IV. Os fariseus judeus acreditavam apenas em Deus Jeová e não no Senhor Jesus. Eles também resistiram e condenaram o Senhor Jesus e, por isso, foram punidos e amaldiçoados por Deus. Que advertência isso nos dá?

P&R sobre o Evangelho

A Bíblia é um testemunho da obra de Deus. Tem sido de benefício inestimável para a humanidade. Pela leitura da Bíblia, compreendemos que Deus é o Criador de todas as coisas e enxergamos as ações prodigiosas e poderosas e a onipotência de Deus. Visto que a Bíblia é um registro da palavra de Deus e testemunho do homem a Deus, não se pode receber a vida eterna pela leitura da Bíblia? Não há caminho da vida eterna na Bíblia?

Resposta:

Pela leitura da Bíblia, compreendemos que Deus é o Criador de todas as coisas e passamos a reconhecer Suas ações prodigiosas. Isso porque a Bíblia é testemunho dos primeiros dois estágios da obra de Deus. É um registro das palavras e obras de Deus e testemunho do homem durante a Era da Lei e a Era da Graça. Então a Bíblia é muito importante para nossa fé. Pensem a respeito: se não for pela Bíblia, como o homem compreenderia a palavra do Senhor e O conheceria? De que outra forma o homem testemunharia as ações de Deus e desenvolveria a verdadeira fé Nele? Se o homem não lê a Bíblia, como ele presenciará o verdadeiro testemunho de todos os santos obedecendo a Deus através das eras? Então ler a Bíblia é essencial para praticar a fé, e nenhum crente do Senhor deverá se desviar dela. Pode até dizer que quem se desviar da Bíblia não pode crer no Senhor. Isso é comprovado nas experiências dos santos através das eras. Ninguém se atreve a negar o valor e o significado da leitura da Bíblia na prática da fé. Então, os santos através das épocas e os fiéis, todos olham a Bíblia como uma questão muito importante. Alguns até diriam que ler a Bíblia e orar é tão essencial quanto as pernas são para caminhar, sem as quais não iríamos para frente. Mas o Senhor Jesus disse, “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que dão testemunho de Mim; mas não quereis vir a Mim para terdes vida” (João 5:39-40). Algumas pessoas estão confusas, pensam que já que a Bíblia é um registro da palavra de Deus e do testemunho do homem, ler a Bíblia deveria dar ao homem a vida eterna! Então por que o Senhor Jesus disse que não há vida eterna na Bíblia? Na verdade, não é uma ideia tão difícil. Desde que compreendamos os segredos e a essência da palavras e das obras de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça, bem como o efeito alcançado por meio delas, naturalmente veremos por que não se pode receber a vida eterna pela leitura da Bíblia. Em primeiro lugar, devemos saber que durante a Era da Lei, Deus Jeová estava preocupado em promulgar leis, mandamentos e decretos para o homem seguir. Suas palavras eram em maioria um guia para a humanidade, que ainda estava em sua infância, para viver na Terra. Essas palavras não envolviam mudar a disposição do homem. Então Deus, durante a Era da Lei, fez com que as pessoas observassem as leis e os mandamentos. Embora essas palavras fossem verdade, eram uma verdade bastante rudimentar. Durante a Era da Graça, as palavras e a obra do Senhor Jesus focaram a obra de redenção. As palavras que Ele emitiu tratavam da verdade da redenção e ensinaram às pessoas que elas deviam confessar seus pecados, se arrepender e se refrear do pecado e da maldade. Essas palavras também ensinaram a forma adequada de orar ao Senhor e exigiram que o homem amasse o Senhor com todo o coração e alma, amasse o próximo como a si mesmo, que fosse tolerante e paciente e perdoasse os outros setenta vezes sete etc. Tudo isso está incluso na forma de arrependimento. Então, pela leitura da Bíblia, só entendemos a obra de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça. Vimos que todas as coisas são criadas por Deus e aprendemos a viver na Terra e a adorar a Deus. Compreendemos o que é pecado, quem são os abençoados de Deus e quem são os amaldiçoados por Ele. Aprendemos a confessar os pecados e a nos arrepender para Deus. Aprendemos a humildade, a tolerância e o perdão e sabemos que devemos assumir a cruz para seguir o Senhor. Vemos por nós mesmos a misericórdia e a compaixão ilimitada do Senhor Jesus, e que somente se colocando diante do Senhor Jesus na fé, desfrutaremos de Sua graça abundante e da verdade. As palavras e a obra de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça conforme registradas na Bíblia eram a verdade proferida por Deus de acordo com o plano de salvar a humanidade e com as necessidades da humanidade naquela época. Essas verdades só fizeram com que o homem adotasse alguns bons comportamentos superficialmente, mas não resolviam as raízes do pecado do homem nem mudavam a disposição da vida dele, para o homem alcançar a purificação, a salvação e a perfeição. Assim, as palavras emitidas pelo Senhor Jesus durante a Era da Graça só podem ser chamadas de caminho do arrependimento, mas não caminho da vida eterna. Qual é o caminho da vida eterna? É o caminho da verdade que permite ao homem viver para sempre, nele, o homem abandona as amarras e restrições de sua natureza pecaminosa, muda sua disposição de vida e o permite receber a verdade como vida, libertando-se por completo da influência de Satanás e tornando-se compatível com Cristo. Ele permite que o homem conheça, obedeça e reverencie a Deus, para que nunca peque outra vez ao se opor ou trair a Deus. Apenas o caminho que resulta nesse efeito é o caminho da vida eterna. O homem morre como resultado do pecado. Se o homem alcançar a verdade como vida e superar todo o pecado que o aflige, Deus o abençoará com a vida eterna. Então, somente recebendo a salvação de Deus nos últimos dias, desfrutaremos do caminho da vida eterna que Deus concede à humanidade. do roteiro do filme Quem é meu Senhor

Leia mais

3. Quais serão as consequências se alguém se ativer apenas ao nome de Jeová e ao nome do Senhor Jesus em sua crença e não aceitar o novo nome do Senhor retornado?

Durante vários milênios, as pessoas que acreditavam em Deus acreditaram que o nome de Deus é imutável e entendiam que ater-se ao nome de Deus significa ter fé em Deus. Por que é, então, que os crentes no judaísmo se atêm apenas ao nome Jeová e não aceitam o nome do Senhor Jesus e, no entanto, são eliminados? A Bíblia profetizou que Deus teria um novo nome nos últimos dias: “E escreverei sobre ele o nome do Meu Deus, e o nome da cidade do Meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, da parte do Meu Deus, e também o Meu novo nome” (Apocalipse 3:12). Se nos ativermos apenas ao nome do Senhor Jesus e não aceitarmos o novo nome do Senhor retornado, quais serão as consequências de crermos em Deus dessa maneira?

Mais conteúdos excelentes

Séries de Vídeos de Corais

Documentário coral gospel "Aquele que detém a soberania sobre tudo"

Documentário coral gospel "Aquele que detém a soberania sobre tudo"

Filmes Gospel

Filme gospel completo dublado "Fé em Deus" Revela o mistério da fé em Deus

Filme gospel completo dublado "Fé em Deus" Revela o mistério da fé em Deus

Filmes Gospel

Filme gospel completo dublado 2018 "Do trono flui a água da vida" Como obter o caminho para a vida eterna

Filme gospel completo dublado 2018 "Do trono flui a água da vida" Como obter o caminho para a vida eterna

Séries de Vídeos de Corais

Música gospel – Deus veio, Deus reinou "18ª apresentação do coral evangélico Chinês" Coral gospel

Música gospel – Deus veio, Deus reinou "18ª apresentação do coral evangélico Chinês" Coral gospel

Vídeos de Hino

Música gospel de 2019 "O Hino do Reino (II) Deus chegou, Deus é Rei"

Música gospel de 2019 "O Hino do Reino (II) Deus chegou, Deus é Rei"

Séries de Vídeos de Corais

Teatro musical gospel "Toda nação adora a Deus Todo-Poderoso" Acolhendo alegremente o retorno do Senhor

Teatro musical gospel "Toda nação adora a Deus Todo-Poderoso" Acolhendo alegremente o retorno do Senhor

Vídeos relacionados