50. As boas ações, os atos malignos e as várias falácias que devem ser claramente discernidos pelo povo escolhido de Deus

Visto não compreender a verdade claramente, a maioria do povo escolhido de Deus ainda é incapaz de discernir por completo o que são boas ações e o que são atos malignos, e é especialmente incapaz de discernir, por inteiro, certas falácias e heresias. Isso é suficiente para mostrar que a maioria das pessoas não compreendeu a verdade nem entrou na realidade. Aqueles que compreendem legitimamente a verdade terão discernimento real. Eles são capazes de discernir as boas ações dos atos malignos, entender a substância dos problemas, discernir todos os tipos de falácias e heresias e até mesmo usar a verdade para refutar as falácias. Eles podem convencer as pessoas completamente e fazer os falsos líderes e anticristos conhecerem o temor e a vergonha. Somente essas pessoas compreendem realmente a verdade e entraram na realidade. Todos aqueles que não possuem discernimento verdadeiro certamente não são pessoas que compreendem a verdade. Todos aqueles que apenas falam de letras e doutrinas, que sabem apenas como seguir regras e apenas entendem o certo e o errado, que são muito óbvios, são pessoas que não possuem a realidade da verdade. Tais pessoas não saberão como discernir quando encontrarem a enganação dos falsos líderes e anticristos e a resistência a Deus causada por eles. Portanto, as pessoas que não compreendem a verdade e que não entraram na realidade ainda podem certamente ser confundidas, ludibriadas e enganadas, e podem até seguir falsos líderes, anticristos e todos os tipos de pessoas malvadas na resistência e traição a Deus. Essas pessoas serão eliminadas, a menos que busquem a verdade e se arrependam de fato.

Eu vejo que muitas pessoas, mesmo depois de ouvir os sermões e a comunhão do alto e de ver os arranjos de trabalho do alto, ainda não compreendem a verdade e não conseguem resolver problemas reais de acordo com os arranjos de trabalho. Isso é suficiente para mostrar que elas não compreendem a verdade a ponto de terem discernimento satisfatório. Algumas pessoas têm dificuldades em absorver as coisas, a ponto de não compreenderem os sermões e a comunhão do alto e de não compreenderem os arranjos de trabalho. Elas são todas pessoas de baixo calibre, que têm dificuldade de compreender a verdade e não conseguem acompanhar o ritmo da obra do Espírito Santo. Elas estarão em grande perigo se não fizerem o máximo para buscar a verdade e entrar na realidade.

Para o povo escolhido de Deus romper mais cedo com os atos malignos, fazer boas ações e não ser enganado por vários tipos de falácias e heresias, eu ordenei e resumi abaixo as 20 boas ações principais que ele deve tentar fazer, os 30 atos malignos que deve abandonar e os 80 tipos de falácias e heresias que ele deve ser capaz de discernir. Espero que todas as igrejas possam comunicá-los duas ou três vezes nas reuniões, de modo que todo o povo escolhido de Deus possa ser esclarecido acerca dessas coisas e ter uma boa ideia de o que elas são. É extremamente benéfico para o povo escolhido de Deus compreender a verdade, entrar na realidade, repelir a corrupção e fazer boas ações. São problemas que o povo escolhido de Deus deve resolver ao entrar na vida.

As vinte boas ações que o povo escolhido de Deus deve preparar

1. Comunique a verdade com frequência para resolver problemas para o povo escolhido de Deus na vida da igreja, apoie constantemente aqueles que creem em Deus de fato e ajude-os a compreender a verdade e entrar na realidade. Isso é uma boa ação. Isso é que é amor verdadeiro.

2. Se, quando cumprir seu dever, você não o basear em transações nem o fizer por recompensas, se não tiver outro tipo de intenções e não agir sem se envolver, e se houver resultados reais, isso é uma boa ação. As pessoas que cumprem seus deveres dessa maneira estão verdadeiramente fazendo o esforço para Deus.

3. Se for descoberto que aqueles que foram equivocadamente separados ou expulsos da igreja são pessoas boas, lute para ajudá-los e apoiá-los e aceite-os de volta à igreja. Isso é uma boa ação. Receber irmãos e irmãs de outros lugares que estejam buscando a igreja, comer e beber as palavras de Deus e viver a vida de igreja com eles também é uma boa ação.

4. Trabalhar duro em detrimento de nossas refeições e sono e esforçar-nos arduamente, a fim de fazer os verdadeiros crentes do povo escolhido de Deus entender a verdade, entrar na realidade e crescer na vida – isso é uma boa ação. Essa é a realidade que as pessoas que são verdadeiramente atenciosas com as intenções de servir a Deus deveriam possuir.

