Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhos a Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

Pergunta 2: Vocês testificam que Deus se encarnou e tornou-se o Filho do homem para realizar a obra de julgamento nos últimos dias, ainda assim, a maioria dos pastores e anciãos religiosos afirma que o Senhor voltará em meio a nuvens e baseia isso principalmente nos seguintes versículos da Bíblia: “Esse Jesus, [...] há de vir assim como para o céu o vistes ir” (Atos 1:11). “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá” (Apocalipse 1:7). Além disso, os pastores e anciãos religiosos também nos informam que qualquer Senhor Jesus que não venha em nuvens é falso e deve ser abandonado. Portanto, não temos certeza se essa visão condiz ou não com a Bíblia; é correto tomar isso como verdade ou não?

Resposta:

Quando se trata de esperarmos que o Senhor desça com as nuvens, não devemos confiar nas noções e na imaginação do homem! Os fariseus cometeram um grande erro ao esperaraem a chegada do Messias. Usaram exatamente as noções e ideias do homem para avaliar o Senhor Jesus que já havia chegado. No fim, eles crucificaram o Senhor Jesus. Não é verdade? Esperar pela chegada do Senhor é algo tão simples como pensamos? Se o Senhor retornar e trabalhar entre a humanidade do modo como o Senhor Jesus em carne fez e não o reconhecermos, também O julgaríamos e condenaríamos como os fariseus fizeram e O crucificaríamos novamente? Isso é possível? O Senhor Jesus profetizou que voltará e disse muitas coisas sobre isso, mas vocês só se apegam à profecia de que o Senhor descerá com as nuvens e não investigam outras profecias mais importantes ditas pelo Senhor. Assim fica fácil andar pelo caminho errado e abandonar o Senhor! Não existe somente a profecia “descer com as nuvens” na Bíblia. Existem também profecias dizendo que o Senhor virá como um ladrão e descerá em segredo. Por exemplo, em Apocalipse 16:15: “Eis que venho como ladrão.” Mateus 25:6, “Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro!” E Apocalipse 3:20: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.” Todas essas profecias se referem a Deus tornando-se carne como o Filho do homem e descendo em segredo. “Como ladrão” significa vir silenciosamente, em segredo. Certo. As pessoas não saberão que Ele é Deus, mesmo que O vejam ou ouçam, exatamente como foi no passado quando o Senhor Jesus apareceu e realizou sua obra. Por fora, o Senhor Jesus era apenas um Filho do homem comum e ninguém sabia que Ele era Deus. Por isso o Senhor Jesus usou a expressão “como ladrão” como analogia para a manifestação e obra do Filho do homem. Faz sentido. Quem não ama a verdade, não importa o que Deus na carne fale, como trabalhe ou quantas verdades Ele declare, ainda assim não O aceita. Em vez disso, trata Deus na carne como uma pessoa normal e O condena e O abandonam. Por isso o Senhor Jesus profetizou que quando voltar: “Pois, assim como o relâmpago, fuzilando em uma extremidade do céu, ilumina até a outra extremidade, assim será também o Filho do homem no seu dia. Mas primeiro é necessário que ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração” (Lucas 17:24-25). Com base na profecia do Senhor, Seu retorno será “a vinda do Filho do homem”. “Filho do homem” refere-se a Deus na carne, não o corpo espiritual do Senhor Jesus descendo com as nuvens para aparecer abertamente a todas as pessoas. E por que é assim? Vamos pensar nisso. Se fosse o corpo espiritual do Senhor Jesus ressuscitado que descesse do céu com as nuvens de modo que todos vissem, seria algo incrivelmente poderoso e chocaria o mundo. Todos cairiam e ninguém ousaria resistir. Nesse caso, o Senhor Jesus retornado ainda passaria por muito sofrimento e seria rejeitado por esta geração? Definitivamente não. Por isso o Senhor Jesus profetizou que Seu retorno será “a vinda do filho do homem” e “como ladrão”. Na verdade, ele se refere ao Filho do homem encarnado chegando em segredo.

Qual é a relação entre o Filho do homem descendo em segredo e realizar a Sua obra e Deus abertamente aparecendo ao descer com as nuvens? O que esse processo envolve? Vamos falar sobre isso de maneira simples. Nos últimos dias, Deus encarnará e descerá secretamente entre os homens para dizer Sua palavra, realizando o julgamento, começando pela casa de Deus, purificando e aperfeiçoando todos os que ouvirem Sua voz e se voltarem para Seu trono e transformando-os em um grupo de vencedores. Então Deus realiza a grande destruição, refinando e castigando todos os que não aceitam o julgamento de Deus nos últimos dias. Depois, Deus descerá com as nuvens para abertamente aparecer a todos os homens. Isso cumpriria totalmente a profecia que se encontra em Apocalipse 1:7: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele.” Quando o Senhor descer com as nuvens, aqueles que O trespassaram ainda O verão. Quem são as pessoas que O trespassaram? Alguns dizem que são aqueles que crucificaram o Senhor Jesus. Será mesmo? Aqueles que crucificaram o Senhor Jesus não foram amaldiçoados e destruídos por Deus há muito tempo? Na verdade, aqueles que O trespassaram são os que, durante o período em que Deus encarnado descer em segredo nos últimos dias para trabalhar, não buscam a voz de Deus e condenam e resistem a Deus Todo-Poderoso. Eles verão, então, que Deus Todo-Poderoso a quem resistiram e condenaram é o Jesus Salvador que amargamente aguardaram todos esses anos. Eles baterão no peito, lamentarão e rangerão os dentes, mas seu fim será apenas punição. O Livro do Apocalipse não diz se tais pessoas viverão ou morrerão no final, então não temos como saber. Só Deus sabe. Até aqui deve estar tudo bem esclarecido: só as virgens prudentes que ouvirem a voz de Deus testemunharão a volta do Senhor, serão levadas diante do trono de Deus para participar do banquete do matrimônio do Cordeiro e serão aperfeiçoadas por Deus, se transformndo em uma vencedora. Isso cumpre a profecia que se encontra em Apocalipse 14:4: “Estes são os que não se contaminaram com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes foram comprados dentre os homens para serem as primícias para Deus e para o Cordeiro.” Quanto aos que se apegam à noção de que o Senhor descerá com as nuvens, mas não investigam a obra de Deus nos últimos dias, são considerados como as virgens tolas. Especialmente os que resistem furiosamente a Deus Todo-Poderoso e O rejeitam. Esses são os fariseus e anticristos expostos pela obra de Deus nos últimos dias. São os que crucificaram Deus novamente. Todos eles cairão na grande destruição e receberão a punição. Até este ponto de nossa conversa, que erro cometeram as pessoas que apenas aceitam o Senhor que desce com as nuvens, que tipo de pessoas elas são, e qual será o fim delas, são coisas que todos devem entender bem agora.

Vejamos como os fariseus aguardaram a chegada do Messias e por que eles crucificaram o Senhor Jesus. Para começar, os fariseus estavam cheios de noções e ideias quanto ao Messias. Eles viram esta profecia bíblica: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros” (Isaías 9:6). “Mas tu, Belém Efrata, posto que pequena para estar entre os milhares de Judá, de ti é que me sairá aquele que há de reinar em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade” (Miquéias 5:2). Com base nas palavras das profecias bíblicas e várias fantasias e deduções de longa data com relação à chegada do Messias, os fariseus determinaram que o Senhor seria definitivamente chamado Messias e certamente nasceria numa família rica. Depois, Ele seria como Davi e se tornaria o Rei de Israel, libertando-os do domínio do governo romano. A maioria dos israelitas provavelmente pensava assim. Mas Deus não cumpriu essas profecias de acordo com as noções e ideias deles. Assim, os fariseus buscaram todo tipo de acusações contra o Senhor Jesus, O condenaram e blasfemaram contra Ele. Embora naquela época o Senhor Jesus tenha dito muitas verdades e realizado muitos milagres, demonstrando totalmente a autoridade e o poder de Deus, os fariseus não se importaram com a profundidade das palavras do Senhor Jesus ou com a grandeza de Sua autoridade. Como não estavam em conformidade com suas noções e ideias, como Ele não nasceu em uma família rica e Seus pais não eram nobres e honrados, como Seu nome não era Messias, eles O condenaram e resistiram a Ele. Por odiarem a verdade, eles por fim crucificaram o Senhor Jesus, que expressou verdades e realizou a obra de redenção! Irmãos e irmãs, os fariseus são detestáveis? Deveriam ser amaldiçoados! Os pecados dos fariseus por resistirem ao Senhor Jesus e O condenarem expuseram completamente seu ódio e relutância à verdade e sua natureza satânica. Isso mostra que o coração deles não estava genuinamente desejando que o Messias os livrasse do pecado, mas então o que aguardavam ansiosamente? Aguardavam o rei dos judeus para ajudar os judeus a se livrarem do domínio do governo romano para que não sofressem mais como escravos! Eles acreditavam em Deus e aguardavam a vinda do Messias apenas para satisfazerem seus desejos pessoais e proteger sua condição. Pensemos nisso. Que erros os fariseus cometeram ao aguardar a vinda do Messias? Por que foram amaldiçoados e punidos por Deus? Isso realmente nos faz pensar. Por que os fariseus resistiram ao Senhor Jesus e O condenaram quando Ele apareceu e realizou Sua obra? Pelo que vimos aqui, quais são a natureza e a essência dos fariseus? Esses são os problemas que as pessoas que aguardam a vinda do Senhor devem compreender. Se não resolvermos esses problemas, na hora de recebermos o Senhor retornado, talvez trilhemos no mesmo caminho de resistência a Deus que os fariseus seguiram! Não é verdade?

Como os fariseus aguardaram a vinda do Messias? Por que crucificaram o Senhor Jesus? Qual é o fundamento dessas perguntas? Vamos ver o que Deus Todo-Poderoso diz! Deus Todo-Poderoso diz: “Vocês desejam conhecer a raiz do motivo pelo qual os fariseus se opunham a Jesus? Desejam conhecer a substância dos fariseus? Eles tinham muitas fantasias sobre o Messias. E mais, eles criam somente que o Messias viria, mas não buscavam a verdade da vida. Assim, até hoje eles ainda aguardam o Messias, pois não têm conhecimento do caminho da vida, e não sabem qual é o caminho da verdade. Como, dizem vocês, poderia um povo tão tolo, obstinado e ignorante ganhar a bênção de Deus? Como poderia contemplar o Messias? Ele se opunha a Jesus porque não conhecia a direção da obra do Espírito Santo, porque não conhecia o caminho da verdade do qual Jesus falava e, além disso, porque não entendia o Messias. E como nunca havia visto o Messias e nunca havia estado na companhia do Messias, cometera o erro de pagar tributo vazio ao nome do Messias enquanto se opunha à substância do Messias a qualquer custo. Esses fariseus eram obstinados, arrogantes em substância e não obedeciam à verdade. O princípio de sua crença em Deus é: não importa quão profunda seja a sua pregação, não importa quão elevada seja sua autoridade, você não é Cristo a menos que seja chamado o Messias. Essas opiniões não são absurdas e ridículas?” (de ‘Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus será quando Deus terá feito novo Céu e nova terra’ em “A Palavra manifesta em carne”). Depois de lermos as palavras de Deus Todo-Poderoso, a essência e a fonte da resistência dos fariseus ao Senhor Jesus ao aguardarem o Messias deveria estar clara para todos nós. Quanto a testemunharmos a volta do Senhor, se os homens confiarem em suas noções e ideias e apenas aguardarem como tolos que o Senhor desça com as nuvens, em vez de buscarem a verdade e ouvirem a voz de Deus, não estarão no mesmo caminho de resistência a Deus trilhado pelos fariseus? E qual será o fim deles? Todos compreendem isso.

O evangelho do reino de Deus Todo-Poderoso tem se espalhado pela China continental há mais de 20 anos. Ele já se espalhou por as várias religiões e denominações. Durante esse período, devido à repressão furiosa do Partido Comunista Chinês, aliada à campanha da mídia do Partido Comunista Chinês, Deus Todo-Poderoso já é um nome do qual todos já ouviram falar. Depois, todas as verdades expressas por Deus Todo-Poderoso e os muitos vídeos produzidos pela Igreja de Deus Todo-Poderoso têm sido postados gradualmente na internet, espalhando-se pelo mundo. Todos do meio religioso ouviram sobre os muitos métodos de testemunho da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Muitas pessoas têm testificado que Deus voltou. Isso cumpre totalmente a profecia do Senhor Jesus: “Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro” (Mateus 25:6). Então por que pastores e presbíteros ainda condenam furiosamente a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias e resistem a Ele? Na Bíblia há muitas profecias sobre o retorno do Senhor. Então por que eles estão tão presos à profecia a respeito do Senhor descendo com as nuvens? Por que eles não pesquisam quando ouvem que há testemunhos sobre a vinda do Senhor? Por que, quando sabem que Deus Todo-Poderoso expressou muitas verdades e viram a realidade da obra de Deus, ainda teimam em se prenderem às suas noções e ideias, condenando e resistindo à obra de Deus nos últimos dias? Essas pessoas amam a verdade e genuinamente anseiam pela vinda do Senhor, ou não? Eles são as virgens prudentes ou as tolas? Se forem as virgens prudentes e genuinamente aguardam ansiosamente o retorno do Senhor, por que quando ouvem a voz de Deus e veem o evangelho do reino florescendo, ainda obstinadamente condenam e resistem? Seriam eles sinceros em sua espera pela vinda do Senhor? Seria isso sua expressão sincera em regozijarem-se no retorno do Senhor? E por fim, para ser franco, a crença deles no Senhor e seu anseio pelo retorno do Senhor Jesus são falsos, mas seu anseio para serem abençoados e entrarem no reino dos céus é real! Eles não creem no Senhor de modo a buscarem a verdade e obter a vida nem para que obtenham a verdade e fujam do pecado. Com que eles se importam mais? Com o dia em que o Senhor descer para levá-los diretamente para o reino dos céus e fazê-los escapar do sofrimento na carne e desfrutar das bênçãos do reino dos céus. Esse é o propósito real de crerem em Deus. Além dessa razão, que outro motivo eles têm para rejeitar Deus Todo-Poderoso, que expressa verdades para salvar a humanidade? Todos podem pensar nisso. Se alguém ama a verdade e genuinamente anseia pela volta de Deus, como reagirá ao saber que o Senhor já veio? Não ouvirá, não olhará, não se comunicará com Ele? Eles vão cegamente negar, condenar e resistir? Muito menos. Porque quem sinceramente anseia pela vinda de Deus e acolhe sua chegada aguarda ansiosamente pelo surgimento da verdadeira luz, pela verdade e justiça em seu coração. Aguarda ansiosamente que Deus salve a humanidade e ajude as pessoas a escaparem totalmente do pecado para serem santificados e aceitos por Deus. Não é isso mesmo, pessoal? Mas aqueles que apenas esperam que o Senhor desça com as nuvens ainda rejeitam e negam Deus Todo-Poderoso, especialmente os líderes religiosos que condenam e resistem furiosamente a Deus Todo-Poderoso a fim de proteger seu status e sustento – esses são os que desprezam a verdade e a odeiam. Esses são os descrentes e anticristos expostos pela obra de Deus nos últimos dias. Depois que Deus completar Sua obra de salvação na carne, essas pessoas cairão no desastre sem precedentes, onde haverá choro e ranger de dentes. Então a profecia sobre o Senhor descendo com as nuvens para aparecer publicamente será totalmente cumprida: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele” (Apocalipse 1:7).

Vamos ver o que as palavras de Deus Todo-Poderoso dizem: “As pessoas que não aceitam a verdade, mas aguardam cegamente a vinda de Jesus sobre nuvens brancas, certamente blasfemarão contra o Espírito Santo, e elas são a raça que será destruída. Vocês simplesmente desejam a graça de Jesus e simplesmente desejam desfrutar o ditoso reino dos céus, mas vocês nunca obedeceram às palavras proferidas por Jesus e nunca receberam a verdade expressa por Jesus quando Ele voltar à carne. O que vocês entregarão em troca pelo fato de Jesus voltar sobre uma nuvem branca? É a sinceridade na qual vocês repetidamente cometem pecados e depois os confessam, uma vez após outra? O que vocês oferecerão em sacrifício a Jesus, que volta sobre uma nuvem branca? Seriam os anos de trabalho pelos quais vocês se exaltam? O que vocês irão entregar para fazer o Jesus regressado confiar em vocês? Seria essa natureza arrogante de vocês, que não obedece a nenhuma verdade?” (de ‘Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus será quando Deus terá feito novo Céu e nova terra’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Eu lhes digo: aqueles que creem em Deus por causa dos sinais são certamente a categoria que sofrerá a destruição. Aqueles que são incapazes de aceitar as palavras de Jesus que voltou à carne são certamente a progênie do inferno, os descendentes do arcanjo, a categoria que será sujeita à destruição eterna. Muitas pessoas podem não se importar com o que digo, mas ainda quero contar a todo assim chamado santo que segue a Jesus que, quando virem Jesus descer dos céus sobre uma nuvem branca com seus próprios olhos, isso será a aparição pública do Sol da justiça. Talvez esses sejam tempos de grande empolgação para você, mas você deve saber que o tempo em que você testemunhar Jesus descendo dos céus é também o tempo em que você descerá ao inferno para ser punido. Será o anúncio do fim do plano de gestão de Deus, e será quando Deus recompensará os bons e punirá os perversos. Pois o juízo de Deus terá terminado antes que o homem veja sinais, quando houver apenas a expressão da verdade. Aqueles que aceitarem a verdade e não buscarem sinais, e assim foram purificados, terão regressado diante do trono de Deus e entrado no abraço do Criador. Somente aqueles que persistirem crendo que ‘O Jesus que não vem sobre uma nuvem branca é um falso cristo’ estarão sujeitos à punição eterna, pois eles somente creem no Jesus que mostra sinais, mas não reconhecem o Jesus que proclama o rigoroso juízo e libera o verdadeiro caminho da vida. E assim, só pode ser que Jesus lide com eles quando Ele voltar abertamente sobre uma nuvem branca. Eles são obstinados demais, confiantes demais em si mesmos, arrogantes demais. Como tais degenerados poderiam ser recompensados por Jesus?” (de ‘Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus será quando Deus terá feito novo Céu e nova terra’ em “A Palavra manifesta em carne”).

de “Respostas a perguntas relacionadas ao roteiro”

Atualmente, a comunidade religiosa diz: “Deus Se revelará abertamente, Ele vem com as nuvens”. Como interpretamos isso? Quando Deus Se revelar abertamente, a quem Ele Se revelará? Quando Ele vier com as nuvens, a quem Ele se revelará? Ele Se revelará à comunidade religiosa? Ele Se revelará aos descrentes? Será esse o caso? (Não.) Então quando Deus virá com as nuvens? Após o apocalipse, quando Satanás, o diabo, tiver sido destruído, Deus descerá das nuvens para Se revelar, e quando o fizer, a nação santa surgirá. O que significa “Me escondo da terra da imundície”? Algumas pessoas interpretam isso assim: “Deus Se esconderá da terra da imundície. Onde quer que a terra seja profana, Deus não Se revelará às pessoas dali. Em vez disso, Ele Se esconderá.” Como isso é uma interpretação? Isso poderia ser considerado o conhecimento da palavra de Deus? Ao que se refere “a terra da imundice”? O mundo religioso não é uma terra de imundície? O velho mundo não é uma terra de imundície? (Sim.) Quando o mundo antigo ainda existe, quando o mundo religioso ainda existe, Deus não Se revelará às pessoas dali e Se ocultará delas. Esse entendimento está correto? (Sim.) Esta é uma maneira individual de ver isso. A vontade de Deus foi esclarecida agora? No final, a quem Ele Se revelará? De quem Ele Se esconderá? “Eu apareço para o reino sagrado e Me escondo da terra da imundície.” Se vocês realmente entenderem essas palavras, depois, quando Deus Se revelar, vocês poderão resolver facilmente questões difíceis como “Quando Ele Se revelará e a quem?”. Quando vocês realmente entenderem essas palavras, o que vocês podem aprender com elas? Que conhecimento vocês podem obter? Vocês saberão que Deus é verdadeiramente santo, e Ele não Se revelará a terras imundas. Se Ele Se revelasse a terras imundas, Ele sujaria Suas mãos. Isso provaria que Deus não é santo. Não é isso? (Sim, é.) “Eu apareço para o reino sagrado e Me escondo da terra da imundície.” Isso prova ainda mais a justiça de Deus. Isso prova a substância santa de Deus. Se vocês entenderem essas palavras, poderão resolver muitas perguntas que têm.

de ‘Série 127’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida”

Anterior:Pergunta 1: Nós cremos que a volta do Senhor significará que os crentes serão diretamente elevados ao reino dos céus, pois está escrito na Bíblia: “Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor” (1 Tessalonicenses 4:17). Vocês testificam que o Senhor Jesus voltou, então por que estamos agora na terra e ainda não fomos arrebatados?

Próximo:Pergunta 5: Os pastores e anciãos religiosos frequentemente pregam aos crentes que qualquer sermão que diga que o Senhor veio em carne é falso. Eles baseiam isso nos seguintes versículos da Bíblia: “Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos” (Mateus 24:23-24). Agora não temos ideia de como devemos discernir o verdadeiro Cristo dos falsos; então, por favor, respondam a essa pergunta.

Coisas que talvez lhe interessem