Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Palavras clássicas de Deus Todo-Poderoso, o Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

XI Palavras clássicas sobre entrar na realidade da verdade

(V) Palavras sobre entender a obra do Espírito Santo e identificar a obra de espíritos maus

45. A obra do Espírito Santo pode ser dividida em três partes: a própria obra de Deus, a obra dos homens que são usados e a obra realizada em todos aqueles que estão na corrente do Espírito Santo. Entre as três, a própria obra de Deus é liderar a era inteira; a obra dos homens que são usados é liderar todos os seguidores de Deus, sendo enviados ou recebendo incumbências relacionadas à própria obra de Deus, e esses homens são os que colaboram com a obra de Deus; a obra realizada pelo Espírito Santo naqueles que estão na corrente é preservar Sua própria obra inteira, isto é, preservar a gestão integral e preservar Seu testemunho, aperfeiçoando ao mesmo tempo aqueles que podem ser aperfeiçoados. Essas três partes são a obra completa do Espírito Santo, mas sem a obra do Próprio Deus, a gestão inteira estancaria.

de ‘A obra de Deus e a obra do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

46. A obra na corrente do Espírito Santo, seja a própria obra de Deus ou a obra de homens sendo usados, é a obra do Espírito Santo. A substância do Próprio Deus é o Espírito, que pode ser chamado de Espírito Santo ou Espírito sete vezes intensificado. Em suma, Eles são o Espírito de Deus. É que o Espírito de Deus tem nomes diferentes em eras diferentes, apenas isso. Mas a substância Deles é uma só. Portanto, a obra do Próprio Deus é a obra do Espírito Santo; a obra do Deus encarnado é nada menos do que o Espírito Santo em ação. A obra dos homens que são usados também é a obra do Espírito Santo. É que a obra de Deus é a expressão completa do Espírito Santo, e não há diferença, enquanto a obra dos homens que são usados é misturada com muitas coisas humanas e não é a expressão direta do Espírito Santo, muito menos a expressão completa.

de ‘A obra de Deus e a obra do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

47. Embora o Espírito Santo realize Sua obra de várias maneiras diferentes e de acordo com muitos princípios, não importa como a obra seja realizada ou em que tipo de pessoas, a substância é sempre diferente, e toda obra que Ele realiza em pessoas diferentes tem princípios e é capaz de representar a substância do objeto da obra. Isso ocorre porque a obra do Espírito Santo é bastante específica em Seu âmbito e bastante controlada. A obra realizada na carne encarnada não é a mesma que a obra realizada nas pessoas, e a obra também varia dependendo do calibre diferente das pessoas. A obra realizada na carne encarnada não é realizada nas pessoas, e na carne encarnada Ele não realiza a mesma obra que é realizada nas pessoas. Em suma, não importa como Ele realize a obra, a obra em objetos diferentes nunca é a mesma, e os princípios pelos quais Ele trabalha diferem de acordo com o estado e a natureza de pessoas diferentes. O Espírito Santo realiza a obra em pessoas diferentes baseado na substância inerente delas e não faz exigências além da sua substância inerente, nem realiza a obra nelas além do seu calibre real. Portanto, a obra do Espírito Santo no homem permite que as pessoas vejam a substância do objeto da obra. A substância inerente do homem não muda; o calibre real do homem é limitado. Quer o Espírito Santo use as pessoas ou realize a obra nelas, a obra é sempre de acordo com as limitações do calibre das pessoas, para que possam se beneficiar dela. Quando o Espírito Santo realiza a obra nos homens que são usados, tanto os dons quanto o calibre real deles são mobilizados e não são reservados. O calibre real deles é plenamente aplicado a serviço da obra. Pode-se dizer que Ele utiliza as partes disponíveis dos homens para alcançar os resultados da obra. Em contraste, na carne encarnada a obra é realizada para expressar diretamente a obra do Espírito e não é misturada com a mente e pensamentos humanos, é inalcançável pelos dons do homem, pela experiência do homem ou pela condição inata do homem.

de ‘A obra de Deus e a obra do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