5. Foque o evangelismo, testemunhe da obra de Deus sempre que tiver a oportunidade de achar um assunto adequado, pregue o evangelho o máximo possível para ganhar mais pessoas. Isso é uma boa ação. Se você puder ganhar algumas pessoas boas, que creem verdadeiramente em Deus e são capazes de buscar a verdade de fato, isso é mais ainda uma boa ação.

6. Ao descobrir que uma pessoa má está perturbando a igreja, aplique todos os tipos de sabedoria para impedi-la e restringi-la de fazer o mal; use a verdade e a sabedoria para resolver o caos e garantir a continuação normal da vida da igreja. Isso é uma boa ação.

7. Ficar ao lado de Deus resguardando Sua obra, protegendo Seu povo escolhido ao entrar na vida, sejam quais forem os problemas que surgirem na igreja, isso é uma boa obra. Se você for capaz de usar a verdade para resolver problemas, capacitar o povo escolhido de Deus a compreender a verdade e diferenciar o bom do maldoso, isso é mais ainda uma boa ação.

8. Ser capaz de expor brutalmente e refutar o malvado que ousa julgar, atacar e se opor ao homem que o Espírito Santo usa, bem como defender a obra de Deus, isso é uma boa ação. Se a verdade puder ser usada para resolver a perturbação de todos os tipos de pessoas malvadas e anticristos e para trazer benefício ao povo escolhido de Deus, então isso é mais ainda uma boa ação.

9. Buscar a verdade mediante a descoberta de todos os tipos de falácias e ditos malignos na igreja, refutá-los e criticá-los de acordo com as palavras de Deus, mantendo Seu povo escolhido livre de danos e ajudando-o a ter edificação e crescimento na vida, isso é uma boa ação.

10. Caso se descubra que aqueles que creem em Deus e estão dispostos a buscar a verdade têm sido enganados ou controlados, uma boa ação é encontrar maneiras de salvá-los, comungar pacientemente acerca da verdade, fazer com que saiam das mãos do malvado, retornem verdadeiramente para Deus e deixem as trevas, indo para a luz.

11. Caso se descubra que há, de fato, um falso líder ou anticristo assenhoreando-se de outras pessoas e tentando estabelecer um reino independente, será uma boa ação informar imediatamente e contatar as pessoas que compreendem a verdade, a fim de salvar o povo escolhido de Deus do malefício de Satanás, o diabo.

12. Quando algumas pessoas forem apanhadas pela polícia na igreja, será uma boa ação se alguém puder se esforçar de toda maneira para proteger o povo escolhido de Deus e puder fazer arranjos apropriados para o dinheiro e os bens da casa de Deus, e para proteger os sacrifícios de Deus de cair nas mãos de Satanás e do grande dragão vermelho. O que assim faz é uma pessoa que protege a obra de Deus e é verdadeiramente fiel a Ele.

13. É uma boa ação proteger aqueles que verdadeiramente acreditam em Deus e usar todos os contatos para resgatar esses irmãos e irmãs que foram presos. É mais ainda uma boa ação usar a sabedoria para defender a vida da igreja e proteger o povo escolhido de Deus.

14. É uma boa ação fazer tudo o que puder para ajudar os irmãos e irmãs que verdadeiramente se despendem por Deus e buscam a verdade em meio à tempestade quando as dificuldades e problemas surgem. Também é uma boa ação ser capaz de ajudar os líderes e obreiros que se despendem por Deus em tempo integral e cujas famílias estão em dificuldade.

15. É uma boa ação se alguém puder encontrar maneiras de receber e ajudar os irmãos e as irmãs que têm sido perseguidos e estão na lista de procurados, sem ter medo do risco e do preço a pagar, e mais ainda, se puder suportar todos os tipos de críticas das pessoas, sordidez e problemas ao cumprir bem seu dever para satisfazer a Deus.

16. É uma boa ação organizar aqueles irmãos e irmãs que realmente creem em Deus e buscam a verdade para comer e beber as Suas palavras, comungar acerca da verdade e viver uma vida de igreja nas provações. É mais ainda uma boa ação apoiar os irmãos e irmãs fracos para que compreendam a verdade e sejam testemunhas durante as provações e os desastres.

17. É uma boa ação expor e denunciar as pessoas más que roubam sacrifícios e desfalcam a propriedade da casa de Deus, evitando, assim, a perda dos Seus sacrifícios e da riqueza de Sua casa. Proteger os sacrifícios de Deus de cair nas mãos do malvado e de ser tomado por pessoas com segundas intenções, também é uma boa obra.

18. É uma boa ação tentar cooperar arduamente com a implementação dos arranjos de trabalho do homem usado pelo Espírito Santo, resolver todos os tipos de problemas práticos encarados pelo povo escolhido de Deus na igreja e fazer muita obra prática, a fim de defender Sua obra e trazer Seu povo escolhido para a trilha certa da crença Nele.

19. Cooperar ativamente com a liderança e pastoreio do homem usado pelo Espírito Santo, travar uma batalha extremamente séria contra os falsos líderes e anticristos para trazer o povo escolhido de Deus para a trilha certa da crença Nele, pagar o preço para proteger Sua obra e obter os resultados; todos esses se classificam como boas ações.

20. Distinguir os falsos líderes e anticristos de acordo com os arranjos de trabalho, expô-los de acordo com a verdade e persuadi-los a renunciar, a fim de evitar dano maior para o povo escolhido de Deus, é uma boa ação. É uma boa ação ajudar e proteger aqueles líderes e obreiros que têm transgressões, mas que são capazes de se arrependerem legitimamente e que possuem boa humanidade para continuar a cumprir seu dever.

Os trinta atos malignos de interromper e perturbar a obra de Deus e ir diretamente contra Ele

1. Não nos sentir à vontade ao cumprir nosso dever na igreja e nos envolver em conflitos de ciúme e brigas por status que resultam em caos na vida da igreja, esses são atos malignos.

2. Semear discórdia, formar panelinhas e causar perturbações que resultam em divisões na igreja e transtornos sérios à sua obra, esses são atos malignos.

3. Não amar a verdade, fazer travessura e criar conflito, provocar conflito entre as pessoas e perturbar a vida da igreja, esses são atos malignos.

4. Contar mentiras, ludibriar e enganar as pessoas, comumente distorcendo os fatos e misturando o preto e o branco para criar o caos, esses são atos malignos.

5. Espalhar falácia e palavras malignas para confundir as pessoas, fazendo com que sejam incapazes de buscar a verdade, não tenham uma senda a seguir e se unam a Satanás e aos demônios, isso é um ato maligno.

6. Espalhar negatividade e morte, divulgar noções para enganar as pessoas, perturbar a vida da igreja e tornar as pessoas frias e distantes de Deus, esses são atos malignos.

7. Se você sabe claramente que não possui a realidade da verdade, que tem uma humanidade ruim e ainda assim compete insistentemente pelo cargo de liderança, resultando assim em caos, isso é um ato maligno.

8. Agir de um modo na frente das pessoas e de outro pelas costas delas, fingir concordância enquanto age opostamente, enganar seus superiores e iludir seus subordinados, usando táticas de ‘duas caras’ para enganar as pessoas, esses são atos malignos.

9. Ser incapaz de comungar acerca da verdade para resolver problemas, sempre aproveitar a oportunidade para obter evidências contra as pessoas a fim de corrigi-las e passar-lhes sermões, bem como manter a posição de repreenderas pessoas, esses são atos malignos.

10. Fazer das transgressões dos líderes e obreiros um cavalo de batalha, não tratá-los corretamente e impactar o trabalho normal deles, esses são atos malignos.

11. Repreender e corrigir as pessoas ao tomar medidas enérgicas contra o falso, enviar as pessoas à ruína e não dar a elas a oportunidade de se arrepender, incitar o pânico, esses são atos malignos.

12. Ser líderes e obreiros irresponsáveis, ficar parado indolentemente enquanto o malvado perturba a igreja e não defender a obra dela, esses são atos malignos.

13. Não realizar nosso dever de resolver problemas reais de acordo com os arranjos de trabalho e deixar o malvado perturbar a igreja, esses são atos malignos.

14. Violar seriamente os arranjos de trabalho e fazer as coisas da nossa maneira, ir contra a verdade e persistir até o fim, bem como fazer mal ao povo escolhido de Deus, esses são atos malignos.

15. Se os líderes e obreiros não praticarem a verdade, cometerem todos os tipos de mal e não aceitarem a supervisão e crítica do povo escolhido de Deus, esses são atos malignos.

16. Se os líderes e obreiros seguirem os próprios desejos e usarem seletivamente as pessoas que não possuem a realidade da verdade e não forem capazes de fazer a obra real, tendo, assim, causado um impacto muito ruim, esses são atos malignos.

