Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Coleção de sermões: provisão para a vida

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

5. Cinco indicadores que devem ser captados na busca da verdade para obter mudança de caráter

Em Sua obra nos últimos dias, Deus expressou muitas verdades, todas voltadas a resolver a corrupção da humanidade, e inteiramente baseadas no que a humanidade corrupta requer para sua salvação. São todas para salvar e aperfeiçoar as pessoas, e são todas coisas com as quais a humanidade corrupta deve estar equipada a fim de ser salva. Cada aspecto da verdade expressa por Deus é significativo; eles absolutamente não são dispensáveis. Entender apenas um pouco da verdade não é suficiente para nós ganharmos a salvação e alcançarmos uma transformação no caráter de vida. Para que isso aconteça, devemos entender e ganhar muitas verdades. Por exemplo, para ganhar um entendimento de Deus, quantos aspectos Dele devem ser entendidos para que a pessoa verdadeiramente O conheça? No mínimo, ela deve entender Seu caráter, Sua justiça e santidade, Seu plano de gestão e cada estágio de Sua obra, Sua plena sabedoria e onipotência para reinar sobre todas as coisas, o que Ele tem e é e Sua essência. Por fim, ela deve entender que Deus é a verdade, a vida e o caminho, que Deus é amor, e que cada uma de Suas palavras é a realidade de todas as coisas positivas. Somente aqueles que chegaram ao entendimento dessas coisas verdadeiramente conhecem a Deus. Quantas verdades as pessoas precisam entender e possuir para conhecer a Deus? Quanto da obra do Espírito Santo elas necessitam? Quanto do esclarecimento e da iluminação elas precisam para lucrar com as palavras de Deus? Por quanto julgamento e castigo, poda e tratamento pelas palavras de Deus elas precisam passar? Quantas dolorosas provações elas precisam suportar? Ganhar a verdade é um processo simples? Não é uma coisa simples ou fácil compreender qualquer aspecto da verdade. Para ganhar a salvação, devemos pelo menos entender dez verdades assim como ter alguma experiência de cada aspecto dessas verdades e a entrada nelas. Esse é o único caminho para chegar a um entendimento de Deus. Assim que a pessoa tem um genuíno entendimento de Deus, seu caráter corrupto pode então ser modificado. Quanto mais ela compreende da verdade e quanto mais profundamente ela se livra da influência de Satanás, mais ela é capaz de se voltar por completo para Deus e ser ganha por Ele. A salvação da pessoa só pode ser alcançada por sua busca da verdade, sua experiência da obra de Deus, e também por sua obediência ao julgamento e ao castigo de Deus e a Seus variados refinamentos e provações. Quando alguém ganha a verdade e as palavras de Deus se tornam sua vida, as filosofias satânicas, as leis da lógica de Satanás, as perspectivas satânicas sobre a vida e os valores, e todas as suas crenças absurdas simplesmente se desintegram de maneira natural e se tornam nada. Como as toxinas de Satanás não conseguem sobreviver na luz, tão logo sejam confrontadas pelas palavras de Deus, pela verdade, elas automaticamente apenas desmoronam e desaparecem. Da mesma maneira, assim que o buscador da verdade ganha um genuíno entendimento de Deus, os caráteres corruptos e os venenos de Satanás que eles abrigam são eliminados aos poucos. Assim que alguém tenha visto a justiça e o amor de Deus, assim como Sua onipotência e sabedoria, seu coração se volta para Deus e ele é capaz de obedecer a Ele e adorá-Lo. A mudança ocorre no caráter de vida de uma pessoa somente por meio do conhecimento de Deus. Quanto mais a pessoa que busca a verdade compreender a verdade, mais ela poderá ver através do mal e das trevas no mundo; mais ela entenderá a verdade e mais será capaz de reconhecer a corrupção, o mal, o absurdo e a situação lamentável da humanidade. Quanto mais a pessoa entende a verdade a partir das palavras de Deus, maior seu conhecimento Dele, sua obediência a Ele e sua devoção por Ele, e mais ela enxerga a fundo sua própria natureza e essência e a verdade da sua corrupção. A entrada da pessoa na vida e seu crescimento nela são inteiramente devidos ao fruto gerado pelo entendimento da verdade. Desse modo, na busca da verdade, assim que a pessoa tiver ganho a verdade e um genuíno entendimento de Deus, a totalidade de sua corrupção será naturalmente expurgada e seu caráter de vida irá, aos poucos, passar por uma transformação. A obra de Deus para salvar a humanidade é a purificação e a transformação das pessoas por meio de Suas palavras. Quanto mais a pessoa anseia pelas palavras Dele e busca a verdade, mais ela é capaz de verdadeiramente ganhar a purificação e a verdade como sua vida. Então, seu caráter de vida mudará naturalmente. Progredir da rebeldia contra Deus e da resistência a Ele a ser capaz de obedecer-Lhe e adorá-Lo é alcançado saboreando e experimentando Suas palavras e ganhando a verdade. As experiências de vida das pessoas demonstram claramente que, desde que busquem a verdade e obedeçam a toda a obra de Deus, elas podem obter a plena salvação e o ganho definitivo de uma mudança em seu caráter de vida. Isso é absoluto.