48. Os que estão dentro da corrente do Espírito Santo possuem a presença e a disciplina do Espírito Santo, e aqueles que não estão dentro da corrente do Espírito Santo estão sob o comando de Satanás e desprovidos de qualquer parte da obra do Espírito Santo. Os que estão na corrente do Espírito Santo são aqueles que aceitam a nova obra de Deus, aqueles que colaboram com a nova obra de Deus. Se os que estão dentro dessa corrente forem incapazes de colaborar e de colocar em prática a verdade requerida por Deus durante essa era, nesse caso serão disciplinadas e, na pior das hipóteses, abandonados pelo Espírito Santo. Os que aceitam a nova obra do Espírito Santo viverão dentro da corrente do Espírito Santo, receberão o cuidado e a proteção do Espírito Santo. Os que estão dispostos a colocar em prática a verdade são iluminados pelo Espírito Santo, e os que não estão dispostos a colocar em prática a verdade são disciplinados pelo Espírito Santo, e podem até ser punidos. Independentemente do tipo de pessoa que são, se estiverem dentro da corrente do Espírito Santo, Deus assumirá a responsabilidade por todos que aceitam Sua nova obra para o bem de Seu nome. Os que glorificam Seu nome e estão dispostos a colocar Suas palavras em prática receberão Suas bênçãos; os que O desobedecerem e não colocarem Suas palavras em prática receberão Sua punição.

de ‘A obra de Deus e a prática do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

49. A obra do Espírito Santo é uma forma de orientação proativa e esclarecimento positivo. Ela não permite que as pessoas sejam passivas. Ela lhes traz consolo, lhes dá fé e determinação e as capacita a buscar que sejam aperfeiçoadas por Deus. Quando o Espírito Santo opera, as pessoas são capazes de entrar ativamente; elas não são passivas nem forçadas, mas proativas. Quando o Espírito Santo opera, as pessoas são alegres e dispostas, e estão dispostas a obedecer e felizes em se humilhar, e ainda que estejam doloridas e frágeis por dentro, elas têm a determinação para cooperar, sofrem com alegria, são capazes de obedecer, não estão contaminadas pela vontade humana e pelo pensamento do homem e certamente não estão contaminadas por motivações e desejos humanos. Quando experimentam a obra do Espírito Santo, as pessoas são especialmente santas por dentro. Aquelas que são possuídas da obra do Espírito Santo vivem o amor por Deus e o amor por seus irmãos e irmãs, se deliciam nas coisas que deliciam Deus e abominam as coisas que Deus abomina. Pessoas que são tocadas pela obra do Espírito Santo têm humanidade normal, buscam a verdade constantemente e são possuídas de humanidade. Quando o Espírito Santo opera dentro das pessoas, as condições delas melhoram cada vez mais, e sua humanidade se torna cada vez mais normal e, ainda que parte da sua cooperação possa ser tola, suas motivações são corretas, sua entrada é positiva, elas não tentam interromper, e não há malevolência dentro delas.

de ‘A obra do Espírito Santo e a obra de Satanás’ em “A Palavra manifesta em carne”

50. Quando algo lhe acontece, isso vem do Espírito Santo e você deve obedecer ou rejeitar isso? A prática real das pessoas dá origem a muito que é da vontade humana, mas que elas sempre acreditam vir do Espírito Santo. Parte vem de espíritos malignos e, mesmo assim, as pessoas pensam que aquilo nasceu do Espírito Santo, e, às vezes, o Espírito Santo guia as pessoas a partir de dentro, mas elas receiam que essa orientação venha de Satanás e não se atrevem a obedecer, quando, na realidade, é o esclarecimento do Espírito Santo. Assim, sem diferenciação não há como experimentar quando tais experiências estão realmente acontecendo a você, e sem diferenciação não há como ganhar vida. Como opera o Espírito Santo? Como operam os espíritos malignos? O que vem da vontade do homem? E o que nasce da orientação e do esclarecimento do Espírito Santo? Se compreender as regras da obra do Espírito Santo dentro do homem, você será capaz de aumentar seu conhecimento e diferenciar no seu dia a dia e em suas experiências reais; você chegará a conhecer Deus, será capaz de entender e discernir Satanás, não se confundirá em sua obediência ou busca e será alguém cujos pensamentos são claros e que obedece à obra do Espírito Santo.

de ‘A obra do Espírito Santo e a obra de Satanás’ em “A Palavra manifesta em carne”

51. Deus realmente faz muita obra nas pessoas, às vezes provando-as, às vezes criando ambientes para fortalecê-las e às vezes proferindo palavras para guiá-las e para corrigir suas deficiências. Às vezes, o Espírito Santo leva as pessoas a ambientes preparados por Deus para que elas descubram inconscientemente muitas coisas de que carecem. Por meio do que as pessoas dizem e fazem, da maneira como tratam as outras e lidam com as coisas, sem que elas saibam, o Espírito Santo as ilumina em muitas coisas que elas não entendiam anteriormente, permitindo que vejam muitas coisas e pessoas de maneira mais clara, permitindo que percebam muito daquilo do qual não estavam cientes anteriormente.

de ‘Sobre experiência’ em “A Palavra manifesta em carne”

52. Às vezes, Deus lhe proporciona certo tipo de sentimento: você perde sua alegria interior e perde a presença de Deus, está em trevas. Esse é um tipo de refinamento. Sempre que você faz algo, dá errado ou você topa com uma parede. Essa é a disciplina de Deus. Você pode fazer algo e não sentir nada de especial a respeito, e os outros também não sabem, mas Deus sabe. Ele não deixará você ir e irá discipliná-lo. A obra do Espírito Santo é muito detalhada. Ele observa muito cuidadosamente cada palavra e cada ato das pessoas, cada atitude e movimento, cada ideia e pensamento, para que as pessoas possam adquirir consciência dessas coisas. Você faz uma coisa uma vez e dá errado; você faz de novo e ainda dá errado. Aos poucos, você chega a compreender a obra do Espírito Santo. Através das muitas vezes em que é disciplinado, você saberá o que fazer para estar alinhado com a vontade de Deus, e saberá o que não está alinhado com a vontade Dele. No fim, obterá respostas precisas à orientação dada pelo Espírito Santo em seu íntimo. Às vezes, você será rebelde e será repreendido por Deus em seu íntimo. Tudo isso vem da disciplina de Deus. Se você não valoriza Deus, se menospreza Sua obra, Ele não prestará atenção em você. Quanto mais a sério você considerar as palavras de Deus, mais Ele o esclarecerá.

de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

53. Quando o Espírito Santo ilumina você para que entenda algo, às vezes, Ele opera rapidamente; algumas vezes, porém, Ele faz você passar por uma experiência por algum tempo antes de permitir gradualmente que você o entenda. Não é que Ele não permite que você experimente qualquer coisa e só deixe você entender umas poucas palavras secas. Por quais princípios o Espírito Santo opera? O Espírito Santo opera pelo princípio de arranjar seu ambiente e arranjar pessoas, eventos e coisas para permitir que você amadureça entre eles e entenda gradualmente a verdade no decurso de experimentá-los. Ele não lhe dá umas poucas palavras simples — inspirando você, ou esclarecendo você, ou provendo você com um pouco de luz — nem lhe dá simplesmente umas poucas palavras e doutrinas secas. Ao contrário, Ele permite que você aprenda e cresça gradualmente ao experimentar diferentes eventos, ambientes, e diferentes pessoas, eventos e coisas. Ele faz você entender a verdade gradualmente através desse processo de crescimento. Portanto, o Espírito Santo opera de acordo com um princípio muito natural; Ele opera em total acordo com o padrão natural do desenvolvimento humano, sem empregar nenhuma compulsão de qualquer tipo.

de ‘Você pode obter a verdade após volver seu coração verdadeiro para Deus’ em “Registros das falas de Cristo”

54. O Espírito Santo tem uma senda a trilhar em cada pessoa e dá a cada pessoa chances de ser aperfeiçoada. Através de sua negatividade, você é levado a conhecer a sua própria corrupção e, então, através da eliminação da negatividade, você encontrará o caminho para a prática, e isso é o seu aperfeiçoamento. Além disso, através da orientação e iluminação contínuas de algumas coisas positivas dentro de você, você cumprirá proativamente sua função e crescerá em percepção e ganhará discernimento. Quando suas condições são boas, você está especialmente disposto a ler a palavra de Deus e especialmente disposto a orar a Deus, e pode relacionar os sermões que você ouve a seus próprios estados. Nesses momentos, Deus esclarece e ilumina você por dentro, fazendo-o perceber algumas coisas do aspecto positivo. Isso é aperfeiçoamento de você no aspecto positivo. Em estados negativos, você está fraco e negativo e sente que não tem Deus em seu coração, mesmo assim Deus o ilumina, ajudando você a encontrar uma senda da prática. Sair disso é alcançar a perfeição no aspecto negativo.

de ‘Somente os que se concentram na prática podem ser aperfeiçoados’ em “A Palavra manifesta em carne”

55. O Espírito Santo opera segundo este princípio: com a cooperação das pessoas, com elas orando, buscando e aproximando-se de Deus ativamente, os resultados podem ser alcançados e elas podem ser esclarecidas e iluminadas pelo Espírito Santo. Não é o caso que o Espírito Santo age unilateralmente, ou que o homem age unilateralmente. Ambos são indispensáveis e quanto mais as pessoas cooperam e quanto mais buscam atingir os padrões das exigências de Deus, maior é a obra do Espírito Santo. Só a verdadeira cooperação das pessoas, somada à obra do Espírito Santo, pode produzir experiências reais e o conhecimento substancial das palavras de Deus. Gradualmente, por experimentar dessa maneira, uma pessoa perfeita é finalmente produzida. Deus não faz coisas sobrenaturais; nas concepções das pessoas, Deus é todo-poderoso e tudo é feito por Deus — com o resultado que as pessoas esperam passivamente, não leem as palavras de Deus nem oram e simplesmente esperam o toque do Espírito Santo. Aquelas com uma compreensão correta, entretanto, acreditam nisto: as ações de Deus só podem ir até onde a minha cooperação for, e o efeito que a obra de Deus tem em mim depende de como eu coopero. Quando Deus fala, eu devia fazer tudo que posso para buscar as palavras de Deus e me esforçar; é isso que eu devia alcançar.

de ‘Como conhecer a realidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

56. Há uma condição para a obra do Espírito Santo dentro das pessoas. Enquanto elas tiverem sede e buscarem e não estiverem indecisas ou duvidosas sobre as ações de Deus, e elas forem capazes de manter seu dever o tempo todo, só dessa forma elas poderão ganhar a obra do Espírito Santo. Em cada passo da obra de Deus, o que se requer da humanidade é uma enorme confiança e busca diante de Deus — só através da experiência as pessoas são capazes de descobrir como Deus é amoroso e como o Espírito Santo opera nas pessoas. Se você não experimentar, se você não sentir seu caminho, se não buscar, você não ganhará nada. Você deve sentir seu caminho através das suas experiências, e só através das suas experiências você pode ver as ações de Deus, e reconhecer Sua maravilha e insondabilidade.

de ‘Você deve manter sua devoção a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

57. A obra do Espírito Santo é normal e real, o Espírito Santo opera no homem conforme as regras da vida humana normal, e Ele esclarece e guia as pessoas de acordo com a busca real das pessoas normais. Quando o Espírito Santo opera nas pessoas, Ele as guia e esclarece conforme as necessidades de pessoas normais, Ele provê para elas conforme suas necessidades e as guia e esclarece positivamente com base naquilo que elas carecem e em suas deficiências; quando o Espírito Santo opera, essa obra está em consonância com as regras da vida normal do homem, e é só na vida real que as pessoas podem ver a obra do Espírito Santo. Se no seu dia a dia as pessoas estão num estado positivo e têm uma vida espiritual normal, elas são possuídas da obra do Espírito Santo. Em tal estado, quando comem e bebem as palavras de Deus, elas têm fé, quando oram, elas são inspiradas, quando algo lhes acontece, elas não são passivas e, enquanto isso lhes acontece, elas são capazes de ver as lições que Deus exige que aprendam e não são passivas nem fracas, e, embora tenham dificuldades reais, estão dispostas a obedecer a todos os arranjos de Deus.

de ‘A obra do Espírito Santo e a obra de Satanás’ em “A Palavra manifesta em carne”

58. Deus opera naqueles que buscam e valorizam as Suas palavras. Quanto mais você valoriza as palavras de Deus, mais o Seu Espírito vai operar em você. Quanto mais uma pessoa valoriza as palavras de Deus, maior a sua chance de ser aperfeiçoada por Deus. Deus aperfeiçoa aqueles que verdadeiramente O amam. Ele aperfeiçoa aqueles cujos corações estão em paz diante Dele. Se você valoriza toda a obra de Deus, se você valoriza o esclarecimento de Deus, se você valoriza a presença de Deus, se você valoriza o cuidado e a proteção de Deus, se você valoriza a maneira como as palavras de Deus se tornam a sua realidade e a provisão para sua vida, você é mais segundo o coração de Deus. Se você valoriza a obra de Deus, se valoriza toda a obra que Ele realizou em você, Ele o abençoará e fará com que tudo o que é seu se multiplique.

de ‘Deus aperfeiçoa os que são segundo Seu coração’ em “A Palavra manifesta em carne”

59. Quando o Espírito Santo trabalha para iluminar as pessoas, Ele geralmente lhes dá um conhecimento da obra de Deus, e de sua verdadeira entrada e verdadeiro estado, e também lhes dá determinação, permite que compreendam a intenção ansiosa de Deus e Suas exigências para o homem hoje, Ele lhes dá a vontade de abrir todos os sentidos. Mesmo quando as pessoas sofrem derramamento de sangue e sacrifício, elas devem agir em nome de Deus e, mesmo quando se deparam com perseguição e adversidade, elas ainda devem amar a Deus, e não se arrepender, e devem prestar testemunho de Deus. Tal resolução é o mover do Espírito Santo e a obra do Espírito Santo — mas saiba que você não está possuído por esse mover a cada momento que passa. Às vezes, nas reuniões, você pode se sentir extremamente comovido e inspirado, e você dá grandes louvores e dança. Você sente que tem uma incrível compreensão do que os outros estão comungando, você se sente novo por dentro, e seu coração está perfeitamente claro sem nenhum sentimento de vazio — tudo isso pertence à obra do Espírito Santo. Se você é alguém que lidera, e o Espírito Santo lhe dá esclarecimento e iluminação excepcionais quando vai à igreja para trabalhar, o que torna de você incrivelmente sincero, responsável e sério em seu trabalho, isso pertence à obra do Espírito Santo.

de ‘Prática (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

60. Quais efeitos são alcançados pela obra do Espírito Santo? Você pode ser tolo, e talvez não haja diferenciação alguma em seu interior, mas basta o Espírito Santo operar para que haja fé em você, para que você sinta sempre que não pode amar Deus o bastante, para que você esteja disposto a cooperar, esteja disposto a cooperar, por maiores que sejam as dificuldades pela frente. Acontecerão coisas com você, que você não terá certeza se elas vêm de Deus ou de Satanás, mas será capaz de esperar e não será passivo nem negligente. É essa a obra normal do Espírito Santo. Quando o Espírito Santo opera dentro das pessoas, elas ainda se deparam com dificuldades reais, às vezes choram e às vezes há coisas que elas não conseguem superar, mas tudo isso é um estágio da obra comum do Espírito Santo. Embora elas não superem essas coisas e mesmo que, no momento, sejam fracas e se queixem, depois ainda são capazes de amar a Deus com fé absoluta. Sua passividade não pode impedi-las de ter experiências normais e, independentemente do que outras pessoas digam e de como elas as ataquem, elas ainda são capazes de amar a Deus. Durante a oração, elas sempre sentem que costumavam dever tanto a Deus, e resolvem satisfazê-Lo e renunciam à carne quando se deparam com tais coisas de novo. Essa força mostra que a obra do Espírito Santo está dentro delas, e esse é o estado normal da obra do Espírito Santo.

de ‘A obra do Espírito Santo e a obra de Satanás’ em “A Palavra manifesta em carne”

61. Deus não repete Sua obra, Ele não realiza uma obra que não é realista, Ele não faz exigências excessivas ao homem e Ele não realiza obra que esteja além do sentido do homem. Toda a obra que Ele realiza está dentro do alcance do sentido normal do homem e não excede o sentido da humanidade normal, e Sua obra está de acordo com os requisitos normais do homem. Se é a obra do Espírito Santo, o homem se torna cada vez mais normal e sua humanidade se torna cada vez mais normal. O homem tem um conhecimento cada vez maior de seu caráter satânico corrompido, e da essência do homem, e ele tem um desejo cada vez maior pela verdade. Ou seja, a vida do homem progride e o caráter corrupto do homem torna-se capaz de passar por cada vez mais mudanças — sendo que todas são o significado de Deus tornar-Se a vida do homem.

de ‘Somente aqueles que conhecem Deus e Sua obra podem satisfazer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

62. Qual obra vem de Satanás? Na obra que vem de Satanás, as visões nas pessoas são vagas e abstratas, e elas carecem de humanidade normal, as motivações por trás de suas ações são erradas e, embora elas desejem amar a Deus, há sempre acusações dentro delas, e essas acusações e pensamentos estão sempre interferindo dentro delas, refreando o crescimento de sua vida e impedindo que tenham condições normais diante de Deus. Isso é, assim que a obra de Satanás está dentro das pessoas, o coração delas não consegue ficar em paz perante Deus, não sabem o que fazer consigo mesmas, a visão de uma reunião faz com que queiram fugir, e elas não são capazes de fechar os olhos quando outros oram. A obra dos espíritos malignos destrói o relacionamento normal entre o homem e Deus e perturba as visões anteriores das pessoas ou sua antiga senda de entrada na vida, elas nunca podem se aproximar de Deus no seu coração, sempre acontecem coisas que as transtornam e amarram, e o coração delas não consegue encontrar paz, o que deixa sem forças o seu amor a Deus e faz o espírito delas afundar. Tais são as manifestações da obra de Satanás. A obra de Satanás se manifesta no seguinte: ser incapaz de defender sua posição e ser testemunha, fazendo com que você se torne alguém que está em falta perante Deus e que não tem fidelidade a Deus. Pela interferência de Satanás, você perde o amor e a lealdade a Deus dentro de si, é despojado de um relacionamento normal com Ele, não busca a verdade nem seu próprio aprimoramento, regride e se torna passivo, você se deixa levar, dá rédeas à disseminação do pecado e não tem ódio do pecado; ademais, a interferência de Satanás torna você dissoluto, faz o toque de Deus desaparecer dentro de você e faz com que você se queixe de Deus e se oponha a Ele, levando-o a questioná-Lo, e existe até o risco de você abandonar Deus. Tudo isso é a obra de Satanás.

de ‘A obra do Espírito Santo e a obra de Satanás’ em “A Palavra manifesta em carne”

63. Hoje há alguns espíritos malignos que operam através de coisas sobrenaturais para enganar o homem; isso não passa de imitação da parte deles, para enganar o homem através de uma obra que, agora, não é feita pelo Espírito Santo. Muitos espíritos malignos imitam a obra dos milagres e da cura de enfermos; não passam da obra dos espíritos malignos, pois o Espírito Santo não mais faz tal obra nos dias de hoje, e todos os que posteriormente imitam a obra do Espírito Santo são espíritos malignos. Toda a obra executada em Israel naquele tempo foi de natureza sobrenatural, só que o Espírito Santo não opera agora de tal maneira, e qualquer obra a mais desse tipo é feita por Satanás, a perturbação de Satanás, e vem dos espíritos malignos. Mas você não pode dizer que tudo o que for sobrenatural vem dos espíritos malignos — isso dependeria da era da obra de Deus.

de ‘O mistério da encarnação (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

64. Se, durante o dia de hoje, surgir uma pessoa que seja capaz de mostrar sinais e maravilhas, expulsar demônios, curar os doentes e realizar muitos milagres e, se essa pessoa afirmar que ela é Jesus que veio, então isso seria a fraude dos espíritos malignos e sua imitação de Jesus. Lembre-se disso! Deus não repete a mesma obra. A etapa da obra de Jesus já foi concluída e Deus nunca mais realizará aquele estágio da obra. […] Se, durante os últimos dias, Deus ainda mostrasse sinais e maravilhas, e ainda expulsasse demônios e curasse os doentes — se Ele fizesse exatamente o mesmo que Jesus — então Deus estaria repetindo a mesma obra e a obra de Jesus não teria significado ou valor. Assim, Deus realiza uma etapa de obra em cada era. Uma vez que cada etapa de Sua obra foi concluída, logo é imitada por espíritos malignos e, depois que Satanás começa a seguir os passos de Deus, Deus muda para um método diferente. Uma vez que Deus completou uma etapa de Sua obra, ela é imitada por espíritos malignos. Isso deve estar claro para vocês.

de ‘Conhecer a obra de Deus hoje’ em “A Palavra manifesta em carne”

65. Há alguns que estão possuídos por espíritos malignos e clamam vociferantemente: “Eu sou Deus!”. Mas, no fim, eles são revelados, porque estão errados no que representam. Eles representam Satanás e o Espírito Santo não lhes presta atenção. Por mais alto que você se exalte ou por mais forte que você grite, você ainda é um ser criado que pertence a Satanás. […] Você não pode gerar novas sendas ou representar o Espírito. Você não pode expressar a obra do Espírito ou as palavras que Ele profere. Você é incapaz de fazer a obra do Próprio Deus, e a do Espírito, também não. A sabedoria, a maravilha e a insondabilidade de Deus e a plenitude do caráter pelo qual Deus castiga o homem: todas essas estão além de sua capacidade de expressar. Portanto, seria inútil tentar afirmar ser Deus; você teria apenas o nome, mas nada da substância.

de ‘O mistério da encarnação (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

66. Alguns dizem que o Espírito Santo está operando neles o tempo todo. Isso é impossível. Se dissessem que o Espírito Santo está sempre com eles, seria realista. Se dissessem que o pensamento e a razão deles são normais o tempo todo, isso também seria realista e mostraria que o Espírito Santo está com eles. Se disserem que o Espírito Santo está sempre operando dentro deles, que são iluminados por Deus e tocados pelo Espírito Santo a todo o momento, e que adquirem novos conhecimentos o tempo todo, então isso não é normal. É extremamente sobrenatural! Sem sombra de dúvida, tais pessoas são espíritos malignos! Mesmo quando o Espírito de Deus entra na carne, há momentos em que Ele precisa descansar e comer — quanto mais o homem. Aqueles que foram possuídos por espíritos malignos parecem não ter a emoção e a fraqueza da carne. São capazes de renunciar a tudo, abrir mão de tudo, são capazes de suportar tormentos, não sentem o menor cansaço, como se tivessem transcendido a carne. Isso não é extremamente sobrenatural? A obra do espírito maligno é sobrenatural e essas coisas são inalcançáveis pelo homem. Aqueles que carecem de discernimento sentem inveja quando veem tais pessoas, e dizem que têm tanto vigor em sua crença em Deus e têm grande fé que elas nunca estão fracas. Na verdade, isso é a manifestação da obra do espírito maligno. Isso é porque as pessoas normais inevitavelmente têm fraquezas humanas; esse é o estado normal daqueles que têm a presença do Espírito Santo.

