3. Como se deve buscar a verdade a fim de alcançar mudança em seu caráter e aperfeiçoamento?

Palavras de Deus relevantes:

Na busca por mudança no caráter de vida de alguém, a senda da prática é simples. Se, em sua experiência prática, você for capaz de seguir as palavras atuais do Espírito Santo e experimentar a obra de Deus, então seu caráter é capaz de mudança. Se você segue o que quer que o Espírito Santo diga, e busca o que quer que o Espírito Santo diga, então você é alguém que obedece a Ele, e haverá uma mudança no seu caráter. O caráter das pessoas muda com as palavras atuais do Espírito Santo; se você sempre se agarra às suas velhas experiências e regras do passado, então seu caráter não pode mudar. Se as palavras de hoje do Espírito Santo pedem a todos que entrem numa vida de humanidade normal, mas você permanece obcecado com coisas externas, confuso quanto à realidade e não a leva a sério, então você é alguém que não conseguiu acompanhar a obra do Espírito Santo, alguém que não entrou na senda da direção do Espírito Santo. Se o seu caráter pode ou não mudar depende de você acompanhar ou não as palavras atuais do Espírito Santo e de você ter ou não conhecimento verdadeiro. Isso é diferente do que vocês entendiam antes. A mudança no seu caráter, como você entendia, foi que você, que era rápido para julgar, deixou de falar descuidadamente por meio da disciplina de Deus; mas esse é apenas um aspecto da mudança. Neste exato momento, o ponto mais crítico é seguir a orientação do Espírito Santo: siga o que quer que Deus diga, e obedeça a tudo o que Ele diz. As pessoas não podem mudar o próprio caráter; elas devem submeter-se ao julgamento e castigo, e ao sofrimento e refinamento das palavras de Deus, ou o tratamento, a disciplina e a poda pelas Suas palavras. Só então elas podem alcançar a obediência e a fidelidade a Deus, e não mais ser superficiais para com Ele. É sob o refinamento das palavras de Deus que o caráter das pessoas muda. Só por meio da exposição, julgamento, disciplina e do tratamento de Suas palavras elas não ousarão mais agir precipitadamente, mas, em vez disso, se tornarão firmes e controladas. O ponto mais importante é que elas são capazes de se submeter às palavras atuais e à obra de Deus e, ainda que ela não esteja em concordância com as noções humanas, elas conseguem deixar essas noções de lado e se submeter voluntariamente. No passado, falar de mudanças no caráter se referia principalmente a ser capaz de renunciar a si mesmo, deixar a carne sofrer, disciplinar o próprio corpo e livrar-se de preferências carnais — que é um tipo de mudança no caráter. Hoje, todos sabem que a expressão real de uma mudança no caráter é obedecer às atuais palavras de Deus e verdadeiramente conhecer a Sua nova obra. Assim, o entendimento de Deus que as pessoas tinham, matizado por suas noções próprias, pode ser expurgado, e elas podem alcançar o conhecimento verdadeiro de Deus e a obediência a Ele — somente isso é uma genuína expressão de mudança no caráter.

Extraído de ‘As pessoas cujo caráter mudou são as que entraram na realidade das palavras de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Se você deseja ser purificado da corrupção e passar por uma mudança em seu caráter de vida, você deve ter um amor pela verdade e a capacidade de aceitar a verdade. O que significa aceitar a verdade? Aceitar a verdade indica que, não importando que tipo de caráter corrupto você tenha ou qual dos venenos do grande dragão vermelho estão em sua natureza, você reconhece isso quando é revelado pelas palavras de Deus e se submete a essas palavras; você as aceita incondicionalmente, sem inventar desculpas ou tentar escolher o que lhe agrada, e você vem a conhecer a si mesmo com base naquilo que Ele diz. É isso que significa aceitar as palavras de Deus. Não importa o que Ele diga, não importa o quanto Suas declarações trespassem seu coração, e não importa quais palavras Ele use, você pode aceitá-las contanto que aquilo que Ele diz seja a verdade e você pode reconhecê-las, contanto que estejam em conformidade com a realidade. Você pode se submeter às palavras de Deus independentemente de quão profundo seja o seu entendimento delas, e você aceita e se submete à luz que é revelada pelo Espírito Santo e comunicada pelos seus irmãos e irmãs. Quando tal pessoa tem buscado a verdade até certo ponto, ela pode obter a verdade e alcançar uma transformação do seu caráter.