Ora, todos enxergamos claramente um fato: somente buscando a verdade pode-se ganhar a salvação. Quando se busca uma mudança de caráter, focar somente um aspecto da experiência e da entrada não é suficiente. Você deve buscar entrar em diversos aspectos da verdade ao mesmo tempo; somente assim é que seu progresso na vida será aparente. Assim como na alimentação, se você consumir apenas um tipo de comida, os benefícios nutricionais serão basicamente limitados; se você continuar fazendo isso, sua saúde será afetada. Quando se crê em Deus, ler Suas palavras, orar a Ele, cumprir seus deveres, comungar a verdade, colocar a verdade em prática, aceitar o julgamento e o castigo das palavras de Deus, aceitar ser podado e lidado, submeter-se a provações e refinamentos – nem um só desses aspectos pode ser ignorado. Existe uma lei natural para uma transformação de caráter. Quanto ao ponto onde começa, àquilo em que confia para mudar, como é mudado, que tipo de sofrimento é preciso ocorrer, com quais verdades você necessita estar equipado, você deve ter uma compreensão geral de todas essas coisas que experimenta na vida. Desse modo, quando estiver buscando começar uma mudança de caráter, você saberá como ganhar entendimento disso e será capaz de adentrar a trilha certa o mais rápido possível. A fim de entender seu verdadeiro estado de mudança de caráter, você deve captar os quatro indicadores de uma mudança de caráter. É assim que você pode ser plenamente capaz de entrar na trilha certa de crer em Deus e ser salvo por Ele. O primeiro indicador de uma mudança de caráter é começar a ser uma pessoa honesta. Esse é um pré-requisito para a transformação do caráter. O segundo indicador é mudar a maneira de ver as coisas, o que é um indício de entendimento da verdade. O terceiro indicador é ser genuinamente capaz de obedecer a Deus, e esse é o primeiro fruto colhido de uma mudança de caráter. O quarto indicador é ser capaz de exaltar a Deus e dar testemunho Dele quando estiver cumprindo seu dever, e ser capaz de resolver questões com a verdade. Essa é a fase em que se completa a transformação de caráter. Cada indicador representa um estágio e um aspecto de uma mudança de caráter. Os quatro indicadores de mudança de caráter são como um mostrador, um medidor para isso. O verdadeiro estado da mudança de caráter de uma pessoa pode ser aferido com base nesses quatro indicadores. Está claro que captar e entender os quatro indicadores é essencial para alcançar a transformação do caráter. Se você captar esses quatro indicadores, não será mais um problema obter mudança de caráter e ser aperfeiçoado por Deus. Quanto aos que buscam a verdade, nenhum resultado claro e verdadeiro de mudança em seu caráter pode ser visto durante alguns anos. No entanto, se puder pesar as coisas com base em seu grau de entrada nesses quatro indicadores, você será capaz de discernir suas próprias circunstâncias. Na medida em que esses quatro indicadores forem captados, existirá uma senda de prática e entrada na busca de mudança de caráter, e você será inteiramente capaz de ganhar de Deus a perfeição, em segurança e sem riscos. A seguir, falemos sobre os estados específicos e a importância dos quatro indicadores de mudança de caráter.