17. Fazer nosso dever desleixadamente do início ao fim, sem o mínimo efeito, fazer mais mal do que bem e afetar seriamente a obra da igreja, esses são atos malignos.

18. Não praticarmos a verdade, nós mesmos, e impedir que outros façam seu dever e preparem boas ações, esses são atos malignos.

19. Recusar o tratamento e a poda, não ser nada obediente, perturbar a igreja sendo descontroladamente dominador e fazer o que quiser sem restrição, esses são atos malignos.

20. Darmos testemunho de nós mesmos persistentemente e termos a nós mesmos em grande estima, produzirmos falso testemunho, nos mostrarmos para fazer os outros nos admirarem, essas coisas são classificadas como enganar as pessoas, e são atos malignos.

21. Sempre contatar pessoas ruins e malvadas e conspirar com elas, sempre falar em nome dos interesses das pessoas más e malvadas e perturbar o trabalho da igreja, esses são atos malignos.

22. Seguir o malvado na incitação à confusão, perturbar o trabalho da igreja e afetar a vida dela, ser impenitente até o fim, esses são atos malignos.

23. Sempre ter ambição e buscar status, disseminar noções muitas vezes para enganar outros e usar vários meios para competir por poder, esses são atos malignos.

24. Usar piadas sujas para pregar o evangelho, desonrar o nome de Deus, ter o pior impacto e causar repulsa às pessoas, esses são atos malignos.

25. Não se importar com aqueles que foram evangelizados, ser quase totalmente irresponsável e afetar seriamente a obra do evangelho, esses são atos malignos.

26. Roubar os sacrifícios, apreciar avidamente a luxúria, não fazer a obra real e atrasar seriamente a obra da igreja, esses são atos malignos.

27. Apropriar-se indevidamente dos fundos de caridade e ajuda humanitária da igreja, usar mal o dinheiro da casa de Deus, ser corrupto e degenerado, ter o pior impacto, esses são atos malignos.

28. Ser irresponsável quanto à guarda segura dos sacrifícios da casa de Deus, dar sacrifícios a líderes falsos, a anticristos e ao grande dragão vermelho, esses são atos malignos.

29. Trair a igreja, os irmãos e as irmãs, até mesmo oferecer culto a Satanás, monitorar e rastrear líderes e obreiros, esses são atos malignos.

30. Ser persistentemente licencioso e malvado, engajar-se em promiscuidade heterossexual ou em homossexualidade, perturbar a vida da igreja e ter um impacto muito ruim, esses são atos malignos.

Os 80 tipos de falácias e heresias prevalentes em todas as igrejas

1. O 7º decreto administrativo declara: “o que é certo ou errado não tem nada a ver com você”. Essa afirmação das palavras de Deus quer dizer que mesmo o homem usado pelo Espírito Santo pode estar errado.

2. O homem usado pelo Espírito Santo também tem corrupção. Nós cremos em Deus e não obedecemos ao homem – podemos ser salvos contanto que comamos e bebamos as palavras de Deus; não precisamos obedecer aos arranjos de trabalho, aos sermões e à comunhão do homem usado pelo Espírito Santo.

3. Os arranjos de trabalho são regulamentos formulados por homem e, por isso, não devem ser obedecidos cegamente, porque o homem usado pelo Espírito Santo também tem corrupção.

4. Estes são apenas arranjos de trabalho do homem – eles precisam apenas ser basicamente entendidos e não precisam ser comunicados claramente.

5. Alguns líderes não comunicam os arranjos de trabalho, mas comunicam somente as palavras de Deus. Se forem lembrados por irmãos e irmãs de acompanharem o ritmo da obra do Espírito Santo e comunicarem os arranjos de trabalho, eles dizem: “Devemos comer e beber as palavras de Deus nas reuniões, mas os arranjos de trabalho precisam apenas ser lidos atentamente em casa”.

6. Os arranjos de trabalho são puramente para o povo escolhido de Deus ler e não podem ser praticados na forma como estão. Ouça apenas os arranjos de líderes distritais, pregadores distritais e líderes da igreja.

7. Quando alguém quer trazer de volta, de acordo com os arranjos de trabalho, uma pessoa que foi expulsa ou segregada por causa de um erro, um líder diz: “Isso não foi arranjado por um líder de alto escalão, por isso, devemos orar por um período e não podemos simplesmente seguir os arranjos de trabalho”.

