2. O que é uma pessoa enganadora? Por que pessoas enganadoras são incapazes de alcançar a salvação?

Palavras de Deus relevantes:

Aprecio muito quem não nutre suspeita de outras pessoas e também gosto muito de quem prontamente aceita a verdade; demonstro grande zelo por esses dois tipos de pessoas, porque, a Meu ver, são pessoas honestas. Se for muito enganador, você terá um coração defensivo e pensamentos de suspeita em relação a todos os assuntos e a todas as pessoas, e por isso sua fé em Mim será edificada sobre um fundamento de suspeição. Eu jamais poderia reconhecer tal fé. Sem ter fé genuína, vocês se distanciarão ainda mais do amor real. E, se está propenso a duvidar de Deus e especular sobre Ele a bel-prazer, você, sem dúvida, é a mais enganadora de todas as pessoas. Você especula se Deus pode ser como um ser humano: imperdoavelmente pecaminoso, de caráter mesquinho, desprovido de equidade e razão, carente de um senso de justiça, dado a táticas viciosas, traiçoeiro e astuto, que se agrada com o mal e com a escuridão, e assim por diante. A razão de o homem ter tais pensamentos não é por não ter o menor conhecimento de Deus? Esse tipo de fé nada é senão pecado! Aliás, há até alguns que creem que aqueles que Me agradam não passam de aduladores e bajuladores e que quem carece dessas habilidades não será bem-vindo e perderá seu lugar na casa de Deus. Esse é todo o conhecimento que vocês juntaram nesses anos todos? É isso que vocês ganharam? E o conhecimento que vocês têm sobre Mim não se limita a esses mal-entendidos; ainda pior é a sua blasfêmia contra o Espírito de Deus e o seu aviltamento do Céu. Essa é a razão de Eu dizer que tal tipo de fé como a de vocês apenas os levará a afastar-se ainda mais de Mim e a intensificar sua oposição a Mim.

Extraído de ‘Como conhecer o Deus na terra’ em “A Palavra manifesta em carne”

Todos aqueles que creem em Deus, mas não buscam a verdade, não têm como fugir da influência de Satanás. Todos aqueles que não vivem sua vida com honestidade, que se comportam de uma maneira na frente dos outros e de outra maneira por trás, que têm a aparência de humildade, paciência e amor embora sua essência seja insidiosa, astuta e sem lealdade a Deus — tais pessoas são representantes típicos daqueles que vivem sob a influência das trevas; elas são da laia da serpente. Aqueles que sempre só creem em Deus para o benefício próprio, que são hipócritas e soberbos, que se exibem e que protegem o próprio status são pessoas que amam Satanás e se opõem à verdade. Essas pessoas resistem a Deus e pertencem inteiramente a Satanás. Aqueles que não estão atentos aos fardos de Deus, que não servem a Deus de todo o coração, que estão sempre preocupados com os interesses próprios e os interesses de sua família, que são incapazes de abandonar tudo para se despenderem por Deus e que nunca vivem por Suas palavras são pessoas fora de Suas palavras. Tais pessoas não podem receber o elogio de Deus.

Extraído de ‘Fuja da influência das trevas e você será ganho por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Seus objetivos e intenções são formulados pensando em Mim? Todas as suas palavras e ações são ditas e feitas na Minha presença? Eu examino todos os seus pensamentos e ideias. Você não se sente culpado? Você coloca uma fachada falsa para os outros verem e calmamente assume um ar hipócrita; você faz isso para se proteger. Você faz isso para esconder sua maldade e até mesmo inventa maneiras de empurrar essa maldade para outra pessoa. Quanta traição habita o seu coração!

Extraído de ‘Capítulo 13’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Algumas pessoas estão sempre alegando que tudo que fazem é para a igreja, quando, na verdade, estão trabalhando para o benefício delas mesmas. Pessoas como essas têm o tipo errado de intenção. Elas são desonestas e enganosas e a maioria das coisas que fazem é para seu benefício próprio e pessoal. Esse tipo de pessoa não busca amar a Deus; seu coração ainda pertence a Satanás e não pode se voltar para Deus. Assim, Deus não tem como obter esse tipo de pessoa.

Extraído de ‘O amor genuíno a Deus é espontâneo’ em “A Palavra manifesta em carne”

Seu destino e sua sorte são muito importantes para vocês — são motivo de grande preocupação. Vocês acreditam que, se não fizerem as coisas com muito cuidado, isso será equivalente a não terem destino, que vocês destruíram o próprio destino. Mas já lhes ocorreu que as pessoas que despendem esforços apenas para o bem de seu destino estão trabalhando em vão? Tais esforços não são genuínos — são falsos e enganosos. Se esse for o caso, aqueles que trabalham pelo seu destino sofrerão sua derrota final, pois o fracasso na crença em Deus é causado pelo engano. Eu já disse que não gosto de ser lisonjeado, nem bajulado, nem tratado com entusiasmo. Gosto que as pessoas sinceras enfrentem a Minha verdade e as Minhas expectativas. Mais ainda, gosto quando elas são capazes de mostrar extremo cuidado e consideração pelo Meu coração, e quando são até capazes de renunciar a tudo por Mim. Só assim é possível confortar o Meu coração.

Extraído de ‘Sobre o destino’ em “A Palavra manifesta em carne”

Aqueles que são enganosos são superficiais quando cumprem seu dever, não o fazem bem, e essas pessoas têm dificuldade de alcançar a salvação. Digam-Me, quando as pessoas enganosas colocam a verdade em prática, elas cometem enganação? Colocar a verdade em prática exige que elas paguem um preço, renunciem aos próprios interesses, se revelem aos outros. Mas elas retêm algo; quando falam, só entregam metade e escondem o resto. Os outros sempre têm de adivinhar o que elas querem dizer, sempre têm de ligar os pontos para identificar o significado. Elas sempre deixam espaço para manobra; permitem-se certa margem de ação. Assim que veem que elas são enganosas, os outros não querem interagir com elas, sempre tomam precauções ao lidar com elas e não acreditam em nada que dizem, perguntando-se se o que elas disseram é falso ou verdadeiro e quanto disso foi diluído. E assim, em seu coração, as pessoas costumam perder a confiança nelas; elas têm pouco ou nenhum peso no coração das pessoas. Esse é o seu status, o peso que você tem no coração das pessoas. E, assim, como você será visto por Deus em Sua presença? Comparado ao homem, Deus vê as pessoas de modo mais preciso, incisivo e realista.

Extraído de ‘A prática mais fundamental de ser uma pessoa honesta’ em “Registros das falas de Cristo”

Amo todos os que sinceramente se despendem por Mim e se devotam a Mim. Odeio todos os que são nascidos de Mim, mas que não Me conhecem e até resistem a Mim. Eu não abandonarei ninguém que seja sinceramente por Mim; antes, dobrarei as bênçãos dessa pessoa. Punirei duplamente aqueles que forem ingratos e violarem Minha bondade, e Eu não os pouparei facilmente. Em Meu reino, não há desonestidade ou engano, e nem mundanismo; isto é, não há cheiro dos mortos. Antes, tudo é retidão e justiça; tudo é pureza e sinceridade, nada está oculto ou encoberto. Tudo é fresco, tudo é prazer e tudo é edificação. Qualquer pessoa que ainda feda a mortos não pode de forma alguma permanecer em Meu reino e, em vez disso, será governada por Minha vara de ferro.

Extraído de ‘Capítulo 70’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Castigarei qualquer um nascido de Mim que ainda não Me conhece de modo a tornar manifesta toda a Minha ira, Meu grande poder e Minha plena sabedoria. Em Mim, tudo é justo, e não existe absolutamente nenhuma injustiça, nenhum logro, nenhuma desonestidade; quem for desonesto e enganador deve ser um filho do inferno, nascido no Hades. Em Mim, tudo é aberto; tudo o que digo será realizado, será, de fato, realizado; tudo o que digo será estabelecido, será estabelecido, e ninguém pode mudar ou imitar essas coisas porque Eu sou o único e Próprio Deus.

Extraído de ‘Capítulo 96’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

O fato de Deus pedir para as pessoas serem honestas prova que Ele realmente abomina aquelas que são enganosas e que Ele não gosta de pessoas enganosas. O fato de Deus não gostar de pessoas enganosas significa que Ele não gosta de suas ações, de seu caráter e de suas motivações; isto é, Ele não gosta do jeito como as pessoas fazem as coisas. Portanto, se quisermos agradar a Deus, devemos primeiro mudar nossas ações e a maneira na qual existimos. Anteriormente, confiávamos em mentiras e fingimento para viver entre as pessoas, usando essas coisas como nosso capital e como a base existencial, a vida e o fundamento segundo os quais nós nos comportávamos. Isso era algo que Deus desprezava. Entre os descrentes do mundo, se você não sabe ser manipulador ou enganador, permanecer firme pode ser muito difícil. Você só conseguiria contar mentiras, se envolver em trapaças e usar intrigas e métodos insidiosos para proteger e camuflar a si mesmo a fim de obter uma vida melhor. Na casa de Deus, é exatamente o oposto: quanto mais enganoso você for, quanto mais você empregar manipulação sofisticada para fingir e disfarçar a si mesmo, menos capaz você será de permanecer firme, e mais Deus desprezará e rejeitará você. Deus predestinou que apenas pessoas honestas podem fazer parte do reino dos céus. Se você não for honesto e se, em sua vida, sua prática não estiver voltada para ser honesto e você não revelar sua própria face verdadeira, então você jamais terá qualquer chance de ganhar a obra ou o elogio de Deus.

