Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cem perguntas e respostas sobre investigar o caminho verdadeiro

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

1. Deus Todo-Poderoso me deu uma segunda chance na vida

Dois irmãos e irmãs comuns, Pequim

15 de agosto de 2012

Dia 21 de julho de 2012 foi o dia mais inesquecível e mais importante da minha vida.

Naquele dia, chovia forte no distrito de Fangshan em Pequim – era a chuva mais forte que tínhamos vivenciado ali em 61 anos. Pouco depois das quatro da tarde, saí para a rua para dar uma olhada e vi que a água estava por toda parte. O carro da nossa família já estava boiando, e a única razão pela qual ele não tinha sido levado pela correnteza era que algo na frente dele impedia seu deslocamento. Essa vista me deixou bastante ansiosa. Rapidamente, liguei para o meu marido, que também é crente, mas, por mais que tentasse, não consegui completar a ligação. Então, em vez de buscar a vontade de Deus, corri para casa para chamá-lo.

Depois, meu marido e eu fomos dar uma olhada no carro com guarda-chuvas em mãos. Quando nos aproximamos, meu marido quis entrar no carro para tirá-lo dali, mas o veículo começou a se deslocar por conta própria antes mesmo de ele ter tempo de tocá-lo. Ele correu atrás dele, mas o carro foi levado pela correnteza, e meu marido também foi arrastado por ela. Em meu desespero, quis correr até ele e segurá-lo, mas antes de conseguir dar um passo sequer, eu também fui levada pela correnteza. Num piscar de olhos, fomos arrastados pelo turbilhão agitado por mais de sessenta metros. Naquele instante, a minivan de um taxista emergiu na nossa frente. Meu marido quis se levantar apoiando-se no táxi, mas antes de conseguir, o carro foi levado e nós também fomos arrastados por mais alguns metros. Num local em que a correnteza mudava de direção, meu marido finalmente conseguiu ficar de pé. Ele disse: “Rápido! Entre naquele pavilhão elevado!” De mãos dadas, escalamos com dificuldade o pequeno pavilhão. Naquele exato momento, as águas subiram ainda mais. Nós nos agarramos firmemente às colunas, com medo de sermos arrastados novamente. Apenas então, naquela crise de vida e morte, eu me lembrei de confiar em Deus. Em meu coração, orei continuamente a Ele e implorei: “Deus! Neste dia, minha vida está em Tuas mãos. Se eu morrer, isso também será a Tua justiça!” Continuei a orar sem parar, não ousando abandoná-Lo por um instante sequer. De repente, aconteceu um milagre: muitos galhos impediram que a correnteza fluísse em nossa direção, e paramos de sentir dor mesmo com as águas ainda esmagando nosso corpo. Enquanto as águas continuavam a subir, nós dois orávamos e cantávamos hinos de louvor a Deus. Mais tarde, quando a correnteza foi ficando cada vez mais forte, eu já estava totalmente sem forças, e tudo indicava que eu não conseguiria me agarrar à coluna por muito tempo. Com urgência, gritei para o meu marido: “Não consigo me segurar por mais tempo. Acabou para mim!” De repente, as águas me levaram. Meu marido me agarrou, e naquele momento minha vida estava por um fio. Naquele instante, um carro emergiu na nossa frente e ficou preso entre as colunas. A correnteza foi desviada e começou a passar pelas laterais do carro, e estávamos sãos e salvos! Deus é tão maravilhoso! Deus é tão onipotente! Se Deus não tivesse me salvo naquele dia, eu teria sido levada pela enchente e morrido quem sabe onde. Foi Deus Todo-Poderoso que me deu uma segunda chance na vida. Como disse Deus Todo-Poderoso: “Deus usa Sua vida para sustentar todas as coisas, tanto vivas quanto sem vida, colocando tudo na boa ordem pela virtude de Seu poder e autoridade. Essa é uma verdade que ninguém pode conceber ou entender facilmente e tais verdades incompreensíveis são a própria manifestação e testamento da força vital de Deus” (de ‘Deus é a fonte da vida do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Ficamos na chuva por cinco horas seguidas. Na verdade, àquela altura, alguns resgatadores já tinham nos avistado, mas quando viram a força da correnteza, temeram ser levados por ela, por isso ficaram apenas nos observando de longe sem se aproximarem para nos salvar. Aparentemente, quando confrontados com o desastre, todos são egoístas e impotentes; as pessoas não podem salvar umas às outras. Apenas Deus Todo-Poderoso é nossa fonte de vida; e mais, Ele é o Único que pode nos salvar a tempo. Abandonar Deus Todo-Poderoso significa morrer. Agora que provei pessoalmente o amor de Deus, quero fazer um juramento diante Dele: A partir deste dia, quero seguir Deus Todo-Poderoso com determinação. Quero usar minhas experiências pessoais para propagar o evangelho, levando ainda mais pessoas até Deus para que eu possa retribuir a dívida de bondade que tenho com Ele por Sua salvação!

Anterior:Se eu já tenho fé no Senhor Jesus, por que tenho que ter fé em Deus Todo-Poderoso para alcançar a salvação?

Próximo:No meio do desastre, vi a mão de Deus

Coisas que talvez lhe interessem