8. Quem quer que procure irmãos e irmãs para comunicar os arranjos de trabalho é uma pessoa malvada, que engana os outros e tem nela a obra de espíritos malignos.

9. Somente os arranjos de trabalho emitidos pelos canais formais são obra de Deus, enquanto que os baixados da Internet são obra ainda não realizada por Ele. Isso é preceder a Deus, interromper Sua obra, ofender Seu caráter, e as pessoas assim serão amaldiçoadas.

10. Tudo o que vem das autoridades de cima para baixo é verdadeiro, e tudo o que não vem das autoridades de cima para baixo é falso.

11. Os indivíduos passarem adiante os arranjos de trabalho é considerado como interferência desnecessária e trará o caos para a obra da casa de Deus.

12. Dar um conjunto de arranjos de trabalho para cada pessoa que busca a verdade é nos deixar conhecer a nós mesmos e fazer com que cumpramos proativamente os nossos deveres. Isso vem de Deus. Qualquer coisa que nos faça discernir, tomar precauções ou que nos torne desconfiados vem de Satanás e deve ser distinguida.

13. Discernir os falsos líderes e anticristos é uma forma em que Deus opera agora e é, na realidade, para que nos conheçamos, porque todos têm uma essência corrupta. Somente saber como discernir os falsos líderes e anticristos é absurdo demais. O homem não é, de fato, qualificado para expor e condenar os outros.

14. Nós não devemos simplesmente sempre expor os falsos líderes e obreiros, mas temos de combinar isso com conhecer a nós mesmos, e se não o fizermos, então não podemos comunicar. Não devemos criticar e denunciar os outros, porque isso é depreciar as pessoas.

15. Aceitar a culpa e demitir-se não é a intenção de Deus, porque Sua casa nos tem cultivado por tantos anos — como ela poderia deixar todos se demitirem?

16. Os falsos líderes e falsos obreiros não podem ser identificados casualmente. Somente aqueles que retêm os arranjos de trabalho, removem livros aleatoriamente e expulsam as pessoas de modo arbitrário é que são falsos.

17. Os falsos líderes e obreiros, bem como os anticristos, aparecerão somente no futuro, e isso não é um problema que existe agora.

18. Até mesmo os anticristos recebem de Deus a oportunidade de se arrepender e de ser salvo, então, por que sempre falar sobre discernir falsos líderes e falsos obreiros?

19. Qualquer um que discirna ou disseque as ações e conduta de outra pessoa está julgando-a pelas costas.

20. Discernir falsos líderes e obreiros e expor a verdade é, de fato, formar panelinhas, lutar por poder e posição e incomodar a igreja.

21. Expor os desvios e absurdos dos líderes e obreiros é negar o zelo deles e é uma maneira de atacá-los.

22. Dissecar a essência da obra de um líder ou obreiro é atacá-lo e criticá-lo.

23. Somente o homem usado pelo Espírito Santo é qualificado para determinar quem é um falso líder ou um falso obreiro. Os irmãos e irmãs não são qualificados para determinar quem é verdadeiro ou falso.

24. No que tange a discernir os falsos líderes e anticristos, pode-se dizer que, tirando-se o Espírito Santo, o espírito de todos é maligno e todos são falsos líderes e anticristos.

25. No que tange a discernir uma pessoa, a humanidade corrupta não tem o direito de avaliar os outros, porque todos são iguais. De qualquer modo, Deus sabe quem é maldoso e quem é bom.

26. Uma pessoa não pode medir se um líder ou um obreiro é verdadeiro ou falso com base nos arranjos de trabalho, porque o homem não é qualificado para condenar os outros.

27. Se um líder ou um obreiro não fizer a obra de acordo com os arranjos de trabalho, o Espírito Santo o examinará e disciplinará e, por isso, não há necessidade de intervirmos.

28. Os falsos líderes e anticristos não têm nada a ver conosco. Nós precisamos apenas comer e beber as palavras de Deus em casa. Tudo é mantido em segredo na casa de Deus. Banir os falsos líderes e anticristos não é algo que ela nos deixará fazer.

29. Fechar o cerco em torno dos anticristos e falsos Cristos é o dever da equipe do evangelho de primeira linha, a obra de obreiros de nível superior. Os membros da igreja não têm o direito de fechar o cerco em torno dos anticristos e falsos Cristos. Eles somente podem relatar aos seus supervisores as situações que descobriram.

30. Somente os falsos líderes e obreiros com quem interagimos pessoalmente é que podem ser discernidos. Líderes distritais e membros do grupo regional de tomada de decisões não devem ser discernidos por nós, já que serão discernidos pelo povo escolhido de Deus que está em torno deles. Não devemos cruzar a linha.