Extraído de ‘Como conhecer a natureza do homem’ em “Registros das falas de Cristo”

Ao crer em Deus, se as pessoas desejam transformação de seu caráter, elas não devem se separar da vida real. Na vida real, você deve conhecer a si mesmo, renunciar a si mesmo, praticar a verdade e também aprender os princípios, bom senso e regras de conduta própria em todas as coisas antes de ser capaz de alcançar uma transformação gradual. Se você se concentrar apenas no conhecimento teórico e viver apenas em meio a cerimônias religiosas sem entrar profundamente na realidade, sem entrar na vida real, você nunca entrará na realidade, você nunca conhecerá a si mesmo, a verdade ou a Deus, e você será para sempre cego e ignorante. A obra de Deus de salvar as pessoas não é permitir que elas vivam vidas humanas normais depois de um curto período, nem é transformar suas noções e doutrinas errôneas. Antes, Seu propósito é mudar o caráter antigo das pessoas, mudar todo o seu antigo jeito de viver, e mudar todos os seus modos de pensar e sua perspectiva mental ultrapassados. Concentrar-se apenas na vida da igreja não mudará os velhos hábitos de vida das pessoas nem os velhos modos como viveram por muito tempo. Não importa o que aconteça, as pessoas não devem se desligar da vida real. Deus pede que as pessoas vivam a humanidade normal na vida real, não apenas na vida da igreja; que vivam a verdade na vida real, não apenas na vida da igreja; e que realizem suas funções na vida real, não apenas na vida da igreja. Para entrar na realidade, é preciso direcionar tudo para a vida real. Se, ao acreditar em Deus, as pessoas não puderem chegar a se conhecer por meio da entrada na vida real, se não puderem viver a humanidade normal na vida real, então elas se tornarão fracassos. Todos aqueles que desobedecem a Deus não podem entrar na vida real. Todas são pessoas que falam de humanidade, mas vivem a natureza de demônios. Todas são pessoas que falam da verdade, mas, ao invés disso, vivem doutrinas. Os que são incapazes de viver a verdade na vida real são os que acreditam em Deus, mas são detestados e rejeitados por Ele. Você tem de praticar sua entrada na vida real, conhecer suas próprias deficiências, desobediência e ignorância, e conhecer sua humanidade anormal e suas fraquezas. Dessa forma, seu conhecimento será integrado à sua condição e dificuldades reais. Somente esse tipo de conhecimento é real e pode permitir que você realmente compreenda sua própria condição e alcance a transformação de caráter.

Extraído de ‘Discutindo a vida da igreja e a vida real’ em “A Palavra manifesta em carne”

Transformação de caráter significa que você entendeu e experimentou a verdade e que a verdade se tornou sua vida. No passado, você entendeu a verdade dessa questão, mas você foi incapaz de colocá-la em prática; a verdade era meramente uma doutrina para você que não colou. Agora que seu caráter foi transformado, você não só entende a verdade, mas também pratica de acordo com ela. Você agora é capaz largar as coisas das quais gostava no passado, as coisas que costumava estar disposto a fazer, suas imaginações e suas noções. Você agora é capaz de largar as coisas que não era capaz de largar no passado. Isso é transformação de caráter e é, também, o processo de transformação do seu caráter. Isso pode soar bem simples, mas, de fato, quem se encontra em meio a esse processo deve sofrer muitas dificuldades, superar seu corpo e abandonar aspectos da carne que fazem parte da sua natureza. Tal pessoa também tem de passar por lida e poda, castigo e julgamento e provações e refinamento. Somente depois de experimentar tudo isso, uma pessoa consegue entender um pouco de sua própria natureza. Ter algum entendimento dela, porém, não significa que uma pessoa seja capaz de mudar imediatamente; é preciso suportar dificuldades no processo. De modo semelhante, você consegue praticar imediatamente, depois de ganhar algum entendimento de um assunto? Você não consegue começar a praticar imediatamente. Enquanto você possui entendimento, outros podam você e lidam com você e, então, o seu ambiente o compele e o força a agir de acordo com as verdades-princípio. Às vezes, as pessoas não estão dispostas a passar por isso e dizem: “Por que não posso fazer isso daquele jeito? Tenho de fazer isso desse modo?”. Outros dizem: “Se você crê em Deus, então, você deveria fazer isso desse modo. Fazer isso desse modo está de acordo com a verdade”. Quando as pessoas chegam a um certo ponto no qual elas têm experimentado algumas provações e acabaram por entender a vontade de Deus e algumas verdades, então, elas ficam um tanto felizes e dispostas a agir de acordo com as verdades-princípio. No início, as pessoas são relutantes em praticar a verdade. Tome o cumprimento devoto dos deveres de alguém como exemplo: você tem algum entendimento sobre o cumprimento de seus deveres e sobre ser devoto a Deus e você também entende as verdades relacionadas, mas quando você será capaz de dedicar-se completamente a Deus? Quando você será capaz de cumprir seus deveres tanto de nome como de fato? Isso exigirá um processo. Durante esse processo, você pode sofrer muitas dificuldades. Algumas pessoas podem lidar com você, e outras podem criticar você. Os olhos de todos estarão fixos em você, e somente então você começará a perceber que você está errado e que, na verdade, foi você que mostrou um desempenho fraco, que a falta de devoção no cumprimento do seu dever é inaceitável e que você não deve ser descuidado ou superficial. O Espírito Santo o esclarecerá a partir de dentro e o repreenderá, quando você cometer um erro. Durante esse processo, você entenderá algumas coisas sobre si mesmo e saberá que é impuro demais, que você abriga motivos pessoais demais e tem desejos exagerados demais quando cumpre seus deveres. Uma vez que tenha entendido a essência dessas coisas, você pode vir para diante de Deus em oração e realmente se arrepender; desse modo, você pode ser purificado daquelas impurezas. Se, dessa maneira, você buscar a verdade com frequência para resolver seus próprios problemas práticos, você gradativamente colocará o pé na senda certa da fé. Quanto mais o caráter corrupto de alguém for purificado, mais seu caráter de vida se transformará.

