e exaltá-Lo nas alturas. Esse é o melhor resultado. Se a igreja ainda estiver sem vida e a maioria das pessoas estiver num ponto negativo, isso prova que sua orientação não indicou um bom caminho. A vida da igreja é como uma carruagem e o líder é como um cavalo que puxa a carruagem. Se o cavalo for capaz, a carruagem pode ser puxada. Ele se move quando deve se mover e corre quando deve correr. Nada pode pará-lo. Quando uma pessoa é realmente competente em servir a Deus, todas as dificuldades podem ser resolvidas onde quer que a pessoa vá, e não importa quais problemas as pessoas tenham, ela é capaz de conversar com elas e apontar-lhes o caminho. Isso deixa as pessoas felizes como se o fardo fosse aliviado. Não importa o quão difícil esteja a situação de um lugar, se ela ali permanecer alguns dias e juntar pessoas para algumas reuniões, o coração das pessoas se iluminará. Elas se encherão de energia quando a verdade for entendida e sua negatividade será completamente resolvida. O conflito da carne será resolvido e a vida da igreja seguirá a senda correta. Uma pessoa que realmente serve a Deus pode enxergar as deficiências das pessoas, e sabe o que prover a diferentes pessoas, onde começar, e como resolver completamente os problemas. Não importa se é um crente novo ou antigo, velho ou jovem, um líder ou um seguidor. Ela pode prover às pessoas plenamente. Seus problemas podem ser todos resolvidos e ela pode se comunicar com todas as pessoas. Para quem realmente serve a Deus, a comunicação da verdade não tem regras e não é feita mecanicamente. A pessoa que serve a Deus fala de todos os lados e de todos os ângulos. Ela fala em diferentes línguas e combina todos os tipos de fatos. Pessoas de todas as classes entenderão e colherão os benefícios. Todos amarão fazer contato com quem verdadeiramente serve a Deus, e estarão dispostos a abrir o coração e se comunicarem com ela. Eles a respeitarão e farão amizade com ela e falarão com ela do fundo dos seus corações. Se todos tiverem medo e se esconderem de você, você tem um problema. A coruja noturna entrando na casa não é um bom sinal. As pessoas cujos corações estão alinhados com a vontade de Deus estão sempre na igreja, andando entre os objetos do seu trabalho, vivendo e comendo com as pessoas, conversando com as pessoas até tarde da noite. Ao confiar trabalho às pessoas, elas repetidamente as encorajam. Elas temem não fazer um bom trabalho e nunca desprezam as pessoas. Elas sabem que abandonar o local de trabalho é negligência de dever. Quem abandona os objetos do seu trabalho é um parasita. É possível resolver todas as dificuldades da realidade sem entrar em contato com os líderes de base que fazem a coordenação com você? Isso pode ser feito sem experimentar profundamente a vida da igreja ao nível básico? Pode haver algum resultado sem comunicação franca? Você pode interromper o seu trabalho se a sua voz ainda não estiver rouca? Você está sobrecarregado se não há nada em sua mente? Você realmente está se dedicando se ainda não perdeu peso? As pessoas que se deliciam com boas comidas podem demonstrar respeito pelas intenções de Deus? As pessoas que dão muita importância ao que comem e vestem estão dando atenção ao resultado do seu trabalho? Elas realmente podem fazer um bom trabalho se só fazem contato com poucas pessoas que estão vivendo segundo seus próprios corações, enquanto evitam reunir-se com as pessoas que não estão? Elas não são parasitas buscando uma vida fácil, confortável e agradável?

Quem realmente serve a Deus sabe o que lhe falta e sempre consegue se equipar e, ao mesmo tempo, comunicar a verdade aos outros. E, além disso, concentra-se em entrar na verdade e se conhecer mais profundamente. Essa pessoa consegue não ser arrogante, presunçosa e exibida e também está disposta a abrir seu coração para permitir que outras pessoas conheçam seus pontos fracos e suas deficiências. Portanto, sua comunicação é sincera e autêntica, sem falsas pretensões. As pessoas irão acreditar nela, respeitá-la e obedecerão à verdade que ela transmite.

Quem realmente serve a Deus entende a obra do Espírito Santo e sabe o que deriva de sua própria experiência e o que é resultado da iluminação do Espírito Santo. Essas pessoas têm reverência por Deus e não são arrogantes nem presunçosas. Elas não desprezam os outros porque têm a obra do Espírito Santo, e sim têm mais consideração pelos outros, cuidam deles e os ajudam. Preferem sofrer para que os outros sejam felizes. Entendem as dificuldades sofridas pelas pessoas e também profundamente entendem como é doloroso quando uma pessoa sem a verdade cai na escuridão. Entendem ainda melhor os prazeres de serem iluminadas pelo Espírito Santo e estão dispostas a compartilhar sua iluminação pelo Espírito Santo com os outros, e compartilhar sua felicidade com eles. Elas não veem a obra do Espírito Santo como capital a ser desfrutado. Elas desfrutam da obra do Espírito Santo e podem demonstrar respeito pela vontade de Deus. Estão dispostas a resolver as dificuldades e dores dos outros e transmitir-lhes o deleite que obtêm da obra do Espírito Santo para safisfazer a Deus. Elas podem cooperar proativamente com a obra do Espírito Santo, demonstrar respeito pela vontade de Deus e abrir mão do deleite para satisfazer a Deus. Recusam a bênção do status, não buscam tratamento especial, servem a Deus de forma pia e respeitosa, e cumprem seu dever com lealdade. As pessoas que servem a Deus dessa maneira agem de acordo com a Sua vontade.

Para prestar um serviço que esteja alinhado com a vontade de Deus, primeiro você deve fazer mudanças no caráter de vida. Depois que o caráter tiver mudado, você dará início ao serviço formal. Alguns anos de experiência são necessários e, sem a verdade, não haverá um bom resultado. Se as pessoas realmente entenderem o verdadeiro significado de servir, elas saberão cumprir bem o seu dever. Elas entenderão que cumprir seu dever é dar a verdade, o caminho e a vida aos outros, que receberam da obra de Deus, e dar sua experiência, conhecimento de Deus e a luz revelada pelo Espírito Santo à igreja para que outros possam compartilhar disso, para que possam mudar o caráter de vida, conhecer Deus, obedecer e ser leais a Deus e serem ganhas por Deus. Elas não se equipam com o conhecimento da verdade e ensinam aos outros palavras e doutrinas para mostrar como são inteligentes. Cumprir um dever é cuidar, ajudar, respeitar e proteger os outros com o amor de Deus, cuidar dos outros primeiro, pensar sempre nos outros, visando tudo para a igreja, preferindo sofrer mais para que mais pessoas ganhem vida e sejam salvas, e pagar todos os preços para que as pessoas possam entender a verdade e despenderem por Deus para satisfazer Sua vontade. Servir não é se orgulhar por seu status e agarrar-se aos prazeres da carne e, sem se importar com o quanto os irmãos e irmãs estejam sofrendo, satisfazer seu próprio desejo de comer, beber e desfrutar mais, abandonando o auxílio aos irmãos e irmãs. Algumas pessoas até trabalham de acordo com preferência e luxúria. Se alguém as recebe bem e cai em suas graças, elas comungarão juntas. Do contrário, elas se recusarão. A pessoa mais desprezível é aquela que faz do seu trabalho uma mercadoria de troca. Cumprir seu dever é alinhar seu coração com a vontade de Deus – preocupando-se com as preocupações de Deus, pensando o que Deus está pensando, inquietando-se com as inquietações de Deus e pondo os interesses da família de Deus sempre em primeiro lugar. É dedicar-se e deixar de lado suas refeições e seu sono e fazer muito esforço, e realizar o trabalho que Deus lhe confiou com o senso de responsabilidade de um mestre. Não é esperar ser recompensado por um pouco de trabalho, esperar deleite depois de um pouco de sofrimento, tornar-se orgulhoso e convencido após alcançar alguns resultados, nem desfrutar do status e agir como um tirano. Quem é leal no cumprimento do seu dever se submete aos arranjos de Deus, é leal e dedicado, e trabalha sem reclamar e abnegadamente como servo de Deus, só desejando retribuir o Seu amor, servi-Lo com sua vida. Essas pessoas não se consideram mais que um grão de poeira sem honra. Veem-se menos ainda merecedoras de desfrutar a graça de Deus, estão completamente à mercê de Deus e não reclamam. Elas não são hipócritas más e despudoradas que só estimam a própria vida, esperam receber boa sorte, estar acima dos outros e gozar de superioridade sobre os outros. Cumprir seu dever é respeitar a vontade de Deus, ficar próximo do fardo de Deus, considerar irmãos e irmãs como seus pais, estar disposto a servir a todos, levar em conta a vida dos irmãos e das irmãs, ousar assumir responsabilidades, não dever a ninguém, deixar que as pessoas ganhem o mesmo que se ganhou, servir com consciência, e ousar aceitar a supervisão de todos. Não é dizer coisas agradáveis ao ouvido e deixar de realizar o verdadeiro trabalho, nem desfrutar da hospitalidade dos irmãos e das irmãs e mesmo assim maltratá-los, nem pedir às pessoas para fazerem algo para si, mas repreender, podar e lidar com as pessoas na primeira oportunidade, nem pedir que as pessoas venham e lhe sirvam quando está doente e pedir-lhes que o acompanhem quando precisa delas. Uma pessoa assim, que faz dos outros seus servos, não está de modo algum servindo a Deus; ao contrário, ela se considera superior, dá testemunho de si mesma, autopromove-se, deixa que as pessoas a tratem como Deus, e tem muito medo de ter uma reputação negativa e que as pessoas não se convençam. Ela vigorosamente fortalece a ofensiva e até mesmo incansavelmente faz com que as pessoas lhe obedeçam e a adorem, e se põe no lugar de Deus ensinando lições às pessoas. Ela despreza todos e faz tudo em seu poder para criar sua esfera de influência, opera seus próprios negócios para fazer com que as pessoas a coloquem no centro, atenta para suas próprias palavras, obedece aos seus próprios arranjos e põe Deus de lado para adorar a si mesma. Depois de trabalhar por muitos anos, as pessoas lideradas por ela não têm nenhum conhecimento de Deus. Pelo contrário, elas têm medo e obedecem a ela. Ela se tornou um deus. Isso não significa trazer as pessoas diante dela mesma? Esse tipo de pessoa é uma assaltante, uma ladra dentro da família e um anticristo.

de ‘O verdadeiro significado do serviço e os deveres dos obreiros’ em “Coleção de sermões: provisão para a vida”

Hoje em dia, você venera pastores e líderes religiosos? Você não faz mais isso. Por que você não faz mais isso? Alguém disse: “Eles não têm a verdade, é por isso que eu não os venero”. Muito bem colocado, são palavras práticas. E o que mais? São todos anticristos de coração malicioso. Pregaram Cristo na cruz, mas não se arrependem nem refletem sobre si mesmos. Não acham que fizeram nada errado nem pensam que são os principais pecadores. O coração dessas pessoas é muito malicioso e sombrio. Poderia ser simplesmente porque eles não têm nenhuma verdade? Estão totalmente tomados pelo caráter e o mal de Satanás e não têm a mínima consciência nem senso! Não só não têm a verdade, como não têm humanidade alguma. São completamente malignos e demoníacos. Abençoam qualquer um que lhes dê dinheiro. Se você não doar dinheiro para eles, não o abençoarão. São por demais desprezíveis e só abençoam as pessoas por dinheiro! O que você proporcionou às pessoas com as contribuições financeiras do povo escolhido de Deus? Você de fato trouxe pessoas diante de Deus? Ajudou-as a obter a Sua obra de salvação? Ajudou-as a obter toda a verdade que Ele expressa? Ajudou-as a obter a salvação? Você é digno de desfrutar de suas ofertas? Você não proporcionou nada para o povo escolhido de Deus nem trouxe aqueles que creem em Deus diante Dele. Em vez disso, você os atraiu para si e se fartou com a carne deles e bebeu o seu sangue. Você não é apenas um parasita? Diga-me, esse tipo de falso pastor, demônio e degenerado é digno de servir a Deus? É por isso que as pessoas devem ver claramente a essência dessa situação. Depois de vê-la claramente, você não só cessaria de venerar essas pessoas, como passaria a odiá-las. Você entenderá porque esse tipo de pessoa merece ser amaldiçoado. São os inimigos de Deus, os inimigos do Seu povo escolhido. Quando você tiver essa compreensão, verá essa situação claramente. […] Os crentes doam para a igreja para que possam alcançar a salvação, ter uma fé melhor em Deus e obter a verdade. Contudo, os pastores pegam esse dinheiro para si e o gastam. Depois de tomá-lo, colocam as mãos sobre a cabeça dos crentes para abençoá-los. O que eles pensam? “Eu já o abençoei, portanto posso gastar o seu dinheiro sem problemas.” Isso não é um parasita? Isso não é um sanguessuga monstruoso? Vamos supor que um dia Deus apareça em público e diga: “Eu sou Deus Todo-Poderoso. Eu sou o Deus Todo-Poderoso que vocês perseguem”. Ao ver isso, os pastores diriam: “Oh, não! O Deus Todo-Poderoso que condenamos provou ser o verdadeiro Deus!” Ao ver isso, os irmãos e as irmãs dessas igrejas diriam: “Oh, não! Nosso pastor nos enganou. Ele disse que Deus Todo-Poderoso é falso, que Ele não é o verdadeiro caminho. Que coisa terrível! Fomos iludidos pelo nosso pastor. Ele nos enganou. Doamos tanto dinheiro, e, no entanto, não obtivemos o verdadeiro caminho. Ele não permitiu que recebêssemos a segunda vinda do Senhor Jesus nem que aceitássemos o verdadeiro caminho. Esse pastor é um grande impostor!” Então, esses crentes se levantariam, agarrariam esse pastor pelo colarinho e o esbofeteariam na boca. O que é isso? Isso se chama colher o que se planta, não é? As pessoas doam milhares, dezenas de milhares e até centenas de milhares. Quando perceberem que foram enganadas, quão grande será o ódio dentro de seu coração! Não é um pecado que esse pastor devore o dinheiro dessas pessoas e beba o seu sangue? Isso é um pecado, uma dívida de sangue! Atualmente, eles estão desfrutando as doações desses crentes sem ver nenhum problema nisso. Eles se sentem culpados por dentro? Se tivessem consciência, se sentiriam culpados por dentro. Você trouxe pessoas diante de Deus? O que você proporcionou às pessoas? Você é digno de desfrutar essas ofertas? Você estudou no seminário com o objetivo de alimentar a si mesmo. Você vem aqui e usa letras e doutrinas para enganar as pessoas e levar o dinheiro delas. O que é isso? Qual é a diferença entre fazer isso e roubar? É por isso que as pessoas devem compreender claramente o cerne dessa questão. Quem não a compreende claramente, espere para ver. Um dia, quando Deus se manifestar abertamente, será o último dia dos parasitas e maus servidores que existem na igreja. Nessa hora, todos os crentes irão se rebelar, agarrá-los pelo colarinho e obrigá-los a pagar a sua dívida. Os crentes dirão: “Essa dívida de sangue deve ser paga com sangue!” Nesse momento, você saberá que tipo de fim terão esses líderes religiosos e enxergará a verdadeira essência deles. Externamente, estão servindo a Deus, mas e por dentro? Estão resistindo a Deus. São anticristos e pessoas malignas. Sugam o sangue das pessoas sem pestanejar. É por isso que se aqueles que servem a Deus não tiverem consciência, senso normal nem verdade, acabarão percorrendo a senda de cometer o mal, isto é, a senda perversa de resistir a Deus. No momento, há algumas pessoas que já conseguem ver essas coisas claramente. É por isso que não é possível servir a Deus adequadamente sem a verdade. Ganhar a vida servindo a Deus é algo muito perigoso para as pessoas. Essa é a senda dos pastores e dos anticristos, que querem ganhar a vida servindo a Deus. Essas pessoas certamente irão se alimentar da igreja; elas não foram convocadas por Deus. Não se esforçam por amor a Ele ou consideração por Suas intenções. Abrigam más intenções no coração. Você diria que alguém que serve a Deus para ganhar a vida, para seu próprio benefício, é amigo íntimo de Deus? Não é. São pessoas que Satanás enviou para interromper e perturbar a obra de Deus. São escravos de Satanás. Deus as descreveu precisamente como “uma raposa numa vinha”.

de ‘As exigências que precisam ser satisfeitas por aqueles que servem a Deus e como servir de acordo com a vontade de Deus’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida (II)”

Anterior:Qual é a diferença entre o trigo e o joio?

Próximo:Qual é a obra do Espírito Santo? Como a obra do Espírito Santo se manifesta?

Coisas que talvez lhe interessem