31. Se você remover um falso líder ou obreiro, a substituição dele ainda será falsa. É tudo a mesma coisa, por mais que um falso líder ou obreiro seja substituído muitas vezes.

32. O alto permite o discernimento dos falsos líderes. Consequentemente, somos falsos líderes, quer tenhamos a obra do Espírito Santo ou nos comportemos de uma maneira que traia os arranjos de trabalho.

33. Os líderes são determinados por Deus e usados por Sua casa. Eles são pessoas usadas pelo Espírito Santo. Os membros da igreja devem obedecer completamente às pessoas usadas pelo Espírito Santo, independentemente do certo ou errado. O certo e o errado não têm nada a ver com eles.

34. Todos devem obedecer completamente aos arranjos dos líderes e seguir as ordens deles, porque um decreto administrativo declara: “Em tudo você deve obedecer às instruções do homem que é usado pelo Espírito Santo. Até mesmo a mais leve infração é inaceitável. Sua obediência deve ser absoluta; você não deve analisar o que é certo ou errado; o que é certo ou errado não tem nada a ver com você”.

35. Às vezes, os líderes e obreiros não têm de agir plenamente em concordância com os arranjos de trabalho. Eles não devem guardar as regras ao obedecerem a uma nova luz.

36. Somente os que obedecem totalmente aos líderes e obreiros são pessoas que obedecem a Deus de verdade.

37. Aqueles que querem defender a obra de Deus devem defender os líderes e não se opor a eles. Não defender os líderes é enfraquecê-los.

38. Qualquer coisa que um líder ou obreiro fizer deve ser aceita como vinda de Deus. A obra de Deus simplesmente não se conforma às concepções das pessoas.

39. Os líderes planejam para os irmãos e irmãs fazerem algo e estes se opõem. Ao ouvir isso, um líder diz: “Por que você não obedece? Por que as intenções próprias são tão fortes? Você precisa simplesmente obedecer e não deveria ter tantas concepções”.

40. Se quiser entrar no reino, os líderes não têm de conduzir você? Portanto, você deve obedecê-los incondicionalmente. Somente dependendo dos líderes é que o povo escolhido de Deus pode ser trazido para o reino.

41. Podemos testar se uma pessoa obedece a Deus, retirando os livros dela. Se não abrir mão dos livros, isso mostra que ela não é uma pessoa que obedece a Deus.

42. Se eu fizer algo errado, é porque meu relacionamento com Deus está anormal e serei inevitavelmente punido por Ele. Você somente precisa obedecer, porque isso não tem nada a ver com você.

43. É errado não seguir os arranjos dos líderes e obreiros da igreja por acostumar-se a obedecer à instrução do homem usado pelo Espírito Santo como uma desculpa.

44. Quando o povo escolhido de Deus quiser um recibo por dedicar uma oferta, um líder diz: “Você dedicou para Deus. Deus examina o coração das pessoas. Isso é uma oferta para Deus, ninguém ousa roubá-la. Você a deu para mim e se eu a roubar, isso é entre mim e Deus e não tem nada a ver com você”.

45. Os líderes insistem que os irmãos e irmãs não podem ir à Internet para dar uma olhada no site da casa de Deus nem segregar qualquer um que assim faça, dizendo que isso é uma ordem do homem usado pelo Espírito Santo.

46. Está estipulado nos arranjos de trabalho que qualquer um que for segregado porque deu uma olhada no site da casa de Deus, deve enviar uma carta de arrependimento antes de poder retornar às reuniões.

47. Reportar problemas na Internet é perturbar a obra de Deus e perturbar a vida da igreja. Quando fulano e ciclano assim fizeram, isso perturbou a igreja seriamente e fez as pessoas se sentirem inquietas e incapazes de viver uma vida normal de igreja. Isso é uma interrupção e essas pessoas são anticristos que resistem a Deus.

48. Baixar os arranjos de trabalho, os sermões e a comunhão da Internet para dar a irmãos e irmãs é, de fato, comprar popularidade, fazendo-se pequenos favores.

49. Reportar a situação real da igreja ao alto é considerado como falar o que ela fez de errado. Expor e informar sobre os falsos líderes e obreiros também é falar o que ela fez de errado.

50. Tudo no site é falso. Tudo que não provenha dos canais formais, inclusive os arranjos de trabalho do alto e os livros, não deve ser aceito.

51. Jamais baixe livros da Internet, e mais, jamais baixe os arranjos de trabalho. O site da casa de Deus é para o futuro, não para agora, quando não haverá ambiente.

52. Os irmãos e irmãs não podem recomendar a si mesmos para líderes, porque isso é um comportamento arrogante.

53. Como cada um dos irmãos e irmãs tem seus deveres, eles não devem chamar a atenção, mas devem ser diligentes e trabalhar duro para realizar seus deveres originais. Eles não podem se apresentar em um concurso para ser líder. Somente aqueles que não têm um dever nem têm experiência é que podem se apresentar para a eleição.

54. Todos aqueles que comunicam a verdade claramente, trazem as pessoas para si. Tais pessoas devem ser substituídas.

55. Se os irmãos e irmãs se aproximarem de uma pessoa e buscarem a verdade porque essa pessoa tem a realidade ao comunicar a verdade e é construtiva, eles serão julgados pelos líderes como alguém que olha para o homem. Os líderes também dirão: “A pessoa para quem você olha assumirá a culpa, e você também terá problemas por olhar para o homem”.

56. O fato de sempre comunicar nas reuniões a sua experiência e o conhecimento das palavras de Deus não o está exaltando e dando testemunho de você mesmo? Isso não é trazer as pessoas diante de você mesmo? Portanto, nem sempre você deve comunicar a própria experiência e o próprio conhecimento.

57. Não precisamos revelar quanta experiência real temos. Contanto que saibamos disso em nosso interior, está bem.

58. Todos aqueles que generalizam a verdade, escrevem sobre experiências de vida ou compilam livros trazem outros para as regras, e são todos pessoas arrogantes que resistem a Deus.

59. Se alguém consegue estar animado exteriormente e consegue abandonar algumas coisas e ficar feliz o dia todo, então essa pessoa é alguém que tem a obra do Espírito Santo, que realmente obedece e tem a realidade.

60. Se os irmãos e irmãs viverem na negatividade, estiverem em um estado ruim, ou estiverem sempre limitados por algo, então eles têm a obra de espíritos malignos neles.

61. Se uma pessoa estiver sendo seriamente provada – como se houvesse uma faca em seu coração o dia todo e ela estivesse sofrendo castigo e dor – então é o fim para ela. Ela certamente não tem a obra do Espírito Santo nem fez quaisquer boas ações. Essa é a sua maldição.

62. Se um irmão ou irmã for disciplinado ou se deparar com enfermidade, então certamente ofenderam a Deus, por isso devem se apressar e conhecer a si mesmos.

63. Se uma pessoa tiver pensamentos incorretos ou revelações de corrupção, isso significa que ela tem sobre si a obra de espíritos malignos. Somente as pessoas que têm a obra de espíritos malignos seriam assim.

64. Se você vir irmãos e irmãs sendo negativos ou fracos, você não deve comunicar a verdade com eles nem se envolver em seus negócios, já que o Espírito Santo os iluminará. Eles voltarão atrás naturalmente, e não precisam de pessoas que comunguem com eles.

65. Se um crente contrair uma doença grave e tiver possibilidade de morrer, então é certo que ele não é alguém que Deus salvará, e seus livros podem ser tomados de volta.

66. Uma pessoa está desobedecendo a Deus se tiver continuado a cumprir seu dever externamente por muitos anos e quiser retornar para casa para ver a família. Deus despreza as pessoas que vão para casa. Elas não terão testemunhos se forem para casa. Isso é trair Deus.

67. Temos de planejar as reuniões com flexibilidade, com base no ambiente. Temos de parar as reuniões temporariamente se o ambiente estiver ruim e retomá-las quando o ambiente estiver melhor.

68. Agora que as provações começaram e os desastres estão ficando cada vez maiores, não precisamos ler as palavras de Deus mais, pois precisamos apenas orar a Ele e depender da fé para vencê-los.

69. As pessoas comuns não são qualificadas para ler A Palavra Manifesta em Carne; somente os líderes e as pessoas que cumprem seu dever são qualificados para a leitura.

70. O ambiente está pressionando demais, perigoso demais. Cada indivíduo precisa somente receber as Setenta Regras e o hinário para ler. Todos os demais livros não podem ser distribuídos.

71. A obra do Espírito Santo não cria o caos. Se uma igreja estiver em caos, isso mostra que ela não é controlada pelo Espírito Santo nem por Cristo.

72. É melhor não deixar que os irmãos e as irmãs na igreja saibam sobre as eleições. Será muito confuso se todos na igreja souberem.

73. A casa de Deus exalta muito as pessoas quando as usa, mas as pisoteia quando não têm utilidade para ela.

74. O tempo de segregação de algumas pessoas acabou e elas deveriam estar retornando para a igreja, mas os líderes se recusam a permitir, dizendo: “Deus é todo-poderoso. Aquelas pessoas são segregadas, mas não precisamos nos preocupar, porque elas também estão nas mãos de Dele”.

75. As pessoas trazidas pelos anticristos não podem ser salvas, e as pessoas trazidas por aqueles que foram expulsos são todas más e não podem ser salvas, por isso a igreja não as aceitará.

76. Os novos crentes jamais tomarão a iniciativa de pedir livros para ler, porque as pessoas corrompidas por Satanás jamais buscam a Deus por si próprias.

77. A regra do alto, que declara que os falsos líderes e falsos obreiros deveriam assumir a culpa e se demitir, é exatamente o jeito que Deus opera. Deus está usando esse método para fortalecer os líderes e obreiros, mas não devemos ser ludibriados por Satanás. Ele quer apenas fazer os líderes e obreiros renunciar e não cumprir seu dever. Não devemos nos deixar enganar por isso.

78. Eu não aceito os arranjos de trabalho entregues por pessoas que têm sobre si a obra de espíritos malignos, mesmo que sejam verdadeiros. Eu aceito somente aquilo que é emitido pelas autoridades. O homem usado pelo Espírito Santo não fala sobre baixar os arranjos de trabalho do site, então por que essa pessoa quer que os implementemos com tanta urgência? Isso não é exatamente uma demonstração de espíritos malignos em ação? As pessoas que têm sobre si a obra de espíritos malignos gostam de forçar os outros a fazer isso e aquilo. Eu não reconhecerei os arranjos de trabalho baixados por elas.

79. Se os líderes e obreiros não puderem resolver as frequentes revelações de corrupção de uma pessoa, esta pessoa pode, com certeza, ser colocada para fora por alguns meses e deixada em um estado de segregação. Ela pode retornar à vida da igreja e retomar o cumprimento de seu dever somente quando puder reconhecer seus erros honestamente e obedecer. Pessoas assim devem ser segregadas. Isso alcança bons resultados, não alcança?

80. Sempre que o arranjo de trabalho de remoção de pessoas enganosas era emitido, alguns líderes substituíam todos aqueles que tinham um pouco de cultura e capacidade para o trabalho. A razão disso é muito simples: as pessoas cultas são mais enganosas do que as pessoas incultas, as pessoas de maior calibre são mais enganosas do que as pessoas de menor calibre, as pessoas com mais habilidade são mais enganosas do que as pessoas com menos habilidade, e as pessoas da cidade são mais enganosas do que as pessoas da zona rural. Consequentemente, a maioria dos líderes e obreiros era considerada enganosa e substituída por um grupo de pessoas menos cultas e de menor calibre. Assim, isso resolveu o problema da enganação.

Se entender legitimamente a verdade, o povo escolhido de Deus será certamente capaz de discernir com clareza as boas ações, os atos malignos e todos os tipos de falácias. Esse é o resultado que deve ser alcançado pela compreensão da verdade. Se não entendermos a verdade, não seremos capazes de discernir as boas ações, os atos malignos e todos os tipos de falácias, e será muito fácil fazermos o mal e resistirmos a Deus. Visto que as pessoas não possuem a verdade e que seu caráter corrupto não foi verdadeiramente resolvido, elas ainda podem naturalmente cometer todos os tipos de atos malignos e, de certo, não são capazes de discernir todas as diferentes falácias. Portanto, ainda lhes é fácil ser ludibriadas e enganadas. Fatos incontáveis o provam. Isso mostra que é extremamente importante que o povo escolhido de Deus busque a verdade e entre na realidade. Somente aqueles que procuram e buscam a verdade em todas as coisas podem verdadeiramente ser libertos dos atos malignos, usar a verdade para rebater e refutar as falácias, não ser enganados, ser capazes de dar testemunho e de envergonhar Satanás. Sem dúvida, esse é o resultado que pode ser alcançado a partir da compreensão da verdade e da entrada na realidade.

6 de setembro de 2011

Anterior: 42 Como discernir o discurso demoníaco e as falácias dos espíritos malignos, falsos cristos e anticristos

Próximo: 80 A obra de expor e substituir falsos líderes e de expulsar anticristos e homens maus nunca para

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro