4. O que significa ter ganhado vida e o que significa não ter vida

Palavras de Deus relevantes:

Quando as pessoas entendem a verdade e vivem com ela como sua vida, a que vida isso se refere? Refere-se à sua capacidade de basear sua vida nas palavras de Deus; significa que elas têm um conhecimento real das palavras de Deus e um entendimento genuíno da verdade. Quando as pessoas possuem essa nova vida dentro de si, a maneira como vivem é estabelecida sobre um fundamento da palavra de Deus, a verdade, e elas estão vivendo dentro do reino da verdade. A vida das pessoas gira em torno de conhecer e experimentar a verdade e de ter isso como seu fundamento, não ultrapassando esse escopo; essa é a vida referida quando se fala em ganhar a verdade-vida. Para que você viva a verdade como sua vida, não é o caso que a vida da verdade está dentro de você, nem é o caso que, se você possui a verdade como sua vida, você se torna a verdade e sua vida interior se torna a vida da verdade; muito menos pode-se dizer que você é a verdade-vida. No fim das contas, sua vida ainda é a vida de um humano. É apenas que um humano pode viver segundo as palavras de Deus, possuir conhecimento da verdade e entendê-la até certo grau aprofundado; esse entendimento não pode ser tirado de você. Você experimenta e entende essas coisas totalmente, sentindo que são tão boas e preciosas, e você vem a aceitá-las como a base para a sua vida; além do mais, você vive em dependência dessas coisas, e ninguém pode mudar isso: essa, então, é a sua vida. Isto é, sua vida só contém essas coisas — entendimento, experiência e percepções da verdade — e, não importa o que faça, você baseará a maneira como vive nelas, e não ultrapassará esse escopo nem essas fronteiras; esse é precisamente o tipo de vida que você tem. O objetivo último da obra de Deus é que as pessoas tenham esse tipo de vida.

Extraído de ‘Você sabe o que de fato é a verdade?’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Erguer as palavras de Deus e ser capaz de explicá-las despudoradamente não significa estar de posse da realidade; as coisas não são tão simples como você imagina. Estar de posse da realidade não tem por base o que você diz; antes, tem por base o que vive. Só quando as palavras de Deus se tornam a sua vida e a sua expressão natural você pode dizer que tem realidade, e só então pode ser contado como tendo ganhado entendimento verdadeiro e estatura real. Você precisa ser capaz de suportar o exame por longos períodos de tempo e precisa ser capaz de viver a semelhança que é exigida por Deus. Isso não deve ser mera pose; precisa fluir de você naturalmente. Só então você possuirá realidade verdadeiramente, e só então terá ganhado vida. Permita-Me usar o exemplo da provação dos servidores, com a qual todos estão familiarizados: qualquer um pode oferecer as teorias mais grandiosas a respeito de servidores, e todos têm um entendimento decente do assunto; eles falam disso, e cada discurso supera o último, como se fosse uma competição. Todavia, se o homem não passou por uma grande provação, então é muito difícil dizer que ele tem um testemunho bom para dar. Em suma, o viver do homem ainda é muito deficiente, inteiramente contrário a seu entendimento. Portanto, ele ainda tem de se tornar a real estatura do homem e ainda não é a vida do homem. Como o entendimento do homem não foi trazido à realidade, sua estatura ainda é como um castelo construído na areia, que balança e está à beira do desmoronamento. O homem possui pouquíssima realidade; é quase impossível encontrar alguma realidade no homem. Há pouquíssima realidade fluindo naturalmente do homem, e toda a realidade que ele vive foi forçada. Essa é a razão de Eu dizer que o homem não possui realidade. Embora aleguem que seu amor por Deus nunca muda, isso é simplesmente o que as pessoas dizem antes de ter enfrentado quaisquer provações. Quando, um dia, forem confrontadas repentinamente com provações, as coisas de que falam resultarão uma vez mais em desacordo com a realidade, e isso provará de novo que o homem não possui realidade. Pode-se dizer que toda vez que você encontra coisas que não se ajustam às suas noções e que exigem que você se ponha de lado, essas coisas são as suas provações. Antes que a vontade de Deus seja revelada, todos passam por um teste rigoroso e uma provação imensa. Você consegue compreender isso? Quando quer provar as pessoas, Deus sempre lhes permite fazer suas escolhas antes que a verdade real seja revelada. Isso significa que, quando estiver sujeitando o homem a provações, Deus nunca lhe dirá a verdade; essa é a maneira pela qual as pessoas são expostas. Essa é uma maneira de Deus realizar a Sua obra, para ver se você conhece o Deus de hoje, bem como se você possui alguma realidade.