Extraído de ‘O que deveria ser conhecido sobre transformar o caráter da pessoa’ em “Registros das falas de Cristo”

Quanto maior o refinamento de Deus, mais o coração das pessoas é capaz de amar Deus. O tormento em seu coração é benéfico para sua vida, elas são mais capazes de estar em paz diante de Deus, seu relacionamento com Ele fica mais próximo e elas são mais capazes de ver o amor supremo de Deus e Sua suprema salvação. Pedro experimentou o refinamento centenas de vezes e Jó passou por diversas provações. Se desejarem ser aperfeiçoados por Deus, vocês também precisam passar pelo refinamento centenas de vezes; só se passarem por esse processo e confiarem nessa etapa, vocês serão capazes de satisfazer a vontade de Deus e ser aperfeiçoados por Deus. O refinamento é o melhor meio pelo qual Deus aperfeiçoa as pessoas; só o refinamento e as provações amargas podem revelar o amor verdadeiro a Deus no coração das pessoas. Sem adversidade, as pessoas carecem do amor verdadeiro a Deus; se não forem testadas por dentro, se não forem sujeitadas verdadeiramente ao refinamento, então seu coração estará sempre flutuando do lado de fora. Tendo sido refinado até certo ponto, você verá suas fraquezas e dificuldades próprias, verá do quanto está carecendo e que é incapaz de vencer os muitos problemas que encontra, e verá como é grande a sua desobediência. Só durante as provações as pessoas são capazes de conhecer verdadeiramente o seu estado real; as provações tornam as pessoas mais capazes de ser aperfeiçoadas.

Extraído de ‘Só ao experimentar o refinamento o homem pode possuir o amor verdadeiro’ em “A Palavra manifesta em carne”

Em suma, tomar a senda de Pedro na fé de alguém significa caminhar na senda da busca da verdade, a qual também é a senda de conseguir se conhecer verdadeiramente e mudar seu caráter. Só ao caminhar na senda de Pedro a pessoa estará na senda de ser aperfeiçoada por Deus. Deve-se estar certo de como, exatamente, caminhar na senda de Pedro e também de como colocá-la em prática. Primeiro, é preciso deixar de lado as próprias intenções da pessoa, as buscas inadequadas e até a família e todas as coisas da própria carne. É preciso ser devotado de todo o coração; isto é, é preciso devotar-se completamente à palavra de Deus, manter o foco em comer e beber as palavras de Deus, concentrar-se na busca pela verdade e na busca pelas intenções de Deus em Suas palavras e tentar compreender a vontade de Deus em tudo. Esse é o método de prática mais fundamental e vital. Foi o que Pedro fez após ver Jesus e é somente praticando dessa maneira que alguém pode alcançar os melhores resultados. Dedicar-se de todo o coração às palavras de Deus envolve primeiramente buscar a verdade, buscar as intenções de Deus em Suas palavras, focando-se em compreender a vontade de Deus, entender e obter mais verdade das palavras de Deus. Quando lia Suas palavras, Pedro não estava focado em entender as doutrinas, muito menos em obter conhecimento teológico; em vez disso, concentrava-se em compreender a verdade e captar a vontade de Deus, bem como alcançar um entendimento de Seu caráter e Sua amabilidade. Pedro também tentava entender os diversos estados corruptos do homem a partir das palavras de Deus, bem como a natureza corrupta e a real deficiência do homem, conhecendo assim todos os aspectos das exigências de Deus ao homem a fim de satisfazê-Lo. Pedro tinha muitas práticas corretas que acatavam as palavras de Deus; isso estava mais de acordo com a vontade de Deus e era a melhor maneira de uma pessoa poder colaborar ao experimentar a obra de Deus. Ao vivenciar as centenas de provações de Deus, Pedro examinou rigorosamente a si mesmo, comparando-se com cada palavra do julgamento de Deus em relação ao homem, com cada palavra da revelação de Deus ao homem, com cada palavra de Suas demandas ao homem, e se esforçou para sondar o significado daquelas palavras. Com determinação, ele tentou ponderar e memorizar cada palavra que Jesus lhe dissera e alcançou resultados muito bons. Através dessa maneira de praticar, ele foi capaz de alcançar um entendimento de si mesmo a partir das palavras de Deus, e não só veio a entender os vários estados corruptos do homem, como também veio a entender a essência, a natureza e as várias deficiências do homem. Isso é o que significa entender verdadeiramente a si mesmo. Das palavras de Deus, Pedro não só alcançou um entendimento verdadeiro de si mesmo, mas, das coisas expressas nas palavras de Deus — o caráter justo de Deus, o que Ele tem e é, a vontade de Deus para Sua obra, Suas exigências à humanidade —, dessas palavras, ele veio a conhecer Deus completamente. Ele veio a conhecer o caráter de Deus e a Sua essência; ele veio a conhecer e entender o que Deus tem e é, bem como a amabilidade de Deus e as exigências de Deus ao homem. Embora Deus não falasse tanto naquele tempo quanto fala hoje, resultados nesses aspectos, todavia, foram alcançados em Pedro. Isso foi algo raro e precioso. Pedro passou por centenas de provações, mas não sofreu em vão. Ele não só veio a entender a si mesmo a partir das palavras e da obra de Deus, como também veio a conhecer Deus. Além disso, ele se concentrou sobretudo nas exigências de Deus para com a humanidade sob Suas palavras. Em quaisquer que fossem os aspectos que o homem deveria satisfazer a Deus para estar alinhado com a Sua vontade, Pedro foi capaz de dedicar um grande esforço nesses aspectos e alcançar total clareza; isso foi extremamente benéfico em relação à sua entrada. Independentemente do que Deus falasse, contanto que aquelas palavras pudessem se tornar a sua vida e pertencessem à verdade, Pedro frequentemente era capaz de esculpi-las em seu coração para refletir sobre elas e apreciá-las. Após ouvir as palavras de Jesus, ele foi capaz de levá-las a sério, o que mostra que ele estava concentrado sobretudo nas palavras de Deus e verdadeiramente alcançou os resultados no fim. Ou seja, de livre vontade ele foi capaz de pôr as palavras de Deus em prática, de praticar a verdade e alinhar-se com a vontade de Deus perfeitamente, de agir inteiramente de acordo com a intenção de Deus e de desistir de suas opiniões e imaginações pessoais. Dessa forma, Pedro entrou na realidade das palavras de Deus. O serviço de Pedro veio alinhar-se à vontade de Deus basicamente por ele ter feito isso.

Extraído de ‘Como trilhar a senda de Pedro’ em “Registros das falas de Cristo”

O que Pedro buscava era conhecer a si mesmo e ver o que tinha sido revelado nele através do refinamento das palavras de Deus e dentro das diversas provações que Deus providenciou para ele. Quando realmente veio a entender a si mesmo, Pedro percebeu o quão profundamente corruptos os humanos realmente são, quão inúteis e indignos de servir a Deus eles são e que não merecem viver diante Dele. Então, Pedro se prostrou diante de Deus. Por fim, ele pensou: “Conhecer a Deus é a coisa mais preciosa! Se eu morresse antes de conhecê-Lo, isso seria tão lamentável; sinto que conhecer a Deus é a coisa mais importante, mais significativa que existe. Se o homem não conhecer a Deus, então ele não merece viver e não tem vida”. Quando a experiência de Pedro alcançou esse ponto, ele já tinha adquirido algum conhecimento em relação à sua própria natureza e ganho um entendimento relativamente bom dela. Mesmo que não pudesse ter sido capaz de explicá-la minuciosamente em termos que se conformariam àquilo que as pessoas imaginam hoje em dia, Pedro tinha realmente alcançado esse estado. Portanto, a senda de buscar vida e alcançar aperfeiçoamento por Deus envolve ganhar um entendimento mais profundo de sua própria natureza a partir das declarações de Deus e também compreender os aspectos de sua natureza e descrevê-la precisamente em palavras. Entender completamente a sua vida antiga — a vida dessa antiga natureza satânica — significa ter alcançado os resultados que Deus exige. Se seu conhecimento ainda não alcançou esse ponto, mas você alega conhecer a si mesmo e ter ganho vida, você não está simplesmente se gabando? Você não se conhece, tampouco sabe o que você é diante de Deus, se você realmente alcançou os padrões de ser humano ou quantos elementos satânicos você ainda tem dentro de si. Você ainda não tem clareza sobre a quem você pertence nem possui autoconhecimento algum — como, então, você pode ter razão diante de Deus? Quando Pedro estava buscando vida, ele se concentrou em se entender e transformar seu caráter ao longo de suas provações e se esforçou para conhecer a Deus e, no fim, ele pensou: “As pessoas devem buscar um entendimento de Deus na vida; conhecê-Lo é a coisa mais crítica. Se eu não conheço a Deus, eu não posso descansar em paz quando morrer. Uma vez que O conheço, se Deus permite que eu morra, então me sentirei muito gratificado em morrer; eu não me queixarei nem um pouco, e toda minha vida terá sido satisfatória”. Pedro não foi capaz de ganhar esse nível de entendimento ou de alcançar esse ponto imediatamente após começar a crer em Deus; primeiro teve que passar por muitas provações. Sua experiência teve que alcançar determinada marca, e ele teve que entender totalmente a si mesmo antes de poder sentir o valor de conhecer a Deus. Portanto, a senda que Pedro tomou foi uma senda de ganhar vida e de ser aperfeiçoado; esse era o aspecto em que sua prática específica se concentrava primariamente.

Extraído de ‘Como trilhar a senda de Pedro’ em “Registros das falas de Cristo”

Se, em sua fé em Deus, o homem não levar a sério os assuntos da vida, não buscar entrada na verdade, não buscar mudanças no seu caráter, muito menos buscar um conhecimento da obra de Deus, ele não poderá ser aperfeiçoado. Se você quiser ser aperfeiçoado, então deve entender a obra de Deus. Em particular, você deve entender o significado do Seu castigo e julgamento e por que essa obra é realizada no homem. Você é capaz de aceitar isso? Durante um castigo desse tipo, você é capaz de alcançar as mesmas experiências e conhecimento que Pedro? Se você buscar conhecimento de Deus e da obra do Espírito Santo e se buscar mudanças em seu caráter, você terá a oportunidade de ser aperfeiçoado.

Para aqueles que hão de ser aperfeiçoados, essa etapa da obra de ser conquistado é indispensável; só depois de ser conquistado, o homem poderá experimentar a obra de ser aperfeiçoado. Não há muito valor em apenas desempenhar o papel de ser conquistado, o que não o deixará apto a ser usado por Deus. Você não terá meios de exercer sua parte na difusão do evangelho porque não busca a vida e não busca mudança e a renovação em si mesmo, não tendo, portanto, experiência real de vida. Durante essa obra passo a passo, você já atuou como servidor e como contraste, mas se, no final das contas, não buscar ser Pedro e sua busca não estiver de acordo com a senda pela qual Pedro foi aperfeiçoado, então, naturalmente, você não experimentará mudanças em seu caráter. Se você for alguém que busca ser aperfeiçoado, então terá dado testemunho, e dirá: “Nessa obra passo a passo de Deus, aceitei a obra de Deus de castigo e de julgamento, e, apesar de ter suportado grande sofrimento, fiquei sabendo como Deus torna o homem perfeito, ganhei a obra feita por Deus, tive o conhecimento da justiça de Deus, e Seu castigo me salvou. Seu caráter justo veio sobre mim e me trouxe bênçãos e graça; são o Seu julgamento e castigo que me protegem e purificam. Se eu não tivesse sido castigado e julgado por Deus e se as palavras duras de Deus não tivessem caído sobre mim, eu não poderia ter conhecido Deus e tampouco poderia ter sido salvo. Hoje, eu vejo: como criatura não só se desfruta de todas as coisas feitas pelo Criador, mas, o que é ainda mais importante, todas as criaturas deveriam desfrutar do caráter justo de Deus e de Seu julgamento justo, porque o caráter de Deus é digno de ser desfrutado pelo homem. Como criatura que foi corrompida por Satanás, deve-se desfrutar o caráter justo de Deus. Em Seu caráter justo há castigo e julgamento, mas, além disso, há muito amor. Embora eu seja incapaz de ganhar completamente o amor de Deus hoje, tive a grande sorte de vê-lo, e nisso fui abençoado”. Essa é a senda pela qual andam os que experimentam ser aperfeiçoados, e esse é o conhecimento do qual estão falando. Tais pessoas são iguais a Pedro; elas têm as mesmas experiências como Pedro. Essas pessoas também são aquelas que ganharam vida, que possuem a verdade. Quando elas vivenciarem até o fim, durante o julgamento de Deus, elas certamente se livrarão completamente da influência de Satanás e serão ganhas por Deus.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 2. Quais são as diferenças entre mudança de caráter e bom comportamento?

Próximo: 1. O que são noções e imaginações? Qual é a causa principal de noções e imaginações?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

1. A base para a encarnação de Deus na China nos últimos dias nas profecias da Bíblia e nas palavras de Deus

Em muitos lugares, Deus profetizou ganhar um grupo de vencedores na terra de Sinim. É no oriente do mundo que os vencedores são ganhos, portanto o local de chegada da segunda encarnação de Deus é sem dúvida a terra de Sinim, precisamente onde o grande dragão vermelho descansa enrolado. Lá, Deus ganhará os descendentes do grande dragão vermelho para que ele seja completamente derrotado e humilhado.

2. As diferenças entre o trabalho daqueles que são usados por Deus e o trabalho dos líderes religiosos

A obra realizada por quem é usado por Deus tem o propósito de colaborar com a obra de Cristo ou do Espírito Santo. Esse homem é levantado por Deus dentre os homens e está ali para liderar todos os escolhidos de Deus; ele também é levantado por Deus para fazer a obra de cooperação humana. Por intermédio de alguém assim, capaz de fazer a obra de cooperação humana, mais podem ser alcançadas tanto as exigências de Deus em relação ao homem quanto a obra que o Espírito Santo deve fazer dentre os homens. Outra forma de colocar isso é a seguinte: o objetivo de Deus ao usar esse homem é para que todos os que O seguem possam compreender melhor a Sua vontade e alcançar mais as Suas exigências. Como as pessoas são incapazes de entender diretamente as palavras ou a vontade de Deus, Deus levantou alguém que é usado para realizar tal obra. Essa pessoa que é usada por Deus também pode ser descrita como um meio pelo qual Deus guia as pessoas, como um “tradutor” na comunicação entre Deus e o povo.

2. A relação entre cada estágio da obra de Deus e Seu nome

Também já fui chamado de Messias, e as pessoas uma vez Me chamaram de Jesus, o Salvador, porque elas Me amavam e respeitavam. Mas hoje não sou o Jeová ou o Jesus que as pessoas conheceram nos tempos passados; sou o Deus que voltou nos últimos dias, o Deus que irá colocar fim a esta era. Sou o Próprio Deus que Se ergue nos confins da terra, repleto de todo o Meu caráter e pleno de autoridade, honra e glória.

4. Como se conhece o significado da obra de julgamento de Deus nos últimos dias

Deus realiza a obra de julgamento e castigo para que o homem possa ganhar conhecimento Dele e em favor de Seu testemunho. Sem o Seu julgamento do caráter corrupto do homem, o homem não poderia, de modo algum, conhecer o Seu caráter justo que não permite ofensa, nem seria capaz de transformar seu antigo conhecimento de Deus em um novo. Por causa de Seu testemunho e por causa de Seu gerenciamento, Ele torna a Sua plenitude pública, assim permitindo ao homem, por meio de Sua aparição pública, chegar ao conhecimento de Deus, ser transformado em seu caráter e dar testemunho retumbante de Deus.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro