Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhos a Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

43. Em que Deus baseia Sua conclusão para o fim de uma pessoa?

Palavras de Deus relevantes:

Agora é o momento de Eu determinar o fim de cada pessoa, não a etapa de começar a operar o ser humano. Anoto no Meu livro de registros, uma por uma, as palavras e ações de cada pessoa, bem como a sua senda ao Me seguirem, suas características inerentes e seu desempenho final. Desse modo, nenhuma espécie de homem escapará à Minha mão e todos estarão com os de seu próprio tipo, segundo Eu designar. Eu decido o destino de cada pessoa não com base na idade, senioridade, quantidade de sofrimento, nem muito menos, o grau em que ela causa compaixão, mas de acordo com ela possuir ou não a verdade. Não há outra escolha além dessa.

de ‘Você deve preparar boas ações suficientes para seu destino’ em “A Palavra manifesta em carne”

Há uma frase que vocês devem anotar. Eu acredito que essa frase seja muito importante, pois, para Mim, ela vem à mente incontáveis vezes todos os dias. Por que isso? Porque todas as vezes em que Eu Me deparo com alguém, todas as vezes em que Eu ouço a história de alguém, todas as vezes em que Eu ouço a experiência de alguém ou o seu testemunho sobre acreditar em Deus, Eu sempre uso essa frase para pesar se esse indivíduo é ou não o tipo de pessoa que Deus quer, o tipo de pessoa que Deus gosta. Então, qual é essa frase? […] É: “Ande no caminho de Deus: tema a Deus e evite o mal”. […] por que Eu estou discutindo essa frase? Apesar da perspectiva de vocês, ou daquilo que pensarão, Eu tenho que discuti-la porque ela é extremamente relevante para a forma como Deus estabelece o desfecho do homem. Não importa qual seja o seu entendimento atual com relação a essa frase, ou como vocês a tratam, Eu ainda vou lhes dizer: se alguém puder praticar essa frase de maneira apropriada e alcançar o padrão de temer a Deus e evitar o mal, então, essa pessoa estará segura como um sobrevivente e, portanto, estará segura como alguém com um bom desfecho. Se você não consegue atender o padrão apresentado por essa frase, então, seria possível dizer que o seu desfecho é desconhecido. Portanto, Eu falo a vocês sobre essa frase para a sua própria preparação mental de modo que vocês saibam que tipo de padrão Deus utiliza para mensurá-los.

de ‘Como conhecer o caráter de Deus e o resultado de Sua obra’ em “A Palavra manifesta em carne”

Como Deus estabelece o desfecho do homem e o padrão pelo qual Ele estabelece o desfecho do homem

Antes de você ter qualquer um de seus pontos de vista ou conclusões, você deve, primeiro, entender a atitude de Deus para com você, o que Deus está pensando, e, então, decidir se a sua própria ideia é ou não correta. Deus nunca usou unidades de tempo para estabelecer o desfecho de uma pessoa e Ele nunca usou a quantidade de sofrimento suportada por alguém para estabelecer seu desfecho. Então, o que Deus usa como um padrão para estabelecer o desfecho do homem? Usar unidades de tempo para estabelecer um desfecho de uma pessoa – isso é que mais se conforma às concepções das pessoas. E ainda existem aqueles indivíduos que vocês veem com frequência, aqueles que, em certo ponto, dedicaram-se muito, despenderam muito, pagaram muito, sofreram muito. Esses são aqueles que, no ponto de vista de vocês, podem ser salvos por Deus. Tudo que essas pessoas mostram, tudo que elas vivem, é precisamente a concepção da humanidade do padrão pelo qual Deus estabelece o desfecho do homem. Apesar daquilo que vocês acreditam, Eu não listarei esses exemplos um por um. Em suma, contanto que não seja o padrão do próprio pensamento de Deus, então, ele vem da imaginação do homem e é tudo concepção do homem. Qual é a consequência de insistir cegamente em sua própria concepção e imaginação? Obviamente, a consequência só pode ser Deus rejeitando você. Isso se dá porque você sempre ostenta as suas qualificações diante de Deus, compete com Deus e disputa com Deus, e você não tenta verdadeiramente compreender o pensamento de Deus, nem tenta verdadeiramente compreender as intenções de Deus e a atitude de Deus para com a humanidade. Proceder dessa maneira é honrar a si mesmo sobre todas as coisas, não honrar a Deus. Você acredita em si mesmo; você não acredita em Deus. Deus não quer esse tipo de pessoa e Deus não salvará esse tipo de pessoa. Se você conseguir se livrar desse tipo de ponto de vista e, depois, retificar esses pontos de vista incorretos do passado; se você puder proceder de acordo com as demandas de Deus; começar a praticar o caminho de temer a Deus e evitar o mal desse ponto em diante; conseguir honrar a Deus como grande em todas as coisas; não usar suas próprias fantasias pessoais, pontos de vista ou crenças para definir a si mesmo, definir a Deus. E, em vez disso, você buscar as intenções de Deus em todos os aspectos, você alcançar uma realização e entendimento da atitude de Deus para com a humanidade e você usar o padrão de Deus para satisfazer a Deus – isso seria maravilhoso! Isso significaria que você está prestes a embarcar no caminho de temer a Deus e evitar o mal.

Uma vez que Deus não usa a maneira como as pessoas pensam dessa forma ou daquela forma, as ideias e pontos de vista delas, como um padrão para estabelecer o desfecho do homem, então, que tipo de padrão Ele usa? Deus usa as provações para estabelecer o desfecho do homem. Há dois padrões para usar as provações para estabelecer o desfecho do homem: o primeiro é o número de provações que as pessoas passam, e o segundo é o resultado das pessoas nessas provações. São esses dois indicadores que estabelecem o desfecho do homem. Agora, nós explicaremos melhor esses dois padrões.

Em primeiro lugar, quando você for confrontado com uma provação de Deus (nota: é possível que, em sua visão, essa provação seja pequena e não seja digna de menção), Deus lhe deixará claramente ciente de que essa é a mão de Deus sobre você, e que é Deus quem arranjou essa circunstância para você. Quando sua estatura for imatura, Deus arranjará provações a fim de testar você. Essas provações corresponderão à sua estatura, aquilo que você seja capaz de entender e aquilo que você seja capaz de suportar. Testar que parte de você? Testar a sua atitude para com Deus. Essa atitude é muito importante? Claro que é importante! Além do mais, ela é especialmente importante! Como essa atitude do homem é o resultado que Deus quer, é a coisa mais importante no que diz respeito a Deus. Do contrário, Deus não despenderia Seus esforços nas pessoas empenhando-Se nesses tipos de obra. Deus quer ver a sua atitude para com Ele por meio dessas provações; Ele quer ver se você está ou não na senda certa; e Ele quer ver se você está ou não temendo a Deus e evitando o mal. Portanto, independentemente de você entender muito ou pouco da verdade nesse momento em particular, você ainda será confrontado com a provação de Deus e, depois de qualquer aumento na quantidade da verdade que você entender, Deus continuará a arranjar provações correspondentes para você. Quando você, mais uma vez, for confrontado com uma provação, Deus irá querer ver se o seu ponto de vista, as suas ideias e a sua atitude para com Deus tiveram ou não algum crescimento nesse meio tempo. Algumas pessoas dizem: “Por que Deus sempre quer ver as atitudes das pessoas? Deus não viu como elas colocaram a verdade em prática? Por que Deus ainda quer ver as atitudes das pessoas?”. Essa é uma verborreia sem sentido! Já que Deus procede dessa forma, então, as intenções de Deus devem estar nisso. Deus sempre observa as pessoas ao lado delas, observando cada palavra e feito delas, cada ação e movimento delas, até mesmo cada pensamento e ideia delas. Todas as coisas que acontecem com as pessoas: seus bons feitos, suas faltas, suas transgressões e até mesmo suas rebeldias e traições, Deus registrará tudo como evidência para estabelecer o desfecho delas. À medida que a obra de Deus se desenvolve passo a passo, você ouve mais e mais verdade, você aceita mais e mais coisas positivas, informações positivas e a realidade da verdade. Ao longo do curso desse processo, as exigências que Deus faz de você também aumentarão. Ao mesmo tempo, Deus arranjará provações mais pesadas para você. O Seu objetivo é examinar se a sua atitude para com Deus amadureceu ou não nesse meio tempo. Claro, durante esse tempo, o ponto de vista que Deus demanda de você se conforma ao seu entendimento da realidade da verdade.

À medida que a sua estatura se desenvolve gradualmente, o padrão que Deus demanda de você também se desenvolverá de forma gradual. Quando você for imaturo, Deus lhe dará um padrão bem baixo; quando a sua estatura estiver um pouco maior, Deus lhe dará um padrão um pouco maior. No entanto, como Deus será depois de você entender tudo da verdade? Deus fará você enfrentar provações ainda maiores. No meio dessas provações, o que Deus quer obter, o que Deus quer ver, é o seu conhecimento mais profundo de Deus e o seu verdadeiro temor. Nesse momento, as demandas que Deus faz de você serão maiores e “mais severas” do quando a sua estatura era mais imatura (nota: As pessoas as veem como severas, mas, na verdade, Deus as vê como razoáveis). Quando Deus está dando provações para as pessoas, que tipo de realidade Deus quer criar? Deus está constantemente pedindo que as pessoas deem a Ele o seu coração. Algumas pessoas dirão: “Como alguém dá isso? Eu cumpro meu dever, eu abandonei o meu lar e meio de vida, eu despendi por Deus. Esses não são todos exemplos de dar o meu coração a Deus? De que outra maneira eu poderia dar o meu coração para Deus? Será que esses não são exemplos de dar o meu coração para Deus? Qual é a exigência específica de Deus?”. Essa exigência é muito simples. Na realidade, há algumas pessoas que já deram o seu coração a Deus em diferentes graus em vários estágios de suas provações. Porém, a grande maioria das pessoas nunca dá o seu coração a Deus. Quando Deus dá a você uma provação, Deus vê se o seu coração está com Deus, com a carne ou com Satanás. Quando Deus dá a você uma provação, Deus vê se você está ou não em oposição a Deus, ou se você está ou não em uma posição que é compatível com Ele e Ele vê se o seu coração está ou não do mesmo lado que Ele. Quando você é imaturo e enfrenta provações, a sua confiança é muito baixa, e você não consegue saber exatamente o que é que você precisa fazer a fim de satisfazer as intenções de Deus porque você tem um entendimento limitado da verdade. Apesar de tudo isso, você ainda pode orar a Deus de forma genuína e sincera, estar disposto a dar o seu coração a Deus, a fazer de Deus o seu soberano e estar disposto a oferecer a Deus aquelas coisas que você acredita que sejam as mais preciosas. Isso é o que é já ter dado o seu coração a Deus. À medida que você ouvir mais e mais pregações e você entender mais e mais a verdade, a sua estatura também amadurecerá gradualmente. O padrão que Deus demanda de você nesse momento não é o mesmo de quando você era imaturo; Ele demanda um padrão maior do que aquele. Quando o coração do homem é dado gradualmente a Deus, ele está se aproximando cada vez mais de Deus; quando o homem consegue verdadeiramente se aproximar de Deus, ele, de modo crescente, tem um coração que O teme. Deus quer esse tipo de coração.

Quando Deus quiser obter o coração de alguém, Ele lhe dará numerosas provações. Durante essas provações, se Deus não obtiver o coração dessa pessoa, nem vir que essa pessoa tem alguma atitude – isso quer dizer que Ele não vê que essa pessoa faz coisas ou se comporta de uma maneira que teme a Deus e Ele não vê uma atitude e resolução que evite o mal por parte dessa pessoa. Se for dessa maneira, então, após numerosas provações, a paciência de Deus para com esse indivíduo será retirada e Ele não tolerará mais essa pessoa. Ele não dará mais provações para ela e Ele não operará mais nela. Então, isso implica que o desfecho dessa pessoa será qual? Significa que ela não terá desfecho. É possível que essa pessoa não tenha feito o mal. É possível também que ela não tenha feito nada para interromper ou perturbar. É possível também que ela não tenha resistido abertamente a Deus. Todavia, o coração dessa pessoa está oculto a Deus. Ela nunca teve uma atitude e um ponto de vista claros para com Deus, e Deus não consegue ver com nitidez que o coração dela foi dado a Ele e Ele não consegue ver com clareza que essa pessoa está buscando temer a Deus e evitar o mal. Deus não tem mais paciência com essas pessoas, Ele não pagará mais preço algum, Ele não estenderá mais misericórdia e Ele não operará mais nelas. A vida da crença dessa pessoa em Deus já está acabada. Isso se dá porque em todas as provações que Deus deu a essa pessoa, Deus não obteve o resultado que Ele quer.

de ‘Como conhecer o caráter de Deus e o resultado de Sua obra’ em “A Palavra manifesta em carne”

Trechos de sermão e comunhão para referência:

Deus determina o desfecho do homem de acordo com se ele tem a verdade! Se não tiver a verdade, não adianta, não importa quanto sofrimento você tenha suportado! É em vão. Isso prova que você está na senda errada de crer em Deus. Esse é o caráter justo de Deus! Deus não se importa com quantos anos você vem seguindo nem com quanta amargura você suportou; Ele se importa ainda menos com quanto você abandonou. Qual é o resultado que Deus quer? É se você tem conhecimento Dele, se O teme e evita o mal; esse é o resultado desejado. Se você não consegue esse resultado, essa resposta, isso prova que a senda em que você está andando é errada; você não é uma pessoa que busca a verdade; essa senda em que você está andando não é a da busca da verdade. Agora, ainda há muitas pessoas sempre se gabando de seu sofrimento, dando-se ares de veteranos de guerra. Essas pensam: “Como sou crente há um longo tempo, já abandonei muitas coisas”. Também pensam: “Creio em Deus há tantos anos, suportei tantos anos de sofrimentos, até fui preso, aguentei tortura, enfrentei a séria perseguição do grande dragão vermelho; isto é essencial para que eu alcance a salvação, essencial para entrar no reino do céu”. Essas palavras são insustentáveis. De acordo com o quê eu digo que são insustentáveis? Por causa do objetivo de Deus, o efeito de Sua obra é fazer com que as pessoas O conheçam, temam e evitem o mal. Se esse não for exatamente o efeito alcançado em você, então você deve ser eliminado. Deus determina o desfecho do homem de acordo com se ele tem a verdade; o que quer dizer “se o homem tem a verdade”? É se você alcança os resultados de temer a Deus e evitar o mal em sua experiência da obra de Deus.

de ‘Sermões e comunhão sobre a palavra de Deus

“Conhecer Deus é a senda para temer a Deus e evitar o mal”’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida (X)”

Anterior:Que pessoas Deus salva? Que pessoas Ele elimina?

Próximo:O que são pessoas de Deus? O que são servidores?

Coisas que talvez lhe interessem