Extraído de ‘Só pôr a verdade em prática é possuir realidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

O homem experimenta a obra de Deus, vem a conhecer a si mesmo, expurga seu caráter corrupto e busca crescimento na vida, tudo isso pelo bem de conhecer a Deus. Se você só busca conhecer a si mesmo e lidar com seu caráter corrupto, mas não tem conhecimento da obra que Deus realiza no homem, nem de quão grande é Sua salvação, nem de como você experimenta a obra de Deus e testemunha Seus feitos, então essa sua experiência é fátua. Se você acha que a vida de alguém alcançou maturidade só porque ele é capaz de colocar a verdade em prática e de suportar, isso significa que você ainda não compreendeu o verdadeiro significado da vida nem o propósito de Deus em aperfeiçoar o homem. Um dia, quando estiver nas igrejas religiosas, entre os membros da Igreja do Arrependimento ou da Igreja da Vida, você encontrará muitas pessoas devotas cujas orações contêm “visões” e que se sentem tocadas e são guiadas por palavras em sua busca da vida. Além disso, em muitos assuntos, elas são capazes de suportar, renunciar a si mesmas e de não ser conduzidas pela carne. Naquele momento, você não será capaz de apontar a diferença: acreditará que tudo que elas fazem é o certo, é a expressão natural da vida e que é lamentável que o nome em que elas acreditam esteja errado. Essas opiniões não são tolas? Por que se diz que muitas pessoas não têm vida? Porque elas não conhecem a Deus e, portanto, diz-se que elas não têm Deus em seu coração e não têm vida. Se a sua crença em Deus atingiu certo ponto em que você é capaz de conhecer completamente os feitos de Deus, a Sua realidade e cada estágio da Sua obra, então você possui a verdade.

Extraído de ‘Somente aqueles que conhecem a Deus podem dar testemunho Dele’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quais são as manifestações de alguém a quem falta a verdade-vida? Sem a verdade, as pessoas estarão naturalmente sujeitas às restrições e amarras de sua natureza satânica; elas revelarão naturalmente um caráter que é arrogante e convencido, egoísta e desprezível, temerário e autocrático. Elas estarão propensas a se gabar, a ser enganosas e traiçoeiras, a suspeitar dos outros, propensas a atacar e julgar os outros; elas sempre avaliarão as pessoas por seus preconceitos e motivos. Elas sempre confiarão nas preferências próprias em suas palavras e ações, e quando encontrarem contratempos ou fracassos elas se tornarão negativas. Às vezes, serão supremamente arrogantes e, às vezes, serão tão negativas que praticamente se enterram no chão. Elas vão a extremos e nunca são normais. Quando não estão mostrando suas presas, fazem uma cara patética. Esse é o tipo de estado em que vocês estão atualmente: estão dispostos a sofrer e pagar um preço; sua resolução e determinação estão completas — mas vocês ainda não possuem verdade-realidade. Como se expressam as pessoas que possuem verdade-realidade para servir? Eu lhes direi alguns indícios importantes. Quando as pessoas possuem verdade-realidade, de um lado, elas entenderam algo da verdade; de outro, começaram a apresentar algumas mudanças no caráter. Mudanças no caráter têm uma característica. Isto é, ser capaz de submeter-se ao que é certo e que está alinhado com a verdade. Seja quem for a lhe dar sugestões — independentemente de ser jovem ou idoso, de vocês se darem bem, e de se o relacionamento entre vocês for bom ou ruim — contanto que diga que algo é correto, alinhado com a verdade e benéfico para a obra da família de Deus, então você pode ouvir, adotá-lo e aceitá-lo, e não ser afetado por quaisquer outros fatores. Esse é o primeiro aspecto dessa característica. Primeiramente, você pode aceitar a verdade, assim como as coisas que são corretas e alinhadas com a verdade. Outro, é ser capaz de buscar a verdade toda vez que encontrar um problema. Você pode não somente aceitar a verdade; você deve também ser capaz de buscá-la. Por exemplo, se encontrar um problema novo que ninguém consegue sondar, você pode buscar a verdade, ver o que deveria fazer ou praticar para tornar a questão alinhada com a verdade-princípios e atender às exigências de Deus. Ainda outro aspecto é ganhar a capacidade de ser atencioso para com a vontade de Deus. Como você deveria ser atencioso para com a vontade de Deus? Isso depende de qual dever você está desempenhando e de que exigências Deus tem para você em seu dever. Você deve entender esse princípio: cumprir seu dever de acordo com o que Deus exige e cumpri-lo para satisfazer a Deus. Você também deve entender a vontade de Deus e qual é o resultado desejado de seu dever, e você deve ser capaz de agir com responsabilidade e fidelidade. Tudo isso são maneiras de ser atencioso para com a vontade de Deus. Se não souber como ser atencioso para com a vontade de Deus na coisa que está fazendo, você precisa fazer uma busca a fim de cumprir a vontade de Deus e satisfazê-Lo. Se vocês podem colocar esses três princípios em prática, medir a maneira como vocês estão realmente vivendo de acordo com eles e encontrar uma senda de prática, então estarão resolvendo os assuntos de acordo com os princípios. Não importa o que encontrem e não importa com que problemas tenham de lidar, vocês precisam sempre procurar por quais princípios deveriam estar praticando, quais detalhes estes incluem e como eles devem ser praticados para que vocês não estejam violando os princípios. Uma vez que tenham um entendimento claro dessas coisas, vocês serão naturalmente capazes de praticar a verdade.

Extraído de ‘Só ao colocar a verdade em prática é possível se livrar dos grilhões de um caráter corrupto’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Quando a verdade se tornar a sua vida, então, se alguém blasfemar contra Deus, não tiver reverência a Deus, for desleixado em seu dever, causar interrupções ou perturbar o trabalho da casa de Deus, e quando você vir isso acontecer, você será capaz de discernir e expor a questão quando necessário, e de abordá-la de acordo com a verdade-princípio. Se a verdade não se tornou sua vida e você ainda vive em seu caráter satânico, quando encontrar pessoas perversas e diabos que causam interrupções e perturbações no trabalho da casa de Deus, você fará vista grossa e se fingirá de surdo; você as ignorará sem ser repreendido por sua consciência. Você até achará que o fato de alguém causar perturbações no trabalho da casa de Deus nada tem a ver com você. Não importa quão grande seja a perda para a obra de Deus e os interesses da Sua casa, você não sentirá nenhuma repreensão por parte da sua consciência, o que significa que você será alguém que vive segundo seu caráter satânico. Satanás controla você e faz com que você viva como algo nem tanto humano nem tanto demoníaco. Você come o que é de Deus, bebe o que é de Deus e desfruta de tudo que vem Dele, mas quando o trabalho da casa de Deus sofre qualquer perda, você acha que não tem nada a ver com você e, quando vê isso acontecer, você até “vira o cotovelo para fora”[a] e não fica do lado de Deus nem defende a obra de Deus nem os interesses da casa de Deus. Isso significa que Satanás tem poder sobre você, não é? Tais pessoas vivem como seres humanos? Evidentemente, são demônios e não humanos! No entanto, quando a verdade domina seu coração e se tornou sua vida, quando você vê o surgimento de algo passivo, negativo ou maligno, a reação em seu coração é totalmente diferente. Primeiro, você sente repreensão e tem uma sensação de incômodo, seguida imediatamente por este sentimento: “Não posso simplesmente não fazer nada e fazer vista grossa. Devo me levantar e falar, devo me manifestar e assumir responsabilidade”. Então você pode se levantar e pôr um fim a esses atos malignos, expondo-os, buscando salvaguardar os interesses da casa de Deus e impedir que a obra de Deus seja perturbada. Você não somente terá essa coragem e determinação e será capaz de entender completamente a questão, mas também cumprirá a responsabilidade que tem para com a obra de Deus e com os interesses de Sua casa, e assim seu dever será cumprido. Como ele será cumprido? Será cumprido por meio da verdade que exerce seu efeito sobre você e se torna sua vida. Dessa forma, uma vez que seu dever estiver cumprido, você não perguntará se Deus pode lhe conceder uma recompensa, se Ele viu suas ações ou se as aceita. Ao contrário, você simplesmente acreditará que é a responsabilidade que devia ter assumido. Assim você não estaria vivendo consciência, razão, humanidade, integridade e dignidade? Seus atos e seu comportamento seriam o “temer a Deus e evitar o mal” do qual Ele fala. Você estaria cumprindo a essência dessas palavras e vivendo sua realidade. Quando a verdade se torna a vida de uma pessoa, ela é capaz de viver essa realidade. Mas se você ainda não entrou nessa realidade, quando revela falsidade, enganação ou disfarce, ou quando vê pessoas perversas em ação ou forças malignas perturbando e interrompendo a obra de Deus, você não sente nem percebe nada. Mesmo quando essas coisas acontecem debaixo do seu nariz, você ainda é capaz de rir e ainda consegue comer e dormir com a consciência tranquila e não sente nem um pouco de autorrepreensão. Entre essas duas vidas que podem viver, qual vocês escolhem? Qual vida tem semelhança humana verdadeira, com a qual você vive a realidade de coisas positivas, e qual vida é uma vida maligna e diabólica? A resposta é evidente. Quando a verdade não se tornou a realidade ou a vida de uma pessoa, então o que ela vive é um tanto lastimável e triste, e ela não tem controle sobre a própria vida. Visto que a verdade não se tornou a vida dentro da pessoa, o que ela faz não está sob seu controle, e embora ela se sinta um pouco triste por causa disso, o sentimento passa rapidamente, e ela não sente remorso algum. Esse é o tamanho da diferença entre esses dois tipos de vida.

Extraído de ‘Só aqueles que praticam a verdade são tementes a Deus’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Se alguém pode satisfazer a Deus ao cumprir seu dever, tem princípios em suas palavras e ações e pode entrar na verdade-realidade em todos os aspectos da verdade, então essa é uma pessoa que é aperfeiçoada por Deus. Pode-se dizer que a obra e as palavras de Deus foram totalmente eficazes para tal pessoa, que as palavras de Deus se tornaram sua vida, que ela obteve a verdade e é capaz de viver de acordo com as palavras de Deus. Depois disso, a natureza de sua carne — isto é, o próprio fundamento da sua existência original — irá se desestruturar e desmoronar. Após possuir as palavras de Deus como sua vida, a pessoa se tornará uma nova pessoa. Se as palavras de Deus se tornam a sua vida, se a visão da obra de Deus, Suas exigências à humanidade, Suas revelações aos humanos e os padrões para uma vida verdadeira que Deus exige que ela atenda tornam-se a sua vida, se ela vive de acordo com essas palavras e verdades, então ela é aperfeiçoada pelas palavras de Deus. Tal pessoa é renascida e tornada uma nova pessoa através das palavras de Deus. Esse é o caminho pelo qual Pedro buscava a verdade; é o caminho de ser aperfeiçoado, aperfeiçoado pelas palavras divinas e alcançar a vida por essas palavras. A verdade dita por Deus tornou-se a vida de Pedro e só então ele se tornou alguém que obteve a verdade.

Extraído de ‘Como trilhar a senda de Pedro’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Se as pessoas têm um entendimento genuíno do caráter de Deus e podem dar um louvor sincero à Sua santidade e justiça, então isso significa que elas verdadeiramente O conhecem e possuem a verdade; só então elas vivem na luz. Somente quando a visão do mundo e da vida de uma pessoa muda, ela passa por uma transformação fundamental. Quando alguém tem um objetivo de vida e se comporta segundo a verdade; quando ele se submete totalmente a Deus e vive segundo Suas palavras; quando se sente em paz e iluminado até o fundo de sua alma; quando seu coração está liberto da escuridão; quando consegue viver de forma completamente livre e irrestrita na presença de Deus, só então é que ele leva uma vida humana genuína, só então ele se tornou uma pessoa que possui a verdade. Além disso, todas as verdades em sua posse vieram das palavras de Deus e do Próprio Deus. O Governante de todo o universo e de todas as coisas, o Deus Altíssimo, o aprova como uma pessoa real que vive uma vida humana verdadeira. O que poderia ser mais significativo que a aprovação de Deus? É isso que significa estar em posse da verdade.

Extraído de ‘Como conhecer a natureza do homem’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

As pessoas frequentemente falam de permitir que Deus seja a vida delas, mas ainda não experimentaram até esse ponto. Você está meramente dizendo que Deus é a sua vida, que Ele guia você todos os dias, que você come e bebe Suas palavras a cada dia, e você ora a Ele todos os dias, e que assim Ele se tornou sua vida. O conhecimento daqueles que dizem isso é muito superficial. Em muitas pessoas não há fundamento; as palavras de Deus foram plantadas dentro delas, mas ainda têm que brotar, muito menos deram algum fruto. Hoje, até que ponto você já experimentou? Só agora, depois de Deus tê-lo obrigado a chegar tão longe, você sente que não pode deixar Deus. Um dia, quando você já experimentou até certo ponto, se Deus o obrigasse a ir embora, você não seria capaz. Você sempre sentirá que não pode ficar sem Deus dentro de você; você pode ficar sem marido, esposa ou filhos, sem família, sem mãe ou pai, sem os prazeres da carne, mas não pode ficar sem Deus. Estar sem Deus será como perder a sua vida, você não poderá viver sem Deus. Quando tiver experimentado até esse ponto, você terá atingido a meta de sua fé em Deus, e dessa forma Deus terá Se tornado sua vida, terá Se tornado o fundamento de sua existência, e você nunca mais será capaz de deixar Deus. Quando tiver experimentado até esse ponto, você realmente terá desfrutado do amor de Deus, seu relacionamento com Deus será tão próximo, Deus será sua vida, seu amor e, nesse momento, você orará a Deus e dirá: “Ó Deus! Eu não posso deixá-Lo, Você é minha vida, eu posso ficar sem tudo mais, mas sem Você não posso continuar vivendo”. Essa é a verdadeira estatura das pessoas; é a vida real. Algumas pessoas foram obrigadas a chegar até o ponto em que estão hoje: elas têm que continuar, quer queiram, quer não, e sempre se sentem como se estivessem entre a cruz e a espada. Você deve experimentar de tal forma que Deus seja a sua vida, de modo que, se Deus fosse tirado de seu coração, seria como perder a sua vida; Deus deve ser a sua vida, e você deve ser incapaz de deixá-Lo. Dessa forma, você terá realmente experimentado a Deus, e nesse momento, quando amar a Deus novamente, você verdadeiramente amará a Deus, e será um amor singular e puro. Um dia, quando suas experiências forem tais que sua vida tenha chegado a certo ponto, quando você orar a Deus e comer e beber as palavras de Deus, você será incapaz de abandonar Deus em seu interior, e será incapaz de esquecê-Lo, mesmo se quiser. Deus terá Se tornado sua vida; você pode esquecer o mundo, pode esquecer sua esposa, marido ou filhos, mas terá dificuldade de se esquecer de Deus — isso é impossível, esta é sua verdadeira vida e seu verdadeiro amor por Deus. Quando o amor das pessoas a Deus alcança certo ponto, nada do que amam é igual ao amor delas a Deus. Ele é o primeiro amor delas, e assim, é capaz de desistir de tudo e está disposto a aceitar todo o tratamento e poda de Deus. Quando você tiver alcançado um amor a Deus que supere tudo mais, você viverá na realidade e no amor de Deus.

Extraído de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

Nota de rodapé:

a. “Virar o cotovelo para fora” é uma expressão chinesa, que significa que uma pessoa ajuda outras à custa de pessoas próximas a essa pessoa, por exemplo, pais, filhos, parentes ou irmãos.

Anterior: 3. Quais condições os servidores devem cumprir para se tornar pessoas de Deus

Próximo: 5. Como distinguir o trigo do joio

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

4. Por que não se conseguirá obter vida eterna defendendo e adorando a Bíblia

Muitas pessoas acreditam que entender e ser capaz de interpretar a Bíblia é o mesmo que encontrar o caminho verdadeiro — mas, na verdade, será que as coisas são tão simples assim? Ninguém conhece a realidade da Bíblia: que não é mais do que um registro histórico da obra de Deus e um testamento dos dois estágios anteriores da obra de Deus, e não oferece uma compreensão dos objetivos da obra de Deus. Todo mundo que leu a Bíblia sabe que documenta os dois estágios da obra de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça.

2. As ovelhas de Deus ouvem Sua voz, e é somente ouvindo a voz de Deus que se pode encontrar o Senhor retornado

As palavras do Deus encarnado iniciam uma nova era, guiam toda a humanidade, revelam mistérios e mostram ao homem a direção à frente em uma nova era. O esclarecimento obtido pelo homem nada mais é do que simples prática ou conhecimento. Não pode guiar a humanidade inteira rumo a uma nova era nem revelar os mistérios do Próprio Deus. Deus, afinal, é Deus, e o homem é o homem. Deus tem a substância de Deus, e o homem tem a substância do homem.

1. O que são a igreja de Deus e grupos religiosos

Hoje, todos aqueles que seguem as palavras atuais de Deus estão na corrente do Espírito Santo; os que são estranhos às palavras atuais de Deus estão fora da corrente do Espírito Santo, e tais pessoas não são elogiadas por Deus. Um serviço divorciado das declarações atuais do Espírito Santo é um serviço que é da carne e de concepções, e é incapaz de estar de acordo com a vontade de Deus. Se as pessoas vivem entre concepções religiosas, elas não são capazes de fazer nada que é apto para a vontade de Deus e, embora sirvam a Deus, elas servem em meio à sua imaginação e concepções e são totalmente incapazes de servir conforme a vontade de Deus. Aqueles que são incapazes de seguir a obra do Espírito Santo não compreendem a vontade de Deus, e aquelas que não compreendem a vontade de Deus não podem servir a Deus. Deus quer serviço que seja segundo Seu coração; Ele não quer serviço que é de concepções e da carne. Se as pessoas são incapazes de seguir os passos da obra do Espírito Santo, elas vivem em meio a concepções. O serviço de tais pessoas interrompe e perturba e tal serviço vai contra Deus. Portanto, aqueles que são incapazes de seguir os passos de Deus são incapazes de servir a Deus; com toda certeza, aqueles que são incapazes de seguir os passos de Deus se opõem a Deus e não são capazes de ser compatíveis com Deus. “Seguir a obra do Espírito Santo” significa entender a vontade de Deus hoje, ser capaz de agir em conformidade com as atuais exigências de Deus, ser capaz de obedecer e seguir ao Deus de hoje e entrar em concordância com as declarações mais recentes de Deus. Só essa pessoa é alguém que segue a obra do Espírito Santo e está na corrente do Espírito Santo.

2. Definir o único Deus verdadeiro como o Deus trino é blasfemar contra Deus e é a falácia mais absurda

Se algum entre vocês disser que a Trindade realmente existe, então explique exatamente o que é este único Deus em três pessoas. O que é o Pai Santo? O que é o Filho? O que é o Espírito Santo? Jeová é o Pai Santo? Jesus é o Filho? E o Espírito Santo? Não é o Pai um Espírito? Não é a substância do Filho também um Espírito? A obra de Jesus não foi a obra do Espírito Santo? Não foi a obra de Jeová realizada na época por um Espírito igual ao de Jesus? Quantos Espíritos Deus pode ter? De acordo com a sua explicação, as três pessoas do Pai, do Filho e do Espírito Santo são uma; se assim for, existem três Espíritos, mas ter três Espíritos significa que há três Deuses. Isso significa que não há um único Deus verdadeiro; como esse tipo de Deus ainda pode ter a substância inerente de Deus? Se você aceita que há somente um Deus, então como Ele pode ter um filho e ser pai? Tudo isso não são simplesmente suas noções?

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro