Willy Fautré: Coreia do Sul deve conceder asilo aos requerentes da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Vamos tomar a Coreia do Sul como exemplo. Até o momento, entre os membros da Igreja de Deus Todo-Poderoso que fugiram para a Coreia, a nenhum deles foi concedida a condição de refugiado. Até agora, cerca de 150 membros da Igreja de Deus Todo-Poderoso receberam as ordens de embarque emitidas pelo Ministério da Justiça. Seus cartões de registro de estrangeiro e sua documentação como candidatos a refúgio também foram retidos pelo Departamento de Imigração coreano. Em geral, os departamentos de estado da Coreia acham que os membros da Igreja de Deus Todo-Poderoso fazem uso indevido da Lei sobre Refugiados. Eles reconhecem que a Igreja de Deus Todo-Poderoso é perseguida como um grupo pelo Partido Comunista Chinês, mas não acham que o indício de perseguição individual seja suficiente para provar sua condição de refugiado. Qual é sua opinião sobre o mau uso da Lei sobre Refugiados?

Anterior: Últimas notícias: PCCh nunca abandona seu desejo de promulgar o artigo 23 da Lei básica de HK

Próximo: Membros da UE devem frear o repatriamento dos requerentes de asilo da Igreja de Deus todo-Poderoso

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro