Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhos a Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

IV. É preciso dar testemunho do aspecto da verdade acerca da relação entre as três etapas da obra de Deus e Seus nomes

1. Por que Deus é chamado por diferentes nomes em diferentes eras? Quais são os significados dos nomes de Deus?

Palavras de Deus relevantes:

Você deve saber que, originalmente, Deus não tinha nome. Ele só assumiu um, dois ou muitos nomes porque tinha obra a fazer e tinha que gerenciar a humanidade. Seja qual for o nome pelo qual Ele é chamado – Ele não o escolheu Ele mesmo livremente? Ele precisaria de você – uma de Suas criaturas – para decidir isso? O nome pelo qual Deus é chamado é um nome que está de acordo com o que o homem é capaz de apreender, com a linguagem da humanidade, mas esse nome não é algo que o homem possa abranger.

de ‘A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Em todas as eras em que Deus faz Sua própria obra pessoalmente, Ele utiliza um nome que convém à era de forma a resumir a obra que Ele pretende fazer. Ele utiliza esse nome em particular, que possui significado temporal, para representar Seu caráter naquela era. Isso é Deus utilizando a linguagem da humanidade para expressar Seu próprio caráter.

de ‘A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Poderia o nome de Jesus – “Deus conosco” – representar o caráter de Deus em sua totalidade? Poderia ele expressar Deus completamente? Se o homem diz que Deus só pode ser chamado de Jesus e não pode ter outro nome porque Deus não pode mudar Seu caráter, essas palavras são blasfêmia de fato! Você acredita que o nome Jesus, Deus conosco, sozinho, pode representar Deus em Sua totalidade? Deus pode ser chamado por muitos nomes, mas entre esses muitos nomes, não há um que seja capaz de resumir tudo de Deus, nem um que possa representar totalmente a Deus. Assim, Deus tem muitos nomes, mas esses muitos nomes não podem expressar completamente o caráter de Deus, pois o caráter de Deus é tão rico que simplesmente excede a capacidade do homem de conhecê-Lo. Não há como o homem, utilizando a linguagem da humanidade, resumir Deus completamente. A humanidade tem apenas um vocabulário limitado para resumir tudo o que ela sabe a respeito do caráter de Deus: grande, honrado, maravilhoso, insondável, supremo, santo, justo, sábio e assim por diante. Palavras demais! Este vocabulário limitado é incapaz de descrever o pouco que o homem testemunhou do caráter de Deus. Com o tempo, muitos outros acrescentaram palavras que acharam mais capazes de descrever o fervor em seus corações: Deus é grande demais! Deus é santo demais! Deus é amável demais! Hoje, dizeres humanos como esses chegaram ao seu ponto máximo, mas o homem ainda é incapaz de se expressar claramente. E assim, para o homem, Deus tem muitos nomes, mas Ele não tem um único nome, e isso é porque o ser de Deus é abundante demais, e a linguagem do homem é pobre demais. Uma palavra ou nome em particular não é capaz de representar Deus em Sua totalidade, então você acha que o nome Dele pode ser fixo? Deus é tão grande e tão santo, mas você não permitirá que Ele mude Seu nome em cada nova era?

de ‘A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Algumas pessoas dizem que o nome de Deus não muda, então, por que o nome Jeová se tornou Jesus? O que foi profetizado foi a vinda do Messias, então, por que veio um homem com o nome de Jesus? Por que o nome de Deus mudou? Essa obra já não havia sido feita muito tempo atrás? Será que Deus não pode, hoje, realizar uma nova obra? A obra do passado pôde ser alterada e a obra de Jesus pôde continuar a de Jeová. Não é possível, portanto, que a obra de Jesus seja sucedida por outra obra? Se o nome de Jeová pôde ser mudado para Jesus, não será possível, também, que o nome de Jesus seja mudado? Isso não é incomum, mas há quem pense assim[a] por conta da ingenuidade. Deus será sempre Deus. Independentemente das mudanças na obra e no nome divinos, o caráter e a sabedoria de Deus permanecerão para sempre inalteradas. Se acreditar que Deus só pode ser chamado pelo nome Jesus, você sabe pouco. Você ousa afirmar que Jesus é o nome eterno de Deus, que Deus será para sempre chamado pelo nome Jesus e que isso jamais irá mudar? Você ousa afirmar com toda certeza que é o nome de Jesus que concluiu a Era da Lei e que também concluirá a era final? Quem pode afirmar que a graça de Jesus pode encerrar esta era?

de ‘Como o homem que definiu Deus de acordo com as suas concepções pode receber as revelações de Deus?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Supondo que a obra de Deus em todas as eras seja sempre a mesma, e Ele é sempre chamado pelo mesmo nome, como o homem O conheceria? Deus deve ser chamado de Jeová e, exceto por um Deus chamado de Jeová, qualquer um que seja chamado por outro nome não é Deus. Do contrário, Deus só pode ser Jesus e, exceto pelo nome de Jesus, Ele não pode ser chamado por nenhum outro nome; além de Jesus, Jeová não é Deus, e Deus Todo-Poderoso também não é Deus. O homem acredita ser verdade que Deus é todo-poderoso, mas Deus é um Deus que está com o homem e Ele deve ser chamado de Jesus, pois Deus está com o homem. Fazer isso é conformar-se à doutrina e confinar Deus a um determinado escopo. Assim, em cada era, a obra que Deus faz, o nome pelo qual Ele é chamado e a imagem que Ele assume – que obra Ele faz em cada estágio até hoje – estes não seguem um único regulamento, e não estão sujeitos a quaisquer limitações. Ele é Jeová, mas Ele também é Jesus, assim como o Messias e Deus Todo-Poderoso. Sua obra pode sofrer uma transformação gradual, com mudanças correspondentes em Seu nome. Nenhum nome único pode representá-Lo plenamente, mas todos os nomes pelos quais Ele é chamado são capazes de representá-Lo, e a obra que Ele faz em cada a era representa Seu caráter.

de ‘A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Em cada era, Deus faz uma nova obra e é chamado por um novo nome; como ele poderia fazer a mesma obra em diferentes épocas? Como Ele poderia Se agarrar ao velho? O nome de Jesus foi usado pelo bem da obra da redenção, então Ele ainda seria chamado pelo mesmo nome quando retornasse nos últimos dias? Ele ainda estaria fazendo a obra da redenção? Por que Jeová e Jesus são um, todavia Eles são chamados por nomes diferentes em eras diferentes? Não é porque as eras de sua obra são diferentes? Poderia um único nome representar Deus em Sua totalidade? Sendo assim, Deus deve ser chamado por um nome diferente em uma era diferente, e Ele deve utilizar o nome para alterar a era e representar a era. Pois nenhum nome pode representar totalmente o Próprio Deus, e cada nome só é capaz de representar o aspecto temporal do caráter de Deus em uma determinada era; tudo que ele precisa fazer é representar Sua obra. Portanto, Deus pode escolher qualquer nome apropriado a Seu caráter para representar a era inteira.

de ‘A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Assim, a cada vinda, Deus é chamado por um nome, Ele representa uma era e Ele abre um novo caminho; e em cada novo caminho, Ele assume um novo nome, que mostra que Deus é sempre novo e nunca velho, e que Sua obra nunca deixa de progredir. A história está sempre seguindo em frente, e a obra de Deus está sempre seguindo em frente. Para que Seu plano de gestão de seis mil anos chegue ao fim, ele deve continuar avançando. Cada dia Ele deve fazer uma nova obra, a cada ano Ele deve fazer uma nova obra; Ele deve abrir novos caminhos, deve lançar novas eras, começar uma obra nova e maior e, junto com elas, trazer novos nomes e novas obras.

de ‘A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Nota de rodapé:

a. Lê-se no texto original: “e isso é”.

Anterior:Qual é a consequência e o resultado da rejeição do mundo religioso à obra de julgamento de Deus nos últimos dias?

Próximo:Qual é a relação entre cada etapa da obra de Deus e Seu nome?

Coisas que talvez lhe interessem