O primeiro indicador é começar a ser uma pessoa honesta. Ser uma pessoa honesta é o pré-requisito para a mudança de caráter. Também é seu fundamento e pode-se dizer que é o elemento mais básico de ser uma pessoa. Ser uma pessoa honesta é a coisa mais essencial e fundamental para a busca de uma mudança de caráter, e o primeiro passo que assume um papel decisivo. É por isso que primeiro a pessoa deve se tornar honesta a fim de entrar na trilha certa em busca de mudança de caráter. A maioria não entende: por que precisa começar sendo uma pessoa honesta? Não pode começar obedecendo a Deus? Não pode começar sendo devotado a Deus? A verdade é que não é que isso não seja bom, mas é que isso não é realista. Se fosse posto em prática, não estaria alinhado com a lei objetiva e seria desperdício de esforço. Começar pela experiência da pessoa e por sua entrada em ser uma pessoa honesta tem a ver com uma questão muito importante, a saber, que, para crer em Deus, deve-se primeiramente formar um relacionamento apropriado com Ele, e a pessoa precisa saber qual deve ser a posição de uma criatura e que tipo de razão ela tem de possuir. Isso não é uma coisa simples. É essencial primeiro cuidar das coisas com as quais a pessoa deve no mínimo estar equipada. Isso é porque se a pessoa não for correta, então ela não terá meios de se comunicar com Deus e de ganhar a obra do Espírito Santo, nem será capaz de cumprir seu dever de maneira apropriada. Se ela não for uma pessoa correta, não pode ser favorecida por Deus porque Ele gosta de pessoas honestas e detesta as enganadoras. Se a pessoa for correta, honesta, ela não tentará enganar a Deus e não lidará com Ele superficialmente. Essa é a única maneira de ganhar a obra do Espírito Santo, de estabelecer um relacionamento apropriado com Deus, de viver diante Dele, de orar a Ele com sinceridade e de cumprir devidamente o próprio dever. Isso é entrar na trilha certa de crer em Deus. Claro que não é o caso de que as pessoas só devam começar a buscar cada aspecto da verdade depois de se tornarem completamente honestas; esse é o primeiro passo da prática. É por isso que começar a busca da mudança de caráter, tornando-se uma pessoa honesta, ajusta-se completamente à vontade de Deus. Os crentes em Deus devem ter claro que ser uma pessoa é algo fundamental, ao passo que buscar a verdade e a mudança de caráter a fim de alcançar o serviço e o testemunho de Deus é construído sobre o alicerce de ser uma pessoa honesta. Se isso for algo que você não consegue alcançar, você não será bem-sucedido em tudo o que você fizer – você não poderá ter êxito. Somente depois de você ter se tornado uma pessoa honesta é que seu gasto, seu serviço e seu testemunho terão sucesso. Há certas pessoas que foram líderes ou obreiros na casa de Deus durante muitos anos, mas porque eram muito enganadoras e não eram honestas, o que as levou a cometer muitos maus atos, foram eliminadas da casa de Deus. Há muitos exemplos disso e todos os eliminados o foram principalmente porque não eram pessoas honestas. Se você fracassa em ser uma pessoa, você fracassa em tudo. Se tem êxito em ser uma pessoa, nada é difícil de realizar. Qualquer um que crê em Deus e não se torna enfim uma pessoa honesta deve ser eliminado. Somente quem já é uma pessoa correta pode formar uma relação apropriada com Deus e pode facilmente ganhar a obra do Espírito Santo, e adentrar a senda do aperfeiçoamento. Não considerar tornar-se uma pessoa honesta é o maior dos erros e é a raiz do fracasso em crer em Deus. Como creio em Jesus, dou importância à questão da verdade nas palavras. Jesus disse: “Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; não, não; pois o que passa daí, vem do Maligno” (Mateus 5:37). Estive em comunhão com alguns pregadores bem conhecidos justamente a respeito dessa questão. Naquela oportunidade, eu já tinha dado importância a resolver a questão da verdade nas palavras. Em circunstâncias normais, eu sempre falo francamente. Em circunstâncias especiais, usei outro método apenas como último recurso, a fim de agir com sabedoria. Depois de experimentar a obra de Deus nos últimos dias, ficou inteiramente claro para mim o que significa ser uma pessoa honesta. Deus ama as pessoas honestas e detesta as enganadoras porque Ele é fiel e o diabo é um mentiroso. Depois que as pessoas foram corrompidas por Satanás, elas ficaram cheias de mentiras. Não há nada a respeito do que o corrupto não minta; até mesmo todas as suas palavras são adulteradas por mentiras. Todas se tornam especialistas e mestres em mentir. Está claro que Satanás corrompeu a humanidade em demônios. É muito difícil julgar quais palavras da humanidade corrupta são verdadeiras e quais são falsas. A humanidade corrupta não é absolutamente digna de confiança. Se as pessoas não conseguem ser honestas, é muito difícil para elas seguir pela senda certa da fé em Deus. Elas não são aptas para ver a face de Deus e para servi-Lo. Ser uma pessoa honesta significa falar a verdade, ser real em seus atos, e ser isento de mentiras ou adulterações. É ser devoto a Deus em seu dever e não tentar enganá-Lo. Significa preferir humilhações a mentiras. O padrão para ser uma pessoa honesta é o seguinte: nenhuma mentira sai de sua boca; você não cumpre seu dever de qualquer jeito; não existe nem o menor resquício de tentativa de enganar a Deus em suas palavras e atos; em seu coração não existem maquinações nem más intenções; você é absolutamente devotado e obediente a Deus, e você adora apenas a Deus e não a Satanás. Somente então você pode ser chamado de pessoa honesta. Os que cumprem seu dever de qualquer jeito e tentam enganar a Deus não são pessoas honestas, assim como também não o são aquelas que frequentemente exibem corrupção e mentira. Aquelas a quem falta a obra do Espírito Santo tampouco são pessoas honestas. As mentiras, os enganos e as trapaças das pessoas são por demais abundantes, e sem honestidade não há meios de uma pessoa formar uma relação apropriada com Deus, e não há meios de ser usado por Deus. Mesmo que alguém cumpra seu dever e sirva a Deus, Ele não favorecerá tal pessoa. Como alguém que engana não faria as coisas de qualquer jeito e não tentaria enganar a Deus? Não é essa a essência de fazer as coisas sendo inimigo de Deus? Assim, se você pode verdadeiramente ser uma pessoa honesta, sua busca para ser salvo e aperfeiçoado por Deus pode ser concretizada. Se você não consegue ser uma pessoa honesta, sua esperança de ser salvo e aperfeiçoado por Deus não passa de um sonho. É esse o nível de importância de ser uma pessoa honesta! Tem uma enorme significação e importância para ser salvo! Começar a ser uma pessoa honesta é o primeiro indicador de mudança de caráter. Se você quer saber se teve ou não uma mudança em seu caráter de vida, verifique primeiro se você é uma pessoa honesta ou não, e você saberá. Se ainda não é uma pessoa honesta, então seu caráter não mudou. Se você se tornou uma pessoa honesta, então teve um sucesso inicial na mudança de seu caráter. Somente uma pessoa honesta pode aceitar facilmente a verdade e colocá-la em prática; somente uma pessoa honesta pode ser favorecida e abençoada por Deus; somente uma pessoa honesta é boa o bastante para servir a Deus e testificá-Lo; somente uma pessoa honesta pode oficialmente adentrar a senda de ser aperfeiçoada; somente uma pessoa honesta pode servir a Deus com devoção, satisfazê-Lo e buscar Seu coração. A pessoa que não pode ser honesta absolutamente não pode buscar a verdade, e em particular não pode alcançar nenhuma mudança em seu caráter de vida. Assim que a pessoa conseguiu se tornar honesta, ser salva e obter mudança de caráter não são mais problemas. Sem isso, em sua crença em Deus, ser salva, aperfeiçoada e ter mudança de caráter são coisas impossíveis. Estão fadadas a fracassar em sua crença em Deus. Somente uma pessoa honesta pode se tornar correta. Quando a pessoa tem consciência e razão, dignidade e integridade, ela se assemelha a um ser humano, é capaz de formar uma relação apropriada com Deus e pode obter muito da obra do Espírito Santo. Então, sua superficialidade em relação a Deus, assim como sua resistência e rebeldia contra Ele, serão grandemente reduzidas; será fácil para ela entrar na senda de ser salva e aperfeiçoada. Portanto, ser uma pessoa honesta é o pré-requisito para alcançar mudança de caráter. Essa é a raiz, o fundamento de ser uma pessoa. Ser capaz de ser uma pessoa honesta ou não está diretamente relacionado ao resultado da pessoa e ao seu destino. Se alguém acreditou em Deus por muitos anos, mas não se tornou uma pessoa honesta, se ainda é um enganador, então fracassou completamente e não conseguiu realizar nada. Essa pessoa não consegue nem mesmo ser um servidor leal. Líderes e trabalhadores de todos os níveis têm sido eliminados porque não foram pessoas honestas, foram incapazes de buscar a verdade e sua natureza foi muito ruim, muito má, levando-os a ficar sem a obra do Espírito Santo e a serem expostos. Muitas vezes Deus exigiu que as pessoas fossem honestas; está claro que isso é profundamente significativo. Como homem nenhum entendeu a vontade de Deus, todos ignoram esta que é a mais importante das questões: ser uma pessoa honesta.

O segundo indicador de mudança no caráter é a transformação na perspectiva que a pessoa tem das coisas. Esse indicador está diretamente relacionado a uma mudança no caráter. As pessoas devem saber primeiro que a transformação em sua maneira de ver as coisas é inteiramente devida a alcançar entendimento da verdade. Se as pessoas não têm clareza completa sobre a verdade, como poderiam ser modificadas suas filosofias satânicas tão profundamente entrincheiradas, suas visões e concepções absurdas? A pessoa não consegue mudar sua maneira de ver as coisas só porque quer. Se fosse assim, ela não precisaria buscar a verdade, mas poderia apenas obedecer livremente a Deus. As várias falácias e filosofias satânicas das pessoas são derrotadas pela verdade, e é por isso que a transformação de sua maneira de ver as coisas também deve se basear no entendimento da verdade. Qualquer pessoa que tenha buscado a verdade por algum tempo descobrirá que tem perspectivas diferentes daquelas das pessoas do mundo, que não estão em sintonia. Isso mostra que algumas de suas antigas perspectivas começaram a mudar, mas isso não é suficiente se ainda lhe falta a mudança fundamental e se ela ainda não passou por uma transformação completa. Pensando no momento de seu passado em que aceitou pela primeira vez a obra de Deus, a maioria das pessoas desenvolveu muitas concepções e bastante resistência ao ler as palavras de Deus ou ouvir a comunhão. Mas, tendo experimentado a obra de Deus por alguns anos, quando leem Suas palavras e a comunhão elas têm bem menos concepções e muito menos resistência. Essa é uma mudança em suas concepções e perspectivas pessoais, algo que acontece sem que elas percebam. Quanto mais a pessoa busca a verdade, maiores são as mudanças em sua maneira de ver as coisas. Então, um dia, quando ler as palavras de Deus e a comunhão, ela estará completamente livre de concepções. Tudo que ler parecerá prático e ela desfrutará de tudo. Antes que perceba, terá entendido muitas verdades, terá cada vez mais compreensão de Deus e será capaz de obedecer plenamente a toda obra de Deus e aos arranjos operacionais de Sua casa, isto é, quando suas perspectivas tiverem passado por uma transformação completa. Quando a experiência da obra de Deus que uma pessoa tem chegar a esse ponto, ela ainda desenvolverá concepções sobre Ele? Ela ainda fará julgamentos sobre Deus? Sua resistência a Ele irá diminuir naturalmente e sua obediência a Ele aumentará naturalmente. É por isso que a transformação na maneira de a pessoa ver as coisas é um indicador de mudança em seu caráter. Se você quer saber se seu caráter realmente mudou, primeiro veja quanto suas perspectivas mudaram. Se você ainda abriga concepções sobre as palavras e a obra de Deus, se seus pensamentos e perspectivas ainda não são consistentes com as palavras de Deus, mas as contradizem ou entram em conflito com elas, ou até mesmo se você duvida de Deus, isso mostra que sua maneira de ver as coisas não mudou muito. Pode-se afirmar que você não obteve mudança em seu caráter de vida. Uma transformação de perspectivas é sinal de compreensão da verdade. Quando a pessoa realmente entende a verdade, a primeira conquista é uma transformação em sua maneira de ver as coisas. Essa é uma conquista preliminar que a verdade alcança nas pessoas. Conforme seu entendimento da verdade se aprofunda, seu caráter de vida muda aos poucos. A humanidade começou a ser corrompida depois de aceitar as perspectivas e falácias de Satanás; depois de acreditar nas mentiras dele e aceitá-las, as pessoas começaram a se rebelar contra Deus e a resistir a Ele. Portanto, Deus opera para livrar as pessoas da ilusão das falácias de Satanás por meio da verdade. Quando a pessoa de fato entende a verdade das palavras de Deus, ela começa naturalmente a repudiar as falácias de Satanás e, conforme aprofunda seu entendimento da verdade, ela é capaz de usar a verdade para criticar e refutar todas as absurdas e disparatadas teorias de Satanás. Desse modo, suas perspectivas podem ser completamente transformadas. No passado, as pessoas viviam baseadas nas falácias e nas mentiras que Satanás lhes dava de comer, mas agora começaram a viver com base nas palavras de Deus e na verdade, dando as costas a Satanás e obedecendo a Deus. Nesse sentido, uma transformação em sua maneira de ver as coisas leva a uma mudança em seu caráter de vida. Uma transformação nas perspectivas é o início de mudança de caráter de vida, e essa transformação nas perspectivas é inteiramente alcançada pelo entendimento da verdade. Se a pessoa entendeu a verdade, então sua mudança de perspectiva ocorre em seguida, levando a uma mudança em seu caráter de vida. Os que têm habilidade para pronunciar palavras e doutrinas literais não mudaram sua maneira de ver as coisas e são especialmente incapazes de mudar seu caráter de vida. Isso mostra que não entenderam realmente a verdade, e que não são pessoas que entendem a essência das palavras de Deus.

A verdade é muito real e muito profunda. Não é fácil para as pessoas compreendê-la; não espanta que, há milhares de anos, ninguém tenha ousado explicar o que a verdade realmente é. Apesar de toda a arrogância de Satanás e dos demônios, eles não ousam dizer que são a verdade. Em particular, os grandes e os famosos deste mundo não ousam dizer que são a verdade, e isso porque não a possuem. A verdade se origina em Deus, e somente Cristo é a verdade, o caminho e a vida. Somente os que foram salvos e aperfeiçoados por Deus têm um mínimo entendimento da verdade, mas sua maneira de ver as coisas e seu caráter de vida passaram por enormes mudanças. Tal é o poder das palavras de Deus e o poder da verdade. Assim, o significado de ganhar a verdade é terrivelmente profundo, terrivelmente enorme. O que ela traz para a humanidade é uma mudança em seu caráter de vida e toda a salvação de Deus. Para os humanos, isso é incomensurável. Se alguém que busca a verdade alcança uma grande transformação em sua maneira de ver as coisas, pode-se dizer que seu caráter de vida já começou a mudar. Quanto maior for a mudança de perspectivas de uma pessoa, maior será a mudança em seu caráter de vida. Portanto, uma mudança nas perspectivas de uma pessoa é o segundo indicador de mudança em seu caráter de vida, e é um sinal para se avaliar se ela mudou ou não seu caráter de vida. Somente aqueles que passaram por uma transformação completa em sua maneira de ver as coisas estão totalmente livres de concepções sobre Deus e começaram a entendê-Lo de verdade. Sua resistência a Deus e rebeldia contra Ele são cada vez menores, e tudo que é incompatível com Ele também se dissipa. Isso é já ter sido purificado. Passar por uma transformação completa de perspectivas significa que a pessoa compreendeu uma boa parte da verdade, o que é o único modo de se ter esse resultado. Se as perspectivas da pessoa estão inteiramente alinhadas com as palavras de Deus e procedem inteiramente do esclarecimento e da iluminação do Espírito Santo, isso mostra que ela já entrou nas palavras de Deus. Quando sua maneira de ver as coisas passar por uma transformação completa, ela não mais terá concepções sobre Deus nem resistirá a Ele, tampouco duvidará Dele. Somente então ela será uma pessoa que verdadeiramente obedece a Deus e O adora. Se as perspectivas da pessoa estão em pleno acordo com as palavras de Deus e com os pontos de vista de Cristo, então há esperança de que ela alcance a compatibilidade com Deus e esteja muito próxima de obter uma mudança de caráter.

O terceiro indicador de mudança no caráter é entrar na verdadeira obediência a Deus. A humanidade corrupta não tem conseguido ser verdadeiramente obediente a Deus, e até para os mais fiéis em sua crença em Deus sua obediência tem sido muito limitada, algo ainda muito distante da verdadeira obediência. A fim de alcançar a obediência genuína, a pessoa deve possuir o verdadeiro entendimento e reverência por Deus; a obediência genuína é inteiramente construída sobre o fundamento de conhecer e reverenciar a Deus. Os princípios por trás do que as pessoas fazem estão baseados em suas noções de certo e errado, assim como em considerações sobre o que lhes é benéfico. As pessoas não só têm seus próprios pensamentos, como também foram corrompidas por Satanás; assim, numa situação em que não sabem ao certo se lhes será benéfica ou não, elas não obedecem a mais ninguém. Por exemplo, quando cumprem com seu dever, as pessoas estão completamente cientes de que agir de qualquer jeito é enganar a Deus, mas ainda fazem isso. Esse é um problema da natureza e do caráter do homem. Como todas as pessoas têm como princípio de sobrevivência cuidar dos próprios interesses e necessidades, e ninguém tem como princípio de sobrevivência servir à verdade e a Deus, sua natureza é resistir a Ele e traí-Lo. Mesmo que acreditem Nele e O sirvam, apenas colocam algumas transações em prática pelo bem de seus próprios objetivos e interesses. Essa é a origem da incapacidade das pessoas de obedecer verdadeiramente a Deus. Somente com um verdadeiro conhecimento de Deus e um completo entendimento de Sua vontade, e também com uma genuína confiança na fidelidade de Deus e em Suas promessas é que as pessoas podem, de fato, obedecer a Deus. Está claro como é difícil para as pessoas alcançarem a obediência a Deus. Em suas imaginações, elas acreditam que obedecer a Deus incorre no risco de irem para a prisão ou serem mortas, que correm o risco de suas famílias serem desmembradas ou de elas serem abandonadas pelos familiares, que correm o risco de sofrerem dor e serem rejeitadas pelo mundo. É por isso que as pessoas acham que obedecer a Deus é difícil demais. Na verdade, não é absolutamente nada disso. Obedecer a Deus não é de jeito nenhum tão arriscado quanto imaginam. A obra de Deus é muito prática e razoável. Por exemplo, na primeira encarnação de Deus, Ele deu a Jesus trinta anos para se preparar e amadurecer, e somente quando Ele se tornou plenamente capaz de assumir a tarefa de redimir a humanidade foi que começou Sua obra. Tudo que Deus faz é o que o homem é capaz de suportar, tal como o Senhor Jesus disse na Era da Graça: “O meu jugo é suave, e o meu fardo e leve” (Mateus 11:30). Obedecer a Deus é colocar em prática Suas palavras e fazer as coisas com base em Suas intenções. Obedecer a Deus é praticar, de acordo com as palavras de Deus, os princípios da verdade que você entende no seu íntimo. Quando você deve abandonar a carne e sua vontade pessoal, você as abandona. Quando sabe claramente que alguma coisa não está de acordo com a verdade, você não a realiza. Você abre mão de coisas que vão contra sua consciência e sua razão. Onde está o risco disso? Pôr a verdade em prática é a coisa mais segura e mais abençoada por Deus. Todos com experiência sabem que, depois de praticarem a verdade com frequência, isso não é mais difícil e se torna inteiramente natural. Claro que Deus faz exigências às pessoas com base em sua estatura, e a estatura de cada uma delas pode variar. Deus nunca forçou a alguém algo além de sua capacidade, e nunca a compeliu a fazer nada. Se você não pratica a verdade que é capaz de praticar, o Espírito Santo o repreenderá e disciplinará. Isso é o que você merece. Se o Espírito Santo não disciplinasse as pessoas dessa maneira, nunca seríamos capazes de mudar. Quando a pessoa realmente entende a verdade, se não a coloca em prática, ela fica inquieta e sua própria consciência a condena. Quando ela se revolta seriamente contra Deus, a dor em seu espírito é ainda maior. Somente se a pessoa for capaz de colocar a verdade em prática é que sentirá a verdadeira paz e alegria. Por isso é que praticar a verdade é algo pacífico e alegre que proporciona conforto e felicidade às pessoas. É como o que dizem os descrentes sobre a alegria de ajudar os outros e fazer doações para a caridade. Para os que são capazes de pôr a verdade em prática, o verdadeiro sofrimento só ocorre quando param de fazer isso! O grau em que alguém é capaz de obedecer a Deus é determinado pelo grau em que compreende a verdade e sua própria estatura. Sempre que alguém é capaz de obedecer a Deus apropriadamente – sejam Suas palavras, a orientação do Espírito Santo, ou os arranjos da casa de Deus, a pessoa é capaz de obedecer a tudo isso – eis aí alguém cujo caráter começou a mudar. Quando a obediência da pessoa a Deus se torna maior e mais completa, isso mostra que sua mudança de caráter de vida também se tornou maior. Pode-se ver se o caráter de vida da pessoa mudou com base no grau de sua obediência a Deus. Isto é completamente exato.

Se você quer saber se seu caráter de vida mudou ou não, primeiro verifique se você é alguém que realmente obedece a Deus e então saberá. Isso é assim porque aqueles cujo caráter mudou são os que obedecem a Deus, e somente os que verdadeiramente obedecem a Deus são os que têm uma verdadeira mudança em seu caráter de vida e os que foram ganhos por Deus. Quando Deus não tem certeza sobre algumas pessoas que O servem, isso quer dizer que elas ainda não são obedientes a Ele, ainda não foram ganhas por Ele. A mente de Deus só fica plenamente tranquila a respeito dos que Ele ganhou e daqueles em quem pode depositar plena confiança. Você pode discernir se alguém é confiável com base em quanto é obediente a Deus. Se essa pessoa obedece a Deus genuinamente, os outros confiarão nela e somente então a casa de Deus irá promovê-las e utilizá-las. Se a pessoa não consegue obedecer a Deus genuinamente, então ela não é confiável. É alguém que trai a Deus, então como poder ser confiável? Ser capaz de obedecer verdadeiramente a Deus não é de modo algum uma questão fácil. Se a pessoa de fato não entende algumas verdades e tem um entendimento genuíno de Deus, se não viveu alguns anos de provações e refinamento, então ela não pode absolutamente alcançar a verdadeira obediência a Deus. Algumas pessoas pensam: desde que tenhamos determinação e possamos desistir de tudo, isso não é ser verdadeiramente obediente a Deus? Outras pensam: desde que façamos tudo que a casa de Deus quer que façamos, isso não é ser verdadeiramente obediente a Deus? Na realidade, a determinação e o entusiasmo das pessoas só conseguem redundar numa obediência esporádica. Isso está longe da verdadeira obediência. Esta se refere à obediência dentro da vida da pessoa e dentro de seu espírito. É a obediência que lhe permite dar testemunho e humilhar Satanás, e a obediência que a leva a repudiar a carne e escolher a senda correta. É a obediência de satisfazer a Deus sem hesitação, no momento crítico, e a obediência de estar pronto para ser descartado pelo mundo a fim de pôr em prática a vontade de Deus. É a obediência de Jesus carregando a cruz nas costas, a caminho do Gólgota. Somente esse tipo é a verdadeira obediência. Não é absolutamente a obediência por acaso alcançada por capricho; a pessoa que não possui a verdade nem tem um genuíno entendimento de Deus certamente não pode alcançar isso. Há diversas manifestações da obediência superficial: a das coisas triviais, a ocasional, a que mira o próprio lucro, a que tem a intenção de ganhar bênçãos, a que se baseia nas próprias ideias da pessoa, e a obediência em que a pessoa é mobilizada pela obra do Espírito Santo. Em todos esses níveis superficiais de obediência falta sua essência, razão pela qual não podem ser considerados a verdadeira obediência. Esta não é sujeita à influência dos motivos das pessoas, seus benefícios, estados de ânimo ou ambientes. A verdadeira obediência está inteiramente baseada na verdade e na vontade de Deus e Suas exigências, e é zelosamente posta em prática a fim de satisfazer a Deus. Não contém nenhuma impureza humana e não está sujeita às limitações de qualquer pessoa, evento ou coisa. É a obediência que vem inteiramente do instinto de vida da pessoa. Alcançar esse tipo de obediência depende por inteiro da estatura prática de ganhar a verdade e de mudança de caráter. Na experiência da pessoa de buscar mudança de caráter, se ela tem discernimento a respeito do estado da verdadeira obediência a Deus, ela saberá se é ou não alguém verdadeiramente obediente a Ele, e saberá se de fato tem ou não mudança em seu caráter de vida. Isso é completamente exato. O indicador da verdadeira obediência a Deus é da máxima importância para buscar mudança de caráter.

O quarto indicador de mudança de caráter é ser capaz de exaltar a Deus, dar testemunho Dele e resolver as questões da corrupção das pessoas por meio da verdade. Esse também é um indicador diretamente relacionado à mudança no caráter de vida da pessoa, o que se refere primariamente a se seus gastos e serviço tornaram-se testemunho de Deus ou não. Esse é o indicador final e crítico de uma mudança de caráter. Assim que a pessoa ganha a verdade, ela sem dúvida é alguém que entende Deus. Seu trabalho e serviço irão naturalmente se tornar um testemunho genuíno. Quando esse indicador é alcançado, essa é uma pessoa cujo caráter definitivamente mudou. Você não tem de esperar até que uma provação em especial ocorra com ela para ver se ela dá testemunho. Se você olhar para ela e vir se é capaz de exaltar a Deus e dar testemunho Dele, e também usar a verdade para resolver problemas em suas obrigações cotidianas, você será totalmente capaz de ver se essa pessoa dá um testemunho genuíno. Esse é o modo como você naturalmente sabe se alguém passou por uma mudança de caráter de vida. Se, no geral, ela não consegue exaltar a Deus nem dar testemunho Dele em suas obrigações, e se não consegue usar a verdade para resolver problemas, então ela não dá testemunho e tampouco será capaz de fazê-lo quando as provações vierem a ela. Se ela puder fazer essas coisas em geral, lhe será fácil ficar firme diante das provações. Se normalmente ela não consegue compartilhar a verdade, quando estiver diante das provações não lhe será possível de repente ganhar a verdade. Ganhar a verdade é algo que se alcança com o acúmulo de experiências ao longo do tempo. Quanto à pessoa que em geral não busca a verdade, se ela não entra em completo colapso quando lhes sobrevém uma provação, ela não está indo tão mal, mas isso não pode absolutamente ser chamado de dar um testemunho perfeito, retumbante e genuíno. Seguem-se alguns exemplos. Quando são perseguidas pelo grande dragão vermelho, algumas pessoas se esquivam de seu dever, e há quem inclusive desista e vá em busca do mundo. Há algumas que ficam sempre fazendo as coisas de qualquer jeito, tentando enganar a Deus em suas obrigações, e seu trabalho não dá frutos. Há outras que são incapazes de expor plenamente os esquemas de Satanás quando se deparam com os enganos de um falso Cristo, e não conseguem falar por completo a essência da verdade a fim de salvar outras pessoas que foram enganadas. Todos esses tipos de pessoas não dão testemunho verdadeiro. Algumas que trabalham ou pregam a serviço de Deus não podem usar a verdade para resolver problemas porque não conseguem entrar em completa comunhão sobre seu entendimento das palavras de Deus e não conseguem enxergar a essência de um problema. Aqui falta o verdadeiro testemunho no serviço que prestam a Deus. Depois que entendem algumas letras e doutrinas, algumas pessoas pensam muito em si mesmas, não são convencidas por mais ninguém, tentam formar facções e se envolvem em lutas pelo poder. Essas, em particular, não têm o verdadeiro testemunho. Todos aqueles que não ganharam a verdade não têm o verdadeiro testemunho, e definitivamente não podem dar o verdadeiro testemunho ante as provações. Uma pessoa sem testemunho é alguém sem mudança de caráter de vida. Sem buscar a verdade, como alguém pode dar o verdadeiro testemunho?

Deus usa a verdade para julgar e castigar as pessoas a fim de salvá-las e transformá-las. Se, no fim, não se pode ver na pessoa nenhuma mudança de caráter de vida, isso mostra que ela não é alguém que busca a verdade e que não aceitou verdadeiramente o julgamento e o castigo de Deus. Se você lhe perguntar: “Que tipo de julgamento e castigo você recebeu?”, ela não sabe o que dizer. Portanto, alguém que crê em Deus, mas não busca a verdade, é alguém que nunca pode dar um testemunho verdadeiro. Quando Jó sofreu provações, ele foi capaz de manifestar a verdadeira fé porque, em geral, foi capaz de genuinamente adorar a Deus e tinha a verdadeira fé já há muito tempo. Abraão concordou em sacrificar Isaque porque há muito tempo ele havia reconhecido a onipotência de Deus, e que Deus pode criar algo do nada e fazer com que alguma coisa se torne nada; assim, ele tinha a fé genuína em Deus. Pedro foi capaz de ser crucificado de ponta-cabeça por Deus porque tinha visto o verdadeiro amor de Deus pela humanidade, e tinha um genuíno entendimento Dele. Os testemunhos de todos eles foram genuínos, e tinham sido inteiramente formados com base num genuíno entendimento de Deus. Sem isso, não teria sido possível que dessem o verdadeiro testemunho. Este é um completo representante do grau em que a pessoa entende Deus de verdade. Seu grau de entendimento é seu grau de testemunho. Quanto maior seu entendimento, maior será seu testemunho. Começar a treinar logo antes da batalha não adianta nada. Existe um antigo ditado que expressa bem esse fato: “O ócio na juventude o tornará um mendigo na velhice”. Se você em geral não busca a verdade, assim que as provações vierem, você não terá nenhum testemunho. Aqueles a quem falta a verdade sentem que o trabalho que lhes cabe é muito desgastante, e sua capacidade não atende aos seus desejos. Esses só conseguem executar trabalhos superficiais; não são capazes de assumir o trabalho essencial a serviço de Deus. Se ninguém se dedica a eles, eles pensam que são totalmente capazes de liderar outras pessoas, mas se lhes é designado um trabalho de mais peso, ficam perplexos. Mesmo não existindo na casa de Deus muitos líderes e trabalhadores que buscam a verdade, bem poucos entre eles são capazes de compartilhar a essência da verdade em comunhão e de resolver problemas com a verdade. Sua estatura é pequena demais e eles não chegaram a se tornar aptos a serem usados por Deus. O que falta na casa de Deus são aqueles com um genuíno entendimento Dele, ou seja, os que claramente conseguem entrar em comunhão sobre a essência da verdade. Se alguém nem ganhou a verdade nem alcançou o genuíno entendimento da verdade, mas ainda é arrogante e presunçoso, isso não significa que perderam o senso? Como isso acontece?

Sem ganhar a verdade, a pessoa possivelmente não consegue dar o testemunho perfeito, e sem dúvida não consegue ter uma mudança de caráter de vida. Somente os que têm o verdadeiro testemunho de Deus podem alcançar isso. O verdadeiro testemunho é ser capaz de usar a verdade para resolver todas as espécies de questões que envolvem a corrupção das pessoas, permitir que tenham um genuíno entendimento de Deus, e verdadeiramente levá-las até Ele. É ter um entendimento genuíno do caráter de Deus e ser capaz de adorá-Lo, verdadeiramente obedecendo a todas as coisas que vêm Dele. É ser capaz de amar a Deus de maneira genuína e de retribuir Seu amor porque você viu Seu amor genuíno pela humanidade e entendeu a essência do Seu amor. É ver que, sendo Cristo a verdade, o caminho e a vida, e que sem Cristo a humanidade teria sido destruída por Deus há muito tempo, e não mais existiria, você se lança em busca da verdade para se tornar compatível com Cristo; e não importa o que Ele diga ou faça, você é capaz de obedecer de modo absoluto. É que, reconhecendo que todas as palavras de Deus são a verdade e a realidade das coisas positivas, que todas as coisas positivas procedem de Deus, vêm Dele, e que as palavras de Satanás e a humanidade corrupta são todas falácias para enganar e corromper as pessoas, e que todas as coisas negativas vêm de Satanás – Satanás é a raiz final de todas as coisas más e corruptas –, você é capaz de se determinar a seguir a Deus, a sempre permanecer do lado Dele, e se dispõe a se rebelar contra Satanás e a desistir dele, mesmo que isso custe a morte. O verdadeiro testemunho é ter resolvido defender as palavras de Deus e viver com base nelas, recusando-se a aceitar qualquer uma das falácias de Satanás, sempre louvando, dizendo que Deus é a verdade e a justiça, o tempo todo, sejam quais forem as circunstâncias. Todos esses testemunhos verdadeiros são sinais e concretizações da transformação do caráter de vida da pessoa, e sem eles não existe nenhum modo de saber se seu caráter de vida mudou de fato. O verdadeiro testemunho é a revelação da vida da pessoa. Alguém que possua as palavras de Deus como sua própria vida, tem mais da expressão e do testemunho de vida quanto mais golpes sofrer. Portanto, uma pessoa com a verdadeira mudança em seu caráter de vida não teme encarar nenhuma provação – quer viva ou morra, isso está nas mãos de Deus e é por Ele consentido. Essa pessoa não é limitada pelo medo da morte. Embora tenha fraquezas, ela de modo nenhum culpa Deus, mas, em vez disso, O elogia. Alguém com o verdadeiro testemunho é alguém que foi aperfeiçoado por Deus, e os que foram aperfeiçoados por Deus devem ser todos postos à prova, passando por toda espécie de provações. Os que passaram por muitas provações e ganharam o verdadeiro testemunho são as verdadeiras testemunhas de Deus.

Os quatro indicadores da busca de mudança de caráter são: ser uma pessoa honesta, ter a transformação em suas perspectivas, ser capaz de verdadeiramente obedecer a Deus e dar o verdadeiro testemunho. Esses são os quatro marcadores de mudança de caráter. Cada um deles é essencial; nenhum pode faltar. Esses quatro indicadores também representam a sequência normal para se alcançar mudança de caráter. Começa com a pessoa sendo honesta e continua até que ela dê o verdadeiro testemunho. Isso está plenamente alinhado com a lei natural do desenvolvimento de mudança de caráter. Além disso, esses quatro indicadores são os quatro aspectos de mudança de caráter, e são todos essenciais para as pessoas que buscam mudança de caráter. Se alguém mostra entrada e progresso nesses quatro indicadores, isso demonstra que ele passou por um crescimento. Se a pessoa atende a todos os quatro indicadores, isso mostra que ela já experimentou uma transformação em seu caráter de vida.

O primeiro indicador é ser uma pessoa honesta. Essa é a coisa mais básica com que ela deve estar equipada para uma mudança de caráter, porque quem passa por uma mudança de caráter é uma pessoa honesta, íntegra. A pessoa honesta, íntegra, que não ganhou a verdade é sempre vista como idiota e desprezada. Assim que a pessoa honesta e íntegra ganha a verdade, os outros a veem sob uma nova luz. A busca da verdade e uma mudança de caráter não são fáceis para trapaceiros e pessoas enganadoras. Não é fácil para um enganador se tornar uma pessoa honesta, falar a verdade ou pôr em prática ser simples, aberto e abrir seu coração aos outros. É uma parte de sua natureza que é difícil de mudar. Mas, se você quer ser salvo e aperfeiçoado por meio de sua crença em Deus, primeiro você deve se tornar uma pessoa honesta. Se não alcançar resultado nesse primeiro passo, você achará ainda mais difícil obter resultado em cada um dos passos subsequentes. Ou seja, se você não é uma pessoa honesta, será difícil aceitar a verdade, e colocá-la em prática será ainda mais difícil, para nem mencionar tornar-se alguém obediente a Deus. Assim, primeiro você deve praticar para se tornar uma pessoa honesta. Esse é o ponto de partida para ser uma pessoa; é a habilidade mais básica para ser uma pessoa. Se você não é honesto, nem imagine que pode ganhar bênçãos e perfeição de Deus. Você não é digno sequer de ser chamado ser humano: você é um enganador, um demônio. Cedo ou tarde, quem realmente cada pessoa é virá à tona.

O segundo indicador é uma transformação na maneira como a pessoa vê as coisas. Isso é inteiramente alcançado pela aceitação da verdade, colocando-a em prática. Se você não consegue aceitar a verdade, não pode nem pensar em colocá-la em prática e, se não a coloca em prática, não pode de fato entendê-la ou conhecê-la. Então, você não pode nem pensar em ter uma transformação em sua maneira de ver as coisas. Quando a pessoa realmente entende a verdade, só então a verdade tem lugar em seu coração, e só então ela pode negar, rejeitar e extirpar quaisquer noções ou falácias que não se alinham com a verdade. Portanto, apenas aceitando-se a verdade e colocando-a em prática é que a pessoa pode verdadeiramente entender, ganhar a verdade e dar-lhe lugar em seu coração de modo que ela se torna sua própria vida. É assim que a pessoa alcança uma transformação em sua perspectiva sobre as coisas.

O terceiro indicador é ser capaz de verdadeiramente obedecer a Deus. A verdadeira obediência a Deus é toda construída sobre o fundamento de entendê-Lo Deus; quanto a pessoa entende é quanto ela obedece. Somente alguém que entende de fato a verdade é alguém que entende a Deus. Quando alguém entende mais a verdade, seu entendimento de Deus também é exato. Isso quer dizer que ela realmente entende Deus e é de fato capaz de obedecer a Ele. Isso é um indicador de mudança no caráter de vida. Aquele que é capaz de melhor obedecer a Deus em meio a provações e de obedecer-Lhe quando se vê diante do teste de diferentes escolhas, certamente é uma pessoa com uma mudança em seu caráter de vida. Se você obedece um pouco, se obedece de vez em quando, se obedece quando isso o beneficia de algum modo ou quando se alinha com suas noções, isso não pode ser chamado de verdadeira obediência. Qualquer pessoa digna de ser chamada de verdadeiramente obediente a Deus foi completada por Ele, e essa é sem dúvida uma pessoa com uma mudança de caráter.

O quarto indicador é ser capaz de exaltar a Deus, dar testemunho Dele e usar a verdade para resolver questões. Uma pessoa com verdadeiro testemunho de Deus é alguém que foi aperfeiçoado, que é como Pedro. Ela é alguém que ama a Deus genuinamente e poderia ser crucificada de cabeça para baixo por Ele. Se alguém não passou por uma transformação em seu caráter e não foi aperfeiçoado por Deus, então não pode alcançar esse tipo de testemunho. Todos que dão o verdadeiro testemunho ganharam a verdade, e todos vivem com base nas palavras de Deus. Cada um deles é uma pessoa cuja existência tem valor. Eles levam a vida inteiramente guiados pelo propósito de colocar em prática a vontade de Deus, e não buscam mais nada além disso. Sabem por que foram criados e, se não puderem pôr em prática a comissão de Deus, nunca serão capazes de descansar em paz. Esses são os devotados a Deus e não são, de modo algum, servidores de Satanás, nem pessoas usadas pelo mundo. Somente os que dão testemunho genuíno estão unidos a Deus em seu coração e sua mente. Esses são os que foram ganhos por Ele, e são as fiéis testemunhas de Cristo.

Os quatro indicadores de mudança de caráter são os importantes marcadores que envolvem diretamente uma mudança de caráter. Cada um dos três primeiros representa um estágio ou um aspecto da mudança, mas não representam a totalidade. Somente quem corresponde aos requisitos do quarto indicador é uma pessoa com caráter transformado. Veja o primeiro indicador: ser uma pessoa honesta. Se isso é alcançado, mostra que aquela pessoa é honesta, correta e que existe esperança de mudança em seu caráter. Se isso não é alcançado, se ela ainda não é honesta, então não pode, de modo algum, se tornar alguém cujo caráter tenha mudado. Ser uma pessoa honesta é o portal de acesso para entrar numa mudança de caráter e, se isso não pode ser feito, não há esperança de que ela alcance os outros três indicadores. Isso é absoluto. Se a pessoa pode se tornar honesta, então certamente há esperança de que ela alcance os outros três indicadores. Isso também é absoluto. Somente uma pessoa honesta é uma pessoa correta, com esperança de ser aperfeiçoada. É por isso que, na casa de Deus, os líderes da igreja em todos os níveis, que são cultivados e utilizados, são primeiramente pessoas honestas que buscam a verdade e são capazes em seu trabalho. Isso está inteiramente alinhado com a vontade de Deus. A fim de buscar uma mudança de caráter, primeiro você deve ser alguém honesto. Quanto a ser uma pessoa, você deve ser honesto. Essa é a única maneira de ser salvo por Deus, e somente esse tipo de pessoa pode ganhar as bênçãos de Deus. Somente uma pessoa honesta é capaz de formar um relacionamento adequado com Deus, e tem chance de ganhar a obra do Espírito Santo a fim de ser aperfeiçoada e se tornar alguém adequado para o uso de Deus. Buscar uma mudança de caráter deve começar tornando-se honesto. Isso está inteiramente alinhado com o que Deus pretende. A verdade é que, no processo de buscar a verdade e de experimentar a perfeição da obra de Deus, todos os aspectos da verdade, assim como todos os aspectos desses indicadores são buscados juntos. Ou seja, quando alguém verdadeiramente entende a verdade, ela experimentará a entrada prática para ser uma pessoa honesta, sua maneira de ver as coisas mudará, e ela também possuirá realidade em sua obediência a Deus. Assim que a pessoa entendeu muitas verdades e ganhou um genuíno entendimento de Deus, Ele passa a ter um lugar em seu coração. Então, ela começará a ser capaz de exaltar a Deus, dar testemunho Dele, usar a verdade para resolver questões sobre a corrupção das pessoas e verdadeiramente liderar os outros. Nesse momento, ela terá genuína obediência a Deus e adoração por Ele. É assim que as experiências de vida da pessoa aos poucos se aprofundam. No fim, se ficar aparente que seu caráter de vida passou por uma transformação, então isso é um sucesso em sua crença em Deus. Ela foi salva e aperfeiçoada.

5 de março de 2006.

Anterior:Os quatro estágios da experiência de vida para ser salvo e aperfeiçoado

Próximo:Ser uma pessoa honesta é o único arrependimento verdadeiro