de ‘Prática (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”

67. Quando o homem tem algum entendimento de Deus, ele está disposto a sofrer e morrer por Deus. Contudo, Satanás ainda tem o controle das fraquezas do homem e isso ainda pode fazê-lo sofrer. Espíritos maus ainda podem trabalhar nas pessoas para interferir com elas, levando-as a um estado mental confuso, a perder os sentidos, a se sentirem mentalmente perturbadas e sofrer a interferência em todas as coisas. Ainda há dentro do homem algumas coisas da mente ou da alma que podem ser controladas e manipuladas por Satanás. Por isso, é possível que você tenha enfermidades, problemas e impulsos suicidas, e às vezes também sinta a desolação do mundo ou que a vida não tem sentido. Isso quer dizer que esse sofrimento ainda está sob a maestria de Satanás; é uma das fraquezas fatais do homem. Satanás ainda é capaz de usar aquelas coisas que ele corrompeu e espezinhou — elas são as armas que Satanás pode usar contra os homens. […] Espíritos malignos aproveitam cada oportunidade para fazer seu trabalho. Eles conseguem falar de dentro de você ou sussurrar em seu ouvido, ou então desordenar seus pensamentos e sua mente; eles podem suprimir o mover do Espírito Santo de tal modo que você não consegue senti-lo. Depois disso começam a interferir com você, confundindo seu pensamento e avariando seu cérebro, deixando você inquieto e desequilibrado. Tal é o trabalho que os espíritos malignos fazem no homem e, a menos que tenha discernimento disso, você se encontrará em grande perigo.

de ‘O sentido de Deus experimentar a dor do mundo’ em “Registros das falas de Cristo”

68. A obra do Espírito Santo é progresso proativo, enquanto a obra de Satanás é regressão e passividade, desobediência a Deus, oposição a Deus, perda de fé em Deus e falta de vontade até para cantar hinos ou se levantar e dançar. O que vem do esclarecimento do Espírito Santo não é imposto a você, mas é especialmente natural. Se o seguir, você terá a verdade, e se não o seguir, posteriormente haverá reprimenda. Caso seja o esclarecimento do Espírito Santo, nada do que você fizer sofrerá interferência nem limitação, você será liberto, haverá uma senda para praticar nas suas ações, você não estará sujeito a restrição alguma e será capaz de agir segundo a vontade de Deus. A obra de Satanás traz muitas coisas que causam interferência em você, o torna indisposto a orar, preguiçoso demais para comer e beber as palavras de Deus e indisposto a viver a vida da igreja, bem como afasta você da vida espiritual. A obra do Espírito Santo não interfere com sua vida cotidiana nem com sua entrada numa vida espiritual normal.

de ‘A obra do Espírito Santo e a obra de Satanás’ em “A Palavra manifesta em carne”

69. Quando algo acontece com você em sua vida cotidiana, como você deve distinguir se isso vem da obra do Espírito Santo ou da obra de Satanás? Quando as condições das pessoas são normais, sua vida espiritual e sua vida na carne são normais e sua razão é normal e ordeira; de modo geral, pode-se dizer que o que elas experimentam e chegam a conhecer dentro delas nessa ocasião decorre de serem tocadas pelo Espírito Santo (terem discernimentos ou possuírem algum conhecimento superficial quando elas comem e bebem as palavras de Deus, serem fiéis quando coisas acontecem com elas ou terem a força para amar a Deus quando coisas acontecem — todas essas são do Espírito Santo). A obra do Espírito Santo no homem é especialmente normal; o homem é incapaz de senti-la e ela parece se dar por meio do próprio homem, mas na verdade é obra do Espírito Santo. No dia a dia, o Espírito Santo faz obra grande e pequena em todo mundo, e o que ocorre é simplesmente que o alcance dessa obra varia. Algumas pessoas são de bom calibre, entendem as coisas com rapidez, e o esclarecimento do Espírito Santo é especialmente grande dentro delas; algumas pessoas são de baixo calibre e precisam de mais tempo para entender coisas, mas o Espírito Santo as toca no interior, e elas também são capazes de alcançar fidelidade a Deus — o Espírito Santo opera em todos aqueles que buscam Deus. Quando, na vida cotidiana, as pessoas não se opõem a Deus nem se rebelam contra Ele, não fazem coisas que estejam em desacordo com a gestão de Deus e não interferem com Sua obra, o Espírito de Deus opera em cada uma delas em medida maior ou menor e as toca, as ilumina, lhes dá fé e força e as induz a entrar proativamente, a não ser preguiçosas e não cobiçar os prazeres da carne, estar dispostas a praticar a verdade e ansiar as palavras de Deus — tudo isso é obra que vem do Espírito Santo.

Quando o estado das pessoas não é normal, elas são abandonadas pelo Espírito Santo, há murmuração dentro delas, suas motivações são erradas, elas são preguiçosas, se satisfazem na carne, e seu coração se rebela contra a verdade, e tudo isso vem de Satanás. Quando as condições das pessoas não são normais, quando elas estão escuras por dentro e perderam sua razão normal, foram abandonadas pelo Espírito Santo e não são capazes de sentir Deus no seu interior, é quando Satanás está operando dentro delas. Se as pessoas sempre têm força interior e sempre amam a Deus, então, em geral, quando coisas lhes acontecem, elas vêm do Espírito Santo, e quem quer que elas encontrem é resultado dos arranjos de Deus. O que significa, quando suas condições são normais, quando você está na grande obra do Espírito Santo, é impossível que Satanás o faça vacilar; com esse fundamento, pode-se dizer que tudo vem do Espírito Santo e que, embora possa ter pensamentos incorretos, você é capaz de rejeitá-los e não os seguir. Tudo isso vem da obra do Espírito Santo. Em quais situações Satanás interfere? Quando suas condições não são normais, quando você não foi tocado por Deus e está sem a obra Dele, e está seco e estéril por dentro, quando você ora a Deus, mas não compreende nada, e come e bebe as palavras de Deus, mas não é esclarecido nem iluminado — em tais ocasiões é fácil para Satanás operar dentro de você. Em outras palavras, quando você foi abandonado pelo Espírito Santo e não consegue sentir Deus, acontecem-lhe muitas coisas que provêm da tentação de Satanás. Satanás opera ao mesmo tempo como o Espírito Santo e interfere no homem ao mesmo tempo em que o Espírito Santo toca o interior do homem; em tais momentos, porém, a obra do Espírito Santo assume a posição de liderança, e pessoas cujas condições são normais podem triunfar, que é o triunfo da obra do Espírito Santo sobre a obra de Satanás. Contudo, quando o Espírito Santo opera, há muito pouca obra de Satanás; quando o Espírito Santo opera, ainda há um caráter desobediente nas pessoas, e tudo que nelas estava originalmente continua a estar lá, mas com a obra do Espírito Santo é fácil conhecerem suas coisas essenciais e seu caráter rebelde a Deus, embora só possam se livrar deles no decurso da obra gradual. A obra do Espírito Santo é especialmente normal e, enquanto Ele opera nas pessoas, elas ainda têm problemas, ainda choram, ainda sofrem, ainda são fracas e ainda não há muita coisa que não lhes são claras, mas, em tal estado, são capazes de impedir que retrocedam e podem amar a Deus e, ainda que chorem e estejam interiormente aflitas, são capazes de louvar Deus; a obra do Espírito Santo é especialmente normal, nem um pouco sobrenatural. A maioria das pessoas crê que, assim que o Espírito Santo começa a operar, ocorrem mudanças no estado das pessoas e suas coisas essenciais são removidas. Tais crenças são falaciosas. Quando o Espírito Santo opera dentro do homem, as coisas passivas do homem continuam ali e sua estatura continua igual, mas ele tem a iluminação e o esclarecimento do Espírito Santo, e assim seu estado é mais proativo, as condições dentro dele são normais, e ele muda rapidamente. Em suas experiências reais, as pessoas experimentam primariamente a obra do Espírito Santo ou de Satanás e, se são incapazes de controlar esses estados e não diferenciam, experiências reais estão fora de questão, sem falar de mudanças no caráter. Assim, o essencial para se experimentar a obra de Deus é ser capaz de discernir essas coisas; dessa forma, será mais fácil para elas experimentar.

de ‘A obra do Espírito Santo e a obra de Satanás’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior:(IV) Palavras sobre a diferença entre a obra de Deus e a do homem

Próximo:(VI) Palavras sobre como entender o próprio caráter e natureza satânicos

Conteúdo Relacionado