Extraído de ‘A prática mais fundamental de ser uma pessoa honesta’ em “Registros das falas de Cristo”

Você deve saber se há fé e lealdade verdadeiras em seu interior, se você tem um histórico de sofrer por Deus e se você tem se submetido completamente a Deus. Se você não tem essas coisas, então permanecem em você desobediência, engano, ganância e queixume. Como o seu coração está longe de ser honesto, você nunca recebeu reconhecimento positivo de Deus e nunca viveu na luz. Como o destino de alguém se resolverá no fim depende de a pessoa ter um coração honesto e vermelho-sangue, de ter uma alma pura. Se você for uma pessoa muito desonesta, de coração malicioso e alma impura, então é certo que vai acabar no local em que o homem é punido, como está escrito no registro do seu destino. Se você alega ser muito honesto, porém nunca consegue agir de acordo com a verdade ou falar uma palavra verdadeira, então você ainda está esperando que Deus o recompense? Ainda espera que Deus o considere a menina dos Seus olhos? Isso não é um modo absurdo de pensar? Você engana a Deus em todas as coisas; como pode a casa de Deus acomodar alguém como você, cujas mãos são impuras?

Extraído de ‘Três admoestações’ em “A Palavra manifesta em carne”

Muitos prefeririam ser condenados ao inferno a falar e agir com honestidade. Não é de admirar que Eu tenha outro tratamento reservado para aqueles que são desonestos. É claro, Eu entendo bem como é difícil para vocês ser honestos. Porque vocês todos são tão astutos, tão hábeis em medir as pessoas com o próprio critério mesquinho, isso faz da Minha obra muito mais simples. E já que cada um de vocês guarda segredos em seu peito, pois bem, Eu os enviarei, um por um, ao desastre para serem “disciplinados” pelo fogo, de modo que depois vocês possam se tornar totalmente comprometidos em crer nas Minhas palavras. Por fim, Eu arrancarei de sua boca as palavras “Deus é um Deus fiel”, ao que vocês baterão no peito e lamentarão: “Desonesto é o coração do homem!” Qual será o seu estado de espírito nesse momento? Imagino que vocês não serão tão triunfantes como são agora. E menos ainda serão “profundos e obstrusos” como são agora. Na presença de Deus, alguns são impecáveis e fazem um esforço especial para serem “bem-comportados”, mas mostram as presas e brandem as garras na presença do Espírito. Vocês considerariam tais pessoas como pertencentes às fileiras dos honestos? Se você for hipócrita, uma pessoa hábil em “relações interpessoais”, então digo que você é definitivamente uma pessoa que brinca com Deus. Se suas palavras forem repletas de desculpas e justificativas sem valor, então digo que você detesta colocar a verdade em prática. Se você tiver muitas confidências que reluta em compartilhar, se estiver muito indisposto a desnudar seus segredos — suas dificuldades — diante dos outros de forma a buscar o caminho da luz, então digo que você é alguém que não alcançará a salvação facilmente e que não emergirá facilmente das trevas.

Extraído de ‘Três admoestações’ em “A Palavra manifesta em carne”

“Se estiver muito indisposto a desnudar seus segredos — suas dificuldades — diante dos outros de forma a buscar o caminho da luz, então digo que você é alguém que não alcançará a salvação facilmente e que não emergirá facilmente das trevas.” Aqui Deus concedeu aos humanos uma senda de prática, e se não praticar dessa maneira e simplesmente gritar slogans e doutrinas, então você é alguém que não receberá a salvação facilmente. Isso está, de fato, relacionado à salvação. Ser salvo é muito importante para toda e qualquer pessoa. Deus Se referiu a isso em outro lugar? Em outros lugares, Ele raramente Se refere à dificuldade de ser salvo, mas trata disso quando fala sobre ser honesto: se não agir dessa maneira, então você é alguém que é muito difícil de salvar. “Não receber a salvação facilmente” significa que é difícil para você ser salvo e você é incapaz de tomar a trilha certa para a salvação, e assim é impossível salvar você. Deus diz isso a fim de dar um espaço de manobra para as pessoas; ou seja, você não é fácil de salvar, mas, por outro lado, se colocar em prática as palavras de Deus, haverá esperança para você, e você pode ser salvo. Se você não puser em prática as palavras de Deus e se nunca dissecar os próprios segredos ou dificuldades, ou nunca contar essas coisas privadas para alguém nem se abrir para as pessoas sobre elas, nunca comungar com as pessoas sobre elas, nem dissecá-las com pessoas a fim de se desnudar, então não há possibilidade de você ser salvo. E por quê? Se você não se desnudar nem se dissecar dessa maneira, seu caráter corrupto nunca mudará. E se você for incapaz de mudar, pode esquecer de ser salvo. É isso que Deus quer dizer ao falar essas palavras, e essa é a vontade de Deus.

[…] Deus diz: “Se você tiver muitas confidências que reluta em compartilhar, se estiver muito indisposto a desnudar seus segredos — suas dificuldades — diante dos outros de forma a buscar o caminho da luz, então digo que você é alguém que não alcançará a salvação facilmente…”. Ser honesto está relacionado a alcançar a salvação. O que vocês acham: ser honesto é importante? (Sim.) O que Deus quer são pessoas que sejam honestas. Se você é capaz de mentir e enganar, você é uma pessoa enganosa, desonesta e sinistra, não uma pessoa honesta e, então, não há chance de Deus salvar você, nem você pode ser salvo de maneira alguma. Você não se transformou em alguém que é honesto, e diz que já é muito devoto, que não é arrogante nem hipócrita, que é bem capaz de pagar um preço ou que pode espalhar o evangelho e levar muitas pessoas a Deus. Mas você não é honesto e ainda é enganoso e não mudou em nada. Você pode ser salvo? (Não.) E assim essas palavras de Deus lembram cada um de nós que, para sermos salvos, devemos, acima de tudo, ser honestos de acordo com as palavras e exigências de Deus. Devemos nos abrir, desnudar nosso caráter corrupto, ser capazes de expor nossos motivos e segredos e buscar o caminho da luz.

Extraído de ‘A prática mais fundamental de ser uma pessoa honesta’ em “Registros das falas de Cristo”

Anterior: 1. O que é uma pessoa honesta? Por que Deus exige que as pessoas sejam honestas?

Próximo: 3. Quais são os princípios de prática para ser uma pessoa honesta?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Venha conversar com a gente
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

1. A Bíblia é apenas um registro dos dois estágios da obra de Deus, que foram a Era da Lei e a Era da Graça; não é um registro da totalidade da obra de Deus

Ninguém conhece a realidade da Bíblia: que não é mais do que um registro histórico da obra de Deus e um testamento dos dois estágios anteriores da obra de Deus, e não oferece uma compreensão dos objetivos da obra de Deus. Todo mundo que leu a Bíblia sabe que documenta os dois estágios da obra de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça. O Antigo Testamento narra a história de Israel e a obra de Jeová desde o tempo da criação até o fim da Era da Lei. O Novo Testamento registra a obra de Jesus na terra que está nos Quatro Evangelhos, bem como a obra de Paulo; eles não são registros históricos?

2. Como se conhece o caráter e a essência de Deus

se uma pessoa só usar o seu tempo ocioso para focar e entender as palavras ou feitos do Criador e prestar um pouco de atenção aos pensamentos e à voz de Seu coração, não será difícil para ela perceber que os pensamentos, palavras e feitos do Criador são visíveis e transparentes. Da mesma forma, pouco esforço será necessário para perceber que o Criador está entre os homens o tempo inteiro, que Ele está sempre em conversação com o homem e com toda a criação, e que Ele está realizando feitos novos todos os dias. A Sua substância e caráter são expressos em Seu diálogo com o homem; Seus pensamentos e ideias são completamente revelados em Seus feitos; Ele acompanha e observa a humanidade o tempo todo. Ele fala calmamente à humanidade e a toda a criação com Suas palavras silenciosas: Eu estou no céu e Eu estou entre a Minha criação. Eu estou vigiando; Eu estou esperando; Eu estou a seu lado…

3. O nome de Deus pode mudar, mas Sua essência nunca muda

Há quem diga que Deus é imutável. Isso está correto, mas tem a ver com a imutabilidade do caráter de Deus e Sua substância. Mudanças em Seu nome e obra não provam que Sua substância mudou; em outras palavras, Deus sempre será Deus, e isso nunca mudará.[…] Assim, as palavras “Deus é sempre novo e nunca velho” referem-se à Sua obra, e as palavras “Deus é imutável” ao que Deus tem e é inerentemente. Independentemente disso, você não pode fazer a obra de seis mil anos depender de um único ponto, ou circunscrevê-la com palavras mortas. Tal é a estupidez do homem. Deus não é tão simples como o homem imagina, e Sua obra não pode permanecer em uma só era. Jeová, por exemplo, não pode sempre significar o nome de Deus; Deus também pode fazer Sua obra sob o nome de Jesus. Esse é um sinal de que a obra de Deus está sempre progredindo adiante.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro