Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cem perguntas e respostas sobre investigar o caminho verdadeiro

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

83. Por que essa salvação só é possível através da crença em Deus Todo-Poderoso e da aceitação da obra de Deus nos últimos dias?

A resposta da palavra de Deus:

A obra do Espírito Santo está sempre avançando e todos aqueles que estão na corrente do Espírito Santo também deveriam estar progredindo e mudando intensamente, passo a passo. Não deveriam parar em um único estágio. Somente aqueles que não conhecem a obra do Espírito Santo ficariam presos à Sua obra original e não aceitariam a nova obra do Espírito Santo. Somente aqueles que são desobedientes seriam incapazes de ganhar a obra do Espírito Santo. Se a prática do homem não acompanha a nova obra do Espírito Santo, então a prática do homem está certamente dissociada da obra de hoje, e é certamente incompatível com a obra de hoje. Pessoas assim desatualizadas são simplesmente incapazes de realizar a vontade de Deus, muito menos estar entre as últimas pessoas que darão testemunho de Deus. Além disso, a obra de gerenciamento integral não poderia ser concluída entre tal grupo de pessoas. Se aqueles que um dia obedeceram à lei de Jeová e aqueles que sofreram pela cruz não puderem aceitar a estágio da obra dos últimos dias, então tudo o que fizeram terá sido em vão e inútil. A expressão mais clara da obra do Espírito Santo é abraçar o aqui e agora, não se agarrar ao passado. Aqueles que não acompanharam a obra de hoje e se separaram da prática de hoje são os que se opõem à obra do Espírito Santo e não a aceitam. Essas pessoas desafiam a obra atual de Deus. Embora se apeguem à luz do passado, isso não significa que seja possível negar que eles desconhecem a obra do Espírito Santo. Qual o propósito de toda essa conversa sobre as mudanças na prática do homem, sobre as diferenças da prática do passado e de hoje, sobre como a prática foi realizada na era anterior e como é realizada hoje? Tais divisões na prática do homem são sempre mencionadas porque a obra do Espírito Santo está em constante progresso e, portanto, a prática do homem deve mudar constantemente. Se o homem permanece preso a um estágio, isso prova que ele é incapaz de acompanhar a obra de Deus e a nova luz; isso não prova que o plano de gerenciamento de Deus não mudou. Aqueles que estão fora da corrente do Espírito Santo imaginam sempre que estão certos, mas a verdade é que a obra de Deus neles cessou há muito tempo e a obra do Espírito Santo está ausente deles. A obra de Deus foi há muito transferida para outro grupo de pessoas, um grupo em quem Ele pretende completar Sua nova obra. Já que aqueles na religião são incapazes de aceitar a nova obra de Deus e se apegam à obra do passado, Deus abandonou essas pessoas e realiza Sua nova obra nas pessoas que aceitam essa nova obra. São pessoas que colaboram com Sua nova obra e só assim Seu gerenciamento poderá ser realizado.

de ‘A obra de Deus e a prática do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando Jesus veio ao mundo dos homens, Ele trouxe a Era da Graça e findou-se assim a Era da Lei. Durante os últimos dias, Deus mais uma vez Se tornou carne, e quando Ele se tornou carne desta vez, Ele terminou com a Era da Graça e trouxe a Era do Reino. Todos aqueles que aceitam a segunda encarnação de Deus serão conduzidos à Era do Reino, e serão capazes de aceitar pessoalmente a orientação de Deus. Embora Jesus tenha feito muitas obras no meio dos homens, Ele apenas completou a redenção de toda a humanidade e tornou-Se oferta pelos pecados dos homens e não livrou o homem de todo seu caráter corrupto. Livrar o homem plenamente da influência de Satanás não apenas exigiu de Jesus tomar os pecados do homem como oferta pelo pecado, mas também exigiu de Deus fazer uma obra maior para livrar completamente o homem de seu caráter, o qual tem sido corrompido por Satanás. E assim, depois que o homem foi perdoado por seus pecados, Deus voltou à carne para guiar o homem até a nova era, e começou a obra do castigo e julgamento, e esta obra tem trazido o homem a um domínio superior. Todo aquele que se submete ao Seu domínio desfrutará de uma verdade maior e receberá bênçãos ainda maiores. Eles viverão verdadeiramente na luz, e ganharão a verdade, o caminho e a vida.

[…]

[…] quando Deus se torna carne desta vez, Sua obra é expressar Seu caráter, primeiramente por meio de castigo e julgamento. Usando isto como fundamento, Ele traz mais verdade ao homem, mostra mais meios de prática e assim alcança Seu objetivo de conquistar o homem e salvá-lo de seu caráter corrupto. Isto está por trás da obra de Deus na Era do Reino.

de ‘Prefácio’ em “A Palavra manifesta em carne”

Na obra dos últimos dias, a palavra é mais poderosa que a manifestação de sinais e maravilhas, e a autoridade da palavra supera a dos sinais e maravilhas. A palavra revela todos os caracteres corruptos no coração do homem. Você é incapaz de reconhecê-los por conta própria. Quando eles forem revelados para você por meio da palavra, você os compreenderá naturalmente; você não poderá negá-los e ficará totalmente convencido. Não é essa a autoridade da palavra? Esse é o resultado alcançado pela presente obra da palavra. Portanto, o homem não pode ser totalmente salvo de seus pecados pela cura da doença e expulsão de demônios e não pode ser tornado completo pela manifestação de sinais e maravilhas. A autoridade para curar doenças e expulsar demônios apenas dá graça ao homem, mas a carne do homem ainda pertence a Satanás e o caráter satânico corrupto ainda permanece dentro do homem. Em outras palavras, aquilo que não foi purificado ainda pertence ao pecado e à imundície. Somente após o homem ter sido limpo através de palavras ele pode ser ganho por Deus e se tornar santificado. Se nada mais for feito do que expulsar os demônios de dentro do homem e redimi-lo, isso significa apenas tirá-lo das mãos de Satanás e devolvê-lo a Deus. No entanto, ele não foi limpo ou alterado por Deus, e ele continua corrupto. Dentro do homem ainda existe sujeira, oposição e rebeldia; o homem só retornou a Deus através da redenção, mas o homem não tem conhecimento Dele e ainda resiste e trai a Deus. Antes de o homem ser redimido, muitos dos venenos de Satanás já estavam plantados dentro dele. Depois de milhares de anos da corrupção de Satanás, o homem já tem dentro de si uma natureza que resiste a Deus. Portanto, quando o homem foi redimido, isso não é nada mais do que redenção, na qual o homem é comprado por um alto preço, mas a natureza venenosa interna não foi eliminada. O homem que é tão contaminado deve sofrer uma mudança antes de ser digno de servir a Deus. Através dessa obra de julgamento e castigo, o homem conhecerá por completo a substância imunda e corrupta dentro dele, e ele poderá mudar completamente e se tornar limpo. Só assim o homem pode ser digno de retornar ao trono de Deus. Toda a obra feita neste dia é para que o homem possa ser limpo e mudado; através do julgamento e castigo pela palavra, bem como refinamento, o homem pode rejeitar sua corrupção e se tornar puro. Em vez de considerar este estágio da obra como sendo o da salvação, seria mais apropriado dizer que é a obra de purificação. Na verdade, este estágio é o da conquista, assim como o segundo estágio da salvação. O homem é ganho por Deus através do julgamento e castigo pela palavra; através do uso da palavra para refinar, julgar e revelar, todas as impurezas, noções, motivos e esperanças individuais dentro do coração do homem são reveladas por completo. Embora o homem tenha sido redimido e perdoado de seus pecados, só se considera isso como Deus não se lembrar das transgressões do homem e não tratar o homem de acordo com as suas transgressões. No entanto, quando o homem vive na carne e não está liberto do pecado, ele só pode continuar pecando, revelando infinitamente o caráter satânico corrupto. Essa é a vida que o homem leva, um ciclo interminável de pecado e perdão. A maioria dos homens peca de dia para confessar à noite. Como tal, mesmo que a oferta pelo pecado seja para sempre efetiva para o homem, ela não seria capaz de salvar o homem do pecado. Apenas metade da obra da salvação já foi concluída, pois o homem ainda tem caráter corrupto.

de ‘O mistério da encarnação (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Cristo dos últimos dias traz vida e traz o duradouro e perpétuo caminho da verdade. Esta verdade é a senda pela qual o homem ganhará vida e a única senda pela qual o homem há de conhecer Deus e ser aprovado por Deus. Se você não busca o caminho de vida proporcionado por Cristo dos últimos dias, jamais ganhará a aprovação de Jesus e nunca estará habilitado para adentrar as portas do reino dos céus, pois é tanto um fantoche quanto um prisioneiro da história. […]

Aqueles que querem ganhar vida sem contar com a verdade dita por Cristo são as pessoas mais ridículas do mundo, e aqueles que não aceitam o caminho de vida trazido por Cristo estão perdidos na fantasia. Por isso, Eu digo que quem não aceitar o Cristo dos últimos dias será eternamente desprezado por Deus. Cristo é a porta de entrada do homem ao reino durante os últimos dias, da qual ninguém pode desviar. Ninguém pode ser aperfeiçoado por Deus, exceto por meio de Cristo. Você crê em Deus, então, deve aceitar as palavras Dele e obedecer aos Seu caminho. Não deve pensar só em ganhar bênçãos sem receber a verdade nem aceitar o suprimento de vida. Cristo vem no curso dos últimos dias para todos que acreditam verdadeiramente Nele poderem ser supridos de vida. Sua obra tem o propósito de concluir a era antiga e entrar na nova, e é a senda que deve ser tomada por todos aqueles que entrarem na nova era. Se você é incapaz de reconhecê-Lo e, em vez disso, O condena, blasfema e até O persegue, está fadado a queimar pela eternidade e nunca entrará no reino de Deus. Porque este Cristo é Ele Próprio a expressão do Espírito Santo, a expressão de Deus, Aquele que Deus incumbiu de fazer a Sua obra na terra. E, então, Eu digo que se você não pode aceitar tudo o que é feito pelo Cristo dos últimos dias, você blasfema contra o Espírito Santo. A retribuição que deve sofrer quem blasfema contra o Espírito Santo é autoevidente a todos. Eu também lhe digo que se você se opõe ao Cristo dos últimos dias e O nega, não há quem possa sofrer as consequências em seu lugar. Ademais, desse dia em diante você não terá outra oportunidade de ganhar a aprovação de Deus; mesmo se tentar se redimir, nunca mais verá o rosto de Deus. Pois não é a um homem que você se opõe, não é a qualquer ser insignificante que você repudia, mas a Cristo. Está ciente desta consequência? Você não cometeu um pequeno erro, mas um crime atroz. Por isso, recomendo a todos não mostrar as presas diante da verdade nem fazer críticas imprudentes, pois só a verdade pode lhe trazer vida e nada, exceto a verdade, pode possibilitar que você renasça e contemple a face de Deus.

de ‘Só o Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior:Por que é dito que todas as profecias do Senhor Jesus foram cumpridas e alcançadas através da obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias?

Próximo:Por que Deus desceu secretamente à China para realizar a Sua obra dos últimos dias? Que significado há por trás disso?

Coisas que talvez lhe interessem